Navegação por Autores IPEN "OLIVEIRA, R.R."

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 13256

    MONTE, M.V.C.; LIMA, N.B. ; AGUIAR, A.A.; OLIVEIRA, R.R. ; MENEGAZZO, A.P.M.. Avaliacao de engobes no aparecimento da mancha de agua em revestimentos ceramicos. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 18., 24-28 de novembro, 2008, Porto de Galinhas, PE. Anais... 2008. p. 1179-1190.

    Palavras-Chave: ceramics; coatings; water stains; microstructure; scanning electron microscopy; x-ray diffraction

  • IPEN-DOC 08882

    OLIVEIRA, R.R. ; LIMA, A.R.C.; GENOVA, L.A. . Caracterizacao de titanato de aluminio obtido com a presenca de diferentes aditivos. In: TOFFOLI, S.M. (Org.) CONGRESSO BRASILEIRO DE CERAMICA, 46., 26-29 maio, 2002, Sao Paulo, SP. Anais... Sao Paulo: Associacao Brasileira de Ceramica, 2002, 2002.

    Palavras-Chave: ceramics; titanates; aluminium compounds; synthesis; additives; morphology; particle size; grain size; density; thermal shock

  • IPEN-DOC 18407

    HATTORI, C.S.; COUTO, A.A. ; VTAVUK, J.; OLIVEIRA, R.R. ; LIMA, N.B. . Comparação de molas de suspensão temperadas e revestidas enroladas a quente e a frio. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 20., 4-8 de novembro, 2012, Joinville, SC. Anais... 2012. p. 9112-9121.

    Palavras-Chave: springs; steels; fatigue; residual stresses; shot peening

  • IPEN-DOC 07488

    OLIVEIRA, R.R. ; GENOVA, L.A. . Conformacao de pecas de alumina a partir de suspensoes contendo gelatina. In: KIMINAMI, C.S. (Ed.); EIRAS, J.A. (Ed.); PESSAN, L.A. (Ed.); TOMASI, R. (Ed.) CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 14., 3-6 dez, 2000, Sao Pedro, SP. Anais... Sao Carlos: UFSCar, 2000, 2000. p. 10101-10107.

    Palavras-Chave: ceramics; aluminium oxides; molding; gelatin; viscosity

  • IPEN-DOC 19602

    BITENER, N.; SANTOS, A.V.P. dos; YOSHITO, W.K. ; OLIVEIRA, R.R. ; MARCHI, J. ; LAZAR, D.R.R. ; USSUI, V. . Conformação de cerâmicas de alumina utilizando a técnica da consolidação por gel de amido. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CERAMICA, 57.; CONGRESSO IBEROAMERICANO DE CERÂMICA, 5., 19-22 de maio, 2013, Natal, RN. Anais... 2013.

    Palavras-Chave: ceramics; aluminium oxides; gels; amides; porous materials; pellets; sintering; scanning electron microscopy; x-ray diffraction

  • IPEN-DOC 23796

    GUGLIOTTI, C.F. ; LIMA, N.B. ; OLIVEIRA, R.R. ; SILVA, M.R.M. ; SILVA, S.C. . Determination of the crystal alignment of SrFe12O19 permanent magnets using the (006) X-ray pole figure. In: ENCONTRO CIENTÍFICO DE FÍSICA APLICADA, 7., 11-13 de maio, 2016, Serra, ES. Anais... São Paulo: Blucher Proceedings, 2016. p. 77-79.

    Abstract: O grau de alinhamento de ímãs permanentes de ferrita de estrôncio produzidos com diferentes tamanhos médios de partícula foi investigado utilizando análise de figura de pólo. Os ímãs foram produzidos a partir de pós sem moagem e moídos em moinho de bolas com tempos de moagem entre 60 e 360 minutos. O tamanho médio de partícula foi determinado utilizando Fisher Sub-sieve sizer e granulômetro CILAS 1064. A morfologia dos pós foram analisados utilizando imagens de MEV. Os pós foram alinhados a um campo magnético, prensados isostaticamente e sinterizados. Os ímãs foram caracterizados magneticamente utilizando um permeâmetro. O grau de alinhamento dos ímãs sinterizados foi calculado utilizando a reflexão (006) e a morfologia dos grãos do ímã foi analisada utilizando imagens de MEV. Os ímãs permanentes de ferrita de estrôncio produzidos com pós moídos apresentaram maior grau de alinhamento (0,82) quando comparados ao ímã produzido com pós não moídos (0,79).

  • IPEN-DOC 25328

    OLIVEIRA, R.R. ; LIMA, N.B. ; XAVIER, G.L.; CASTRO, M.C.B. de. Efeito da tensão residual na microdeformação da rede cristalina em aço Cr-Si-V jateado por shot peening. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIÊNCIA DOS MATERIAIS, 23., 04-08 de novembro, 2018, Foz do Iguaçu, PR. Anais... 2018. p. 4540-4551.

    Abstract: No presente trabalho foram estudados os efeitos causados pelo shot peening com a avaliação do perfil de tensão residual na região de tensão compressiva. Um efeito anômalo em relação ao perfil característico da distribuição de tensão residual foi notado pela perda de compressão próxima à superfície. Foi observada a região deformada plasticamente permitindo o estudo do mecanismo que infere este efeito. Os resultados fornecem as informações necessárias para comparar os efeitos que a microdeformação influenciam na tensão residual. Esta relação foi comprovada pela sobreposição dos resultados da distribuição da microdeformação com a tensão residual ao longo da espessura na região plasticamente deformada. Os resultados mostraram a existência de anisotropia de tensões entre os planos geradas pela densidade de discordâncias. O método aplicado foi o Williansom-Hall modificado.

  • IPEN-DOC 23595

    COUTO, A.A. ; LIMA, N.B. ; ARAUJO, M.C.; CONTATORI, C.; OLIVEIRA, R.R. ; KENCHIAN, G.; BORGES, A.A.C.. Efeito do jateamento com granalhas de aço (shot peening) na tensão residual da liga de alumínio AA6082 solubilizada e envelhecida. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 22., 06-10 de novembro, 2016, Natal, RN. Resumo... 2016. p. 5544.

    Abstract: As ligas de alumínio tem aumentado seu campo de aplicação devido ao seu baixo peso específico e resistência a oxidação entre outras propriedades. As ligas da série 6xxx (Al-Mg-Si) pela sua razoável resistência mecânica e excelente ductibilidade são muito utilizadas na obtenção de perfis extrudados. Neste sentido este trabalho tem por objetivo estudar os efeitos do jateamento com granalhas de aço na tensão residual da liga de alumínio AA6082. Inicialmente foi estudado o comportamento da liga aos tratamentos de solubilização e envelhecimento artificial e foram levantadas curvas de dureza. A seguir foram realizados experimentos com tipos de granalhas esféricas de aço e em condições variadas de jateamento. Nas situações de jateamento foram medidas as tensões residuais na superfície e observado o comportamento da tensão residual em profundidade. A medição da tensão residual foi realizada por difração de raios-X pelo método do sen?2. O tratamento térmico de solubilização realizado a 560ºC, seguido de envelhecimento a 185ºC durante 5 h apresentou o maior valor de dureza para a liga AA6082. Observou-se que granalhas de menor tamanho promovem tensões residuais compressivas de maior intensidade. A análise dos dados obtidos no levantamento da curva da tensão residual em profundidade mostra indícios de haver presença de textura ou grãos grandes em profundidades a partir de 90 ?m, dificultando a medida em profundidades superiores.

  • IPEN-DOC 27666

    BARTOLOMEI, S.S.; BARTOLOMEI, M.R. ; MOURA, E.M. ; WIEBECK, H.; OLIVEIRA, R.R. . Effect on flame propagation in recycled expanded polystyrene with flame retardant/white clay/titanium dioxide nanocomposite. In: PAN-AMERICAN NANOTECHNOLOGY CONFERENCE, 2nd, March 4-7, 2020, Águas de Lindoia, SP. Abstract... 2020.

    Abstract: Polystyrene is widely used in construction due to its properties such as low density, heat resistance, durability and ease of processing and molding. However, it is highly flammable, releases a lot of heat and toxic smoke when exposed to a flame. However, in order for a material to be applied in habitable indoor environments, it must comply with fire safety standards, which predict the behavior of materials during their burning. Halogenated flame retardants have been used to reduce the spread of flame, but they are toxic and polluting, so more environmentally friendly products are being developed. Polymeric nanocomposites, formed by inorganic nanoparticles, have many advantages in flame retardation, such as low heat release rate, low smoke and toxic gas production. Alternatively, the organofilized, exfoliated or polymer-intercalated montmorillonite clay (MMT) can be used to form a nanocomposite with greater flame resistance. However, for the clay to achieve the results required by the standards, it is necessary to add a large amount of particles, which generates agglomerates in the material and losses in the mechanical properties. Therefore, the use of clays to improve flame resistance to the material must be accompanied by the use of other flame retardants. Thus clay will provide reduction in flammability and secondary flame retardant will provide ignition resistance. The addition of other particles, together with clay, can corroborate with the reduction in flame spread of the material, with titanium dioxide being used to increase thermal stability, UV light stability, mechanical properties as well as reduction in flame spread. In this work expanded polystyrene (EPS) from construction waste, with flame retardant in its composition, was recycled and plasticized with glycerol. In this polymeric matrix was added white clay and titanium dioxide in order to maintain the flameproof properties and improve the mechanical and thermal properties of the material. The results showed that it is possible to recycle EPS and maintain flame self-extinguishing through the material even in the presence of glycerol as plasticizer. The addition of white clay improved the mechanical properties of the material and increased thermal stability, but impaired the fire behavior of the material, ceasing to self-extinguish the flame immediately after extinguishing the external flame. Titanium dioxide (TiO2) kept the mechanical and thermal properties unchanged and reduced flame propagation in the specimen when compared to the results of clay nanocomposite.

  • IPEN-DOC 16707

    LIMA, L.F.C.P. ; OLIANI, W.L.; OTAGURO, H. ; PARRA, D.F. ; LUGAO, A.B.; OLIVEIRA, R.R. ; CORREA, H.P.S.; ORLANDO, M.T.D.; MARTINEZ, L.G. . Estudo da cristalinidade de amostras de polipropileno isotáctico por difração de raios X e microscopia eletrônica de transmissão. In: REUNIÃO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CRISTALOGRAFIA, 19., 8-11 de setembro, 2009, Belo Horizonte, MG. Resumo... 2009.

    Palavras-Chave: sample preparation; polypropylene; crystallography; x-ray diffraction; transmission electron microscopy

  • IPEN-DOC 26004

    OLIVEIRA, R.R. ; FUJIMOTO, T.G. ; MUCCILLO, E.N.S. . Estudo da densificação, estrutura e microestrutura do SrTiO3 contendo praseodímio. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CERÂMICA, 63rd, 4-7 de agosto, 2019, Bonito, MS. Resumo... 2019.

    Abstract: Materiais com estrutura do tipo perovsquita apresentam interessantes propriedades físicas que podem ser escritas em termos de distorções estruturais associadas a mudanças na composição química juntamente com os defeitos existentes na rede cristalina. Isso permite uma ampla faixa de aplicação em dispositivos eletrônicos tais como: supercacitores; dispositivos para armazenamento de energia; atuadores piezoelétricos; dentre outras. Particularmente, os materiais baseados em titanato de estrôncio (STO) tem sido intensamente estudados, sobretudo sua estrutura e microestrutura. A estrutura cristalina pode ser alterada por meio de substituições químicas com a introdução de aditivos. Neste trabalho, foi realizado o estudo estrutural e microestrutural do STO contendo diferentes teores de praseodímio. As amostras foram preparadas mediante mistura de óxidos convencional, partindo do STO e Pr6O11 comerciais. As amostras de STO contendo 0,025; 0,050; 0,075 e 1% mol de Pr foram conformadas por compactação uniaxial e isostática e sinterizadas à 1500 ºC durante 6 horas. A caracterização das amostras sinterizadas foi realizada mediante densidade aparente pelo método de Arquimedes, microscopia eletrônica de varredura (MEV) para o estudo da morfologia superficial (em amostras polidas) e difração de raios X para determinação da estrutura por meio de refinamento pelo método de Rietvield. Os resultados mostram que as amostras apresentam densidade próxima à teórica (95%), com exceção da contendo 1% mol do aditivo (83%). As micrografias obtidas por MEV mostram que houve um tênue aumento no tamanho médio de grãos de 28 m em STO para 30 m nas amostras contendo praseodímio. Nos parâmetros de rede obtidos pelo refinamento dos padrões de difração de raios X foi observado que as amostras foram cristalizadas no sistema cúbico e não possuem alterações significativas nas diferentes proporções de aditivos variando de 3,904 à 3,906 Å.

    Palavras-Chave: microstructure; perovskite; strontium titanates; x-ray diffraction; electronic equipment; praseodymium; additives; oxides

  • IPEN-DOC 20336

    OLIVEIRA, R.R. ; SANTOS, A.V.P. ; YOSHITO, W.K. ; LIMA, N.B. ; LAZAR, D.R.R. ; USSUI, V. . Estudos de conformação de cerâmicas de alumina pela técnica de gel casting utilizando gelatina e amido de milho. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CERAMICA, 58., 18-21 de maio, 2014, Bento Gonçalves, RS. Anais... 2014. p. 3332-3339.

    Palavras-Chave: ceramics; aluminium oxides; gels; casting; gelatin; starch; scanning electron microscopy; x-ray diffraction

  • IPEN-DOC 25494

    XAVIER, G.L. ; USSUI, V. ; OLIVEIRA, R.R. ; ROSSI, W. de ; LIMA, N.B. ; CASTRO, M.C.B. de . Evaluation of 3YTZP films deposited by electrophoretic deposition on titanium and irradiated with Nd:YAG laser. In: INTERNATIONAL CONGRESS ON CERAMICS, 7th; CONGRESSO BRASILEIRO DE CERÂMICA, 62., June 17-21, 2018, Foz do Iguaçu, PR. Abstract... 2018. p. 922-922.

    Abstract: Titanium is widely used in chemical, power generation, aerospace and biomedical industries because of its good mechanical properties, corrosion resistance and good biocompatibility. However, when is used, for example, in steam turbines is necessary increase the corrosion resistance at high temperature, or when is used in dentistry, when the metallic gray color compromise the aesthetics rehab, it becomes interesting to coat the titanium with a ceramic layers, and 3YTZP (Yttria-stabilized tetragonal zirconia) is suitable for this application, because it has good mechanical properties, good resistance to thermal cycles and good biocompatibility. The electrophoretic deposition is a suitable technique to obtain theses coatings. After deposition, is necessary achieve out the sintering of coating, but the sintering temperature of zirconia is about 1500 °C, and submit metal/ceramic joint to this temperature, cam bring on the degradation of metal. The solution to these problems is performing the sintering using a laser radiation. In this work it was studied the laser irradiation of zirconia ceramic coating deposited on titanium by electrophoretic deposition. Three series of irradiation tests were carried out using Nd:YAG (wavelength 1.06 μm) pulsed laser, energy of 0.5 J, pulse duration of 10 ms and rate of 10 Hz. During the tests, it was studied the influence of fluency, scanning speed and repetition of laser incidence. The repetition covered a range of 1 to 27 times. Prepared samples were characterized by optical and scanning electron microscopy, X-ray diffraction and scratch microindentation. The Xray results showed presence of tetragonal and monoclinic phases in the irradiated coatings. The optical and SEM results showed that densification increases with the increasing of number of laser incidence repetition and the scratch results showed that the irradiated samples presented more scratch resistance than non-irradiated samples.

  • IPEN-DOC 27657

    MOURA, E.A. ; SANTOS, B.S. ; ISHIKAWA, O. ; SANTANA, J.G. ; BARTOLOMEI, M.R. ; OLIVEIRA, R.R. . Graphene oxide nanosheets as fillers for thermoplastic-matrix nanocomposites. In: PAN-AMERICAN NANOTECHNOLOGY CONFERENCE, 2nd, March 4-7, 2020, Águas de Lindoia, SP. Abstract... 2020.

    Abstract: Recent studies have shown that the synthesis of graphene oxide (GO) by chemical oxidation of graphite followed by its reduction is one's the most promising routes to prepare remarkable polymer/graphene nanocomposite materials with significant improvement of properties compared to the base polymer. The addition of a very small amount of reduced graphene oxide (RGO)in a polymer can enhance its properties, with respect to electrical conductivity, barrier resistance, stiffness, abrasion resistance, mechanical resistance, and fire retardancy. Numerous approaches have been established to prepare RGO from the desoxygenation of GO. This work presents the synthesis of graphene oxide by chemical oxidation of graphite followed by its photoreduction in aqueous dispersion using UV radiation and highlights some examples of RGO/thermoplastic-matrix nanocomposites prepared by melt processing. To evaluate the potential application of thermoplastic composites prepared, the RGO's content on the morphological, mechanical and thermal properties of the as-obtained nanocomposites has been assessed. In addition, GO/RGO nanosheets were characterized by ATR–FTIR, XRD, Raman, and FE-SEM. According to the results, it can be inferred that the addition of RGO leads to a remarkable improvement in the performance of thermoplastic-matrix nanocomposites and offers a competitive solution for various potential applications.

  • IPEN-DOC 10157

    SETZ, L.F.G.; LIMA, S.S. ; OLIVEIRA, R.R. ; CASTANHO, S.R.H.M. . Influencia das variaveis de processo nas caracteristicas dos pos de LACROsub(3) dopado com Sr e Co obtidos por reacao de combustao. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CERAMICA, 48., 28 jun. - 1 jul, 2004, Curitiba, PR. Anais... 2004.

    Palavras-Chave: powders; chromium oxides; lanthanum oxides; combustion; solid oxide fuel cells; urea

  • IPEN-DOC 25358

    CASTRO, M.C.B. de ; COUTO, A.A. ; ALMEIDA, G.F.C.; LIMA, N.B. ; CASTAGNET, M. ; OLIVEIRA, R.R. . Influência da nitretação por plasma sobre as propriedades de fadiga da liga TI-6AL-4V / Influence of plasma nitriding on fatigue properties of TI-6AL-4V alloy. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIÊNCIA DOS MATERIAIS, 23., 04-08 de novembro, 2018, Foz do Iguaçu, PR. Anais... 2018. p. 5598-5610.

    Abstract: As falhas por fadiga na liga Ti-6Al-4V ocorrem pela aplicação de tensões flutuantes, onde as tensões responsáveis pela falhasendo estas são menores do que a tensão de escoamento da liga. , caracterizando essas falhas como catastróficas e sem aviso prévio. A fadiga é responsável por pelo menos 90% das falhas por causas mecânicas, cCom o objetivo de aumentar a resistência a fadiga, foi realizada ao o tratamento termoquímico de nitretação por plasma. A nitretação por plasma é caracterizada pela formaçãoforma de uma camada superficial de nitretos na superficie da liga constituída (pelas fases δ-TiN e Ɛ-Ti2N). A formação dessas fases além de aumentar a sua dureza superficial, cria uma alta tensão superficial de compressão, fazendo com que as tensões trativas necessárias para ocorrer a formação de trincas sejam superiores. Testes de fadiga do tipo flexo rotativas foram realizados nos corpos de prova nitretados e não nitretados, a fim de se comparar a eficiência do tratamento termoquímico. O ensaio de fadiga foi realizado a uma frequência de 50 hz, e razão de carregamento R=-1, variando tensões de 610 a 203 MPa. Foram contados o número de ciclos necessários para as fraturas dos corpos de prova, e os resultados foram plotados em uma curva S-N. Após a fratura dos corpos de prova, suasAs superfícies de fratura foram analisadas em um microscópio eletrônico de varredura (MEV).O comportamento em fadiga das ligas nitretadas foi superior ao das ligas não nitretadas. Conclui-se que quanto após a nitretação por plasma, quanto maior a tensão aplicada ao ensaio, maior é a diferença de resistência entre a liga nitretada e a não nitretada, sendo esta diferença diminuída com a redução da tensão. Para altas tensões a liga nitretada apresentou cerca de 5x mais resistência à fadiga. Palavras chave: Liga Ti-6Al-4V, fadiga, nitretação por plasma.

  • IPEN-DOC 17964

    SILVA, S.C.; OLIVEIRA, R.R. ; PERIGO, E.A.; TAKIISHI, H. . Investigation of oxidation on Pr-Fe-Co-B nanopowders produced by HDDR and mechanical milling. In: INTERNATIONAL LATIN-AMERICAN CONFERENCE ON POWDER TECHNOLOGY, 8th, November 6-9, 2011, Florianopolis, SC. Abstract... 2011. p. 443.

    Palavras-Chave: praseodymium alloys; iron alloys; cobalt alloys; boron alloys; nanostructures; powders; oxidation; particle size; desorption; hydrogenation; magnetic materials; magnetic properties; magnetometers; x-ray diffraction; transmission electron microscopy

  • IPEN-DOC 21514

    SANTOS, A.V.P. ; OLIVEIRA, R.R. ; YOSHITO, W.K. ; FERREIRA, N.A.M. ; LIMA, N.B. ; LAZAR, D.R.R. ; USSUI, V. . Nanostructured titanate compounds - Effect of ZrOsub(2) addition and its influence on microstructure. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CERAMICA, 59., 17-20 de maio, 2015, Barra dos Coqueiros, SE. Anais... 2015. p. 594-600.

    Palavras-Chave: titanates; nanotubes; zirconium oxides; hydrothermal synthesis; nanostructures; microstructure; x-ray diffraction; scanning electron microscopy

  • IPEN-DOC 20107

    ORTIZ, A.V. ; TEIXEIRA, J.G.; GOMES, M.G.; OLIVEIRA, R.R. ; DIAZ, F.R.V.; MOURA, E.A.B. . Preparation and characterization of electron-beam treated HDPE composites reinforced with rice husk ash and Brazilian clay. Applied Surface Science, v. 310, p. 331-335, 2014.

    Palavras-Chave: brazil; ; polyethylenes; composite materials; reinforced materials; rice; ashes; clays; electron beams; irradiation; cross-linking; wastes

  • IPEN-DOC 18399

    CASINI, J.C.S.; DUVAIZEM, J.H.; BOTTIGLIERI, B.V.; OLIVEIRA, R.R. ; TAKIISHI, H. . Production of Ti-Zr-Ni alloys by powder metallurgy for nickel metal hydride batteries. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 20., 4-8 de novembro, 2012, Joinville, SC. Anais... 2012. p. 6542-6549.

    Palavras-Chave: titanium alloys; zirconium alloys; nickel alloys; powder metallurgy; hydrogen storage; nickel hydrides; electric batteries; microstructure; scanning electron microscopy; x-ray diffraction

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.

O Repositório Digital do IPEN é um equipamento institucional de acesso aberto, criado com o objetivo de reunir, preservar, disponibilizar e conferir maior visibilidade à Produção Científica publicada pelo Instituto, desde sua criação em 1956.

Operando, inicialmente como uma base de dados referencial o Repositório foi disponibilizado na atual plataforma, em junho de 2015. No Repositório está disponível o acesso ao conteúdo digital de artigos de periódicos, eventos, nacionais e internacionais, livros, capítulos, dissertações, teses e relatórios técnicos.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.