Navegação por Revista "Optics and Laser Technology"

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 23152

    BERECZKI, ALLAN ; WETTER, NIKLAUS U. . 100W continuous linearly polarized, high beam quality output from standard side-pumped Nd:YAG laser modules. Optics and Laser Technology, v. 96, p. 271-275, 2017. DOI: 10.1016/j.optlastec.2017.05.020

    Abstract: Dynamically stable operation with joined stability zones of a linearly polarized resonator is shown for a laser containing two diode side-pumped Nd:YAG rods. The unpolarized resonator generated 115W of output. When polarized by a Brewster plate, it reached 100.5W of output power at a beam quality M2 < 2. Best measured beam quality was of 1.1 and 1.3 in the x and y directions respectively, with 76W of 95% polarized output. The output power achieved is, to our knowledge, the highest reported for continuous polarized, fundamental-mode lasers using standard side-pumped Nd:YAG modules.

    Palavras-Chave: neodymium lasers; lasers; resonators; solid state lasers; temperature dependence; diode-pumped solid state lasers; beams; quality factor

    Icon

  • IPEN-DOC 25796

    CORDEIRO, THIAGO da S. ; AMARAL, MARCELLO M.; MATOS, RICARDO A. de; SILVA, FLAVIA R.O. ; VIEIRA JUNIOR, NILSON D. ; COURROL LILIA C.; ROSSI, WAGNER de ; SAMAD, RICARDO E. . Modifying the second order dispersion of femtosecond laser pulses to crack silver nanoparticles and control their dimensions. Optics and Laser Technology, v. 118, p. 1-7, 2019. DOI: 10.1016/j.optlastec.2019.04.034

    Abstract: The potential application of metallic nanoparticles had been attracting attention and interest from different areas of academia and industry. The nanoparticles properties and applications depend heavily on their dimension and shape, thus special interest is aimed to controlling the nanoparticles sizes. Ultrashort laser pulses are known to change metallic nanoparticles characteristics, but the interaction mechanism is still not completely understood. In this work we reduced the dimension of silver nanoparticles with ultrashort pulses and demonstrated that there is a dependence of the particles size on the second order dispersion introduced in the pulses, which became smaller as the dispersion becomes more negative. Based on the results, we propose that the Coulomb explosion that reduces the nanoparticles size is predominantly initiated by multiphotonic ionization for the intensities used (1014 W/cm2).

    Palavras-Chave: nanoparticles; nanomaterials; lasers; silver; spectroscopy

    Icon

  • IPEN-DOC 24673

    COURROL, DANIELLA dos S.; LOPES, CARLA R.B.; CORDEIRO, THIAGO da S. ; FRANZOLIN, MARCIA R.; VIEIRA JUNIOR, NILSON D. ; SAMAD, RICARDO E. ; COURROL, LILIA C.. Optical properties and antimicrobial effects of silver nanoparticles synthesized by femtosecond laser photoreduction. Optics and Laser Technology, v. 103, p. 233-238, 2018. DOI: 10.1016/j.optlastec.2018.01.044

    Abstract: Silver nanoparticles exhibit a powerful antimicrobial action showing a pronounced potential to be widely used against drug resistance bacteria. The present work describes the optical properties and antimicrobial effect of silver nanoparticles produced by femtosecond laser photoreduction of AgNO3 in the presence of tryptophan water solution. The advantages of this method are the absence of hazardous chemical reducing agents in the solution, and the versatile dimensional control achieved. The synthesized silver nanoparticles were characterized by absorption and fluorescence spectroscopy and their antibacterial activity were determined by monitoring the cell viability of Escherichia coli. The effects of the silver nanoparticles concentration and laser parameters (exposure time and pulse energy), on the formation of the nanoparticles, and its influence on the bacteria growth inhibition were studied. The prepared silver nanoparticles exhibited suitable antimicrobial properties. The results demonstrated that the nanoparticles concentration plays an important role in their bactericidal efficacy. The increase in the laser energy caused an increase in E. coli growth inhibition. Irradiations with energies around 300 mu j for 60 min presented high antimicrobial activity due to the presence of kynurenine, sub product of tryptophan photolysis. The first-time formation mechanism of tryptophan silver nanoparticles in high optical intensities was also discussed.

    Palavras-Chave: nanoparticles; silver; microorganisms; laser radiation; escherichia coli; lasers

    Icon

  • IPEN-DOC 23928

    FERREIRA, MERILYN S. ; WETTER, NIKLAUS U. . Yb:KGW self-Raman laser with 89 cm(−1) Stokes shift and more than 32% diode-to-Stokes optical efficiency. Optics and Laser Technology, v. 121, p. 1-4, 2020. DOI: 10.1016/j.optlastec.2019.105835

    Abstract: We report on a Yb3+:KGW self-Raman laser operating at 1096 nm. A 100 μm fiber-coupled diode end-pumped configuration is used to generate a fundamental emission wavelength that strongly depends on internal resonator losses. Stokes emission at 1096 nm is achieved with a slope efficiency of 42 ± 8%, an optical conversion efficiency of more than 32% and a maximum output power of 4.5W for quasi-continuous operation (1 ms pulses). The explored Stokes conversion of 89 cm−1 shows excellent laser characteristics, indicating that this still little explored Stokes shift could pave the way to continuous-wave Raman frequency-comb lasers.

    Palavras-Chave: lasers; raman effect; doped materials; solid state lasers; raman spectra; stokes parameters; wavelengths; crystals

    Icon

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.