Navegação por assunto "fatigue"

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 09601

    COLOSIO, MARCO A. . Uma abordagem da vida em fadiga em barra estabilizadora automotiva considerando defeito superficial fisicamente pequeno. 2003. Tese (Doutoramento) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN/CNEN-SP, Sao Paulo. 204 p. Orientador: Arnaldo Homobono Paes de Andrade.

    Palavras-Chave: automobiles; steels; fatigue; cracks; defects; shot peening; stresses; strain gages

  • IPEN-DOC 07420

    ABDALLA, A.J.; HASHIMOTO, T.M.; MONTEIRO, W.A. . Alteracao nas estruturas de discordancias em acos bifasicos submetidos a fadiga. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 13.; SEMINARIO DE MATERIAIS PARA O SETOR ELETRICO, 6., 6-9 dez, 1998, Curitiba, PR. Anais... 1998. p. 887-895.

    Observação: arquivo não disponível no Repositório

    Palavras-Chave: low alloy steels; annealing; microstructure; martensite; ferrite; fatigue; transmission electron microscopy; mechanical properties; dislocations

  • IPEN-DOC 07971

    SILVEIRA, HELVECIO C.K. da . Analise de integridade estrutural de tubos de geradores de vapor deteriorados por corrosao sob tensao pelo primario na regiao de transicao de expansao junto ao espelho. 2002. Dissertacao (Mestrado) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN/CNEN-SP, Sao Paulo. 134 p. Orientador: Miguel Mattar Neto.

    Palavras-Chave: pwr type reactors; steam generators; tubes; defects; deformation; corrosion; failures; fatigue; in-service inspection; materials testing; probabilistic estimation

  • IPEN-DOC 19623

    NEGRETTI, THIAGO B.; COUTO, ANTONIO A. ; KITAGAWA, HELIO; MILETOVIC, CARLOS; PETRUK, ALEX; LIMA, NELSON B. de . Análise numérica-experimental da integridade estrutural do suporte de aços de alta resistência baixa liga do tubo de admissão de ar de motores diesel de veículos pesados. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE ENGENHARIA MECÂNICA, 11., 5-11 de novembro, 2013, La Plata, Argentina. Proceedings... 2013.

    Palavras-Chave: diesel engines; vehicles; mechanical structures; fatigue; steels; finite element method

  • IPEN-DOC 05777

    MATTAR NETO, M. ; MIRANDA, C.A.J. . Avaliacao de fadiga em componentes de vasos de pressao nucleares. In: 8o. SIMPOSIO BRASILEIRO SOBRE TUBULACOES E VASOS DE PRESSAO, 25-28 de setembro, 1994, Gramado, RS. 1994. p. 772-781.

    Palavras-Chave: pressure vessels; reactor components; fatigue

  • IPEN-DOC 23021

    PIERETTI, EURICO F. . Biomêcanica aplicada na avaliação de propriedades de implantes ortopédicos metálicos tratados por feixe laser / Applied biomechanics to evaluate the properties of laser beam treated orthopedic implants . 2016. Tese (Doutorado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 204 p. Orientador: Maurício David Martins das Neves. DOI: 10.11606/T.85.2017.tde-18042017-145929

    Abstract: A marcação por feixe laser em superfícies é utilizada para assegurar a identificação e a rastreabilidade em biomateriais. A texturização via feixe laser confere maior aderência às superfícies dos dispositivos médicos implantáveis. Este trabalho teve o objetivo de avaliar o comportamento da superfície do aço inoxidável austenítico ABNT NBR ISO 5832-1 submetido à marcação e texturização com feixe laser de fibra óptica, alterando-se a frequência dos pulsos; frente ao seu comportamento biomecânico, por meio de: ensaios de resistência à tração, fadiga e desgaste; verificar a susceptibilidade à corrosão localizada, por ensaios eletroquímicos em solução que simula os fluidos corpóreos; e caracterizar a sua microestrutura. Os tratamentos alteraram a rugosidade e a dureza dos biomateriais em função do aumento da frequência dos pulsos. A microestrutura e composição química das superfícies sofreram mudanças que afetaram diretamente a camada passiva dos aços inoxidáveis. Este efeito foi comprovado com o uso de SVET, XPS e caracterização de propriedades eletrônicas do filme passivo. Os dois tipos de tratamentos implicaram em aumento de susceptibilidade magnética das superfícies. Os parâmetros utilizados para as marcações e texturizações não causaram diminuição na viabilidade celular, de modo que não apresentou citotoxicidade mesmo após incubação prolongada. Este biomaterial mostrou-se adequado perante os ensaios biomecânicos, uma vez que os tratamentos a laser, nas condições utilizadas, não induziram a formação de tensões superficiais de magnitude capaz de levar à fratura por fadiga, indicando vida em fadiga infinita; tampouco se pôde relacionar a região de fratura por tração com as marcações a laser. O volume de desgaste diminuiu em função do aumento da dureza produzido pela elevação da frequência do pulso nas texturizações. O caráter visual das marcações e texturizações por feixe laser foi assegurado após a maioria dos ensaios realizados.

    Palavras-Chave: implants; skeleton; medical surveillance; surface coating; surface treatments; surface forces; electrochemical coating; body fluids; stainless steels; tensile properties; fatigue; tribology; wear; corrosion; biochemistry; laser beam machining; x-ray diffraction; films; neutron activation analysis; scanning electron microscopy; standardization; comparative evaluations

  • IPEN-DOC 09024

    CHAGAS, J.F.; HASHIMOTO, T.M.; MONTEIRO, W.A. . Characterization of the fatigue fracture in dual-phase steel. In: CALDERON BENAVIDES, H.A. (Ed.); YACAMAN, M.J. (Ed.) INTERNATIONAL CONGRESS ON ELECTRON MICROSCOPY, 14th, Aug. 31 - Sept. 4, 1998, Cancun, Mexico. Proceedings... 1998. p. 119-120.

    Palavras-Chave: steels; martensite; ferrite; fatigue; fractures; microhardness; crack propagation; microstructure

  • IPEN-DOC 18407

    HATTORI, C.S.; COUTO, A.A. ; VTAVUK, J.; OLIVEIRA, R.R. ; LIMA, N.B. . Comparação de molas de suspensão temperadas e revestidas enroladas a quente e a frio. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 20., 4-8 de novembro, 2012, Joinville, SC. Anais... 2012. p. 9112-9121.

    Palavras-Chave: springs; steels; fatigue; residual stresses; shot peening

  • IPEN-DOC 10856

    PINTO, J.M.A.; MANSUR, T.R.; MATTAR NETO, M. ; COLOSIMO, E.A.. Comparison between S-N-P curves obtained from constant stress and step-stress fatigue tests. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON STRUCTURAL MECHANICS IN REACTOR TECHNOLOGY, 18th, Aug. 7-12, 2005, Beijing, China. Proceedings... 2005.

    Palavras-Chave: fatigue; damage; stresses; s-n diagram; materials testing; comparative evaluations

  • IPEN-DOC 07480

    JESUS FILHO, E.S. ; JESUS, E.R.B. ; ROSSI, J.L. . Comportamento a fadiga e pontos de iniciacao de trincas em composito de aluminio reforcado com 5 porcento vol. de carboneto de silicio. In: KIMINAMI, C.S. (Ed.); EIRAS, J.A. (Ed.); PESSAN, L.A. (Ed.); TOMASI, R. (Ed.) CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 14., 3-6 dez, 2000, Sao Pedro, SP. Anais... Sao Carlos: UFSCar, 2000, 2000. p. 23801-23809.

    Palavras-Chave: composite materials; aluminium; reinforced materials; silicon carbides; fatigue; cracks; surface treatments; machining; shot peening; residual stresses

  • IPEN-DOC 05138

    PERROTTA, J.A. ; ANDRADE, G.G. . Comportamento da barra combustivel de um reator tipo PWR em seguimento de carga. In: 3o. ENCONTRO NACIONAL DE FISICA DE REATORES, 11-14 de dezembro, 1982, Itaipava, RJ. 1982. p. 368-376.

    Palavras-Chave: pwr type reactors; fuel rods; a codes; cladding; zircaloy; finite element method; fuel-cladding interactions; fatigue; fuel element failure

  • IPEN-DOC 04319

    ROSSI, J.L. . Compositos de matriz metalica - propriedades em fadiga. In: 47o. CONGRESSO ANUAL DA ASSOCIACAO BRASILEIRA DE METAIS, 10-13 de agosto, 1992, Belo Horizonte, MG. 1992.

    Palavras-Chave: aluminium alloys; composite materials; fatigue

  • IPEN-DOC 05374

    ROSSI, J.L. . Compositos de matriz metalica e suas propriedades em fadiga. Metallurgical Materials, v. 49, n. 416, p. 272-278, 1993.

    Palavras-Chave: composite materials; metals; fatigue; cracks; aluminium alloys

  • IPEN-DOC 04512

    ROSSI, J.L. . Correlacao microestrutural e danos por fadiga em um material composito de matriz metalica. In: 10o. CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 6-10 de dezembro, 1992, Aguas de Lindoia, SP. 1992. p. 273-275.

    Palavras-Chave: composite materials; metals; microstructure; fatigue

  • IPEN-DOC 24327

    RICARDO, LUIZ C.H. . Crack propagation by finite element method. Frattura ed Integrità Strutturale, v. 43, p. 57-78, 2018. DOI: 10.3221/IGF-ESIS.43.04

    Abstract: Crack propagation simulation began with the development of the finite element method; the analyses were conducted to obtain a basic understanding of the crack growth. Today structural and materials engineers develop structures and materials properties using this technique. The aim of this paper is to verify the effect of different crack propagation rates in determination of crack opening and closing stress of an ASTM specimen under a standard suspension spectrum loading from FD&E SAE Keyhole Specimen Test Load Histories by finite element analysis. To understand the crack propagation processes under variable amplitude loading, retardation effects are observed.

    Palavras-Chave: fatigue; simulation; finite element method; crack propagation

  • IPEN-DOC 21768

    RICARDO, LUIZ C.H. ; MIRANDA, CARLOS A.J. . Crack simulation models in variable amplitude loading - a review. Frattura ed Integrita Strutturale, v. 35, p. 456-471, 2016.

    Palavras-Chave: crack propagation; fatigue; finite element method; simulation

  • IPEN-DOC 10893

    SILVA JUNIOR, SILVERIO F. da . Determinação de tensões em materiais estruturais pelo ensaio magnetoelástico. 2005. Tese (Doutoramento) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN/CNEN-SP, Sao Paulo. 240 p. Orientador: Miguel Mattar Neto.

    Palavras-Chave: mechanical properties; electromagnetic testing; nondestructive analysis; ferromagnetic materials; stainless steels; fatigue; damage; microstructure; stress analysis; anisotropy

  • IPEN-DOC 27499

    ALENCAR, MILTON A. . Efeito do estiramento à frio no aço utilizado na fabricação de rodas avaliado por propriedades mecânicas e por tensões residuais / Cold metal spinning's effect in the steel used to fabricate wheels evaluated by mechanic properties and residual stresses . 2020. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 82 p. Orientador: Cristiano Stefano Mucsi. DOI: 10.11606/D.85.2020.tde-23122020-122456

    Abstract: Este estudo tem como objetivo a investigação e análise das propriedades mecânicas antes e depois dos processos de soldagem e estiramento (repuxo por revolução), do aço utilizado na fabricação de rodas para caminhões e ônibus. O estiramento na fabricação de rodas é utilizado para aumentar a largura do componente aro com a redução de espessura, e na conformação do componente disco, que devem atender aos perfis determinados em projeto, de modo a resistir aos esforços de fadiga por ciclagem e de momentos de flexão e torção, alternados. A presente proposta é estudar os efeitos do processo de estiramento no material da roda, pois com o melhor entendimento destes efeitos, pode-se maximizar a otimização da massa da roda, um grande objetivo a ser alcançado para o setor de fabricação de rodas de aço. Os métodos propostos para a identificação dos efeitos do estiramento no aço empregado para a fabricação de rodas foram ensaios de tração, análise metalográfica, análise do comportamento das deformações do material utilizando a técnica de correlação de imagens digitais (DIC), e medidas de tensões residuais por difração de raios X (SAE HS 784, 2003), somados a mapas de dureza, executados no material antes e após o processo de estiramento. As variações dos percentuais de redução de espessuras no processo de estiramento foram correlacionadas com as variações de resistência a tração. Isto para verificação da relação da variação de espessura com a variação dos valores de resistência a tração. E observou-se um aumento na tensão de ruptura a tração a cada aumento de percentual de redução de espessura do material no estiramento, chegando a um aumento de 50% na resistência a tração, numa redução de 55% na espessura da matéria prima, com a consequente perda de deformação. Nas regiões soldadas e afetadas pela solda foram identificadas somente tensões residuais compressivas, de grande importância para o aspecto funcional do componente.

    Palavras-Chave: mechanical properties; fatigue; welding; fibers; steels; process control; fabrication; processing; wheels; vehicles; industry; residual stresses; tensile properties; design; correlations; digital systems; image processing; x-ray diffraction

  • IPEN-DOC 24296

    BORGES, ARNALDO A.C. . Efeito do jateamento com granalhas de aço na tensão residual e no comportamento mecânico da liga de alumínio 6082 / Effect of shot peening on residual stress and mechanical behavior of aluminum alloy 6082 . 2017. Tese (Doutorado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 159 p. Orientador: Antonio Augusto Couto. DOI: 10.11606/T.85.2018.tde-29012018-142350

    Abstract: A liga de alumínio 6082 apresenta de média para alta resistência mecânica e é de grande importância no mercado de perfis extrudados. O processo de jateamento com granalha de aço em componentes automotivos e aeronáuticos, visando induzir uma condição otimizada de tensão residual de compressão na superfície, tem se mostrado eficaz na melhoria das propriedades mecânicas em fadiga desses componentes. Neste sentido, este trabalho tem como objetivo estudar os efeitos do jateamento com granalhas de aço na tensão residual e no comportamento mecânico em fadiga da liga de alumínio 6082 solubilizada e envelhecida artificialmente. Inicialmente foram feitos tratamentos térmicos de solubilização e envelhecimento artificial visando a determinação da melhor condição em termos de resistência mecânica da liga de alumínio 6082. A seguir foram realizados experimentos com diversos tipos de granalhas esféricas de aço e em condições variadas de jateamento (velocidade de rotação e tempo), definindo-se a melhor condição de tensão residual medida por difração de raios x. Ensaios de fadiga em corpos de prova jateados com granalha de aço na melhor condição de tensão residual foram executados em máquina flexo-rotativa e comparados com os resultados do material sem jateamento. A melhor condição de tensão residual ocorreu em decorrência do jateamento com o uso da granalha de aço S170PEE, rotação da turbina à 2500 rpm e tempo de exposição de 1 minuto. A curva de tensão residual em profundidade para a condição escolhida apresentou resultados coerentes somente até 76 μm devido à presença de grãos grandes em profundidades superiores a esta. As curvas S-N mostraram que houve um ganho na vida em fadiga em tensões elevadas e baixo número de ciclos para romper devido jateamento com granalha de aço. Ao contrário, ocorreu um efeito deletério na vida em fadiga em tensões baixas e número de ciclos elevados para romper, devido à influência do aumento da rugosidade em ensaios de fadiga mais longos.

    Palavras-Chave: aluminium alloys; shot peening; microstructure; surface treatments; surface hardening; residual stresses; fatigue; heat treatments; thermal stresses; materials testing; mechanical tests; x-ray diffraction

  • IPEN-DOC 06786

    RICARDO, LUIZ C.H. . Estimativa da vida sob fadiga de amplitude variavel de um componente mecanico. 1999. Dissertacao [Mestrado] - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN/CNEN-SP, Sao Paulo. 127 p. Orientador: Arnaldo Homobono Paes de Andrade.

    Palavras-Chave: automotive industry; electric batteries; fatigue; mechanical properties; finite element method; accelerometers; strain gages

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.

O Repositório Digital do IPEN é um equipamento institucional de acesso aberto, criado com o objetivo de reunir, preservar, disponibilizar e conferir maior visibilidade à Produção Científica publicada pelo Instituto, desde sua criação em 1956.

Operando, inicialmente como uma base de dados referencial o Repositório foi disponibilizado na atual plataforma, em junho de 2015. No Repositório está disponível o acesso ao conteúdo digital de artigos de periódicos, eventos, nacionais e internacionais, livros, capítulos, dissertações, teses e relatórios técnicos.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.