Navegação por assunto "magnesium base alloys"

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 13251

    FERRARI, RICARDO B. . Caracterizacao de liga metalica a base de aluminio-magnesio obtida por metodo convencional apos tratamentos termomecanicos visando estruturas microcristalinas / Characterization of aluminum - magnesium base metallic alloy obtained due conventional after thermomechanical treatments aiming microcrystalline structures . 2008. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, Sao Paulo. 82 p. Orientador: Waldemar Alfredo Monteiro. DOI: 10.11606/D.85.2008.tde-27092009-083128

    Abstract: O objetivo deste trabalho é a caracterização mecânica e microestrutural por microscopia óptica e eletrônica, bem como testes de microdureza da liga Al-6063 após tratamentos termomecânicos. As ligas de Al-Mg recebem especial atenção devido a sua leveza, propriedades mecânicas e reciclabilidade. Tais ligas apresentam boas propriedades mecânicas quando submetidas a trabalhos mecânicos moderados, apresentando também boa resistência à corrosão. Para estudos de recristalização, foram empregados trabalhos a frio (30%, 60% e 90% de redução em área) na liga Al-6063, seguidos de tratamentos térmicos utilizando quatro temperaturas isotérmicas (423K, 523K, 623K e 723K) durante 1800, 3600, 5400 e 7200 segundos. As observações microestrutural e microanalise química foram realizadas em microscópio eletrônico de transmissão JEOL JEM 200C e 2010 combinado com a caracterização mecânica utilizando medidas de microdureza Vickers. A preparação das amostras seguiu a rotina usual de preparação metalográfica. Usualmente classificadas como termicamente não tratáveis, estas ligas obtém maior dureza através da deformação plástica A nucleação de novos grãos é uma característica não estável da microestrutura deformada, dependente do tamanho do subgrão, heterogeneidades presentes como potenciais sítios no estado deformado adjacente o sítios de alta desorientação. Os resultados obtidos indicam um efeito significativo das partículas de segunda fase durante a recristalização e como modificar os resultados da microestrutura utilizando estas partículas. Isto pode ser um crescimento preferencial nos estágios iniciais devido a rede local ou a seleção de certa orientação pelas partículas.

    Palavras-Chave: aluminium base alloys; magnesium base alloys; thermochemical treatments; optics; electron microscopy; microhardness; corrosion resistance; recrystallization

  • IPEN-DOC 21753

    CASINI, JULIO C.S. ; SAEKI, MARGARIDA J. ; GUO, ZAIPING; LIU, HUA K.; FARIA, RUBENS N. de ; TAKIISHI, HIDETOSHI . Effect of Sn and Cu on corrosion resistance of LaMgAlMnCoNi type alloys. In: INTERNATIONAL LATIN-AMERICAN CONFERENCE ON POWDER THECHNOLOGY, 10th, November 8-11, 2015, Mangaratiba, RJ. Proceedings... 2015.

    Palavras-Chave: electrochemistry; nickel base alloys; corrosion resistance; tin; copper; aluminium base alloys; cobalt base alloys; lanthanum base alloys; magnesium base alloys; manganese base alloys

  • IPEN-DOC 24308

    CASINI, JULIO C.S. ; SAEKI, MARGARIDA J.; GUO, ZAIPING; LIU, HUA K.; FARIA, RUBENS N. de ; TAKIISHI, HIDETOSHI . Effect of Sn and Cu on corrosion resistance of LaMgAlMnCoNi type alloys. Materials Science Forum, v. 899, p. 353-357, 2017. DOI: 10.4028/www.scientific.net/MSF.899.353

    Abstract: This paper reports the results of investigation carried out to evaluate the corrosion resistance of tin and copper in as-cast alloys represented by two sequential series, first: La0.7Mg0.3Al0.3Mn0.4Co0.5-xSnxNi3.8 (x = 0.0, 0.1, 0.2, 0.3 and 0.5) and second: La0.7Mg0.3Al0.3Mn0.4Sn0.5-yCuyNi3.8 (y = 0.0, 0.1, 0.2, 0.3 and 0.5). Electrochemical methods, specifically, polarization curves have been employed in this study. Copper substitution yielded good overall performance of the alloys.

    Palavras-Chave: electrochemistry; nickel base alloys; corrosion resistance; tin; copper; aluminium base alloys; cobalt base alloys; lanthanum base alloys; magnesium base alloys; manganese base alloys

  • IPEN-DOC 26667

    RIBEIRO, ELOANA P. ; COUTO, ANTONIO A. ; OLIVEIRA, LEANDRO A. de; ANTUNES, RENATO A.. Influence of the treatment time on the surface chemistry and corrosion behavior of cerium-based conversion coatings on the AZ91D magnesium alloy. Materials Research, v. 22, suppl.1, p. 1-10, 2019. DOI: 10.1590/1980-5373-MR-2018-0862

    Abstract: The aim of the present work was to investigate the effect of the treatment time on the surface chemistry and corrosion behavior of cerium-based chemical conversion coatings on the AZ91D magnesium alloy. The conversion coating was prepared by the immersion technique from a bath consisting of 0.05 mol.L-1 Ce(NO3)3.6H2O and 0.254 mol.L-1 H2O2 (30 wt.%) for times ranging from 20 s to 120 s. The surface chemistry was examined by X-ray photoelectron spectroscopy (XPS). The corrosion behavior was assessed by electrochemical impedance spectroscopy and potentiodynamic polarization. XPS analysis detected the presence of cerium oxides (Ce2O3 and CeO2) and cerium/ magnesium hydroxides. The best corrosion behavior was observed for the treatment conducted for 60 s. The results are discussed with respect to coating morphology and composition.

    Palavras-Chave: aluminium alloys; zinc alloys; magnesium base alloys; x-ray photoelectron spectroscopy; cerium; coatings; conversion; cerium oxides; corrosion; corrosion resistance; surfaces

  • IPEN-DOC 17720

    GALDINO, GABRIEL S. . Influência do PR na microestrutura e propriedades elétricas em ligas à base de LaPrMgAlMnCoNi utilizadas em baterias de Ni-HM / Influence of Pr in the microstructure and electrical properties in LaPrMgAlMnCoNi based alloys for using for Ni-HM batteries . 2011. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 78 p. Orientador: Hidetoshi Takiishi. DOI: 10.11606/D.85.2011.tde-03042012-140538

    Abstract: Neste trabalho foram estudadas ligas La0,7-xPrxMg0,3Al0,3Mn0,4Co0,5Ni3,8 (x= 0 a 0,7) no estado bruto de fusão, para utilização em eletrodos negativos de baterias de níquel-hidreto metálico (Ni-HM). A caracterização das ligas foi realizada através das seguintes técnicas: microscopia eletrônica de varredura (MEV), espectroscopia de energia dispersiva (EDS) e difração de raios X. Foi também determinada capacidade de absorção de hidrogênio destas ligas. A hidrogenação do material foi realizada em dois processos sendo: o primeiro denominado de baixa pressão (0,2 MPa de hidrogênio e temperatura de 500ºC) e o segundo de alta pressão (1 MPa e de hidrogênio e temperatura de 25ºC). Foi observado que com o aumento do teor de Pr a capacidade de absorção de hidrogênio diminui. Para o estudo da capacidade de descarga das baterias foi utilizado um analisador digital de quatro canais e observou-se um decréscimo na capacidade de descarga das baterias com adição de praseodímio para as composições La0,7-xPrxMg0,3Al0,3Mn0,4Co0,5Ni3,8 (x= 0 a 0,3). A maior capacidade de descarga (386 mAhg-1) e estabilidade cíclica foi obtida para a liga La0,2Pr0,5Mg0,3Al0,3Mn0,4Co0,5Ni3,8. Esta capacidade obtida pode estar relacionada com a maior proporção da fase LaMg2Ni9 encontrada na liga com adição de 0,5 % at. de Pr.

    Palavras-Chave: praseodymium; microstructure; electrical properties; lanthanum base alloys; praseodymium base alloys; magnesium base alloys; aluminium base alloys; manganese base alloys; cobalt base alloys; nickel base alloys; nickel-hydrogen batteries; scanning electron microscopy; x-ray diffraction

  • IPEN-DOC 16563

    MONTEIRO, W.A. ; BUSO, S.J.; FERRARI, R.B.. Microstructural and mechanical studies in Al-Mg based alloys obtained by conventional and P/M processes after special thermomechanical treatments. Materials Science Forum, v. 638-642, p. 3949-3953, 2010.

    Palavras-Chave: aluminium base alloys; magnesium base alloys; microstructure; mechanical properties; heat treatments; powder metallurgy; transmission electron microscopy

  • IPEN-DOC 14030

    ZARPELON, L.M.C. ; FERREIRA, E.A.; TAKIISHI, H. ; FARIA, R.N. . Microstructure and microanalysis studies of some lanthanum-magnesium based hydrogen storage alloys. Materials Science Forum, v. 591-593, p. 879-884, 2008.

    Palavras-Chave: lanthanum base alloys; magnesium base alloys; microstructure; chemical composition; hydrogen storage; scanning electron microscopy; x-ray diffraction

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.

O Repositório Digital do IPEN é um equipamento institucional de acesso aberto, criado com o objetivo de reunir, preservar, disponibilizar e conferir maior visibilidade à Produção Científica publicada pelo Instituto, desde sua criação em 1956.

Operando, inicialmente como uma base de dados referencial o Repositório foi disponibilizado na atual plataforma, em junho de 2015. No Repositório está disponível o acesso ao conteúdo digital de artigos de periódicos, eventos, nacionais e internacionais, livros, capítulos, dissertações, teses e relatórios técnicos.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.