Navegação por assunto "magnesium compounds"

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 01911

    POTIENS JUNIOR, ADEMAR J. . Caracterizacao do fosforo termoluminescente MgBsub4Osub7:Dy para aplicacao na deteccao de neutrons termicos. 1992. Dissertacao (Mestrado) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN/CNEN-SP, Sao Paulo. 83 p. Orientador: Leticia Lucente Campos Rodrigues.

    Palavras-Chave: thermal neutrons; detection; borates; dysprosium; magnesium compounds

  • IPEN-DOC 02311

    MARTINELLI, J.R. ; WEEKS, R.A.; SONDER, E.; ZUHR, R.A.. Cation motion in MgAlsub(2)Osub(4) spinel. In: 87th ANNUAL MEETING OF THE AMERICAN CERAMIC SOCIETY, 1985, Cincinnaty, OH, USA. Abstract... 1985.

    Observação: arquivo não disponível no Repositório

    Palavras-Chave: backscattering; cations; magnesium compounds; motion; spinels

  • IPEN-DOC 21520

    REIS, S.L. ; MUCCILLO, E.N.S. . O efeito da sinterização em duas etapas na composição de fases e na condutividade elétrica do Lasub(0.9)Srsub(0.1)Gasub(0.8)Mgsub(0.2)Osub(3-'delta'). In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CERAMICA, 59., 17-20 de maio, 2015, Barra dos Coqueiros, SE. Anais... 2015. p. 1876-1887.

    Palavras-Chave: ceramics; sintering; ionic conductivity; electric conductivity; gallium compounds; lanthanum compounds; magnesium compounds; strontium compounds

  • IPEN-DOC 22815

    REIS, S.L. ; MUCCILLO, E.N.S. . Influência das etapas de calcinação e moagem na microestrutura e condutividade elétrica do LSGM obtido pelo método de sinterização rápida. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CERAMICA, 60., 15-18 de maio, 2016, Aguas de Lindóia, SP. Anais... 2016. p. 1312-1323.

    Abstract: O galato de lantânio contendo substituições parciais de estrôncio e magnésio La1-xSrxGa1-yMgyO3-δ(LSGM) é um eletrólito sólido promissor para uso em células a combustível de óxido sólido devido sua alta condutividade iônica em temperaturas intermediárias (600 – 800ºC) quando comparado à zircônia estabilizada com ítria (YSZ). Além disso, o LSGM exibe desprezível condutividade eletrônica e elevada estabilidade química em uma ampla faixa de pressão parcial de oxigênio. Neste trabalho, a composição La0,9Sr0,1Ga0,8Mg0,2O3-δ foi preparada pelo método convencional de reação em estado sólido a partir de duas rotas e consolidada por sinterização rápida. Foram variados os seguintes parâmetros de processamento: temperatura de calcinação (1250 e 1350ºC), e moagem no final do processamento ou entre calcinações. Amostras preparadas com calcinações sucessivas a 1250ºC seguida de moagem possuem densidade relativa de 95% quando sinterizadas a 1500ºC/5 min e menor tamanho médio de grão (3,40 μm), quando comparadas com amostras preparadas com duas calcinações a 1350ºC com moagens intercaladas. A condutividade elétrica dos grãos e contornos de grãos das amostras preparadas com calcinações sucessivas a 1250ºC é superior àquelas preparadas com duas calcinações a 1350ºC e com moagens intercaladas sinterizadas nas mesmas condições de sinterização.

    Palavras-Chave: calcination; milling; microstructure; electric conductivity; lanthanum compounds; strontium compounds; magnesium compounds; doped materials; solid electrolytes; chemical preparation; temperature dependence; x-ray diffraction; scanning electron microscopy; grain size

  • IPEN-DOC 14016

    MAIA, ALESSANDRA S.; STEFANI, ROBERVAL; KODAIRA, CLAUDIA A.; FELINTO, MARIA C.F.C. ; TEOTONIO, ERCULES E.S.; BRITO, HERMI F.. Luminescent nanoparticles of MgAlsub(2)Osub(4):Eu, Dy prepared by citrate sol-gel method. Optical Materials, v. 31, n. 2, p. 440-444, 2008.

    Palavras-Chave: magnesium compounds; aluminates; nanostructures; photoluminescence; sol-gel process; spinels

  • IPEN-DOC 26468

    SOUZA, LUIZA F.; SANTOS, WILLIAM S. ; BELINATO, WALMIR; SILVA, ROGERIO M.V.; CALDAS, LINDA V.E. ; SOUZA, DIVANIZIA N.. Mass energy absorption coefficients and energy responses of magnesium tetraborate dosimeters for 0.02 MeV to 20 MeV photons using Monte Carlo simulations. Applied Radiation and Isotopes, v. 148, p. 232-239, 2019. DOI: 10.1016/j.apradiso.2019.04.015

    Abstract: Thermoluminescence dosimeters containing boron, such as magnesium tetraborate (MgB4O7), are of interest because of their very high sensitivity, near tissue-equivalent absorption coefficients, low cost, easy handling, and very large linearity range for absorbed dose. Another important parameter that should be considered when working with thermoluminescent dosimeter (TLD) is the mass energy absorption coefficient (μen/ρ), which is a close approximation to the energy available for production of chemical, biological and other effects associated with exposure to ionizing radiation, therefore important in estimating dose in medical and health physics. In this study the mass energy absorption coefficients and energy responses of undoped and some doped magnesium tetraborates were calculated by Monte Carlo N-particle transport code for a range of photon energies between 20 keV and 20 MeV. The calculated parameters for MgB4O7, MgB4O7:Dy and MgB4O7:Dy,Li were evaluated in comparison with standard TLDs as Al2O3:C and TLD-100 (LiF: Mg, Ti) and ICRU tissue data. The influence of the dopant concentration in the MgB4O7 matrix on the energy dependence of TLD was also investigated. The analyses indicated a good agreement between the simulations and theoretical calculations. The μen/ρ and energy dependence of the materials are higher in the low energy range (E < 100 keV), which is related to the high probability of interaction between radiation and matter due to photoelectric absorption. With regard to the influence of dysprosium concentration in the MgB4O7 matrix an increase in the energy dependence of MgB4O7 for higher concentrations of dopants was observed in the low energy range.

    Palavras-Chave: absorbed radiation doses; borates; boron; computerized simulation; concentration ratio; doped materials; energy absorption; energy dependence; icru; ionizing radiations; kev range; lithium fluorides; magnesium; magnesium compounds; mev range; monte carlo method; radiation protection; sensitivity; thermoluminescent dosemeters

  • IPEN-DOC 02620

    MARTINELLI, J.R. ; SONDER, E.; WEEKS, R.A.; ZUHR, R.A.. Mobility of cations in magnesium aluminate spinel. Physical Review, B, v. 33, n. 8, p. 5698-5701, 1986.

    Palavras-Chave: backscattering; cations; magnesium compounds; mobility; spinels

  • IPEN-DOC 20892

    SOUZA, LUIZA F.; ANTONIO, PATRICIA L. ; CALDAS, LINDA V.E. ; SOUZA, DIVANIZIA N.. Neodymium as a magnesium tetraborate matrix dopant and its applicability in dosimetry and as a temperature sensor. Nuclear Instruments and Methods in Physics Research, v. 784, Section A, p. 9-13, 2015.

    Palavras-Chave: neodymium; magnesium compounds; borates; doped materials; dosimetry; sensors; neodymium oxides

  • IPEN-PUB-200

    FERNANDES FILHO, O.O.; CAMPOS, L.L. . Obtencao de MgB sub(4)Osub(7):TR e CaBsub(4)Osub(7):TR para fins dosimetricos. 1988. 17 p.

    Palavras-Chave: magnesium compounds; calcium compounds; thermoluminescence; borates

  • IPEN-DOC 01658

    FERNANDES FILHO, O.O.; CAMPOS, L.L. . Obtencao de MgB sub(4)Osub(7):TR e CaBsub(4)Osub(7):TR para fins dosimetricos. In: 40a. REUNIAO ANUAL DA SBPC, 10-16 de julho, 1988, Sao Paulo, SP. 1988.

    Palavras-Chave: calcium compounds; magnesium compounds; dosimetry; sample preparation; reagents; thermoluminescence

  • IPEN-DOC 10224

    JUNQUEIRA, A.C.; CARBONARI, A.W. ; SAXENA, R.N. ; MESTNIK FILHO, J. . Study of the local magnetic environment in LaMnOsub(3) perovskite by measuring hyperfine interactions. Journal of Magnetism and Magnetic Materials, v. 272-276, Supplement, p. E1639-E1641, 2004.

    Palavras-Chave: angular correlation; cerium 140; interactions; lanthanum 140; lanthanum compounds; magnesium compounds; magnetic fields; perovskites; perturbed angular correlation; temperature dependence; temperature range 0065-0273 k

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.

O Repositório Digital do IPEN é um equipamento institucional de acesso aberto, criado com o objetivo de reunir, preservar, disponibilizar e conferir maior visibilidade à Produção Científica publicada pelo Instituto, desde sua criação em 1956.

Operando, inicialmente como uma base de dados referencial o Repositório foi disponibilizado na atual plataforma, em junho de 2015. No Repositório está disponível o acesso ao conteúdo digital de artigos de periódicos, eventos, nacionais e internacionais, livros, capítulos, dissertações, teses e relatórios técnicos.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.