Navegação por ano de publicação "2017"

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 24641

    SA, ANA P.N. de ; VILLAVICENCIO, ANNA L.C.H. . Revisão: avaliação dos efeitos das radiações ionizantes em farinhas. In: ANAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIENCIAS NUCLEARES, 09-11 de outubro, 2017, São Paulo, SP. Resumo... Rio de Janeiro, RJ: Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares, 2017. p. 131-131.

    Abstract: Introdução: O processo de irradiação de alimentos é um método que consiste em uma exposição controlada do alimento a uma fonte de radiação ionizante (Radiat. Phys. Chem. 129, 53-57, 2016; Food Control 72, 345-359,2017). Atualmente, a radiação ionizante é uma alternativa eficiente, de grande valor tecnológico no emprego de doses até 10 kGy para alimentos secos, desidratados e com baixo teor de gorduras (Rad. Phys.Chem.129,24–29,2016). Objetivo: Levantamento bibliográfico de artigos indicando uso de médias e altas doses de radiação com finalidade tecnológica para melhoramento e qualidade das propriedades tecnológicas em farinhas. Método: Levantamento bibliográfico em base de dados (brasileiras e internacionais, como: Google Scholar, ScienceDirect, Pubmed, SciELO, Web of Science) com auxílio da biblioteca do IPEN. O tema proposto é de interesse industrial, tendo sido usado o período 1980-2017 e busca por farinhas provenientes de milho, mandioca, trigo, feijão, arroz, castanho, fubá e banana. Até o momento, o estudo apresenta 22 trabalhos (Artigos, Teses e Dissertações), selecionados com foco em utilização de doses de radiação e tipo de farinhas. Foram utilizadas palavras-chave em Português e Inglês (irradiação de alimentos; farinhas irradiadas e aspectos tecnológicos de farinhas irradiadas; food irradiation and Technologycal aspects of irradiated flour). Resultados: Nos resultados preliminares da pesquisa/busca as doses variam desde a aplicação para fitossanitário até doses mais altas relacionadas a características tecnológicas. Foram encontrados 10 trabalhos com finalidade fitossanitária (0,1 a 1,0 kGy) e 20 dentre os 22 pesquisados inicialmente, com características tecnológicas (doses acima de 1 kGy até 10 kGy). Foram observados estudos relacionados com redução de carga microbiológica, composição nutricional, modificações organolépticas e relação do índice de acidez presente em fubá e castanha devido aumento das doses no decorrer do tempo de armazenamento devido à presença de lipídeos (ESALQ, Dissertação. 2003; Radiat. Phys. Chem. 81, 450–457, 2012 Radiat. Phys. Chem. 103, 9–15, 2014). Conclusão: Observamos uma tendência de melhora como meio de aperfeiçoamento na produção de panificação em alguns artigos, pois ocorre a quebra de carboidratos, diminuição de atividade enzimática e degradação parcial do amido e das proteínas, obtendo um ótimo parâmetro de qualidade para a produção de pão e massas em geral, observada na diminuição das viscosidades apresentadas nas farinhas de banana e trigo (IPEN, Dissertação, 2011; Escola Politécnica/USP, Dissertação, 2006). Preliminarmente, concluímos que a tecnologia de irradiação de alimentos em doses médias, apresentam vantagens e melhoram as características na produção de pães.

    Icon

  • IPEN-DOC 24642

    BOAS, CRISTIAN A.W.V.; SILVA, JEFFERSON de J. ; BENEDETTO, RAQUEL ; DIAS, LUIS A.P. ; MENGATTI, JAIR ; ARAUJO, ELAINE B. de . Otimização das condições de marcação do PSMA-617-DOTA com lutécio-177. In: ANAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIENCIAS NUCLEARES, 09-11 de outubro, 2017, São Paulo, SP. Resumo... Rio de Janeiro, RJ: Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares, 2017. p. 133-133.

    Abstract: Introdução: O câncer de próstata é a segunda neoplasia mais frequente e a quinta que mais mata pacientes do sexo masculino (Int. J. Cancer 136:359, 2015). Levantamento do Instituto Nacional do Câncer (INCA) indicou que em 2016 devem ter surgidos mais de 61 mil novos casos desta neoplasia no Brasil. Novos radiofármacos para o tratamento do câncer de próstata foram concebidos com base no grupo farmacofórico Glutamato-Ureia-Lisina, que se liga especificamente ao PSMA (Prostate Specific Membrane Antigen), superexpresso em células de tumor de próstata. O PSMA- 617-DOTA marcado com lutécio-177 tem sido bastante estudado e empregado clinicamente na Alemanha na terapia do câncer de próstata. Objetivo: Avaliar as condições de marcação do PSMA-617-DOTA com Lutécio-177 bem como definir os métodos de controle de qualidade de pureza radioquímica. Metodologia: A condição de marcação de PSMA-617-DOTA (ABX, Alemanha) com lutécio-177 (IDB, Holanda) foi estudada considerando diferentes temperaturas (85 ºC, 90 ºC e 95 ºC) e tempos (15 minutos, 30 minutos e 45 minutos). Em cada marcação foram utilizados 10 μg de peptídeo, e 555 MBq (15mCi) de lutécio-177, utilizando-se tampão ascorbato de sódio pH 4,75 0,52 M. Todas as marcações foram realizadas em triplicata e os controles de pureza radioquímica (PR) foram feitos imediatamente após a marcação por cromatografia em camada delgada (tampão citrato de sódio 0,1M, pH 5,0) e cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) (0-2min 17%B; 2-5,99min 30%B; 6-20min 17%B, (fluxo 0,4mL/min, A = H2O/0,1 %TFA, B = ACN/0,1 %TFA, coluna RP18 5μm 4,6x150mm). Resultados e Discussão: O estudo possibilitou analisar a marcação do PSMA-617-DOTA sob diferentes condições de tempo e temperatura, visando avaliar a robustez do método. Realizando a marcação à 85ºC pode-se observar que houve um incremento da pureza radioquímica com a aumento no tempo de marcação, obtendo-se purezas radioquímicas de 95,7 ± 4,2 (15 minutos), 97,9 ± 0,3 (30 minutos) e 98,4 ± 1,0 (45 minutos). Com a temperatura de 90ºC na marcação, as purezas radioquímicas foram de 98,0 ± 0,1 com 15 minutos, 99,9 ± 0,1 com 30 minutos e 99,2 ± 0,2 com 45 minutos de marcação. Realizando a mesma marcação com 95ºC obteve-se purezas radioquímicas de 98,4 ± 0,1 (15 minutos), 99,6 ± 0,2 (30 minutos) e 99,1 ± 0,1 (45 minutos). Corrida de CLAE foi realizada com a marcação obtida à 90ºC e 30 minutos e obteve-se pico único de 100% com 10,7 minutos de corrida. Conclusões: Por meio do presente trabalho foi possível concluir que a melhor condição de marcação do PSMA-617-DOTA com lutécio foi 90 ºC por 30 minutos (p =0,008). A marcação realizada à 90 ºC por 45 também apresentou excelente resultado (p=0,02), contudo demanda tempo maior de marcação. Os métodos cromatográficos selecionados possibilitaram avaliar a %PR das marcações com resolução adequada das espécies. Encoraja-se também a realização de estudos para determinação da atividade específica, realizar marcações em escala de produção, estudos de estabilidade do radiofármaco e bem como avaliar as propriedades do PSMA-617-DOTA-177Lu em modelos in vitro e in vivo.

    Icon

  • IPEN-DOC 24640

    RODRIGUES, BRUNA T.T.; ROSTELATO, MARIA E.C.M. ; SOUZA, CARLA D. de ; TOZETTI, CINTIA A.; NOGUEIRA, BEATRIZ R. ; SOUZA, DAIANE C. ; ZEITUNI, CARLOS A. ; MARQUES, JOSE R. de O. ; SILVA, JOSE T. da. Nova metodologia para fixar iodo-125 em fontes radioativas RM resina epóxi. In: ANAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIENCIAS NUCLEARES, 09-11 de outubro, 2017, São Paulo, SP. Resumo... Rio de Janeiro, RJ: Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares, 2017. p. 130-130.

    Abstract: Introdução: O câncer de próstata é o mais comum entre os homens, aproximadamente 28,6%. A escolha do tipo de tratamento para o câncer da próstata deve considerar vários fatores como: tamanho e extensão do tumor, agressividade aparente (características patológicas), idade, saúde. A braquiterapia vem sendo utilizada em estágios iniciais e intermediários da doença porque é um tratamento seguro e efetivo para câncer prostático localizado. As sementes radioativas são colocadas em contato com ou dentro do órgão a ser tratado, permitindo que a dose de radiação seja liberada apenas no tumor alvo que proteja os tecidos circundantes saudáveis. As fontes podem ter diferentes formas e tamanhos, e a utilizada para câncer de próstata geralmente tem 4,5 mm de comprimento e 0,8 mm de diâmetro. Cerca de 80 a 120 sementes podem ser usadas por paciente. O Iodo-125 é o radioisótopo mais utilizado na braquiterapia da próstata, emite raios-X de 35,49 keV em 100% dos decaimentos, com energia média de 29 keV. Objetivos: Este trabalho propõe uma alternativa às sementes que já foram desenvolvidas, a fim de reduzir o custo. Desenvolvendo uma configuração de núcleo alternativa com o objetivo de aumentar o rendimento de iodo-125 fixado na matriz epoxídica, reduzindo assim o custo total. Resultados: Após produzidas as fontes, foi realizado teste de estanqueidade, com a fonte imersa em água destilada à temperatura ambiente. O resultado não excedeu o limite permitido pela norma ISO 9978 que é de 5 nCi (185 Bq) e o teste de esfregaço não indicou atividade no papel filtro. Conclusão: A fonte foi considerada estanque, após testes padrões, sem qualquer vazamento do material radiativo, viabilizando a matriz epóxi para confecção dos núcleos. Resultando em um método seguro e eficiente. Todos os resultados obtidos apresentaram um alto percentual de eficácia e melhor distribuição de atividade quando comparada às metodologias clássicas de núcleo de prata. As diferenças de eficiência entre núcleos foram causadas por flutuações estáticas do sistema de detecção e balança. A eficiência média dos núcleos foi 82,1 ± 3,2%

    Icon

  • IPEN-DOC 24643

    DAMASCENO, MARCOS O. ; LIMA, VINICIUS S.; BALOGH, TATIANA S. ; FORBICINI, CHRISTINA A.L.G. de O. . Estudo de purificação de Mo-99 por sublimação em forno tubular. In: ANAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIENCIAS NUCLEARES, 09-11 de outubro, 2017, São Paulo, SP. Resumo... Rio de Janeiro, RJ: Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares, 2017. p. 134-134.

    Abstract: Introdução: O 99Mo é um radioisótopo importante devido ao seu produto de decaimento - 99mTc, que atua como marcador molecular em cerca de 80% dos exames diagnósticos (Eur. J. Nucl. Med. Mol. Imag. 36;795,2009). Em muitos países, são empregadas técnicas cromatográficas para a obtenção do 99Mo de fissão de alta pureza, podendo ainda incluir etapas de complexação, precipitação ou sublimação dependendo do processo adotado. O projeto do reator multipróposito brasileiro (RMB) prevê a produção de radioisótopos, como 99Mo via fissão do 235U (Sci. Am. 98;82,2010). O nosso laboratório vem realizando estudos de possíveis etapas de purificação de 99Mo, visando o desenvolvimento de novas rotas de produção. Objetivo: Apresentar resultados preliminares de testes nas principais variáveis da etapa de sublimação do 99Mo como parte do processo de purificação. Os testes incluíram temperatura e tempo de sublimação, taxa de aquecimento e fluxo de gás de arraste, visando redução do tempo de processo e a máxima eficiência de recuperação de 99Mo. Métodos: Os experimentos partiram de uma solução de NH4MoO4 20 g.L-1 contendo uma pequena quantidade de 99Mo como radiotraçador, simulando uma solução em uma dada etapa do processo de purificação. Uma alíquota de 1 mL foi reservada para referência, enquanto outra alíquota de 1 mL foi levada à secura em um cadinho de platina sobre uma placa aquecida. O cadinho foi introduzido em um tubo de quartzo de um forno horizontal e aquecido. Um fluxo de ar para arraste dos vapores foi estabelecido. Após o resfriamento o tubo foi lavado internamente com 10 mL de solução de NaOH 1 M, uma alíquota de 1 mL foi retida desta solução, para contagem da atividade e cálculo de rendimento. As amostras foram analisadas em detector gama Ge hiperpuro em 739 KeV. Resultados: Foram observados depósitos de MoO3 no interior do tubo nas regiões próximas à saída do forno. Os testes com temperaturas já partir de 750°C mostraram excelentes rendimentos de recuperação (98 % ± 0,7). Devido à reduzida massa de óxido presente nas amostras, nos testes com temperatura de 800°C o tempo de sublimação de 5 mim foi suficiente para obter a saída de praticamente todo o material do cadinho. As curvas de aquecimento do forno são determinantes para a celeridade do processo, deste modo taxas de aquecimento de até 30 °C.min-1 foram aplicadas sem prejuízos de recuperação de 99Mo, valores maiores não foram testados por limitações do equipamento. Fluxos de arraste aplicados entre 3 e 9 mL.h-1 possibilitaram a formação de anéis bem definidos de MoO3 depositados a aproximadamente 10 cm do cadinho, facilmente visível dentro do tubo de quartzo, enquanto que sob fluxos acima de 15 mL.h-1 os depósitos apresentam-se mais difusos e com aumento de perdas por arraste. Conclusão: A técnica de sublimação em forno tubular permite a obtenção do 99Mo com elevada pureza e reduzidas perdas. A análise dos resultados permitirá melhor configuração dos parâmetros do forno, contribuindo para a maximização do rendimento de recuperação com redução do tempo total de processo. Os próximos testes incluirão amostras com (NH4)2SO4 ou (NH4)HCO3, simulando outras soluções de extração do molibdênio em um estágio prévio a sublimação.

    Icon

  • IPEN-DOC 22641

    CORDOBA JABONERO, CARMEN; LOPES, FABIO J.S. ; LANDULFO, EDUARDO ; CUEVAS, EMILIO; OCHOA, HECTOR; GIL-OJEDA, MANUEL. Diversity on subtropical and polar properties as derived from both ground-based lidars and CALIPSO/CALIOP measurements. Atmospheric Research, v. 183, p. 151-165, 2017. DOI: dx.doi.org/10.1016/j.atmosres.2016.08.015

    Abstract: Cirrus (Ci) cloud properties can change significantly from place to place over the globe as a result ofweather processes, reflecting their likely different radiative and climate implications. In this work Cirrus clouds (Ci) features observed in late autumn/earlywinter season at both subtropical and polar latitudes are examined and compared to CALIPSO/CALIOP observations. Lidar measurementswere carried out in three stations: São Paulo (MSP, Brazil) and Tenerife (SCO, Canary Islands, Spain), as subtropical sites, and the polar Belgrano II base (BEL, Argentina) in the Antarctic continent. The backscattering ratio (BSR) profiles and the top and base heights of the Ci layers together to their Cirrus Cloud Optical Depth (CCOD) and Lidar Ratio (LR) for Ci clouds were derived. In addition, temperatures at the top and base boundaries of the Ci clouds were also obtained from local radiosoundings to verify pure ice Ci clouds occurrence using a given temperature top threshold (b−38 °C). Ci clouds observed along the day were assembled in groups based on their predominant CCOD, and classified according to four CCOD-based categories. Ci clouds were found to be vertically-distributed in relation with the temperature, forming subvisual Ci clouds at lower temperatures and higher altitudes than other Ci categories at both latitudes. Discrepancies shown on LR values for the three stations, but mainly remarked between subtropical and polar cases, can be associated to different temperature regimes for Ci formation, influencing the internal ice habits of the Ci clouds, and hence likely affecting the LR derived for the Ci layer. In comparison with literature values, daily mean CCOD/LR for SCO (0.4 ± 0.4/21 ± 10 sr), MSP (0.5 ± 0.5/27 ± 5 sr) and BEL (0.2 ± 0.3/28 ± 9 sr) are in good agreement; however, the variability of the Ci optical features along the day present large discrepancies. In comparisonwith CALIOP data, Ci clouds are observed at similar altitudes (around 10–13kmheight); however, differences are found mostly in CCOD values for subtropical Ci clouds, whereas LR values are in a closer agreement. These differences are carefully examined in relation with the closest CALIPSO overpass time and distance from the station (N70 km far), inferring the irregular extension and inhomogeneity of the Ci clouds over each study area. These considerations can be useful for assimilation of the Ci features into climate models and evaluation of future space-borne lidar observations of Ci clouds, especially for the future ESA/Copernicus-Sentinel and ESA/EarthCARE missions.

    Palavras-Chave: clouds; optical radar; polar regions; comparative evaluations; maps; brazil; spain; argentina

    Icon

  • IPEN-DOC 24644

    BENEDETTO, RAQUEL ; MASSICANO, ADRIANA V.; REIS, RUI M.; OLIVEIRA, RENATO; SILVA, JEFFERSON J.; BOAS, CRISTIAN A.W.V.; TURANO, WALTER; MENGATTI, JAIR ; ARAUJO, ELAINE B. de . Desenvolvimento do radioimunoconjugado, CETUXIMABE-DTPAIN111, para estratificação de pacientes à terapia dirigida ao EGFR. In: ANAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIENCIAS NUCLEARES, 09-11 de outubro, 2017, São Paulo, SP. Resumo... Rio de Janeiro, RJ: Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares, 2017. p. 135-135.

    Abstract: Introdução: Anticorpos (AcM) radiomarcados permitem a entrega seletiva da radiação ao alvo de interesse. O receptor do fator de crescimento epidérmico (EGFR), superexpresso em malignidades epiteliais como câncer de cabeça e pescoço (HNSCC), desempenha papel central na proliferação celular. Apesar dos ganhos clínicos decorrentes do uso de cetuximabe (cetux), AcM que se liga ao EGFR, alguns mecanismos de resistência foram caracterizados. A metodologia Radioimunodiagnóstico com cetux radiomarcado (1) pode avaliar a resistência ao tratamento; (2) estratificar pacientes que possam beneficiar-se da Imunoterapia; (3) monitorar a progressão da terapia para um tratamento efetivo e direcionado, com a abordagem da medicina personalizada. Objetivos: Desenvolver radiofármaco, Cetux-DTPA-111In para diagnóstico de HNSCC e câncer colorretal e, através da avaliação dos mecanismos de resistência, selecionar pacientes para terapia. Métodos: O AcM foi conjugado ao quelante DTPA na razão molar 1:20. A pureza radioquímica e estabilidade do radiofármaco foram avaliadas por cromatografia -CLAE.A concentração proteica do imunoconjugado foi determinada pelo método BCA e o número de quelantes acoplado ao AcM foi definido por espectrometria de massas (MALDI/TOF). O ensaio de ligação específica in vitro foi realizado com as células FaDu-P(Parental) e FaDu-C10(resistente). Os estudos de biodistribuição foram conduzidos em camundongos machos Balb/c sadios (4-8 semanas;13-21g), e Scid, modelo tumoral desenvolvido por injeção subcutânea de FaDu-P(flanco esquerdo) e FaDu-C10(flanco direito), nos intervalos de tempo de 3,24,72 horas, 5 e 7 dias, e imagens realizadas em MicroSPECT/CT, Albira -Protocolo nº122/13 CEUA/IPEN. Os camundongos foram injetados com 55 MBq do radioimunoconjugado e eutanasiados após 24,72 horas, 5, 7 dias para estudo de atividade captada/grama de tecido (%Al/g). Resultados: O imunoconjugado, cetux–DTPA, apresentou estabilidade (-20°C, > 6 meses). A concentração de proteínas foi 4,54±0,22mg/mL, com recuperação proteica acima de 83%(N=15). De 6 a 7 quelantes DTPA foram introduzidos no AcM. O percentual de ligação específica às células FaDu-P do Cetux-DTPA-111In foi expressivo e proporcional ao aumento do número de células. A fração imunorreativa foi 93,1%. No ensaio de internalização às células FaDu-P, observou-se fração da ligação de superfície de 86,09±0,72% e percentual de internalização de 14±0,75%. O estudo de ligação às células FaDu-C10 demonstrou inexpressivo % de ligação, comprovando o modelo de resistência conferido a esta linhagem.No estudo de biodistribuição, o fígado e pulmões resultaram em captações de 21,5±1,3 e 19,3±0,8, respectivamente, para 24 horas. A captação óssea foi baixa atestando a estabilidade in vivo do radiofármaco. O melhor intervalo para avaliação clínica é de 5 dias pós-injeção do radiofármaco.A imagem metabólica demonstrou captação do radiofármaco apenas no tumor desenvolvido pela FaDu-P, comprovando sensibilidade e especificidade do radiofármaco para imunodiagnóstico. Conclusão: A obtenção do radiofármaco para radioimunodiagnóstico Cetux-DTPA-111In é viável, com potencial para aplicação no diagnóstico HNSCC e câncer colorretal, além da seleção de pacientes para terapia com cetux, encorajando a continuidade de estudos clínicos.

    Icon

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.