Navegação por Autores IPEN "OCAMPO, IVETTE Z."

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 21965

    CRUZ, CAMILA A.L. da ; OCAMPO, IVETTE Z. ; VIEIRA, DANIEL P. . Avaliação da genotoxicidade em caráter pré-clínico da DOTATATO utilizado para produção de radiofármacos no IPEN utilizando metodologia modificada. In: PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 20.; PROGRAMA DE BOLSAS E INICIAÇÃO CIENTÍFICA CNEN, 11.; PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO, 4., 22-23 de outubro, 2014, São Paulo, SP. Resumo expandido... 2014. p. 102-103.

    Palavras-Chave: evaluation; toxicity; in vitro; radiopharmaceuticals; regulations; laws; animal cells; animals; rats; genome mutations; peptides

    Icon

  • IPEN-DOC 21990

    CARVALHO, LUMA R. de ; OCAMPO, IVETTE Z. ; VIEIRA, DANIEL P. . Avaliação da genotoxicidade em caráter pré-clínico da Ubiquicidina utilizada para produção de radiofármacos no IPEN utilizando metodologia modificada. In: PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 20.; PROGRAMA DE BOLSAS E INICIAÇÃO CIENTÍFICA CNEN, 11.; PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO, 4., 22-23 de outubro, 2014, São Paulo, SP. Resumo expandido... 2014. p. 126-127.

    Palavras-Chave: evaluation; toxicity; in vitro; radiopharmaceuticals; animal cells; animals; rats; genome mutations; regulations; laws

    Icon

  • IPEN-DOC 21888

    OCAMPO, IVETTE Z. ; VIEIRA, DANIEL P. . Avaliação do efeito genotóxico da combinação entre radiação gama (60CO) e um inibidos do óxido nítrico sintase (aminoguanidina) em culturas de linhagem tumoral humana (MCF7). In: PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 19.; PROGRAMA DE BOLSAS E INICIAÇÃO CIENTÍFICA CNEN, 10.; PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO, 3., 23-24 de outubro, 2013, São Paulo, SP. Resumo expandido... 2013.

    Palavras-Chave: toxicity; gamma radiation; cobalt 60; nitric oxide; in vitro; enzymes; cell cultures; neoplasms

    Icon

  • IPEN-DOC 21774

    OCAMPO, IVETTE Z. . Comparação e validação de técnicas clássicas e modificadas para estudos de potencial genotóxico de peptídeos utilizados na produção de radiofármacos / Comparison and validation of classical and modified techniques for studies of genotoxic potential of peptides used in radiopharmaceuticals production . 2016. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 70 p. Orientador: Daniel Perez Vieira. DOI: 10.11606/D.85.2016.tde-18042016-103044

    Abstract: O teste de frequência de micronúcleos (FMN) in vitro é uma das metodologias de escolha no desenvolvimento de testes de segurança toxicológica. Para o seu desenvolvimento no trabalho foram realizadas modificações da técnica convencional, relativas ao substrato de cultivo das células e à sua coloração. As culturas celulares foram desenvolvidas diretamente nas lâminas e a coloração foi realizada com laranja de acridina (AO) ao invés da coloração segundo Giemsa. Foram utilizados controles positivos com potenciais clastogênico (mitomicina C, benzo[a]pireno) e aneugênico (colchicina), recomendados pela OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico). Como moléculas-teste, foram utilizados compostos cuja associação a isótopos radioativos compõem radiofármacos produzidos pelo IPEN. DOTATATO e Ubiquicidina foram testados em diferentes concentrações proporcionais às concentrações máximas utilizadas em pacientes adultos. Para tanto, foram realizadas diluições correspondentes às concentrações 0,1X, 1X e 10X e culturas de células CHO-KI foram expostas a estas concentrações para ensaios de citotoxicidade e FMN. Nenhuma das concentrações induziu citotoxicidade significativa. Para análise de FMN, foram contabilizadas todas as células mononucleadas e multinucleadas até atingir a contagem de 1000 células binucleadas, com ou sem micronúcleos. Desta maneira foi possível analisar a frequência de micronúcleos e o índice de proliferação (CBPI). As concentrações dos fármacos em teste (0,1X, 1X e 10X) não induziram agressão às células. Nenhuma das concentrações revelou citotoxicidade ou genotoxicidade, ou ainda qualquer alteração no ciclo celular em comparação aos controles, comprovando sua segurança conforme os parâmetros exigidos pelas normas internacionais. Os resultados mostraram também uma boa concordância entre a comparação das leituras realizadas por analistas independentes, com pequenas discrepâncias discutíveis, e boa correlação com resultados obtidos com a coloração convencional. Desta maneira as modificações realizadas na técnica de FMN mostraram potencial para cumprir todos os quesitos como teste pré-clínico.

    Palavras-Chave: acridine orange; heterocyclic compounds; peptides; toxicity; modified in-situ processes; radiopharmaceuticals; production; interlaboratory comparisons; comparative evaluations

    Icon

  • IPEN-DOC 21121

    OCAMPO, IVETTE Z. ; OKAZAKI, KAYO ; PASSOS, PRISCILA; ESTEVES PEDRO, NATALIA M.; DIAS, LUIS A.P. ; HIGA, OLGA Z. ; SILVA, FABIANA M. da; VIEIRA, DANIEL P. . In vitro citotoxicity testing of ubiquicidin 29-41-sup(99m)Tc. In: INTERNATIONAL NUCLEAR ATLANTIC CONFERENCE; MEETING ON NUCLEAR APPLICATIONS, 12th; MEETING ON REACTOR PHYSICS AND THERMAL HYDRAULICS, 19th; MEETING ON NUCLEAR INDUSTRY, 4th, October 4-9, 2015, São Paulo, SP. Proceedings... 2015.

    Palavras-Chave: antimicrobial agents; brazilian cnen; in vitro; peptides; quality assurance; safety; technetium 99; testing; toxicity

    Icon

  • IPEN-DOC 22622

    OCAMPO, IVETTE Z. ; PASSOS, PRISCILA de Q.S.; CARVALHO, LUMA R. de ; CRUZ, CAMILA A.L. da ; ESTEVES-PEDRO, NATALIA M.; SILVA, FABIANA M. da; HIGA, OLGA Z. ; DIAS, LUIZ A.P. ; OKAZAKI, KAYO ; VIEIRA, DANIEL P. . In vitro cytotoxic and genotoxic evaluation of peptides used in nuclear medicine (DOTATATE and Ubiquicidin29-41) in CHO-K1 cells. Cytotechnology, p. 1-10, 2016. DOI: 10.1007/s10616-016-0024-9

    Abstract: Micronucleus (MN) assay constitutes a valuable surrogate to the chromosome aberration technique for in vitro testing of the genotoxicity of substances. As test substances, two peptidic compounds (DOTATATE and Ubiquicidin29-41) used in nuclear medicine, were tested for in vitro cytotoxicity and genotoxicity in CHO-K1 cells. None of the compounds showed detectable cytotoxicity (0.5– 7.3 ng/mL for DOTATATE and 0.3–4.5 ng/mL for UBI29-41), genotoxicity (0.72, 7.2 and 72.0 ng/ml for DOTATATE and 0.45, 4.5 and 45.0 ng/mL for UBI29-41) or cell cycle changes as compared to untreated controls at the concentrations tested. Statistical analysis showed good concordance between two independent analysts. The results corroborate the notion of the safety of the compounds and present improvements of the in vitro MN assay when performed in a pre-clinical trial context that increase the throughput of small-to-medium testing facilities as an alternative to high content screening systems.

    Icon

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.