Navegação IPEN por assunto "natural radioactivity"

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 20950

    SILVA, CAROLINA F. da . Avaliação da concentração dos radionuclídeos naturais das séries do 238U e 232Th nas variedades Burley e Virgínia da Nicotiana tabacum L / Assessment of natural radionuclides concentration from 238U and 232Th series in Virginia and Burley varieties of Nicotiana tabacum L . 2015. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 84 p. Orientador: Sandra Regina Damatto. DOI: 10.11606/D.85.2015.tde-18082015-143543

    Abstract: O Brasil é o maior exportador e o segundo maior produtor de tabaco do mundo, de acordo com a safra de 2013/2014. A planta de tabaco (Nicotiana tabacum L.) é usada na fabricação de todos os derivados e a composição química do tabaco varia de acordo com o tipo de folha, como foram cultivadas, a região do plantio, as características da preparação (compressão, filtro e papel) e a variação de temperatura resultante da combustão incompleta do tabaco. Os derivados do tabaco são os produtos comercializados mais consumidos no mundo, como por exemplo, o cigarro, o charuto e o narguilé. Os efeitos danosos que estes produtos causam a saúde humana são há anos intensivamente discutidos e muitos estudos são realizados mundialmente relacionando o uso dos derivados do tabaco com diversas doenças. Existe pouca informação a respeito da caracterização radiológica da planta de tabaco na literatura internacional e nacional. O objetivo deste trabalho foi determinar a concentração dos radionuclídeos 238U, 234U, 230Th, 226Ra, 210Pb e 210Po, membros da série de decaimento do 238U, e os radionuclídeos 232Th e 228Ra membros da série de decaimento do 232Th nas variedades Burley e Virginia, as quais são as mais cultivadas no Brasil. Estes radionuclídeos naturais foram determinados em plantas adquiridas de produtores da região Sul do Brasil e também em plantas dessas mesmas variedades cultivadas em vasos com substrato orgânico e fertilizante com o objetivo de verificar prováveis influências dos fertilizantes e defensivos agrícolas usados pelos produtores na concentração dos radionuclídeos determinados. Os isótopos de U e Th, além do 210Po foram determinados por espectrometria alfa, após separação radioquímica e os radionuclídeos 226Ra, 228Ra e 210Pb pela medida alfa e beta total, também após separação radioquímica. Todas as partes da planta foram analisadas: raízes, caules e folhas, bem como os substratos orgânicos, fertilizantes e solos usados nos cultivos. Os isótopos de U e Th apresentaram resultados abaixo dos limites de detecção dos métodos para as folhas e caules de todas as plantas analisadas, apresentando resultados mensuráveis apenas nas raízes, solo e substrato. Os radionuclídeos 226Ra, 228Ra, 210Pb e 210Po foram determinados na grande maioria das partes das plantas, sendo os maiores valores obtidos para o 228Ra, o qual apresentou também o maior valor do fator de transferência. As plantas cultivadas no IPEN apresentaram valores inferiores de concentração dos radionuclídeos analisados quando comparados com as plantas cultivadas pelo produtor, pois estas foram cultivadas em potes com substrato orgânico e adição de fertilizante, cuja análise apresentou baixas concentrações dos radionuclídeos estudados. Baseados em dados da literatura nacional que estudou o fertilizante brasileiro, pode-se concluir, para as plantas do produtor, que o fertilizante exerce uma grande influência na concentração dos radionuclídeos estudados.

    Palavras-Chave: brazil; tobacco products; natural radioactivity; concentration ratio; uranium 238; thorium 232; fertilizers; substrates; soils

    Icon

  • IPEN-DOC 23116

    CAVALCANTE, FERNANDA . Avaliação da radioatividade natural e artificial em rações comerciais para animais domésticos / Natural and artificial radioactivity in commercial food for domestic animals . 2017. Tese (Doutorado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 115 p. Orientador: Brigitte Roxana Soreanu Pecequilo. DOI: 10.11606/T.85.2017.tde-16052017-112333

    Abstract: Os níveis de radioatividade natural do planeta e suas eventuais consequencias são objeto de estudo da radioproteção ambiental. Nos últimos anos, as agências internacionais ligadas à proteção radiológica têm debatido as práticas até então estipuladas, no que diz respeito à proteção da fauna e flora, cuja filosofia acreditava que as recomendações sugeridas para a proteção do homem asseguravam que outras espécies estariam também protegidas. Assim, são necessários estudos sobre as concentrações de atividade dos radionuclídeos dispersos no meio ambiente, assim como as doses absorvidas por organismos de diferentes ecossistemas, pela exposição interna e externa. O Brasil possui a segunda maior população de cães e gatos do mundo e produz anualmente mais de 2 milhões de toneladas de rações. O presente trabalho investigou os níveis de radioatividade presentes em rações comerciais para cães e gatos, por meio da espectrometria gama de alta resolução. Os resultados mostraram concentrações abaixo da MDA para radionuclídeos artificiais e baixas concentrações para radionuclídeos naturais, cujos valores variaram de 0,9 ± 0,3 Bq/kg a 5,1 ± 0,7 Bq/kg para o 226Ra, de 1,2 ± 0,4 Bq/kg a 11,1 ± 1,0 Bq/kg para o 232Th e de 156 ± 7 Bq/kg a 410 ± 19 Bq/kg para o 40K. Para verificar a composição de alguns minerais, foi empregada a técnica por EDXRF e, utilizando estatística multivariada, foi possível verificar as correlações entre os radionuclídeos e o conteúdo mineral encontrado. A boa correlação que foi observada entre as concentrações de 226Ra, 232Th e cálcio, pode estar associada ao uso de farinhas de carne e ossos na fabricação das rações. As doses internas para alguns órgãos foram inferidas pelo método de Monte Carlo, obtendo valores menores que 1 μGy/dia. Em síntese, os resultados mostraram que os níveis de atividade encontrados nas rações são baixos o suficiente para concluir que as marcas de ração canina avaliadas não fornecem riscos radiológicos para os animais que as consomem.

    Palavras-Chave: animal feeds; food additives; natural radioactivity; artificial radiation belts; dose equivalents; radiation doses; monte carlo method; multivariate analysis; gamma spectroscopy; x-ray fluorescence analysis; veterinary medicine

    Icon

  • IPEN-DOC 19019

    FERREIRA, ADEMAR de O. . Avaliação da radioatividade natural em algumas rochas graníticas do Estado do Paraná e sua utilização na construção civil / Evaluation of natural radioactivity in some granitic rocks in the state of Paraná and its use in civil construction . 2013. Tese (Doutoramento) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 114 p. Orientador: Brigitte Roxana Soreanu Pecequilo. DOI: 10.11606/T.85.2013.tde-29042013-092059

    Abstract: Os radionuclídeos naturais de origem primordial, ou terrestres, são encontrados em quantidades variadas em todo meio ambiente. Nas residências, um importante incremento de dose (INDOOR), é devido aos materiais de construção, que contribuem tanto com a dose externa gama, proveniente das séries do 238U, 235U e 232Th e do radionuclídeo isolado 40K, quanto com a dose interna que é devida principalmente à inalação do 222Rn. Uma vez que rochas graníticas são amplamente utilizadas como materiais de construção, tanto estruturais como de revestimento, estas podem tornar-se uma importante fonte de dose, dependendo das concentrações de radioatividade que apresentem, e da forma e quantidade que são aplicadas nas construções. Neste trabalho foi gerado um banco de dados para rochas graníticas do escudo cristalino paranaense (principalmente da Região Metropolitana de Curitiba, RMC), que são utilizadas na construção civil avaliando em termos de proteção radiológica o incremento da dose, externa e interna, causada pela utilização destes materiais. Também foram estudadas as possíveis correlações entre a concentração de atividade de 226Ra, taxa de exalação de 222Rn, densidade, porosidade e composição química (teor de óxidos constituintes) nestas amostras. A dose externa foi avaliada por meio da técnica de espectrometria gama com detector de germânio hiperpuro, onde as concentrações de atividade dos radionuclídeos 226Ra, 232Th e 40K são os parâmetros utilizados em modelos dosimétricos (Índices Dosimétricos), os quais estabelecem limites máximos permitidos de acordo com forma, quantidade e aplicação do material de construção. Para o cálculo da dose efetiva anual externa foi adotado o modelo de sala com dimensões 4 m x 5 m x 2,8 m e todas as paredes são revestidas internamente com granitos de espessura de 2 cm e considerando o tempo de exposição anual de 7000 h, conforme sugerido pela Comissão Européia de Proteção Radiológica para materiais de revestimento interno supercial. A exposição interna foi avaliada a partir da concentração de radônio no ar da sala modelo, simulada a partir do valor da taxa de exalação supercial de 222Rn. A taxa de exalação foi determinada pela técnica de detecção passiva utilizando detectores sólidos de traços nucleares (CR-39) por meio da técnica do recipiente selado, considerando taxa de ventilação de 0,5 h-1 e tempo de exposição anual de 7000 h . Os resultados destes estudos mostram que o incremento da dose efetiva anual externa variou de (62 ± 3) μSv.a-1 a (138 ± 1) μSv.a-1 e o incremento da dose efetiva anual interna variou de (0,39 ± 0,04) μSv.a-1 a (70 ± 4) μSv.a-1. Estes valores estão abaixo do limite máximo de 1 mSv.a-1 sugerido pela Comissão Européia de Proteção Radiológica, portanto os granitos avaliados neste trabalho podem ser utilizados sem implicações radiológicas desde que obedecido o cenário descrito. Os valores obtidos para a contribuição devida à dose interna variaram de 1 % a 78 % dos valores obtidos para a respectiva dose externa, mostrando que a contribuição do radônio varia fortemente com o tipo da rocha. Os resultados das correlações entre taxa de exalação supercial de 222Rn, concentração de atividade de 226Ra, densidade, porosidade e principais óxidos componentes das amostras, mostraram que, em termos de inuência na fração de emanação do radônio, o parâmetro mais importante é a densidade, devido a baixa porosidade e a semelhança em termos de composição química entre as amostras.

    Palavras-Chave: brazil; rocks; granites; buildings; materials; civil engineering; natural radioactivity; radium 226; thorium 232; potassium 40; radiation doses; inhalation; sample preparation; gamma spectroscopy; ge semiconductor detectors

    Icon

  • IPEN-DOC 17709

    SILVA, LUCIANA S. . Avaliação da radioatividade natural em águas potáveis de superfície e subterrâneas da Região de Caetité, BA / Evaluation of natural radioactivity in superficial and underground drinking water, from the Caetité region, BA . 2011. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 114 p. Orientador: Brigitte Roxana Soreanu Pecequilo. DOI: 10.11606/D.85.2011.tde-01032012-100446

    Abstract: O Brasil possui a sétima maior reserva geológica de urânio do mundo, com aproximadamente 310 mil toneladas. A Província Uranífera de Lagoa Real, na região de Caetité e Lagoa Real, situado no centro sul da Bahia, é considerada a mais importante província monominerálica do Brasil. A população urbana que vive no distrito uranífero nas cidades de Caetité, Lagoa Real e Livramento de Nossa Senhora usa água potável oriunda do abastecimento público. Na área rural, caracterizada por freqüentes secas, os moradores recebem água de poços escavados e perfurados como também, de pequenas barragens e reservatórios abastecidos pelas chuvas. Este trabalho determinou os níveis de radioatividade alfa e beta total e as concentrações de urânio em diversos tipos de água consumidas pela população urbana e rural da Província Uranífera de Lagoa Real. As atividades α e β total foram determinadas com detector proporcional de fluxo gasoso e baixa radiação de fundo. As concentrações de urânio foram determinadas com o Espectrômetro de Massa com Fonte de Plasma Indutivo (ICP-MS). Os resultados obtidos foram comparados com as recomendações recentes de 2011 da Organização Mundial da Saúde, a portaria nº 2914 de 12/12/2011 do Ministério da Saúde e as resoluções do CONAMA. Os níveis de radiação natural variaram de 0,0041 ± 0,0004 Bq.L-1 a 0,80 ± 0,04 Bq.L-1 para a atividade alfa total e de 0,045 ± 0,003 a 3,0 ± 0,2 Bq.L-1 para a atividade beta total. Tendo como parâmetro a OMS e o MS, apenas duas amostras de água subterrânea, uma localizada na cidade de Lagoa Real e outra na cidade de Caetité apresentaram concentrações alfa total acima do valor de 0,5 Bq.L-1 descrito em suas recomendações, 0,80 ± 0,04 Bq.L-1 e 0,57 ± 0,03 Bq.L-1respectivamente. Para beta total, três amostras apresentaram níveis de radioatividade acima do limite de 1 Bq.L-1 recomendado pela Organização Mundial de Saúde e estabelecido pelo Ministério da Saúde; 3,0 ± 0,2 Bq.L-1; 1,63 ± 0,13 Bq.L-1 e 1,19 ± 0,07 Bq.L-1 todos situados no município de Lagoa Real. Duas amostras de água subterrânea no município de Caetité apresentaram concentrações de urânio acima do valor de 15 μg.L-1 determinado pelo CONAMA, 20,3 ± 0,3 μg.L-1 e 17,1± 0,3 μg.L-1. Em Lagoa Real, uma amostra apresentou níveis de urânio seis vezes superior ao limite estabelecido pelo Conselho Nacional de Meio Ambiente, 89,5 ± 1,5 μg.L-1. A Organização Mundial da Saúde em 2004 estabeleceu em suas recomendações o limite de 15 μg.L-1 como a concentração máxima de urânio na água potável. Em 2011 a OMS aumentou este limite para 30 μg.L-1. Levando-se em consideração as atuais recomendações da OMS, apenas a concentração de uma amostra de água apresentou níveis de urânio acima do recomendado, 89,5 ± 1,5 μg.L-1 no município de Lagoa Real.

    Palavras-Chave: brazil; drinking water; natural radioactivity; uranium; icp mass spectroscopy

    Icon

  • IPEN-DOC 21818

    AQUINO, REGINALDO R. de . Avaliação da radioatividade natural em mármores e granitos comerciais do estado do Espírito Santo / Assessment of natural radioactivity in commercial marble and granite of Espírito Santo state . 2015. Tese (Doutorado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 97 p. Orientador: Brigitte Roxana Soreanu Pecequilo. DOI: 10.11606/T.85.2016.tde-25042016-145921

    Abstract: Neste trabalho foram determinadas as concentrações dos radionuclídeos naturais 226Ra, 232Th e 40K em amostras de granitos e mármores, abrangendo as principais lavras de extração do estado do Espírito Santo, sudeste do Brasil. Para cada sítio de estudo, três amostras foram seladas em frascos de 100 ml de polietileno de alta densidade. Após espera de aproximadamente 4 semanas para atingir o equilíbrio secular das séries do 238U e 232Th, as amostras foram medidas por espectrometria gama de alta resolução e o espectro analisado com o software WinnerGamma. A correção da auto-absorção foi realizada para todas as amostras utilizando expressão e método desenvolvidos para este fim. A concentração do 226Ra foi determinada pela média ponderada das concentrações do 214Pb e 214Bi, a concentração de 232Th pela média ponderada das concentrações dos 228Ac, 212Pb e 212Bi e a concentração de 40K pela sua transição única de 1460 keV. O equivalente em rádio e o índice gama foram obtidos a partir das concentrações de 226Ra, 232Th e 40K. O radônio emanado foi medido em câmera de exalação usando a técnica de detectores passivos de estado sólido (SSNTD) sendo estes expostos em monitor NRPB/SSI-H. Na exposição foi utilizado um detector comercial CR-39® e um plástico de fabricação nacional denominado Durolon® sendo caracterizado para este fim pela técnica desenvolvida denominada dupla exposição e fator de sensibilidade intrínseca. O plástico caracterizado mostrou-se eficiente para a aplicação e o fator de calibração correspondendo a 1,6±0,1 traços cm²(kBq m³dia)¹ em relação ao fator para o CR-39 que equivale a 2,8±0,2 traços cm²(kBq m³dia)¹. O detector mostrou maior eficiência para doses mais elevadas. A atividade determinada por detecção passiva mostrou atividades variando de 100±10 Bq·m³ até 2400±300 Bq·m³, destacando-se a maior taxa de exalação para o granito Iberê Mombasa. Para os mármores foram determinados valores variando entre 80±10 Bq·m³ até 200±25 Bq·m³ destacando os mármores Cintilante e Branco com maiores valores determinados. Os valores determinados para a taxa de exalação superficial apresentam-se aproximadamente iguais com exceção dos granitos Iberê Mombasa e Iberê Prado que apresentaram valores acima de 1 Bqm-2h-1. As medidas por espectrometria gama mostraram que as concentrações de 226Ra variaram de 1,9 0,2 Bq.kg-1 a 483 55 Bq.kg-1, com o maior valor para o granito Iberê Mombasa. As concentrações de 232Th variaram de 3,2 0,4 Bq.kg-1 a 224 6 Bq.kg-1, com o maior valor determinado para o granito Cinza Corumbá. As concentrações de 40K variaram de 8,8 1,8 Bq.kg-1 a 1642 167 Bq.kg-1, com o maior valor determinado para o granito Iberê Vitara. O cálculo do equivalente em rádio mostrou que a maioria das amostras podem ser definidas como categoria-I (aplicação civil) abaixo de 370 Bq.kg-1, exceto para os granitos Cinza Corumbá, Iberê Crema Bordeaux e Iberê Mombasa que podem ser classificados como categoria II (até 740 Bq.kg-1). A maioria dos granitos avaliados mostraram índices de exposição interno e externos abaixo de 1,0 mSv·ano¹, exceto os granitos Cinza Corumbá, Iberê Crema Bordeaux e Iberê Mombasa que superaram este valor entre 1,0 a 3,2 mSv·ano¹ deste índice. Para a exposição anual, apenas os granitos Cinza Corumbá, Iberê Crema Bordeaux e Iberê Mombasa superaram o limite de 1,5 mSv·ano¹. Para os índices de exposição alfa apenas os granito Iberê Crema Bordeaux e Iberê Mombasa são limitados a confecção de material de construção para aplicações superficiais. Entretanto, se considerando o índice de exposição gama, os granitos Cinza Corumbá, Cinza Andorinha, Amarelo Icarai, Cinza Ocre, Iberê Crema Bordeaux e Iberê Mombasa terão aplicação controlada. Conclui-se que os granitos em sua maioria e todos os mármores avaliados apresentam aplicações possíveis em diferentes setores de atividade e para diferentes finalidades e que os granitos que excedem os índices não devam ser aplicados em interiores de residências.

    Palavras-Chave: natural radioactivity; cosmic radiation; cosmic gamma sources; cosmic neutrons; nuclear winter; semiconductor detectors; gamma spectroscopy; self-absorption; radon 226; thorium 232; potassium 40; lead 214; uranium 238; bismuth 214; granites; marble; brazil

    Icon

  • IPEN-DOC 21858

    FONSECA, LEANDRO M. da . Avaliação da radioatividade natural em tintas de uso comercial no Brasil / Assessment of natural radioactivity in wall paints of commercial use in Brazil . 2016. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 79 p. Orientador: Brigitte Roxana Soreanu Pecequilo. DOI: 10.11606/D.85.2016.tde-15062016-152051

    Abstract: A radioatividade natural presente em solos, rochas e materiais de construção, devida ao 40K e às séries radioativas do 232Th e 238U é a principal contribuição à exposição externa aos seres humanos. Neste trabalho, determinou-se as concentrações de atividade de 226Ra (da série do 238U), 232Th e 40K presentes em 50 amostras de tintas látex de cor branca comercializadas no Brasil, especificamente, 15 do tipo econômico, 15 do tipo standard, 20 do tipo premium e em uma amostra de dióxido de titânio. As amostras foram seladas e armazenadas por um período mínimo de 30 dias para se alcançar o equilíbrio radioativo secular nas séries do 238U e do 232Th e medidas pela técnica analítica de espectrometria gama de alta resolução. As concentrações de atividade foram calculadas utilizando-se as médias ponderadas pelas incertezas do 214Pb e 214Bi para o 226Ra e médias ponderadas pelas incertezas do 228Ac, 212Pb e 212Bi para o 232Th. A concentração de atividade do 40K foi determinada pela sua transição única de 1460,8 keV. Fatores de autoatenuação gama foram calculados e utilizados para correção da concentração de atividade das amostras com densidade maior que 1,0 g.cm-3. Os índices radiológicos equivalente em rádio (Raeq), índice de concentração de atividade (Iγ), índice de risco à exposição gama interna (Hin), o índice de risco à exposição gama externa (Hex) e a taxa de dose (D) e dose efetiva anual (Def) foram calculados a partir das concentrações de atividade do 226Ra, 232Th e 40K. As concentrações de atividade de 226Ra das tintas variaram entre valores abaixo da atividade mínima detectável e 38,7 Bq.kg-1, as de 232Th variaram entre valores abaixo da atividade mínima detectável e 101,2 Bq.kg-1 e as de 40K variaram entre valores abaixo da atividade mínima detectável e 256 Bq.kg-1. O Raeq variou entre 1,41 Bq.kg-1 e 203 Bq.kg-1, o Iγ variou entre 0,0047 e 0,720, o Hin variou entre 0,0076 e 0,653 e o Hex variou entre 0,0038 e 0,549. A taxa de dose variou de 0,170 nGy.h-1 a 21,3 nGy.h-1 e a dose efetiva anual variou entre 0,83 μSv.a-1 e 104,2 μSv.a-1. Estes resultados mostram que as concentrações de atividades das tintas utilizadas neste estudo estão abaixo dos limites recomendados por Hassan et al. para Raeq (370 Bq.kg-1), pela Comissão Européia para o Iγ (limite de 2 para materiais superficiais) e pela Organização para Cooperação Econômica e Desenvolvimento para Hin e para Hex (ambos com limite de 1), para todas as 50 amostras estudadas, mostrando assim a segurança destas tintas com relação a proteção radiológica.

    Palavras-Chave: paints; industry; commercialization; gamma spectroscopy; resource assessment; radium 226; thorium 232; potassium 40; natural radioactivity; dosimetry; radiation doses; dose equivalents; dose limits; dose rates; dose-response relationships; brazil

    Icon

  • IPEN-DOC 19889

    BARROS, LIVIA F. . Avaliação da variação da radioatividade natural em areias da Praia de Camburi-Vitória-Espírito Santo com fatores climatológicos e geológicos da região / Assessment of the variation of natural radioactivity in sands of Camburi beach-Vitória-Espírito Santo with climatological and geological factors of the region . 2013. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 127 p. Orientador: Brigitte Roxana Soreanu Pecequilo. DOI: 10.11606/D.85.2013.tde-18022014-141741

    Abstract: A principal contribuição para a exposição externa aos seres humanos provem da radioatividade natural presente em solos, principalmente do 40K e das séries do 238U e 232Th. No presente trabalho foram determinadas as concentrações de atividade de 226Ra (série do 238U) , 232Th e 40K em amostras superficiais de areia coletadas mensalmente em 11 locais ao longo da Praia de Camburi durante o ano de 2011, selecionados para cobrir toda a extensão da praia. As amostras seladas foram medidas por espectrometria gama, após um tempo de espera de aproximadamente 30 dias, para que fosse atingido o equilíbrio radioativo nas séries do 238U e 232Th. A concentração de atividade do 226Ra foi determinada pela média ponderada das concentrações do 214Pb e do 214Bi, a concentração de atividade do 232Th pela média ponderada das concentrações do 212Pb, do 212Bi e do 228Ac. A atividade do 40K foi determinada pela sua única transição gama de 1460,8 keV. Para todas as amostras, as concentrações foram corrigidas pelos fatores de autoatenuação gama. A partir destas concentrações foram avaliados os índices radiológicos, atividade equivalente em rádio (Raeq), índice de concentração de atividade (Iγ), índice de risco à exposição gama externo (Hext), índice de risco à exposição gama interno (Hint), taxa de dose gama absorvida no ar (D) em nGy.h-1 e dose efetiva anual (E) em mSv.a-1. No local estudado foi realizada uma avaliação da correlação das concentrações de atividade de 226Ra, 232Th e 40K com os fatores geológicos, geográficos, climatológicos (precipitação pluviométrica e temperatura) e oceanográficos (variação da altura das marés). Devido à presença forte de monazita, a concentração de 232Th é mais elevada do que a concentração de 226Ra e 40K. As concentrações de atividade encontradas variaram de 4 Bq.kg-1 a 1380 Bq.kg-1 para o 226Ra, de 9 Bq.kg-1 a 7453 Bq.kg-1 para o 232Th e de 6 Bq.kg-1 a 504 Bq.kg-1 para o 40K. A variação encontrada para o Raeq foi de 20 Bq.kg-1 a 12077 Bq.kg-1 , para o Iγ foi de 0,07 a 42,08, para o Hext foi de 0,05 a 32,61, para o Hint foi de 0,06 a 36,34 e para a taxa de dose absorvida no ar foi de 9 nGy.h-1 a 5160 nGy.h-1. As baixas concentrações de atividade de 226Ra,232Th e 40K em todos os pontos no mês de abril estão possivelmente relacionadas aos valores máximos da variação da altura das marés e da precipitação pluviométrica. A temperatura média de Vitória durante o ano de 2011 não interfere diretamente nas variações observadas nas concentrações de atividade de 226Ra,232Th e 40K das areias. Foi realizada uma avaliação da dose efetiva anual para um indivíduo do público que frequenta a Praia de Camburi durante 8 horas diárias em 1 mês, em janeiro ou em julho, e todas as doses encontradas estão abaixo do limite de 1 mSv.a-1, recomendado pela ICRP 60 para público em geral.

    Palavras-Chave: gamma dosimetry; gamma spectroscopy; natural radioactivity; monazites; sand; contamination; radiation monitoring; potassium 40; uranium 238; thorium 232; radium 226; lead; soils; brazil

    Icon

  • IPEN-DOC 25461

    SANTOS, LAÍSSA A.B. dos . Avaliação das concentrações dos radionuclídeos 226Ra, 228Ra, 210Pb, 210Po e caracterização química inorgânica das águas minerais do Parque das Águas de Cambuquira e Marimbeiro, MG / Assessment of 226Ra, 228Ra, 210Pb, 210Po radionuclides concentrations and inorganic chemical characterization of the mineral waters from Water Parks of Cambuquira and Marimbeiro, MG . 2018. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 148 p. Orientador: Sandra Regina Damatto. DOI: 10.11606/D.85.2018.tde-25062018-155503

    Abstract: A exposição a fontes naturais de radiação contribui com mais de 98% da dose de radiação normalmente recebida da população; esta dose é principalmente atribuída à incorporação de radionuclídeos naturais das séries de decaimento do 238U e 232Th que possuem meia-vidas relativamente longas. A qualidade da água para consumo humano deve ser constantemente analisada e, um parâmetro muito importante analisado é a radioatividade natural presente. Quando os radionuclídeos naturais estão presentes em águas minerais há uma maior preocupação, pois estas águas podem conter concentrações moderadamente elevadas de 226Ra, 228Ra e 222Rn originalmente dissolvidas e dos radionuclídeos 210Pb e 210Po, que embora apresentem menores concentrações, contribuem para um aumento da irradiação interna e externa dos indivíduos. As áreas de estudo do presente trabalho foram os Parques das Águas de Cambuquira e Marimbeiro e de uma fonte particular de uma fazenda localizados na cidade de Cambuquira, Minas Gerais, onde as águas minerais são frequentemente utilizadas para consumo humano e uso médico. Assim, o objetivo deste trabalho foi determinar as concentrações de atividade dos radionuclídeos 226Ra, 228Ra e 210Pb e 210Po, avaliar as doses efetivas comprometidas devido ao consumo e fazer a caracterização química inorgânica destas águas minerais. Os radionuclídeos foram determinados por medida alfa e beta total e espectrometria alfa, após separação radioquímica em coletas realizadas sazonalmente. Para a caracterização química inorgânica foram determinadas as concentrações dos elementos As, Ag, Ba, Ca, Cd, Co, Cr, Cu Fe, K, Mn, Ni, Se, Ti e V por fluorescência de raios X. As concentrações de atividades dos radionuclídeos variaram de 4 ± 1 mBq/l a 509 ± 32 mBq/l para 226Ra, de 3,7 ± 0,1 mBq/l a 631 ± 27 mBq/l para 228Ra, de 5 ± 1 mBq/l a 60 ± 5 mBq/l para 210Pb e de abaixo do limite de detecção da metodologia a 36 ± 2 mBq/l para o 210Po. A dose efetiva comprometida máxima em adultos foi de 0,12 mSv/a para 226Ra, 0,32 mSv/a para 228Ra, 0,03 mSv/a para 210Pb e para 210Po 0,031 mSv/a. Dentre os elementos analisados por fluorescência de raios X, os elementos Ag, As, Cd, Cr, Cu, Ni, Se e Ti apresentaram valores abaixo do limite mínimo de detecção da metodologia. Os elementos Ba e Co, considerados contaminantes nas águas minerais, apresentaram valores maiores do que estabelecido pela ANVISA e CONAMA para águas minerais, respectivamente. No entanto, trabalhos da literatura brasileira realizados com água mineral de em outros locais apresentaram valores próximos ao do presente estudo, mostrando que concentrações acima do limite podem representar uma anomalia natural do aquífero.

    Palavras-Chave: nature reserves; groundwater recharge; balneology; natural radioactivity; radioactivity; radioisotope generators; inorganic compounds; site characterization; chemical analysis; radium 226; radium 228; lead 210; polonium 210; brazil

    Icon

  • IPEN-DOC 18017

    ROSA, MYCHELLE M.L. . Avaliação dos teores de U, Th, sup(226)Ra, sup(228)Ra, sup(210)Pb e outros elementos de interesse presentes em cogumelos em uma região de elevada radioatividade natural no Brasil / Evaluation of U, Th, sup(226)Ra, sup(228)Ra, sup(210)Pb levels and other elements in mushrooms from a high natural radiation region of Brazil . 2012. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 109 p. Orientador: Vera Akiko Maihara. DOI: 10.11606/D.85.2012.tde-04062012-152126

    Abstract: Cogumelos são espécies de fungos que têm a capacidade de reter radionuclídeos e elementos estáveis, importantes do ponto de vista tóxicológico e radiológico do meio ambiente. Estudos têm demonstrado que cogumelos podem ser utilizados como bioacumuladores na monitoração e na avaliação de contaminação e qualidade do ecossistema. No presente estudo, foram determinados os radionuclídeos 226Ra, 228Ra, 210Pb e os elementos As, Co, Cr, Cs, Fe, K, La, Mn, Na, Sc, U, Th e Zn em 24 amostras de cogumelos e de solos coletadas na região do Planalto de Poços de Caldas. O Planalto de Poços de Caldas é um exemplo de região de anomalia radioativa, apresentando cerca de 70 delas. No presente estudo, dois grupos de amostragem (do total de sete grupos) foram realizados em locais que apresentam tais anomalias. A determinação dos elementos estáveis foi realizada por Análise por Ativação com Nêutrons. As determinações de 226Ra, 228Ra e 210Pb nas amostras de cogumelos foram realizadas por separação radioquímica e suas atividades foram quantificadas em contador proporcional de fluxo gasoso Alfa e Beta Total. A determinação destes mesmos radionuclídeos nos solos foi realizada por Espectrometria Gama. A determinação dos isótopos de tório nos cogumelos foi realizada por separação radioquímica e quantificada por Espectrometria Alfa. O controle analítico de todas as metodologias utilizadas no presente trabalho foi realizado com o uso de materiais de referência certificados. Foram também analisadas amostras de cogumelos de uma região que não apresenta anomalia radioativa e os resultados comparados com os valores obtidos no Planalto de Poços de Caldas, podendo assim comprovar que cogumelos atuam como indicadores de contaminação radioativa do meio ambiente. As concentrações e atividades mais elevadas foram encontradas nas amostras coletadas nas zonas rurais do Planalto de Poços de Caldas, onde ocorrem as maiores anomalias radioativas na região. Pelos resultados obtidos, pode-se comprovar a eficiência do cogumelo como indicador de contaminação radioativa ambiental, sendo estes apropriados para avaliar os níveis de radioatividade em áreas de Materiais Radioativos de Ocorrência Natural.

    Palavras-Chave: natural radioactivity; mushrooms; fungi; radium isotopes; thorium isotopes; lead isotopes; comparative evaluations; brazil

    Icon

  • IPEN-DOC 07417

    CUBAKOVIC, I.A.; AGOSTINHO, S.M.L.; PAES de ANDRADE, A.H. . Caracterizacao eletroquimica dos acos inoxidaveis austeniticos do tipo 304, 304L e 316 em aguas naturais contendo ions cloreto e peroxido. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 13.; SEMINARIO DE MATERIAIS PARA O SETOR ELETRICO, 6., 6-9 dez, 1998, Curitiba, PR. Anais... 1998. p. 695-704.

    Palavras-Chave: austenitic steels; stainless steel-304; stainless steel-304l; stainless steel-316; electric potential; water; natural radioactivity; peroxides; sodium chlorides; pitting corrosion; radioactive waste disposal

    Icon

  • IPEN-DOC 09824

    SILVA, PAULO S.C. da . Caracterizacao quimica e radiologica dos sedimentos do estuario de Santos, Sao Vicente e Baia de Santos. 2004. Tese (Doutoramento) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN/CNEN-SP, Sao Paulo. 268 p. Orientador: Barbara Paci Mazzilli.

    Palavras-Chave: sediments; estuaries; radioactivity; chemical composition; neutron activation analysis; environmental impacts; brazil; gypsum; gamma spectroscopy; phosphate rocks; natural radioactivity; fertilizer industry

    Icon

  • IPEN-DOC 13396

    CARNEIRO, JANETE C.G.G. ; BETTI, FLAVIO ; SANCHES, MATIAS P. ; SORDI, GIAN M.A.A.; PECEQUILO, BRIGITTE R.S. . Contribution of natural Background radiation to annual effective dose in different areas of Sao Paulo city - preliminary assessment. In: INTERNATIONAL CONGRESS OF THE INTERNATIONAL RADIATION PROTECTION ASSOCIATION, October 19-24, 2008, Buenos Aires, Argentina. Proceedings... 2008.

    Palavras-Chave: brazil; natural radioactivity; external irradiation; radiation dose distributions; thermoluminescent dosimetry; radiological protection

    Icon

  • IPEN-DOC 17905

    SOUSA SILVA, L.; PECEQUILO, B.R.S. . Cross alpha and beta activities in surface, underground and drinking waters of a high natural radioactivity region of central south Bahia state, Brazil. Radioprotection, v. 46, n. 6, p. S63-S67, 2011.

    Palavras-Chave: brazil; natural radioactivity; urban areas; rural areas; soils; underground; drinking water; alpha reactions; beta particles; radiation monitoring

    Icon

  • IPEN-DOC 09833

    TEIXEIRA, WASHINGTON E. . Determinacao das concentracoes dos isotopos naturais de Ra em amostras costeiras do litoral norte do estado de Sao Paulo. 2004. Dissertacao (Mestrado) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN/CNEN-SP, Sao Paulo. 89 p. Orientador: Joselene de Oliveira.

    Palavras-Chave: radium; natural radioactivity; seawater; coastal waters; ground water; inventories; environmental impacts; brazil

    Icon

  • IPEN-DOC 06870

    MADUAR, MARCELO F. . Determinacao de fatores de conversao de dose para radiacao gama externa em residencias. 2000. Dissertacao (Mestrado) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN/CNEN-SP, São Paulo. 64 p. Orientador: Goro Hiromoto.

    Palavras-Chave: residential buildings; natural radioactivity; building materials; radiation doses; dose rates; spatial dose distributions; mathematical models; computer calculations; e codes; walls

    Icon

  • IPEN-DOC 06588

    MADUAR, M.F. ; HIROMOTO, G. . Determinacao de fatores de dose para radiacao gama externa em residenciais. In: 7o. CONGRESSO GERAL DE ENERGIA NUCLEAR, 31 de agosto - 3 de setemro, 1999, Belo Horizonte, MG. 1999.

    Palavras-Chave: residential buildings; houses; gypsum; superphosphates; fertilizers; natural radioactivity; radiation dose distributions; ionizing radiations; gamma radiation; mathematical models

    Icon

  • IPEN-DOC 14318

    LAPA, FLAVIA V.; MAZZILLI, BARBARA P. . Determinacao de sup(210)Po em amostras de fosfogesso e de soja plantada em solo adubado com fosfogesso. In: SEMINARIO ANUAL DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIACAO CIENTIFICA, 15.; SEMINARIO ANUAL DO PROGRAMA DE BOLSAS E INICIACAO CIENTIFICA, 6., 7-8 de outubro, 2009, Sao Paulo, SP. Resumo expandido... 2009. p. 123-124.

    Palavras-Chave: gypsum; phosphate rocks; natural radioactivity; polonium 210; sample preparation; glycine hispida; soils

    Icon

  • IPEN-DOC 06586

    PERES, A.C. ; HIROMOTO, G. . Determinacao de sup(210)Po em cigarros. In: 7o. CONGRESSO GERAL DE ENERGIA NUCLEAR, 31 agosto - 3 de setembro, 1999, Belo Horizonte, MG. 1999.

    Palavras-Chave: polonium 210; solvent extraction; radiochemistry; alpha spectroscopy; natural radioactivity

    Icon

  • IPEN-DOC 13488

    MESSIAS JUNIOR, JOAO; DAMATTO, SANDRA R. ; MAZZILLI, BARBARA P. . Determinacao de sup(226)Ra e sup(210)Pb em amostras de precipitacao pluviometrica. In: ENCONTRO LATINO AMERICANO DE INICIACAO CIENTIFICA, 12.; ENCONTRO LATINO AMERICANO DE POS-GRADUACAO - UNIVERSIDADE DO VALE DO PARAIBA, 8., 7-16 de outubro, 2008, Sao Jose dos Campos, SP. Anais... 2008.

    Palavras-Chave: radium 226; lead 210; natural radioactivity; rain water; atmospheric precipitations

    Icon

  • IPEN-DOC 06113

    OLIVEIRA, JOSELENE de . Determinacao dos niveis de radioatividade natural em aguas utilizadas para abastecimento publico no Estado de Sao Paulo .Vol 1. 1998. Tese (Doutoramento) - IPEN - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN/CNEN-SP, Sao Paulo. 159 p. Orientador: Barbara Paci Mazzilli.

    Palavras-Chave: drinking water; public health; radiation hazards; natural radioactivity; uranium 235; chemical analysis; water quality; thorium 232; radium 226; radium 228; radon 222; radiation doses; liquid scintillation detectors; radiation effects

    Icon

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.