Navegação IPEN por Autores IPEN "GALEGO, EGUIBERTO"

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 09670

    GALEGO, EGUIBERTO . Desenvolvimento de programa computacional para tratamentos de dados de textura obtidos pela tecnica de difracao de raios x. 2004. Dissertacao (Mestrado) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN/CNEN-SP, Sao Paulo. 117 p. Orientador: Nelson Batista de Lima.

    Palavras-Chave: texture; x-ray diffraction; computer codes; spherical harmonics methods; crystal lattices; algorithms; legendre polynomials; experimental data; diagrams

    Icon

  • IPEN-DOC 12343

    GALEGO, EGUIBERTO . Estudo de ligas e imás preparados pelo processo hidrogenação, desproporção, dessorção e recombinação (HDDR) a base de Pr-Fe-B com adição de dopantes e elementos de liga / Study of alloys and magnets prepared by the hydrogenation, disproportionation, desorption and recombination process (HDDR) based on the Pr-Fe-B system with dopants and alloying additions . 2008. Tese (Doutoramento) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 116 p. Orientador: Rubens Nunes de Faria Junior. DOI: 10.11606/T.85.2008.tde-09062008-153410

    Abstract: A adição de elementos dopantes e elementos de liga aos magnetos permanentes policristalinos à base de terras raras tem como objetivo a melhora das propriedades magnéticas. Neste trabalho estudou-se a adição de 0,1% at. dos elementos: Ti, V, Cr, Ni, Zr, Nb ou Mo na composição Pr14FebalCo16B6 ; as adições de 0,1 % at., 0,3 % at. e 0,5 % at. dos elementos Al, Si, P, Cu ou Ga na composição Pr14FebalCo16B6Nb0,1 ; e a variação de cobalto de 0 % at. até 16 % at. ao sistema Pr2Fe14-xCoxB. Através de processo HDDR (hidrogenação, desproporção, dessorção e recombinação) obteve-se pós com tamanho de grão da ordem de 200 a 300 nm para quase todas as composições estudadas. Os pós foram utilizados para a confecção de magnetos consolidados por cianoacrilato de baixa viscosidade. De maneira geral, a adição destes dopantes resultou no aumento ou diminuição da remanência e da coercividade intrínseca da liga quando comparadas com os valores obtidos para magnetos de referência sem adição de dopantes. Porém, não foram observadas correlações entre as composições estudadas quer quanto ao número atômico ou em relação à concentração do elemento adicionado. Os resultados obtidos com a adição de Al, Si, P, Ti, V, Cr, Ni, Cu, Ga, Zr ou Nb indicaram que alguns elementos atuam como substituintes do átomo de ferro na estrutura cristalina da fase magnética dura ou como modificador da microestrutura da liga. A determinação dos parâmetros da célula unitária, as posições atômicas, os sítios de substituição do ferro pelo cobalto (fator de ocupação) para a sistema Pr2Fe14-xCoxB foi realizada pelo refinamento dos padrões de pó obtidos por difração de raios X pelo método de Rietveld. Estes dados foram utilizados no cálculo das iii propriedades magnéticas por ab-initio com base na teoria do funcional densidade empregando o método LAPW (linearized augmented plane wave). A comparação dos resultados teórico e experimental apresentou forte concordância mostrando que este método é importante para o estudo da adição de dopantes ao sistema Pr-Fe-Co-B.

    Palavras-Chave: permanent magnets; rare earth alloys; hydrogenation; oxidation; desorption; crystallography; x-ray diffraction; structural chemical analysis; recombination; praseodymium alloys; iron alloys; boron alloys; magnetic properties; hydrides

    Icon

  • IPEN-DOC 20257

    GALEGO, EGUIBERTO ; SERNA, MARILENE M. ; FARIA JUNIOR, RUBENS N. de . Evaluation of mean crystallite size on magnetic powder by scanning electron microscopy and synchrotron diffractometry. Materials Sciences and Applications, v. 5, p. 504-511, 2014.

    Palavras-Chave: praseodymium; powders; magnetic properties; hydrides; scanning electron microscopy; synchrotron radiation

    Icon

  • IPEN-DOC 26978

    GALEGO, EGUIBERTO ; SERNA, MARILENE M. ; TATEI, TATIANE Y. ; LIMA, BRUNA R. ; FARIA, RUBENS N. . Green synthesis of ZnO nanostructured electrode for supercapacitor. In: BRAZIL MRS MEETING, 16th, September 10-14, 2017, Gramado, RS. Abstract... São Carlos, SP: Aptor Software, 2017. p. 1348-1349.

    Abstract: The electrical double layer capacitor (EDLC), has been extensively investigated for its many applications in electric and electronic devices, due to high power density and long-life cycle. Zinc oxide (ZnO) is a promising candidate for the electrochemical supercapacitor electrode. ZnO is well known to be an active battery electrode material with a high energy density of about 650 Ag-1 [1], but it has the disadvantage of dendrites formation during consecutive cycling, which decreases life cycle. In this paper, we report a relatively straightforward, environmental friendly and low-cost method for preparing ZnO electrodes that consists in two steps. Starting with a ZnO seed layer onto a steel substrate employing the successive ionic layer adsorption and reaction (SILAR) method [2]. Subsequently, a chemical deposition bath was used for the nanostructured ZnO growth. A low temperature SILAR method was used in this study, replacing high temperature and vacuum methods, such as chemical vapor deposition or sputtering, to create an interface region between the conductive steel current collector and the nanostructured ZnO electrode. Scanning electronic microscopy has been employed in the characterization of the two-step produced nanostructured ZnO electrodes. The electrochemical performance of the nanocomposite electrodes has been investigated using cyclic voltammetry (10 to 50) mVs-1 and charge-discharge curves (1 to 20) mAcm-2 in aqueous KOH electrolyte at several concentrations. Cyclic voltammetry exhibited a broad redox peak indicative of typical reversible redox reaction of ZnO with the K+, responsible for the faradaic reactions in the supercapacitor. The enhanced electrochemical performance has been attributed to the synergistic effects of pseudo-capacitance behavior of the ZnO phase grown on the ZnO seeds and to the nanostructured features of the electrode.

    Icon

  • IPEN-DOC 12322

    GALEGO, EGUIBERTO ; TAKIISHI, HIDETOSHI ; FARIA JUNIOR, RUBENS N. de . Magnetic properties of Pr-Fe-Co-B bonded HDDR magnets with alloying additions. Materials Research, v. 10, n. 3, p. 273-277, 2007.

    Palavras-Chave: magnetic materials; praseodymium base alloys; hybridization; magnetic properties; hydrogenation; oxidation; reduction; desorption; recombination; permanent magnets

    Icon

  • IPEN-DOC 14029

    ZARPELON, LIA M.C. ; GALEGO, EGUIBERTO ; TAKIISHI, HIDETOSHI ; FARIA, RUBENS N. . Microstructure and composition of rare earth-transition metal-aluminium-magnetism alloys. Materials Research, v. 11, n. 1, p. 17-21, 2008.

    Palavras-Chave: rare earths; transition elements; microstructure; microanalysis; aluminium alloys; magnesium alloys; x-ray diffraction

    Icon

  • IPEN-DOC 18670

    GALEGO, EGUIBERTO ; SERNA, MARILENE; RAMANATHAN, LALGUDI . Morphology of nanocrystalline ZnO prepared from aqueous solutions. In: TMS 2012 ANNUAL MEETING AND EXHIBITION, March 11-15, 2012, Orlando, Florida, USA. Abstract... 2012.

    Palavras-Chave: zinc oxides; morphology; nanostructures; crystals

    Icon

  • IPEN-DOC 26970

    SERNA, MARILENE M. ; GALEGO, EGUIBERTO ; RAMANATHAN, LALGUDI V. ; FARIA, RUBENS N. . Morphology of nanostructured thin films of ZnO fabricate from SILAR method. In: BRAZIL MRS MEETING, 16th, September 10-14, 2017, Gramado, RS. Abstract... São Carlos, SP: Aptor Software, 2017. p. 1260-1260.

    Abstract: The utilization of the ZnO in the nanotechnology is widely spread due to its superior properties, such as wide direct bang gap (~3.37eV), high exciton binding energy of 60 meV, non-toxicity and low cost [1]. The hexagonal crystalline structure allows obtaining a larger diversity morphologies and this allows its utilization in: UV lasers, piezoelectric crystal, chemical sensor, gas sensor, light emitting diode, photo detectors, and solar cells. One such morphology of ZnO thin film is the one-dimensional (1D) sub-micron rods or nanorods and nanowires, which has attracted interest due to a larger surface area and high aspect ratio. In the solar cell the ZnO has been utilized in the electrode for the dye-sensitized cell in substitution of TiO2. In this study, ZnO nanostructured thin films were prepared by successive ionic layer adsorption and reaction (SILAR) on SnO2-coated glass substrates [2]. In this procedure, the substrate is immersed in successive aqueous baths containing zinc nitrate hydrate and/or hexamethylenetetramine, hydrogen peroxide and triethanolamine. The pH solution was adjusted by addiction of ammonium hydroxide. At a low zinc nitrate concentration of 0.01M the surface is formed by individual nucleus. At a concentration of 0.02 M nanorod arrays were shown and this morphology is of special interest for solar cells application, but the deposition time used in this experiment was insufficient to promote the desired thickness. At a higher concentration of 0.03 M rice like branches morphology was observed but nanorods formation in the flowers was also present. The angular petals suggest that the growth was taken on polar face. For DSSCs applications the thin films prepared in 0.02 M solution was found to be the best choice.

    Icon

  • IPEN-DOC 23228

    FERNANDEZ, ANTONIO P.R. ; GALEGO, EGUIBERTO ; FARIA, RUBENS N. . Thermal Influence on the electric parameters and microstructures of activated powder double layer supercapacitors. Materials Science Forum, v. 899, p. 260-265, 2017. DOI: 10.4028/www.scientific.net/MSF.899.260

    Abstract: The effect of the working temperature on the capacity, internal equivalent serial resistance (ESR), equivalent parallel resistances (EPR) of some retail available electric double layer capacitors (EDLC) have been investigated. Standard capacities of 1.0 F at a maximum potential of 5.5 V were employed in this study. EPR values have been calculated using the self-discharge curves at temperatures above to the nominal maximum working temperature of the supercapacitors (~70oC). The ESR values were measured during charge using the constant current (1 mAF-1) interrupt method with oscilloscope. Microstructural characterization of the electrode material have been carried out using scanning electron microscopy (SEM) and chemical microanalyses employing energy dispersive X-ray analysis (EDX).

    Icon

  • IPEN-DOC 26529

    CARDOSO, QUEZIA de A. ; CASINI, JULIO C.S.; BARBOSA, LUZINETE P. ; SERNA, MARILENE M. ; GALEGO, EGUIBERTO ; SOBRINHO, LUIZA F. ; SAKATA, SOLANGE K. ; FARIA JUNIOR, RUBENS N. de . X-ray diffraction evaluation of the average number of layers in thermal reduced graphene powder for supercapacitor nanomaterial. Materials Science Forum, v. 958, p. 117-122, 2019. DOI: 10.4028/www.scientific.net/MSF.958.117

    Abstract: Graphene oxide (GO) can be partially reduced to graphene-like sheets by removing the oxygen-containing groups and recovering the conjugated structure. In this work, the thermal reduction of GO powder has been carried out using back pumping vacuum pressures and investigated employing X-ray diffraction analysis. The experimental results of estimating the number of graphene layers on the reduced powder at various temperatures (200 – 1000 °C) have been reported. Electrical changes have been produced in a graphene oxide with the vacuum reduction process. This study has shown that the ideal processing temperature for reducing graphene oxide nanomaterial was about 400 oC. It has also been shown that at 600 oC the number of layers in the reduced nanomaterial increased. The internal series equivalent resistance (ESR) has been improved substantially with the vacuum thermal treatment even at temperatures above 400 oC. ESR was reduced from 95.0 to about 13.8 Ω cm2 with this processing. These results showed that the process can be applied to the reduction of graphene oxide to produce supercapacitor nanomaterials. The advantage of employing this method is that the processing is a straightforward and low cost thermal treatment that might be used for large amount of nanocomposite material.

    Palavras-Chave: graphene; oxides; x-ray diffraction; vacuum systems; capacitors; capacitive energy storage equipment; nanomaterials; electrical properties

    Icon

  • IPEN-DOC 12582

    SERNA, MARILENE M. ; GALEGO, EGUIBERTO ; ROSSI, JESUALDO L. . X-ray diffraction studies of carbides in the spray formed AISI M2 high-speed steel. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIÊNCIA DOS MATERIAIS, 17., 15-19 de novembro, 2006, Foz do Iguaçu, PR. Anais... 2006. p. 5407-5413.

    Palavras-Chave: carbides; steels; x radiation; synchrotron radiation; crystallography; crystal structure

    Icon

  • IPEN-DOC 27185

    LINARDI, MARCELO ; LUGAO, ADEMAR B. ; OLIVEIRA NETO, ALMIR ; NETTO, ANA P.F.A. ; FREITAS, ANDERSON Z. de ; CARBONARI, ARTUR W. ; RODRIGUES, CLAUDIO ; VIEIRA, DANIEL P. ; ANDRADE, DELVONEI A. de ; ZEZELL, DENISE M. ; PARRA, DUCLERC F. ; FONSECA, EDVALDO R.P. da ; GALEGO, EGUIBERTO ; MUCCILLO, ELIANA N. dos S. ; SANTIAGO, ELISABETE I. ; CARVALHO, ELITA F.U. de ; BERNARDES, EMERSON S. ; MOURA, ESPERIDIANA A.B. de ; SPINACE, ESTEVAM V. ; FONSECA, FABIO C. ; SILVA, FLAVIA R. de O. ; COSENTINO, IVANA C. ; MENGATTI, JAIR ; PERROTTA, JOSE A. ; BRESSIANI, JOSE C. ; ROGERO, JOSE R. ; RAMANATHAN, LALGUDI V. ; ROCHA, MARCELO da S. ; PIRES, MARIA A.F. ; ROSTELATO, MARIA E.C.M. ; RIBEIRO, MARTHA S. ; COTRIM, MARYCEL E.B. ; IGAMI, MERY P.Z. ; WETTER, NIKLAUS U. ; VIEIRA JUNIOR, NILSON D. ; RODRIGUES JUNIOR, ORLANDO ; FARIA JUNIOR, RUBENS N. de ; SAKATA, SOLANGE K. ; BALDOCHI, SONIA L. ; LOPES, THIAGO ; ROSSI, WAGNER de ; CALVO, WILSON A.P. . IPEN e a nanotecnologia. São Paulo, SP: SENAI-SP Editora, 2020. 224 p.

    Icon

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.