Navegação IPEN por assunto "kinetics"

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 15580

    CARVALHO, TEREZINHA E.M. de . Adsorcao de corantes anionicos de solucao aquosa em cinza de carvao e zeolita de cinza leve de carvao / Adsorption of anionic dyes from aqueous solutions onto coal fly ash and zeolite synthesized from coal fly ash . 2010. Dissertacao (Mestrado) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, Sao Paulo. 108 p. Orientador: Denise Alves Fungaro. DOI: 10.11606/D.85.2010.tde-29082011-102142

    Abstract: Cinza leve de carvão, resíduo gerado em usina termelétrica, foi usada para sintetizar zeólita por meio de tratamento hidrotérmico com solução de NaOH. A cinza leve (CL-2) e a zeólita sintética (ZM-2) que foi predominantemente identificada como hidroxi-sodalita foram utilizadas como adsorventes dos corantes aniônicos índigo carmina (IC) e reativo laranja 16 (RL16) de soluções aquosas. Nos processos de adsorção, os efeitos de tempo de contato, concentração inicial de corantes, pH, massa de adsorventes e temperatura foram avaliados. O estudo cinético de adsorção demonstrou que os resultados apresentaram melhor ajuste ao modelo de pseudo-segunda ordem e que adsorção de superfície e difusão intrapartícula participaram no mecanismo de adsorção. Os parâmetros termodinâmicos demonstraram que a adsorção foi espontânea em todos os processos de adsorção. Os processos de adsorção foram de natureza endotérmica para todos os sistemas, com exceção do sistema IC/ZM-2, em que foi exotérmico. Os dados de entropia mostraram a ocorrência do aumento da desordem na interface sólido/solução durante a adsorção em todos os sistemas, exceto novamente no IC/ZM-2, no qual se verificou a diminuição da desordem na interface. As isotermas de adsorção ajustaram-se à equação linear de Langmuir. As capacidades máximas de adsorção foram 1,48 mg/g para o sistema IC/CL-2; 1,13 mg/g para IC/ZM-2; 0,96 mg/g para RL16/CL-2 e 1,14 mg/g para RL16/ZM-2 à temperatura ambiente. O estudo de dessorção realizado com água, com soluções aquosas ácidas e com solução aquosa básica demonstrou ser ineficiente tanto para a recuperação dos corantes quanto para a regeneração dos adsorventes.

    Palavras-Chave: aqueous solutions; pollution; azo dyes; color; removal; adsorption; zeolites; fly ash; coal; kinetics; thermodynamics; x-ray diffraction; infrared spectra; spectroscopy

    Icon

  • IPEN-DOC 15818

    MAGDALENA, CARINA P.; CUNICO, PATRICIA; CARVALHO, TEREZINHA E.M. de; FUNGARO, DENISE A. . Adsorcao de remazol vermelho RB sobre cinzas de carvao: estudos cineticos e de equilibrio. In: SAFETY, HEALTH AND ENVIRONMENTAL WORD CONGRESS, 26-29 de julho, 2009, Mongagua, SP. Proceedings... 2009.

    Palavras-Chave: fly ash; coal; absorption; aqueous solutions; isotherms; kinetics

    Icon

  • IPEN-DOC 22396

    BERTOLINI, THARCILA C.R. ; ALCANTARA, RAQUEL R. ; IZIDORO, JULIANA de C. ; FUNGARO, DENISE A. . Adsorption of acid orange 8 dye from aqueous solution onto unmodified and modified zeolites. Orbital: The Electronic Journal of Chemistry, v. 7, n. 34, p. 1-11, 2015.

    Palavras-Chave: adsorption; dyes; aqueous solutions; zeolites; ashes; zeolites; x-ray diffraction; kinetics

    Icon

  • IPEN-DOC 13238

    FUNGARO, DENISE A. ; BORRELY, SUELI I. ; CARVALHO, TEREZINHA E.M.. Adsorption of radioactive orange 16 onto zeolite synthesized from fly ash: kinetics and equilibrium studies. In: PROCEEDINGS OF THE SYMPOSIUM BRAZIL-JAPAN IN ECONOMY, SCIENCE AND TECHNOLOGICAL INNOVATION, June 14-16, 2008, Sao Paulo, SP. Proceedings... 2008.

    Palavras-Chave: zeolites; fly ash; adsorption; aqueous solutions; dyes; waste water; kinetics

    Icon

  • IPEN-DOC 16366

    RESTIVO, T.A.G.; LEITE, D.W.; MELLO CASTANHO, S.R.H. . Advanced multi-metallic SOFC anode development by mechanical alloying route. Materials Science Forum, v. 636-637, p. 865-873, 2010.

    Palavras-Chave: cermets; solid oxide fuel cells; anodes; sintering; kinetics; mechanical properties; alloys

    Icon

  • IPEN-DOC 14399

    DULLA, S.; RAVETTO, P.; PICCA, P.; TOMATIS, D.; MAIORINO, J.R. ; CARLUCCIO, T.; ANTUNES, A.; SANTOS, A.; OLIVEIRA, F. de. Analytical benchmarks for the kinetics of accelerator-driven systems. In: JOINT INTERNATIONAL TOPICAL MEETING ON MATHEMATICS AND COMPUTATION AND SUPERCOMPUTING IN NUCLEAR APPLICATION,, April 15-19, 2007, Monterey, CA. Proceedings... 2007.

    Palavras-Chave: accelerator driven transmutation; benchmarks; kinetics; numerical solution; reactor physics

    Icon

  • IPEN-DOC 22113

    GROSCHE, LUCAS C.; FUNGARO, DENISE A. . Aplicação de zeólitas sinterizadas a partir de cinzas de carvao na remoção de corante em água. In: PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 13.; PROGRAMA DE BOLSAS E INICIAÇÃO CIENTÍFICA CNEN, 4., 29-30 de agosto, 2007, São Paulo, SP. Resumo expandido... 2007.

    Palavras-Chave: evaluation; zeolites; ashes; coal; adsorption; kinetics; methylene blue; adsorption isotherms; time dependence

    Icon

  • IPEN-DOC 09620

    PETRONI, SERGIO L.G. . Avaliacao cinetica e de equilibrio do processo de adsorcao dos ions dos metais cadmio, cobre e niquel em turfa. 2004. Tese (Doutoramento) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN/CNEN-SP, Sao Paulo. 121 p. Orientador: Maria Aparecida Faustino Pires.

    Palavras-Chave: peat; adsorption; metals; liquid wastes; waste processing; cadmium; copper; nickel; kinetics; adsorption isotherms

    Icon

  • IPEN-DOC 19158

    HOLLAND, H.; YAMAURA, M. ; DAMASCENO, M.. Avaliação de nanoparticulas de magnetita sinterizadas por micro-ondas e banho térmico na remoção do corante reativo laranja 16. In: ENCONTRO BRASILEIRO SOBRE ADSORÇÃO, 9.; SIMPÓSIO IBERO-AMERICANO SOBRE ADSORÇÃO, 1., 6-10 de maio, 2012, Recife, PE. Anais... 2012.

    Palavras-Chave: nanostructures; particles; magnetite; microwave radiation; kinetics; dyes; removal; methyl orange; adsorption

    Icon

  • IPEN-DOC 09557

    BALINO, J.L.. BG-CFD methodology for Multicomponent Solutions. Part II: Diffusion model. In: 2003 WESTERN MULTICONFERENCE, 2003 INTERNATIONAL CONFERENCE ON BOND GRAPH MODELING AND SIMULATION, Jan. 19-23, 2003, Orlando, FL, USA. Proceedings... 2003. p. 47-52.

    Palavras-Chave: calculation methods; numerical solution; diagrams; computerized simulation; solutions; kinetics; diffusion; velocity; entropy; density

    Icon

  • IPEN-DOC 19246

    YAMAURA, MITIKO ; SANTOS, JACINETE L. dos ; DAMASCENO, MARCOS O. ; EGUTE, NAYARA dos S.; MORAES, ADENIANE A.N.; SANTOS, BRUNO Z.. Biomass as biosorbent for molybdenum ions. In: INTERNATIONAL NUCLEAR ATLANTIC CONFERENCE; MEETING ON NUCLEAR APPLICATIONS, 11th; MEETING ON REACTOR PHYSICS AND THERMAL HYDRAULICS, 18th; MEETING ON NUCLEAR INDUSTRY, 3rd, November 24-29, 2013, Recife, PE. Proceedings... Sao Paulo: ABEN, 2013, 2013.

    Palavras-Chave: adsorption; aqueous solutions; biomass; gamma spectroscopy; heavy metals; high-purity ge detectors; ions; kinetics; molybdenum 99; ph value; tracer techniques; waste water

    Icon

  • IPEN-DOC 11585

    ESPOSITO, IARA M.. Caracterização e cinética de recristalização da liga de alumínio 6063 após tratamentos termomecânicos. 2006. Dissertacao (Mestrado) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN/CNEN-SP, Sao Paulo. p. Orientador: Waldemar Alfredo Monteiro. DOI: 10.11606/D.85.2006.tde-14052012-105839

    Abstract: A liga de alumínio 6063 possui um grande interesse industrial, apresentando características que justificam o seu uso mais freqüente quando comparadas às demais ligas de alumínio: a capacidade de endurecimento por precipitação (pois são termicamente tratáveis) aliada à facilidade de serem extrudadas. Estas ligas apresentam elevada ductilidade, que permite o seu uso em operações que acarretam elevados graus de deformação, como a extrusão. Por esse motivo, as ligas Al-Mg-Si apresentam a maior parte do volume de ligas extrudadas. Tendo em vista a freqüente utilização da liga de alumínio 6063, este trabalho estuda a caracterização e a recristalização da liga após a deformação plástica em diferentes graus de redução em área 20%, 50%, 70% e 90%, com tratamentos térmicos de 396ºC, 462ºC e 528ºC e com tempos de recozimento em 1minuto, 10 minutos e 100 minutos Tratamentos Termomecânicos. Observou-se como resultados de uma forma geral, que os tratamentos com 1minuto nas amostras de Al6063 houve pouca ou nenhuma alteração e ao aumentarmos o tempo de recozimento para 10 minutos e depois para 100 minutos os processos de recuperação/recristalização se tornam evidentes e o crescimento de também é observável para os tempos de tratamento em 100 minutos.

    Palavras-Chave: aluminium alloys; kinetics; recrystallization; strain hardening; cold working; vickers hardness; heat treatments

    Icon

  • IPEN-DOC 22725

    SANTOS, DIOGO F. dos . Cálculo dos parâmetros cinéticos do reator IPEN/MB-01 tipo placa com o código MCNP6. São Paulo: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - CEN, Junho, 2016. (IPEN-CEN-PSE-RMB-005-00-RELT-018-00). Restrito.

    Título do projeto: RMB

    Palavras-Chave: kinetics; ipen-mb-1 reactor; m codes; monte carlo method; neutrons

    Icon

  • IPEN-DOC 04446

    SALIBA SILVA, A.M. ; POLITANO, R. ; TSCHIPTSCHIN, A.P.. Cinetica da nitretacao em altas temperaturas do aco inoxidavel 409. In: 12o. CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 8-11 de dezembro, 1996, Aguas de Lindoia, SP. 1996. p. 1140-1143.

    Palavras-Chave: stainless steels; temperature range 0400-1000 k; nitrogen; microstructure; microhardness; diffusion; kinetics

    Icon

  • IPEN-DOC 02531

    GODOY, ANA L.E. . Cinetica da sinterizacao de microesferas de U308. 1986. Dissertacao (Mestrado) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN/CNEN-SP, Sao Paulo. 99 p. Orientador: Clauer Trench de Freitas.

    Palavras-Chave: kinetics; optical microscopy; sintering; kinetics; uranium oxides u3o8; sintering

    Icon

  • IPEN-DOC 01525

    GODOY, A.L.E. ; FREITAS, C.T.. Cinetica da sinterizacao de microesferas de Usub(3)Osub(8). Cerâmica, v. 33, n. 213, p. 203-206, 1987.

    Palavras-Chave: sintering; uranium oxides u3o8; electron microscopy; kinetics; microspheres; microstructure

    Icon

  • IPEN-DOC 09388

    PETRONI, S.L.G.; PIRES, M.A.F. ; SEPULVEDA MUNITA, C.J.A. . Cinetica de adsorcao de Cu em turfa. Revista Brasileira de Pesquisa e Desenvolvimento, v. 4, n. 3, Parte 1, p. 1158-1162, 2002.

    Palavras-Chave: copper; adsorption; kinetics; peat; copper 64

    Icon

  • IPEN-DOC 08766

    PETRONI, S.L.G.; PIRES, M.A.F. ; SEPULVEDA MUNITA, C.J.A. . Cinetica de adsorcao de Cu em turfa. In: INTERNATIONAL NUCLEAR ATLANTIC CONFERENCE; NATIONAL MEETING ON NUCLEAR APPLICATIONS, 6th, Aug. 11-16, 2002, Rio de Janeiro, RJ. Proceedings... Rio de Janeiro: ABEN, 2002, 2002.

    Palavras-Chave: copper; adsorption; kinetics; peat; copper 64

    Icon

  • IPEN-DOC 01245

    PADILHA, A.F.; FALLEIROS, I.G.S.. Cinetica de recristalizacao de uma liga de aluminio contendo dispersao de precipitados. In: 32rd CONGRESSO ANUAL DA ASSOCIACAO BRASILEIRA DE METAIS, 2-7 julho, 1978, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 1978.

    Observação: arquivo não disponível no Repositório

    Palavras-Chave: aluminium alloys; interfaces; kinetics; metallography; recrystallization

    Icon

  • IPEN-DOC 12667

    COUTINHO, A.C.S. ; BRESSIANI, J.C. ; BRESSIANI, A.H.A. . Cinetica de sinterizacao de compositos a base de Sisub(3)Nsub(4). In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CERAMICA, 50., 22-25 de maio, 2006, Blumenau, SC. Anais... 2006.

    Palavras-Chave: composite materials; silicon nitrides; kinetics; sintering; silicon carbides

    Icon

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.