Navegação IPEN por assunto "krypton 85"

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 03373

    CALDAS, L.V.E. ; DAVID, J.. Bremsstrahlung and beta radiation fields determination of an industrial radioactive source. Radiation Protection Dosimetry, v. 27, n. 1, p. 47-51, 1989.

    Palavras-Chave: bremsstrahlung; krypton 85; beta particles; radiation sources

    Icon

  • IPEN-PUB-128

    CALDAS, L.V.E. ; DAVID, J.. Campo de radiacao beta de uma fonte de sup(85)Kr. 1987. 11 p.

    Palavras-Chave: beta sources; krypton 85; bremsstrahlung; isodose curves; radiation doses

    Icon

  • IPEN-DOC 02377

    CALDAS, L.V.E. ; DAVID, J.. Caracterizacao do campo de radiacao beta de uma fonte para aplicacoes industriais. In: 9th ENCONTRO NACIONAL DE FISICA DA MATERIA CONDENSADA, Apr. 23-26, 1986, Pocos de Caldas, MG, Brazil. Abstract... 1986.

    Palavras-Chave: beta sources; control equipment; industry; krypton 85; radiation dose distributions

    Icon

  • IPEN-DOC 25949

    POLO, IVON O.. Caracterização e estabelecimento de um sistema padrão primário e de um sistema de transferência ou método alternativo/complementar de radiação beta / Characterization and establishment of a primary standard system and a transfer system or alternative/complementary method for beta radiation . 2019. Tese (Doutorado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 189 p. Orientador: Linda Viola Ehlin Caldas. DOI: 10.11606/T.85.2019.tde-08082019-092707

    Abstract: O problema da dosimetria beta está ligado a indivíduos que manipulam fontes radioativas a pequenas distâncias ou em contato. O objetivo principal da dosimetria beta é a determinação da dose na pele e no cristalino do olho. A câmara de extrapolação Böhm foi caracterizada em feixes de radiação beta das fontes de 85Kr e 147Pm e ela foi estabelecida como sistema de padronização primária. Foram determinadas as taxas de dose absorvida no ar e no tecido à profundidade nula e de 0,07 mm das fontes de 85Kr e 147Pm e os seus fatores de transmissão. Além disso, foi caracterizado e estabelecido um sistema de transferência ou método alternativo/complementar de dosimetria beta. Foram aplicadas as técnicas de termoluminescência e de luminescência opticamente estimulada, para a caracterização de detectores de SOL-GEL α-Al2O3 em campos padrões de radiação beta, e foram determinados os parâmetros cinéticos do processo termoluminiscente. O material estudado mostrou-se adequado para a dosimetria beta. Foi estabelecido um modelo computacional pelo método Monte Carlo para a câmara de extrapolação e para as fontes de radiação; foram determinadas as taxas de dose absorvida, os fatores de correção de Bremsstrahlung, os fatores de correção pelo retroespalhamento do eletrodo coletor e do anel de guarda da câmara de extrapolação e os fatores de dependência angular. Para o sistema de transferência de dosimetria beta, foram determinados os fatores de correção pela atenuação no ar e o espalhamento da radiação no suporte de irradiação dos detectores pelo método Monte Carlo. Todas os testes de caracterização, assim como o modelo de Monte Carlo, foram também realizados e implementados com a fonte de 90Sr/90Y por ser a fonte de referência da radiação beta e para fins comparativos.

    Palavras-Chave: beta dosimetry; beta detection; beta decay; extrapolation chambers; ionization chambers; radiation doses; biological effects; skin; eyes; bohm criterion; krypton 85; promethium 147; luminescence; radiothermoluminescence; metal alkoxides; sol-gel process; aluminium oxides; strontium 90; yttrium 90; monte carlo method; calculation methods

    Icon

  • IPEN-DOC 15015

    PINTO, TERESA C.N.O.; CALDAS, LINDA V.E. . Characterization of osl commercial dosimeters using a hand phantom, in standard beta radiation beams. In: INTERNATIONAL NUCLEAR ATLANTIC CONFERENCE; MEETING ON NUCLEAR APPLICATIONS, 9th; MEETING ON REACTOR PHYSICS AND THERMAL HYDRAULICS, 16th; MEETING ON NUCLEAR INDUSTRY, 1st, September 27 - October 2, 2009, Rio de Janeiro, RJ. Proceedings... Sao Paulo: ABEN, 2009, 2009.

    Palavras-Chave: aluminium oxides; energy dependence; experimental data; krypton 85; luminescent dosemeters; nanostructures; phantoms; promethium 147; radiation monitoring; strontium 90; yttrium 90

    Icon

  • IPEN-DOC 02394

    CALDAS, L.V.E. . Determinacao experimental de curvas de isodose no ar para radiacao beta e Bremsstrahlung. In: SIMPOSIO DE FISICA MEDICA ESTHER NUNES PEREIRA, July 9-16, 1986, Curitiba, PR, Brazil. Proceedings... 1986.

    Palavras-Chave: air; beta particles; bremsstrahlung; isodose curves; krypton 85; radiation doses; scintillation counters

    Icon

  • IPEN-DOC 24674

    POLO, IVON O. ; CALDAS, LINDA V.E. . Determination of transmission factors in beta radiation beams. Applied Radiation and Isotopes, v. 136, p. 82-86, 2018. DOI: 10.1016/j.apradiso.2018.02.010

    Abstract: In beta emitters, in order to evaluate the absorbed dose rate at different tissue depths, it is necessary to determine the transmission factors. In this work, the transmission factors determined in beta secondary standard radiation beams are presented. For this purpose, an extrapolation chamber was used. The results obtained were considered acceptable, and they are within the uncertainties in comparison with the values provided by the source calibration certificate. The maximum differences between the results obtained in this work and those from the calibration certificate were 3.3%, 3.8% and 5.9% for 90Sr/90Y, 85Kr and 147Pm sources respectively.

    Palavras-Chave: absorbed radiation doses; dose rates; extrapolation chambers; krypton 85; promethium 147; radiations; strontium 90; transmission; yttrium 90

    Icon

  • IPEN-DOC 17511

    BENAVENTE, JHONNY A.; REYNALDO, SIBELE R.; ANTONIO, PATRICIA L.; MEIRA-BELO, LUIZ C.; CALDAS, LINDA V. ; SILVA, TEOGENES A. da. Metodologia para comparação laboratorial de campos de referência de radiação beta de sup(90)Sr/sup(90)Y, sup(85)kr e sup(147)Pm. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METROLOGIA, 6., 27-30 de setembro, 2011, Natal, RN. Anais... 2011.

    Palavras-Chave: beta sources; beta particles; strontium 90; yttrium 90; krypton 85; promethium 147; extrapolation chambers; radiochromatography; comparative evaluations; reliability

    Icon

  • IPEN-DOC 15483

    ANDRADE, M.L.G.; POTIENS, M.P.A. ; SASAKI, P.S.A.. Monitoracao de area em instalacoes de baixo risco. In: PRIMER CONGRESO AMERICANO DEL IRPA 2006; REUNION ANUAL DE LA SMSR, 24. Y CONGRESO ANUAL DE LA SNM, 17., September 3-8, 2006, Acapulco, Mexico. Proceedings... 2006.

    Palavras-Chave: nuclear facilities; monitoring; radiation sources; activity levels; measuring instruments; krypton 85; thermoluminescent dosimetry; risk assessment; radiation protection

    Icon

  • IPEN-DOC 18352

    ANTONIO, PATRICIA L.; CALDAS, LINDA V.E. . Performance of a parallel plate ionization chamber in beta radiation dosimetry. Radioproteção, v. 2, n. 20, p. 157-166, 2012.

    Palavras-Chave: beta detection; beta dosimetry; brazil; electron-capture detectors; graphite; ionization chambers; krypton; krypton 85; promethium; promethium 147; strontium; yttrium; yttrium 90

    Icon

  • IPEN-DOC 17509

    ANTONIO, PATRICIA L.; CALDAS, LINDA V.E. . Performance of a parallel plate ionization chamber in beta radiation dosimetry. In: CONGRESSO DE PROTEÇÃO CONTRA RADIAÇÕES DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA, 2.; CONGRESSO BRASILEIRO DE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA, 2.; CONGRESSO INTERNACIONAL DE PROTEÇÃO INDUSTRIAL, 5., 17-20 de maio, 2011, Recife, PE. Anais... 2011.

    Palavras-Chave: beta detection; beta dosimetry; brazil; electron-capture detectors; graphite; ionization chambers; krypton; krypton 85; promethium; promethium 147; strontium; yttrium; yttrium 90

    Icon

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.