Navegação IPEN por assunto "trypanosoma"

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 11368

    TEMPONE, A.G.; BORBOREMA, S.E.T.; ANDRADE JUNIOR, H.F. ; GUALDA, N.C.A.; YOGI, A.; CARVALHO, C.S.; BACHIEGA, D.; LUPO, F.N.; BONOTTO, S.V.; FISCHER, D.C.H.. Antiprotozoal activity of brazilian plant extracts from isoquinoline alkaloid-producing families. Phytomedicine, v. 12, p. 382-390, 2005.

    Palavras-Chave: brazil; plants; alkaloids; ethanol; protozoa; parasitic diseases; trypanosoma; therapy

  • IPEN-DOC 15160

    SILVA, A.S.; AMARAL, A.A.; LAPOLLI, A.L. ; CARBONARI, A.W. . Application of perturbed angular correlation spectroscopy in IgG immunoglobulins. In: INTERNATIONAL NUCLEAR ATLANTIC CONFERENCE; MEETING ON NUCLEAR APPLICATIONS, 9th; MEETING ON REACTOR PHYSICS AND THERMAL HYDRAULICS, 16th; MEETING ON NUCLEAR INDUSTRY, 1st, September 27 - October 2, 2009, Rio de Janeiro, RJ. Proceedings... Sao Paulo: ABEN, 2009, 2009.

    Palavras-Chave: cadmium 111; electric fields; experimental data; hafnium 181; hyperfine structure; immunity; immunoglobulins; indium 111; mice; perturbed angular correlation; spectra; spectroscopy; temperature dependence; trypanosoma; yeasts

  • IPEN-DOC 16340

    DIAS, VIVIANE L. . Aspectos da resistencia a infeccao experimental com Trypanosoma cruzi / Aspects of resistance to experimental infection with Trypanosoma cruzi . 2010. Dissertacao (Mestrado) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, Sao Paulo. 94 p. Orientador: Luiz Augusto Correa Passos. DOI: 10.11606/D.85.2010.tde-31082011-084420

    Abstract: A doença de Chagas, zoonose causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi, apresenta uma ampla distribuição na América Latina estendendo-se do Sul dos Estados Unidos até a Argentina. Estima-se existirem 10 milhões de pessoas infectadas e outras 25 milhões expostas ao risco. Apesar de descoberta há mais de um século, o mal de Chagas ainda é uma infecção grave que provoca grande impacto sócio-econômico, sem tratamento efetivo na fase crônica e que carece de conhecimentos científicos. O presente trabalho teve como objetivo a obtenção e o uso de linhagens consômicas de camundongos, na investigação da resistência. As linhagens consômicas foram produzidas por meio de acasalamentos programados e monitoração com marcadores polimórficos de DNA, onde um de seus cromossomos foi substituído pelo seu homólogo da outra linhagem. Como parentais foram utilizadas as linhagens isogênicas C57BL/6/J Unib, de fenótipo resistente (doadora) e A/JUnib, susceptível (receptora) empregadas na produção de cinco linhagens consômicas para os cromossomos 7 (CSs7), 11 (CSs11),14 (CSs14),17 (CSs17) e 19 (CSs19); descritos por Passos et al. (2003), como importantes no controle da infecção causada pela cepa Y do T.cruzi. Nos ensaios experimentais, os consômicos foram inoculados pela via i.p., com as doses de 101, 102, 103 e 104 empregando-se como controles animais de ambas as linhagens parentais. Em todos os consômicos, a resistência foi superior àquela observada no parental susceptível. Em um segundo protocolo, os consômicos foram acasalados com associações programadas e as progênies foram desafiadas empregando-se inóculos com doses crescentes de tripomastigotas. A resistência observada neste grupo foi também superior àquela observada no parental de fenótipo susceptível. Os resultados observados demonstram que o emprego das linhagens consômicas produzidas possibilitam avaliar a participação de cada cromossomo na resistência, bem como os efeitos da associação entre os cromossomos, que são uma estratégia eficiente no estudo de doenças multifatoriais de trato complexo, como a doença de Chagas.

    Palavras-Chave: trypanosoma; mice; genetics; chromosomes; infectivity

  • IPEN-DOC 15965

    CORREA, VALERIA R. . Avaliacao e epidemiologia da cardiopatia chagasica em pacientes atendidos em Araguaina - Tocantins / Analysis and epidemiology of chagas disease in Araguaina - Tocantins . 2010. Dissertacao (Mestrado) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, Sao Paulo. 80 p. Orientador: Nanci do Nascimento. DOI: 10.11606/D.85.2010.tde-29082011-100146

    Abstract: A Doença de Chagas (DC) foi descrita por Carlos Chagas em 1909. É causada por um parasita T. cruzi, transmitido por triatomíneos, por transfusão de sangue, vertical e por via oral. A DC tem duas fases: aguda e crônica. A evolução para a forma cardíaca ocorre em cerca de 30% dos casos crônicos e é a maior responsável pela mortalidade na doença de Chagas crônica. O objetivo deste trabalho foi estudar a cardiopatia chagásica em pacientes do Tocantins, comparando com outras cardiopatias e pacientes assintomáticos do ponto de vista de exames complementares não invasivos usando energias radiantes, como ecocardiografia e RX e o ECG. Houve uma prevalência de 9,5% de pacientes chagásicos atendidos no ambulatório de cardiologia em Araguaína Tocantins, sendo que 7.3% na forma crônica e 2,21% na forma indeterminada .Dos pacientes crônicos, incluídos no estudo 50% tinham megaesôfago e 4 megacolon (20%). A maioria dos pacientes não apresentou história familiar positiva para DC, nem era tabagista ou etilista. As principais alterações eletrocardiográficas encontradas referem-se à condução. A avaliação do ICT, do chagásico crônico mostrou se aumentada em 40% dos pacientes, 40% apresentam alterações esofágicas e 20% dos pacientes s apresentavam megacolon . O ecocardiograma mostrou-se alterado em 42%). 27% dos pacientes apresentaram FE abaixo de 55% alterada. Alterações da contratilidade segmentar e Assincronia septal foram encontradas em 80% dos chagásicos crônicos. Em 80% dos pacientes foi verificada disfunção diastólica. As alterações valvares ocorreram em 75%. As alterações eletrocardiográficas,ocorreram em 80% dos pacientes com CCC, , enquanto nas outras cardiopatias tinham alterações no ECG. Observou-se que no grupo dos chagásico a diminuição da fração de ejeção esta correlacionada a maior incidência de arritmias alem da disfunção diastólica e relacionada com aumento do atrio esquerdo, ICT tem correlação com a FE e tamanho de VE e AE. Os ECG alterados também guardam relação com as disfunções.

    Palavras-Chave: brazil; cardiovascular diseases; parasitic diseases; trypanosoma; epidemiology; x-ray radiography

  • IPEN-DOC 11604

    SILVA, ANDREIA dos S. . Avaliação do padrão de resposta de imunoglobulinas em diferentes linhagens de camundongos frente à infecção por T.cruzi. 2006. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN/CNEN-SP, São Paulo. p. Orientador: Nanci do Nascimento. DOI: 10.11606/D.85.2006.tde-31052007-163449

    Abstract: O presente trabalho realizou-se com diferentes linhagens de camundongos (A/J, C57BL/6, B6AF1, BXA1 e BXA2) que foram desafiados com diferentes doses da cepa Y de T. cruzi. O objetivo foi avaliar o padrão de resposta de imunoglobulinas produzidas por estas linhagens e para tanto, amostras de soros foram analisadas pelo método imunoenzimático. A partir dos resultados obtidos observou-se que todas as linhagens apresentaram uma resposta superior para IgG2a e IgG2b, quando comparados ao IgG1. Indicando um padrão Th1 que expressa resposta imunológica celular. As diferentes linhagens utilizadas nessa pesquisa apresentam padrões de resposta imunológica também diferentes frente à infecção por T. cruzi. Animais da linhagem C57BL/6 mostraram-se resistentes a infecção, enquanto que os animais da linhagem A/J mostraram-se susceptíveis, corroborando com a literatura. Os animais da linhagem híbridos B6AF1 foram mais resistentes à infecção que seu parental original C57BL/6. Sua resposta imunológica apresenta traços tanto do parental original A/J quanto do C57BL/6. Os animais da linhagem BXA1 puderam ser considerados resistentes à infecção, mas não apresentaram o mesmo controle observado nos animais das linhagens B6AF1 e C57BL/6. Os animais da linhagem BXA2 foram considerados susceptíveis à infecção, mas a controlaram por um período maior, sobrevivendo assim, por tempo superior àquele observado na linhagem A/J. Os resultados obtidos indicam que a subclasse de imunoglobulinas IgG2b desempenha importante papel na resistência à cepa Y de T. cruzi.

    Palavras-Chave: mice; trypanosoma; immunoglobulins; sample preparation; enzyme immunoassay; cell differentiation; antigens; comparative evaluations; blood serum; gamma radiation; immune serums; immunity; immunology

  • IPEN-DOC 10726

    SZAROTA, R.M.; ANDRADE JUNIOR, H.F. ; BAPTISTA, J.A.; DIAS, V.L.; GIMENES, A.P.; MARTINS, A.R.S.; NASCIMENTO, N. ; PASSOS, L.A.C.. Influence of ionizing radiation on trypanosoma cruzi. In: INTERNATIONAL NUCLEAR ATLANTIC CONFERENCE; ENCONTRO NACIONAL DE APLICACOES NUCLEARES, 7th, ago. 28 - set. 2, 2005, Santos, SP. Anais... Sao Paulo: ABEN, 2005, 2005.

    Palavras-Chave: biological radiation effects; cobalt 60; enzyme immunoassay; gamma radiation; immune reactions; mice; trypanosoma; trypanosomiasis

  • IPEN-DOC 11300

    SZAROTA, ROSA M. . Influencia da radiacao ionizante sobre o Trypanosoma cruzi. 2006. Dissertacao (Mestrado) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN/CNEN-SP, Sao Paulo. p. Orientador: Nanci do Nascimento. DOI: 10.11606/D.85.2006.tde-15052012-112111

    Abstract: A Doença de Chagas é um dos maiores problemas de saúde pública na América do Sul causando um elevado prejuízo à população. A despeito dos inúmeros esforços para o seu controle, a doença não tem cura e apresenta problemas científicos ainda não esclarecidos. Considerando-se que vários pesquisadores têm usado a radiação ionizante para modificar protozoários ou propriedades imunológicas de biomoléculas, neste trabalho foram estudados aspectos da resposta imunológica induzida em camundongos, resistentes e suscetíveis ao T. cruzi, utilizando formas irradiadas deste parasita. Doses baixas de radiação preservaram a capacidade reprodutiva e de invasão celular. Animais resistentes e suscetíveis, imunizados com os parasitas tratados por radiação, produziram anticorpos específicos. Após o desafio, os animais apresentaram baixa parasitemia, com exceção dos grupos imunizados com parasitas que receberam apenas altas doses de radiação. A seleção de formas tripomastigotas foi obtida irradiando-se os parasitas com baixas doses, o que promoveu aprimoramento da qualidade da resposta imune, a exemplo do que se observa quando da utilização de complemento. Estes dados evidenciam a importância da seleção das formas tripomastigotas para a imunização contra o T. cruzi e apontam a radiação ionizante como alternativa para este fim, uma vez que quando a seleção é feita utilizando-se complemento, depara-se com a dificuldade de sua remoção, colocando em risco o processo de imunização por introduzir substancias estranhas ao organismo.

    Palavras-Chave: biological radiation effects; cobalt 60; dose-response relationships; enzyme immunoassay; experimental data; gamma radiation; immune reactions; mice; radiation doses; trypanosoma; trypanosomiasis

  • IPEN-DOC 21845

    EGEA, NATALIA M. ; DIAS, LIGIA E.M.F. . Otimização do processo de desagregação e renaturação da cisteina protease cruzaina utilizando altas pressões hidrostáticas. In: PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 18.; PROGRAMA DE BOLSAS E INICIAÇÃO CIENTÍFICA CNEN, 9.; PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO, 2., 24-25 de outubro, 2012, São Paulo, SP. Resumo expandido... 2012.

    Palavras-Chave: optimization; protein denaturation; cell constituents; animal cells; escherichia coli; trypanosoma; enzymes; comparative evaluations; pressure range mega pa 100-1000; arginine; scanning electron microscopy; light scattering

  • IPEN-DOC 27294

    GOMES, ELYANNE dos S. . Prevalência sorológica da doença de Chagas, no município de Porto Nacional/TO, no período de 1997 a 2016 / Laboratory prevalence of Chagas disease in the county of Porto Nacional / TO, from 1997 to 2016 . 2020. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 46 p. Orientador: Patrick Jack Spencer. DOI: 10.11606/D.85.2020.tde-02102020-160539

    Abstract: Em 1909, iniciaram-se os conhecimentos sobre a doença de Chagas, enfermidade infecciosa,parasitária e de endemia rural em vários países latino-americanos. Na ocasião, o próprio Carlos Chagas evidenciou pela primeira vez a existência de um protozoário que ganhou a designação de Trypanosoma cruzi. As formas habituais de transmissão da doença de Chagas humana reconhecidas são: a vetorial, a transfusão de sangue, a via congênita, e as que ocorrem via oral. A doença de Chagas, apesar da redução de sua morbimortalidade, continua a ser um problema de saúde pública, tanto pela emergência de novos vetores quanto pela sublocação de recursos para seu controle em virtude da existência de falhas no sistema de notificação.Objetivo: Avaliar a incidência de portadores de Doença de Chagas Crônica, evidenciado pela sorologia positiva, em Porto Nacional - TO. Outrossim, objetiva-se a redução de infecção em áreas mais afetadas, e consequentemente a redução de complicações advindas da infecção pelo parasita. Metodologia: Trata-se de um estudo epidemiológico transversal observacional, realizado com dados obtidos no sistema GAL,após aprovação do comitê de ética e pesquisa. A população da pesquisa foi constituída por casos confirmados de Doença de Chagas que foram registrados no LACEN-TO, todos pacientes do município de Porto Nacional submetidos a exames sorológicos para o diagnóstico da Doença de Chagas entre os anos de 1997 a 2016.Resultados: Das sorologias registradas e reagentes no período de 1997 a 2016 foram um total de 541 registros no município de Porto Nacional/TO, com 330 pacientes do sexo masculino e 211 pacientes do sexo feminino. Dessa amostra, 508 pertencentes a zona rural e 33 pacientes pertencentes a zona urbana.

    Palavras-Chave: trypanosomiasis; trypanosoma; parasitic diseases; epidemiology; disease incidence; disease resistance; enzyme immunoassay; human populations; preventive medicine; data acquisition; data analysis; data covariances; brazil

  • IPEN-DOC 07554

    BORGES, M.M.; KLOETZEL, J.K.; ANDRADE JUNIOR, H.F. ; TADOKORO, C.E.; PINGE FILHO, P.; ABRAHAMSOHN, I.. Prostaglandin and nitric oxide regulate TNF-alpha production during Trypanosoma cruzi infection. Immunology Letters, v. 63, p. 1-8, 1998.

    Palavras-Chave: trypanosoma; macrophages; tumor cells; necrosis; prostaglandins; nitric oxide; lipopolysaccharides

  • IPEN-DOC 25199

    BRITO, TARCISIO; JULIO, ALISON; BERNI, MATEUS; PONCIO, LISIANE de C.; BERNARDES, EMERSON S. ; ARAUJO, HELENA; SAMMETH, MICHAEL; PANE, ATTILIO. Transcriptomic and functional analyses of the piRNA pathway in the Chagas disease vector Rhodnius prolixus. PLOS Neglected Tropical Diseases, v. 12, n. 10, p. e0006760-1 - e0006760-20, 2018. DOI: 10.1371/journal.pntd.0006760

    Abstract: The piRNA pathway is a surveillance system that guarantees oogenesis and adult fertility in a range of animal species. The pathway is centered on PIWI clade Argonaute proteins and the associated small non-coding RNAs termed piRNAs. In this study, we set to investigate the evolutionary conservation of the piRNA pathway in the hemimetabolous insect Rhodnius prolixus. Our transcriptome profiling reveals that core components of the pathway are expressed during previtellogenic stages of oogenesis. Rhodnius' genome harbors four putative piwi orthologs. We show that Rp-piwi2, Rp-piwi3 and Rp-ago3, but not Rp-piwi1 transcripts are produced in the germline tissues and maternally deposited in the mature eggs. Consistent with a role in Rhodnius oogenesis, parental RNAi against the Rp-piwi2, Rp-piwi3 and Rp-ago3 results in severe egg laying and female adult fertility defects. Furthermore, we show that the reduction of the Rp-piwi2 levels by parental RNAi disrupts oogenesis by causing a dramatic loss of trophocytes, egg chamber degeneration and oogenesis arrest. Intriguingly, the putative Rp-Piwi2 protein features a polyglutamine tract at its N-terminal region, which is conserved in PIWI proteins encoded in the genome of other Triatomine species. Together with R. prolixus, these hematophagous insects are primary vectors of the Chagas disease. Thus, our data shed more light on the evolution of the piRNA pathway and provide a framework for the development of new control strategies for Chagas disease insect vectors.

    Palavras-Chave: trypanosoma; protozoa; insects; proteins; rna processing; drosophila; disease vectors

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.

O Repositório Digital do IPEN é um equipamento institucional de acesso aberto, criado com o objetivo de reunir, preservar, disponibilizar e conferir maior visibilidade à Produção Científica publicada pelo Instituto, desde sua criação em 1956.

Operando, inicialmente como uma base de dados referencial o Repositório foi disponibilizado na atual plataforma, em junho de 2015. No Repositório está disponível o acesso ao conteúdo digital de artigos de periódicos, eventos, nacionais e internacionais, livros, capítulos, dissertações, teses e relatórios técnicos.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.