Navegação IPEN por assunto "vanadium oxides"

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 25853

    PINHEIRO, ANDRE L.G.; CARMO, JOSE V.C. do; CARVALHO, DAVI C.; OLIVEIRA, ALCINEIA C.; RODRIGUEZ-CASTELLON, ENRIQUE; TEHUACANERO-CUAPA, SAMUEL; OTUBO, LARISSA ; LANG, ROSSANO. Bio-additive fuels from glycerol acetalization over metals-containing vanadium oxide nanotubes (MeVOx-NT in which, Me=Ni, Co, or Pt). Fuel Processing Technology, v. 184, p. 45-56, 2019. DOI: 10.1016/j.fuproc.2018.11.008

    Abstract: The biodiesel production has led to a drastic surplus of glycerol and catalytic conversion of glycerol into valueadded products is of great industrial importance. Thus, the acetalization of glycerol with ketone or aldehydes allows the glycerol transformation into bio–additive fuels. In this work, metals-containing vanadium oxides nanotubes (MeVOx NT in which, Me=Co, Pt or Ni) have been synthesized with additional internal porosity and tested in the acetalization of glycerol with acetone (AG) for valuable biofuels production. The catalysts showed remarkable performances in the AG reaction. Furthermore, by variation of the composition, catalyst loading and temperature and using distinct substrates (butyraldehyde, furfuraldehyde and benzaldehyde), NiVOxNT is active, being very selective to solketal and reciclable for 4 times in the AG reaction. On the contrary, pure VOx NT easily deactivated due to the structure agent removal during the reaction, which promote the collapse of the tubular structure. The CoVOxNT and PtVOxNT catalysts did not exhibit such a stable structure and easily deactivated in the reaction due to leaching of the metals oxides during the AG.

    Palavras-Chave: biodiesel fuels; glycerol; nanotubes; vanadium oxides; biofuels; acetates; catalysts; acetone

    Icon

  • IPEN-DOC 26438

    MEDINA, MIDILANE S. ; CARVALHO, SABRINA G.M. ; MUCCILLO, ELIANA N.S. ; MUCCILLO, REGINALDO . Enhancement of the ionic conductivity in electric field-assisted pressureless sintered BITIVOX solid electrolytes. Ceramics, v. 2, n. 3, p. 502-513, 2019. DOI: 10.3390/ceramics2030038

    Abstract: Bi4V1.8Ti0.2O11 (BITIVOX) ceramic pellets, prepared with powders obtained by a sol gel technique, were sintered either conventionally at 800 C/8 h or by applying an AC electric voltage, limiting the electric current through the pellets. Electric voltages were applied isothermally at 700 C and 800 C during 5 min in the green pellet positioned in the sample holder of a dilatometer for monitoring thickness variation. The BITIVOX pellets shrank 13.6% after applying 200 V cm􀀀1 at 800 C and 10.4% heating to 800 C for 8 h. Thermal analysis and X-ray di raction of the powders were performed to evaluate the crystallization temperature and the structural phase, respectively. The electrical behavior of the sintered BITIVOX pellets was analyzed by the impedance spectroscopy technique, showing that the sample flash sintered at 800 C/5 min had lower bulk resistivity than the sample conventionally sintered at 800 C/8 h. The surfaces of the sintered pellets were observed in a scanning electron microscope showing similar grain sizes and pore content in all sintered samples.

    Palavras-Chave: ionic conductivity; bismuth; metals; vanadium oxides; solid electrolytes; ceramics; sintering; impedance; spectroscopy; solid oxide fuel cells

    Icon

  • IPEN-DOC 22889

    ALMEIDA, GISELE F.C. ; COUTO, ANTONIO A. ; REIS, DANIELI A.P.; MASSI, MARCOS; SILVA SOBRINHO, ARGEMIRO SOARES da; LIMA, NELSON B. de . Estudo da nitretação por plasma na fluência da liga TI-6Al-4V / The influence of plasma nitriding on the creep behavior of the TI-6Al-4V alloy. Tecnologia em Metalurgia, Materiais e Mineração, v. 13, n. 4, p. 331-339, 2016. DOI: 10.4322/2176-1523.1068

    Abstract: The aim of this work is to try to improve the creep resistance of Ti-6Al-4V alloy using a surface treatment by plasma nitriding. The nitriding was performed by varying parameters such as time, temperature and the nitrogen content in the gas atmosphere. A nitrogen-argon mixture, with a small part of hydrogen, was used in order to determine the best conditions for the formation of the nitride layer. The phases of all the nitrided samples detected by XRD were the ε-Ti2N phase and δ-TiN, in addition to the α-Ti and β-Ti matrix phases. In the case of the treated sample with 50% nitrogen in the gas atmosphere was chosen as the best condition. The increase of the relative intensities of the peaks assigned to ε-Ti2N and δ-TiN phases and the decrease of those assigned to the α-phase indicates a larger thickness. The layer thickness of this sample was about 12 μm. Subsequently, creep tests were performed on the material in the best condition. The creep resistance resulting from the nitrided material shows a decrease in the secondary creep rate and an increase in the final creep time when compared to the material without treatment.

    Palavras-Chave: aluminium alloys; corrosion resistant alloys; creep; nitridation; optical microscopy; plasma; scanning electron microscopy; thickness; titanium alloys; vanadium oxides; wear resistance; x-ray diffraction

    Icon

  • IPEN-DOC 13580

    KODAIRA, CLAUDIA A.; LOURENCO, ANA V.S.; NUNES, KATIA C.; FELINTO, MARIA C.F.C. ; STEFANI, ROBERVAL; BRITO, HERMI F.. Estudo espectroscopico do SmVOsub(4) preparado via metodo Pechini. In: REUNIAO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE QUIMICA, 31., 26-29 de maio, 2008, Aguas de Lindoia, SP. Resumo... 2008.

    Palavras-Chave: acetates; ammonia; citric acid; edta; excitation; glycols; luminescence; samarium oxides; samarium; vanadates; vanadium oxides; vanadium; x-ray diffraction

    Icon

  • IPEN-DOC 25579

    NORY, RENATA M. . Identificação de fontes de contaminação urbana em poeiras de túneis da cidade de São Paulo por meio de caracterização elementar e isotópica / Urban contamination sources in tunnel dusts from São Paulo city: elemental and isotopic characterization . 2018. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 190 p. Orientador: Ana Maria Graciano Figueiredo. DOI: 10.11606/D.85.2019.tde-08022019-112203

    Abstract: Neste trabalho, foram analisadas poeiras coletadas em dois túneis da cidade de São Paulo os túneis Jânio Quadros (JQ) e do Complexo Viário Maria Maluf (MM) com vistas à sua caracterização elementar e isotópica, afim de identificar as prováveis fontes dos elementos encontrados e de estimar a contaminação desses ambientes por elementos potencialmente tóxicos à saúde humana. As poeiras foram coletadas no verão e no inverno de 2017, segundo metodologia já descrita na literatura, das porções de entrada e saída (túnel MM) e da calçada de pedestres e da pista de rodagem (túnel JQ). As amostras coletadas foram secas e fracionadas em três frações granulométricas: 2 mm, 150 μm e 63 μm. As concentrações elementares foram determinadas por INAA e por GFAAS para 28 elementos e, a caracterização isotópica, por TIMS (Pb) e por MC-ICP-MS (Zn). A análise isotópica de Pb indicou origem predominantemente veicular para esse elemento, incluindo a exaustão. Para o Zn, a análise indicou origem veicular, mas não proveniente da exaustão. A análise estatística demonstrou a presença, em ambos os túneis, de uma fonte formada por elementos de origem geológica natural (elementos terras raras, U e Th), e de fontes de origem veicular: Pb e V são apontados como resultantes da queima de combustíveis fósseis; Pb e Ti como originários das tintas de demarcação viária; Sb, Ba e Zn como originários do desgaste de freios; e Zn como originário também do desgaste de estruturas de aço e de pneus. Os elementos associados ao tráfego veicular apresentaram-se significativamente enriquecidos no ambiente, sendo que as frações mais finas apresentaram as maiores concentrações, o que dá origem a preocupações com relação à saúde humana, visto serem essas frações altamente inaláveis.

    Palavras-Chave: isotropy; isotope ratio; isotope effects; furnaces; grafite; absorption spectroscopy; neutron activation analysis; dusts; dust collectors; sample preparation; contamination; detection; tunnel; urban areas; lead; vanadium oxides; zinc; titanium; air pollution control

    Icon

  • IPEN-DOC 14693

    KODAIRA, CLAUDIA A.; LOURENCO, ANA V.S.; NUNES, KATIA C.; RODRIGUES, LUCAS C.V.; BRITO, HERMI F.; FELINTO, MARIA C.F.C. . Sintese, caracterizacao e estudo espectroscopico do composto de GdVOsub(4) dopado com Smsup(3+). In: REUNIAO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE QUIMICA, 32., 30 d maio - 2 de junho, 2009, Fortaleza, CE. Resumo... 2009.

    Palavras-Chave: calcination; doped materials; gadolinium; infrared spectra; luminescence; samarium; scanning electron microscopy; ultraviolet spectra; vanadates; vanadium oxides; vanadium; x-ray diffraction

    Icon

  • IPEN-DOC 20361

    GIEHL, J.M. ; MIRANDA, A.R.; REIJN, S.M.; WETTER, N.U. . Study of the random laser emission of Ndsub(3+):YVOsub(4) powders as function of particle size and applied pressure. In: INTERNATIONAL RANDOM LASER WORKSHOP, August 14-15, 2014, Recife, PE. Resumo... 2014.

    Palavras-Chave: particles; neodymium lasers; particle size; neodymium ions; vanadium oxides; yttrium oxides; pellets

    Icon

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.