Navegação Relatórios Técnicos por ano de publicação "2020"

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 27475

    SANTOS, MARCELO M. dos ; MATTAR NETO, MIGUEL . Verificação das respostas às acelerações máximas provenientes dos espectros de resposta sísmicos do elemento combustível do RMB - Análise Modal. São Paulo: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - CEENG, Novembro, 2020. (IPEN-CEN-PSE-RMB-006-00-RELT-008-00). Restrito.

    Título do projeto: Prestação de Serviços Tecnológicos (Reator Multipropósito Brasileiro)

    Abstract: 1. O escopo deste documento corresponde a uma verificação do comportamento do Elemento Combustível (E.C.) do Reator Multipropósito Brasileiro (R.M.B.) quando sujeito a acelerações estáticas equivalentes nos sentidos positivos e negativos das três direções cartesianas (X, Y e Z). 2. Para esta verificação foram definidas seis análises estáticas equivalentes, que consistem em simulações do comportamento do E.C. quando este está sujeito a valores máximos de aceleração, que são provenientes dos espectros de resposta para o núcleo do R.M.B., apresentados no APÊNDICE A. Estes valores de aceleração máxima, mostrados abaixo, foram obtidos através da multiplicação dos valores máximos de aceleração para cada direção cartesiana (considerando 2% de amortecimento), por um fator de carregamento quase estático igual a 1,5. 3. Como resultados, para todas as análises, são apresentados: a) Os valores máximos de tensão, em termos de Stress Intensity (critério de Tresca) para o E.C. completo. b) Os valores máximos de deslocamento total para o E.C. c) Os valores máximos de deslocamento direcional (em termos de X, Y e Z) para o E.C. 4. Com estes resultados, será possível responder a seguinte pergunta: • Para uma dada direção cartesiana, existem diferenças nos valores dos resultados quando é aplicado o mesmo valor máximo de aceleração direcional em sentido contrário? Em outras palavras, quando o E.C. estiver sujeito a um dado valor direcional de aceleração, em ambos os sentidos de um eixo cartesiano, o valor dos resultados será o mesmo? 5. A importância desta verificação está no fato de, no futuro, se fazer necessária a aplicação das acelerações direcionais, apresentadas anteriormente, em conjunto com outros carregamentos, para que seja possível analisar o E.C. quando sujeito a uma condição sísmica completa. Sendo assim, saber se há diferenças nos valores resultantes quando se aplicam os valores direcionais das acelerações citados anteriormente, em diferentes sentidos, é fundamental para uma futura análise sísmica coerente. 6. No presente documento são utilizadas as unidades, múltiplos e submúltiplos do Sistema Internacional de Unidades (SI), sem exceções. 7. No presente documento é adotado um sistema cartesiano de coordenadas, no qual os eixos horizontais são denominados como X e Z, e o eixo vertical é denominado como Y.

    Icon

  • IPEN-DOC 27472

    JUNQUEIRA, FERNANDO de C. . Sequência de movimentações de elementos combustíveis e outros itens durante as etapas do carregamento do reator IPEN/MB-01. São Paulo: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - CEENG, Janeiro, 2020. (IPEN-CEN-PSE-RMB-005-00-RELT-053-00). Restrito.

    Título do projeto: Prestação de Serviços Tecnológicos (Reator Multipropósito Brasileiro)

    Abstract: Este relatório destina-se a descrever em detalhes todas as movimentações necessárias de Elementos Combustíveis, de Placas Combustíveis Desmontáveis, de Cestos de Armazenamentos e de estojos de PC-D para a execução do Carregamento do Reator IPEN/MB-01. Com a finalidade de auxiliar nessas atividades, inicialmente os EC’s serão rapidamente descritos, mostrada sua sequência de montagem de PC e suas referências externas e sua adequada posição de montagem no núcleo do reator.

    Icon

  • IPEN-DOC 27473

    DINIZ, RICARDO . Rotina experimental: previsão de massa crítica do núcleo do reator IPEN/MB-01 tipo placa. São Paulo: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - CEENG, Janeiro, 2020. (IPEN-CEN-PSE-RMB-005-00-RELT-080-02). Restrito.

    Título do projeto: Prestação de Serviços Tecnológicos (Reator Multipropósito Brasileiro)

    Abstract: Este relatório apresenta um procedimento experimental para a previsão de massa crítica do núcleo do reator IPEN/MB-01 com elementos combustíveis tipo placa, utilizando a técnica do inverso da multiplicação subcrítica (1/M).

    Icon

  • IPEN-DOC 27483

    MENZEL, SILVIO C. . Proposta de adequação das instalações de infraestrutura – Sala de Equipamentos de Informática do CPD/SEGRS/IPEN – Sistema Elétrico de Alimentação Definitiva – Sistemas de MPIs (no breaks). São Paulo: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - CEENG, Janeiro, 2020. (IPEN-CEN-PSE-SEGRS-001-00-RELT-002-00). Restrito.

    Título do projeto: Estruturação do Laboratório Multiusuário de Computação Científica do DIPEN

    Abstract: Apresentar os critérios para a elaboração do Projeto Básico, PB, de adequação das instalações de infraestrutura elétrica da Sala de Equipamentos de Informática, SEI, do setor de Gestão de Redes e Suporte Técnico, SEGRS, viabilizando a alimentação elétrica definitiva do sistema de Módulos de Potência Ininterruptos, MPIs (no breaks) instalados e previstos com o objetivo da implantação do Laboratório Multiusuário de Computação Científica, LMCC, dentro da área do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares, IPEN, localizado na Av. Professor Lineu Prestes, 2.242, Portaria Sul, Butantã, na Cidade Universitária "Armando de Salles Oliveira”, CEP 05508-000, Cidade de São Paulo – SP. Este segundo relatório descreve os critérios de projeto para a elaboração do PB das modificações necessárias viabilizando a alimentação elétrica provisória e definitiva dos 4 (quatro) novos MPIs de 20 kVA cada unidade, a alimentação elétrica definitiva dos 3 (três) MPIs existentes de 15 kVA cada unidade, além da alimentação elétrica definitiva do Rack dos Módulos Cluster, RMC, incluindo critérios para alimentação elétrica dos novos equipamentos do sistema de ar condicionado, sistema de detecção e combate a incêndio e sistema de proteção física a serem implantados na SEI do SEGRS.

    Icon

  • IPEN-DOC 27474

    SANTOS, MARCELO M. dos ; MATTAR NETO, MIGUEL . Determinação das características dinâmicas básicas do elemento combustível do RMB - Análise Modal. São Paulo: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - CEENG, Outubro, 2020. (IPEN-CEN-PSE-RMB-006-00-RELT-007-00). Restrito.

    Título do projeto: Prestação de Serviços Tecnológicos (Reator Multipropósito Brasileiro)

    Abstract: 1. O escopo deste documento corresponde à determinação das características dinâmicas básicas intrínsecas às características estruturais do Elemento Combustível do Reator Multipropósito Brasileiro (R.M.B.), apresentado nas referências [1], [2] e [3]. Nominalmente, estas características são as frequências naturais e os modos de vibração do E.C. 2. A determinação destas características é feita através de duas análises modais. Na primeira análise têm-se o E.C. unicamente. Na segunda análise, além do E.C., considera-se também a massa proveniente do fluido refrigerante que preenche todos os espaços vazios do E.C. (4,46 Kg). Estas duas análises são caracterizadas da seguinte maneira: ➢ ANÁLISE M1: Análise Modal sem a presença do fluído refrigerante. ➢ ANÁLISE M2: Análise Modal com a presença do fluído refrigerante. 3. A determinação dos modos de vibração e das frequências naturais do E.C. pode servir como ponto de partida para uma futura análise sísmica (espectro de resposta). 4. No presente documento são utilizadas as unidades, múltiplos e submúltiplos do Sistema Internacional de Unidades (SI), sem exceções. 5. No presente documento é adotado um sistema cartesiano de coordenadas, no qual os eixos horizontais são denominados como X e Z, e o eixo vertical é denominado como Y.

    Icon

  • IPEN-DOC 27476

    BITELLI, ULYSSES D. . Comissionamento: criticalidade inicial do reator IPEN/MB-01 – núcleo com elementos combustíveis tipo placa. São Paulo: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - CEENG, Fevereiro, 2020. (IPEN-CEN-PSE-RMB-005-00-RELT-083-03). Restrito.

    Título do projeto: Prestação de Serviços Tecnológicos (Reator Multipropósito Brasileiro)

    Abstract: Este relatório trata do comissionamento operacional da criticalização inicial do reator IPEN/MB-01. O comissionamento visa verificar se o procedimento atende aos critérios de projeto estabelecidos no relatório de análise de segurança (RAS).

    Icon

  • IPEN-DOC 27480

    SHORTO, JULIAN M.B. . Avaliação dosimétrica dos equipamentos e blindagens de transporte do Laboratório Piloto de Produção de Radiofármacos. São Paulo: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - CEENG, Novembro, 2020. (IPEN-CEN-PSE-CR-005-00-RELT-001-02). Restrito.

    Título do projeto: Prestação de Serviços Tecnológicos (Centro de Radiofarmácia)

    Abstract: Este relatório, solicitado pelo Centro de Radiofarmácia (CECRF), apresenta uma avaliação dosimétrica dos equipamentos e blindagens do Laboratório Piloto de Produção de Radiofármacos (LPPR). Ele exibe estimativas para as máximas atividades suportadas pelos equipamentos e blindagens disponíveis para uso nesse laboratório. A saber: uma hot cell modelo Talia, uma isoladora modelo Elena e blindagens secundárias de transporte em quatro tamanhos distintos. Essa avaliação considerava na revisão zero a manipulação de seis radioisótopos: Ga-68, F-18, I-123, Lu-177, Cu-64 e Zr-89. Também é apresentada uma avaliação de qual seria a espessura mínima de chumbo necessária para lidar com as atividades previstas na entrada do LPPR, o que permitirá o desenvolvimento de uma blindagem para transportar esses elementos radioativos de sua origem até o LPPR. Em sua primeira revisão, as seguintes modificações foram implementadas: um sétimo radioisótopo foi acrescido aos cálculos, o alfa emissor Ac-225; a dimensão do balde de transporte foi alterada, o que acarretou em novos resultados para as taxas de dose efetiva na superfície do embalado; correções pontuais na redação e ajustes em tabelas e figuras. Em sua segunda revisão, as seguintes modificações foram implementadas: foi apresentada uma estimativa da dose máxima anual que receberia um IOE num caso crítico de contribuição cruzada; a margem de segurança do cálculos de atividade máxima foi aumentada para 75%; o tempo efetivo de uso dos equipamentos foi levado em conta; as taxas de doses de dose efetiva das blindagens secundárias foram recalculadas para uma distância de 30 cm da superfície; as atividades previstas de produção do Ga-68 e Zr-89 foram reduzidas; correções pontuais na redação e ajustes em tabelas e figuras.

    Icon

  • IPEN-DOC 27479

    SHORTO, JULIAN M.B. . Avaliação dosimétrica dos equipamentos e blindagens de transporte do Laboratório Piloto de Produção de Radiofármacos. São Paulo: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - CEENG, Outubro, 2020. (IPEN-CEN-PSE-CR-005-00-RELT-001-01). Restrito.

    Título do projeto: Prestação de Serviços Tecnológicos (Centro de Radiofarmácia)

    Abstract: Este relatório, solicitado pelo Centro de Radiofarmácia (CECRF), apresenta uma avaliação dosimétrica dos equipamentos e blindagens do Laboratório Piloto de Produção de Radiofármacos (LPPR). Ele exibe estimativas para as máximas atividades suportadas pelos equipamentos e blindagens disponíveis para uso nesse laboratório. A saber: uma hot cell modelo Talia, uma isoladora modelo Elena e blindagens de transporte em quatro tamanhos distintos. Essa avaliação considerava na revisão zero a manipulação de seis radioisótopos: Ga-68, F-18, I-123, Lu-177, Cu-64 e Zr-89. Também é apresentada uma avaliação de qual seria a espessura mínima de chumbo necessária para lidar com as atividades previstas na entrada do LPPR, o que permitirá o desenvolvimento de uma blindagem para transportar esses elementos radioativos de sua origem até o LPPR. Em sua primeira revisão, as seguintes modificações foram implementadas: um sétimo radioisótopo foi acrescido aos cálculos, o alfa emissor Ac-225; a dimensão do balde de transporte foi alterada, o que acarretou em novos resultados para as taxas de dose efetiva na superfície do embalado; correções pontuais na redação e ajustes em tabelas e figuras.

    Icon

  • IPEN-DOC 27478

    SHORTO, JULIAN M.B. . Avaliação da máxima atividade suportada pelos equipamentos e blindagens de transporte do Laboratório Piloto de Produção de Radiofármacos. São Paulo: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - CEENG, Julho, 2020. (IPEN-CEN-PSE-CR-005-00-RELT-001-00). Restrito.

    Título do projeto: Prestação de Serviços Tecnológicos (Centro de Radiofarmácia)

    Abstract: Este relatório tem por objetivo fornecer estimavas da máxima atividade para seis radiofármacos que serão manipulados no Laboratório Piloto de Produção de Radiofármacos (LPPR): Ga-68, F-18, I-123, Lu-177, Cu-64 e Zr-89. Ele apresenta as atividades suportadas pela hot cell modelo Talia, pela isoladora modelo Elena e por blindagens de transporte em quatro tamanhos distintos. Além disso é apresentada uma estimativa da espessura de chumbo necessária para blindar as atividades previstas na entrada do LPPR.

    Icon

  • IPEN-DOC 27477

    SANTOS, MARCELO M. dos ; MATTAR NETO, MIGUEL . Avaliação da condição de montagem do elemento combustível do RMB – tensão de assentamento nos contatos do E.C.. São Paulo: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - CEENG, Janeiro, 2020. (IPEN-CEN-PSE-RMB-006-00-RELT-004-00). Restrito.

    Título do projeto: Prestação de Serviços Tecnológicos (Reator Multipropósito Brasileiro)

    Abstract: 1. É feita uma verificação, por meio de cálculo analítico, da tensão de assentamento na área de contato entre o elemento combustível (E.C.) e a grelha do núcleo (G.N.), contato denominado como E.C./ G.N. Da mesma maneira, é realizada uma verificação, por meio de um cálculo analítico, da tensão de assentamento na área de contato do elemento combustível com o fixador de elementos combustíveis (F.E.C.), contato denominado como E.C./ F.E.C. 2. Explica-se que a relevância de uma análise de tensão nos contatos do E.C. se dá pela possibilidade de se verificar a sua condição de montagem no núcleo do reator. 3. Os critérios de aceitação foram extraídos do tópico NB-3227.1 da norma ASME III, Divisão 1, Subseção NB [3]. 4. De acordo com os resultados mostrados neste documento é possível afirmar que as tensões calculadas atendem ao critério estabelecido no tópico NB-3227.1 da norma ASME III, Divisão 1, Subseção NB [3].

    Icon

  • IPEN-DOC 27481

    OLIVEIRA, PATRICIA da S.P. de . Apoio técnico ao Grupo de Trabalho em Análise Probabilística de Segurança do SEASE/CGRC/DRS/CNEN no desenvolvimento do projeto BR3.01/12 com a União Europeia. São Paulo: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - CEENG, Janeiro, 2020. (IPEN-CEN-PSE-DRS-008-00-INFT-001-00). Restrito.

    Título do projeto: Prestação de Serviços Tecnológicos (Diretoria de Radioproteção e Segurança - DRS/CNEN)

    Icon

  • IPEN-DOC 27482

    FAINER, GERSON ; FALOPPA, ALTAIR A. . Análise de tensões dos bocais da Nova Bomba B1-B do Circuito Primário do reator IEA-R1. São Paulo: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - CEENG, Novembro, 2020. (IPEN-CEN-PSE-IEAR1-139-00-RELT-001-00). Restrito.

    Título do projeto: Substituição da Bomba B1-B do Circuito Primário do Reator IEA-R1

    Abstract: O objetivo deste relatório técnico é documentar a análise de tensões dos bocais de sucção e descarga da “Nova Bomba B1-B” do Circuito Primário do reator IEA-R1, que substituí a bomba antiga, de acordo com o contrato nº 049/2019 com a empresa “Acqua Vitae Tecnologia em Bombeamentos”. A análise de tensões dos bocais de sucção e descarga da “Nova Bomba B1-B” foi realizada com o desenvolvimento de um modelo de cálculo numérico aplicando-se o método dos elementos finitos com o programa de computador para análise estrutural ANSYS. Foram aplicados os seguintes carregamentos para a simulação do modelo de cálculo da “Nova Bomba B1-B”: ✔ Condição de Projeto: * Pressão de projeto * Peso próprio * Cargas mecânicas da tubulação * Carga mecânica de desacoplamento do modelo de cálculo ✔ Condição de Operação: * Pressão de operação * Peso próprio * Temperatura de operação * Cargas mecânicas da tubulação * Carga mecânica de desacoplamento do modelo de cálculo. A análise de tensões foi realizada comparando-se as tensões equivalentes calculadas, linearizadas e categorizadas para a “Condição de projeto” e “Condição de Operação”, com os limites do código ASME VIII, Division 2, para se evitar o Colapso Plástico, e, utilizandose a tensão admissível do código ASME VIII, Division 1. A tabela abaixo mostra as tensões equivalentes (N/mm2) resultantes após a simulação do modelo de cálculo. Na tabela acima observa-se que as tensões calculadas nos bocais da “Nova Bomba B1-B”, na “Condição de Projeto” e “Condição de Operação” do Circuito Primário do Reator Nuclear de Pesquisa IEA-R1, atendem os limites prescritos pelo código ASME, Section VIII, Division 1 & 2. Portanto, está comprovada a integridade estrutural dos bocais de sucção e descarga da “Nova Bomba B1-B” do Circuito Primário do Reator Nuclear de Pesquisa IEA-R1.

    Icon

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.