Navegação Periódicos - Artigos por autor "GABBAI-ARMELIN, PAULO R."

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 23530

    UENO, FABIO R.; KIDO, HUELITON W.; GRANITO, RENATA N.; GABBAI-ARMELIN, PAULO R.; MAGRI, ANGELA M.P.; FERNANDES, KELLY R.; SILVA, ANTONIO C. da ; BRAGA, FRANCISCO J.C. ; RENNO, ANA C.M.. Calcium phosphate fibers coated with collagen: In vivo evaluation of the effects on bone repair. Bio-Medical Materials and Engineering, v. 27, n. 2-3, p. 259-273, 2016. DOI: 10.3233/BME-161581

    Abstract: The aim of this study was to assess the characteristics of the CaP/Col composites, in powder and fiber form, via scanning electron microscopy (SEM), pH and calcium release evaluation after immersion in SBF and to evaluate the performance of these materials on the bone repair process in a tibial bone defect model. For this, four different formulations (CaP powder – CaPp, CaP powder with collagen – CaPp/Col, CaP fibers – CaPf and CaP fibers with collagen – CaPf/Col) were developed. SEM images indicated that both material forms were successfully coated with collagen and that CaPp and CaPf presented HCA precursor crystals on their surface. Although presenting different forms, FTIR analysis indicated that CaPp and CaPf maintained the characteristic peaks for this class of material. Additionally, the calcium assay study demonstrated a higher Ca uptake for CaPp compared to CaPf for up to 5 days. Furthermore, pH measurements revealed that the collagen coating prevented the acidification of the medium, leading to higher pH values for CaPp/Col and CaPf/Col. The histological analysis showed that CaPf/Col demonstrated a higher amount of newly formed bone in the region of the defect and a reduced presence of material. In summary, the results indicated that the fibrous CaP enriched with the organic part (collagen) glassy scaffold presented good degradability and bone-forming properties and also supported Runx2 and RANKL expression. These results show that the present CaP/Col fibrous composite may be used as a bone graft for inducing bone repair.

    Icon

  • IPEN-DOC 23073

    MAGRI, ANGELA M.P.; FERNANDES, KELLY R.; UENO, FABIO R.; KIDO, HUELITON W.; SILVA, ANTONIO C. da ; BRAGA, FRANCISCO J.C. ; GRANITO, RENATA N.; GABBAI-ARMELIN, PAULO R.; RENNO, ANA C.M.. Osteoconductive properties of two different bioactive glass forms (powder and fiber) combined with collagen. Applied Surface Science, v. 423, p. 557-565, 2017. DOI: 10.1016/j.apsusc.2017.06.152

    Abstract: Bioactive Glasses (BG) is a group of synthetic silica-based materials with the unique ability to bond to living bone and can be used in bone repair. Although the osteogenic potential of BG, this material may have not present sufficient osteoconductive and osteoinductive properties to allow bone regeneration, especially in compromised situations. In order to overcome this limitation, it was proposed the combination the BG in two forms (powder and fiber) combined with collagen type I (COL-1). The aim of this study was to evaluate the BG/COL-based materials in terms of morphological characteristics, physicochemical features and mineralization. Additionally, the second objective was to investigate and compare the osteoconductive properties of two different bioactive glass forms (powder and fiber) enriched or not with collagen using a tibial bone defect model in rats. For this, four different formulations (BG powder – BGp, BG powder enriched with collagen – BGp/Col, BG fibers – BGf and BGp fibers enriched with collagen – BGf/Col) were developed. The physicochemical and morphological modifications were analyzed by SEM, FTIR, calcium assay and pH measurement. For in vivo evaluations, histopathology, morphometrical and immunohistochemistry were performed in a tibial defect in rats. The FTIR analysis indicated that BGp and BGf maintained the characteristic peaks for this class of material. Furthermore, the calcium assay showed an increased Ca uptake in the BG fibers. The pH measurements revealed that BGp (with or without collagen) presented higher pH values compared to BGf. In addition, the histological analysis demonstrated no inflammation for all groups at the site of the injury, besides a faster material degradation and higher bone ingrowth for groups with collagen. The immunohistochemistry analysis demonstrated Runx-2 and Rank-L expression for all the groups. Those findings support that BGp with collagen can be a promising alternative for treating fracture of difficult consolidation.

    Icon

  • IPEN-DOC 24743

    KIDO, HUELITON W.; GABBAI-ARMELIN, PAULO R.; AVANZI, INGRID R.; SILVA, ANTONIO C. da ; FERNANDES, KELLY R.; FORTULAN, CARLOS A.; RENNO, ANA C.M.. Vacuumed collagen-impregnated bioglass scaffolds: characterization and influence on proliferation and differentiation of bone marrow stromal cells. Journal of Biomedical Materials Research Part B: applied biomaterials, v. 107, n. 2, p. 211-222, 2019. DOI: 10.1002/jbm.b.34112

    Abstract: This study evaluated physical–chemical characteristics of a vacuumed collagen-impregnated bioglass (BG) scaffolds and bone marrow stromal cells (BMSCs) behavior on those composites. scanning electron microscope and energy dispersive xray spectroscope demonstrated collagen (Col) was successfully introduced into BG. Vacuum impregnation system has showed efficiency for Col impregnation in BG scaffolds (approximately 20 wt %). Furthermore, mass weight decreasing and more stabilized pH were observed over time for BG/Col upon incubation in phosphate buffered saline compared to plain BG under same conditions. Calcium evaluation (Ca assay) demonstrated higher calcium uptake for BG/Col samples compared to BG. In addition, BG samples presented hydroxyapatite crystals formation on its surface after 14 days in simulated body fluid solution, and signs of initial degradation were observed for BG and BG/Col after 21 days. Fourier transform infrared spectroscopy spectra for both groups indicated peaks for hydroxyapatite formation. Finally, a significant increase of BMSCs viability for both composites was observed compared to control group, but no increase of osteogenic differentiation-related gene expressions were found. In summary, BG/Col scaffolds have improved degradation, pH equilibrium and Ca mineralization over time, accompanied by hydroxyapatite formation. Moreover, both BG and BG/Col scaffolds were biocompatible and noncytotoxic, promoting a higher cell viability compared to control. Future investigations should focus on additional molecular and in vivo studies in order to evaluate biomaterial performance for bone tissue engineering applications.

    Palavras-Chave: vacuum systems; medium vacuum; impregnation; collagen; bone marrow cells; glass

    Icon

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.