Navegação Periódicos - Artigos por assunto "labelling"

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 09421

    DIAS, C.R.B.R.; HERRERIAS, R. ; PIRES, J.A.; BERNARDES, D.M.L. ; FIGOLS de BARBOZA, M.R.F. ; SILVA, C.P.G. . Analise da imunorreatividade do anticorpo monoclonal anti-CEA IOR-1 marcado com sup(99m)Tc. Revista Brasileira de Pesquisa e Desenvolvimento, v. 4, n. 3, Parte 2, p. 1463-1465, 2002.

    Palavras-Chave: monoclonal antibodies; labelling; labelled compounds; technetium 99; radioimmunoassay; thin-layer chromatography; large intestine; carcinomas; nuclear medicine

    Icon

  • IPEN-DOC 04086

    HORIUCHI, K.; LIN, L.H.; FUJIBAYASHI, Y.; BORGHI, V.C.; YOKOYAMA, A.. Applicability of short-lived radiometallic nuclide for high sensitivity two-site 'sandwich' immunoradiometric assay. Human growth hormone assay. Annals of Nuclear Medicine, v. 10, n. 1, p. 49-55, 1996.

    Palavras-Chave: sensitivity; radioimmunoassay; radiometric analysis; labelling; iodine 125; gallium 67; monoclonal antibodies; sth

    Icon

  • IPEN-DOC 14075

    ARAUJO, E.B. de ; CALDEIRA FILHO, J.S. ; NAGAMATI, L.T.; MURAMOTO, E.; COLTURATO, M.T. ; COUTO, R.M.; PUJATTI, P.B.. A comparative study of sup(131)I and sup(177)Lu labeled somatostatin analogues for therapy of neuroendocrine tumours. Applied Radiation and Isotopes, v. 67, p. 277-233, 2009.

    Palavras-Chave: neoplasms; nervous system diseases; somatostatin; labelling; targets; therapy; indium 131; lutetium 177

    Icon

  • IPEN-DOC 18044

    FAINTUCH, BLUMA L. ; OLIVEIRA, ERICA A.; NUNEZ, EUTIMIO G.F.; MORO, ANA M.; NANDA, P.K.; SMITH, CHARLES J.. Comparison of two peptide radiotracers for prostate carcinoma targeting. Clinics, v. 67, n. 2, p. 163-170, 2012.

    Palavras-Chave: neoplasms; prostate; targets; labelling; peptides; technetium 99; comparative evaluations

    Icon

  • IPEN-DOC 21229

    FAINTUCH, BLUMA L. ; OLIVEIRA, ERICA A. ; NUNEZ, EUTIMIO G.F. ; MORO, ANA M.; NANDA, P.K.; SMITH, CHARLES J.. Comparison of two peptide radiotracers for prostate carcinoma targeting. Clinics, v. 67, n. 2, p. 163-170, 2012. DOI: 10.6061/clinics/2012(02)12

    Abstract: OBJECTIVES: Scintigraphy is generally not the first choice treatment for prostate cancer, although successful studies using bombesin analog radiopeptides have been performed. Recently, a novel peptide obtained using a phage display library demonstrated an affinity for prostate tumor cells. The aim of this study was to compare the use of a bombesin analog to that of a phage display library peptide (DUP-1) radiolabeled with technetium-99m for the treatment of prostate carcinoma. The peptides were first conjugated to S-acetyl-MAG3 with a 6-carbon spacer, namely aminohexanoic acid. METHODS: The technetium-99m labeling required a sodium tartrate buffer. Radiochemical evaluation was performed using ITLC and was confirmed by high-performance liquid chromatography. The coefficient partition was determined, and in vitro studies were performed using human prostate tumor cells. Biodistribution was evaluated in healthy animals at various time points and also in mice bearing tumors. RESULTS: The radiochemical purity of both radiotracers was greater than 95%. The DUP-1 tracer was more hydrophilic (log P = -2.41) than the bombesin tracer (log P = -0.39). The biodistribution evaluation confirmed this hydrophilicity by revealing the greater kidney uptake of DUP-1. The bombesin concentration in the pancreas was greater than that of DUP-1 due to specific gastrin-releasing peptide receptors. Bombesin internalization occurred for 78.32% of the total binding in tumor cells. The DUP-1 tracer showed very low binding to tumor cells during the in vitro evaluation, although tumor uptake for both tracers was similar. The tumors were primarily blocked by DUP- 1 and the bombesin radiotracer primarily targeted the pancreas. CONCLUSION: Further studies with the radiolabeled DUP-1 peptide are recommended. With further structural changes, this molecule could become an efficient alternative tracer for prostate tumor diagnosis.

    Palavras-Chave: neoplasms; prostate; targets; labelling; peptides; technetium 99; comparative evaluations

    Icon

  • IPEN-DOC 09806

    FAINTUCH, B.L. ; FAINTUCH, S.; MURAMOTO, E.. Complexation of sup(188)Re-phosphonates: in vitro and in vivo studies. Radiochimica Acta, v. 91, p. 607-612, 2003.

    Palavras-Chave: radiopharmaceuticals; rhenium 188; phosphonates; rhenium complexes; labelling; pain; metastases; skeleton

    Icon

  • IPEN-DOC 22643

    PORTO, LUCIANA V.F.M. ; FUKUMORI, NEUZA T.O. ; MATSUDA, MARGARETH M.N. . Determination of the worst case for cleaning validation of equipment used in the radiopharmaceutical production of lyophilized reagents for sup(99)Tc labeling. Brazilian Journal of Pharmaceutical Sciences, v. 52, n. 1, p. 105-112, 2016. DOI: 10.1590/S1984-82502016000100012

    Abstract: Cleaning validation, a requirement of the current Good Manufacturing Practices (cGMP) for Drugs, consists of documented evidence that cleaning procedures are capable of removing residues to predetermined acceptance levels. This report describes a strategy for the selection of the worst case product for the production of lyophilized reagents (LRs) for labeling with 99mTc from the Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/São Paulo). The strategy is based on the calculation of a “worst case index” that incorporates information about drug solubility, cleaning difficulty, and occupancy rate in the production line. It allowed a reduction in the required number of validations considering the possible manufacturing flow of a given product and the subsequent flow, thus facilitating the process by reducing operation time and cost. The products identified as “worst case” were LRs PUL-TEC and MIBI-TEC.

    Palavras-Chave: cleaning; validation; equipment; radiopharmaceuticals; production; lyophilization; reagents; technetium isotopes; labelling; drugs; fabrication

    Icon

  • IPEN-DOC 16664

    PUJATTI, P.B.; SANTOS, J.S.; MASSICANO, A.V.F.; MENGATTI, J. ; ARAUJO, E.B. de . Development of a new bombesin analog radiolabelled with lutetium-177: in vivo evaluation of the biological properties in BALB-C mice. Cellular and Molecular Biology, v. 56, n. 2, p. 18-24, 2010.

    Palavras-Chave: peptides; gastrin; receptors; neoplasms; labelling; radiopharmaceuticals; lutetium 177; in vivo; mice

    Icon

  • IPEN-DOC 09760

    LAVINAS, T.; MURAMOTO, E.; CALDEIRA FILHO, J.S. ; SAMPEL, C.J.; SILVA, C.P.G. ; ARAUJO, E.B. . Direct labeling of chemotactic peptide ForNleLFNleYK radioiodine-in vivo- stability evaluation. ALASBIMN Journal, v. ano 6, n. 22, 2003.

    Palavras-Chave: peptides; labelling; iodination; iodine 131; tyrosine; chloramines; in vivo; inflammation; radiopharmaceuticals

    Icon

  • IPEN-DOC 09805

    FAINTUCH, B.L. ; PEREIRA, N.P.S. ; FAINTUCH, S.; MURAMOTO, E.; SILVA, C.P.G. . Direct labeling studies of octapeptides with rhenium-188. Radiochimica Acta, v. 91, p. 427-432, 2003.

    Palavras-Chave: radiopharmaceuticals; rhenium 188; polypeptides; somatostatin; labelling; biological localization

    Icon

  • IPEN-DOC 06188

    FAINTUCH, B.L. ; ALMEIDA, M.A.T.M.; MURAMOTO, E.; CARVALHO, O.G.; ARAUJO, E.B. ; PEREIRA, N.P.S. ; SILVA, C.P.G. . Improved labeling technique and radiochemical purity determination of sup(99m)Tc-N-acetylcysteine. Applied Radiation and Isotopes, v. 48, n. 8, p. 1113-1115, 1997.

    Palavras-Chave: cysteine; technetium 99; labelling; chemical preparation; chemical reaction yield; ligands; optimization; ph value; radiopharmaceuticals

    Icon

  • IPEN-DOC 11424

    CALDEIRA FILHO, JOSE S. ; MURAMOTO, EMIKO; SILVA, CONSTANCIA P.G. ; ARAUJO, ELAINE B. . Labeling of DOTA-Tyrsup(3)-octreotate with sup(177)Lu - stabillity and biodistribution study. ALASBIMN Journal, v. 7, n. 28, p. 9-14, 2005.

    Palavras-Chave: labelling; tracer techniques; lutetium 177; radiopharmaceuticals; peptides; kidneys; in vivo; stability

    Icon

  • IPEN-DOC 20902

    KOVACS, L. ; TASSANO, M.; CABRERA, M.; FERNANDEZ, M.; ANJOS, R.; CABRAL, P.; PORCAL, W.. Labelling PAMAM dendrimers wit Tc-99m via HYNIC. Nuclear Medicine and Biology, v. 41, n. 7, p. 616-617, 2014.

    Palavras-Chave: amines; labelling; technetium 99; radiopharmaceuticals; hydrazine; diagnostic uses

    Icon

  • IPEN-DOC 19184

    FAINTUCH, BLUMA L. ; SOSA PEREIRA, NILDA P. ; FAINTUCH, SALOMAO; MURAMOTO, EMIKO; SILVA, CONSTANCIA P.G. . Lanreotide and octreotide complexed with technetium-99m: labeling stability and biodistribution studies. Revista Brasileira de Ciencias Farmaceuticas, v. 40, n. 1, p. 101-110, 2004.

    Palavras-Chave: endocrine diseases; somatostatin; peptides; labelling; technetium 99; radiopharmaceuticals; diagnosis; nuclear medicine

    Icon

  • IPEN-DOC 09416

    COLTURATO, M.T. ; SILVA, C.P.G. ; ARAUJO, E.B. . Marcacao do peptideo intestinal vasoativo (VIP) com iodo-131 por metodo direto. Revista Brasileira de Pesquisa e Desenvolvimento, v. 4, n. 3, Parte 1Parte 1, p. 612-616, 2002.

    Palavras-Chave: peptides; intestines; labelling; iodine 131; tyrosine; iodination; chemical preparation; chemical reaction yield; receptors

    Icon

  • IPEN-DOC 14945

    COLTURATO, MARIA T. ; SILVA, CONSTANCIA P.G. da ; ARAUJO, ELAINE B. de . Marcacao do peptideo intestinal vasoativo (VIP) com radioiodo utilizando diferentes agentes oxidantes em substituicao eletrofilica. Revista Brasileira de Engenharia Biomedica, v. 19, n. 1, p. 3-8, 2003.

    Palavras-Chave: nuclear medicine; radiopharmaceuticals; intestines; peptides; iodine 123; labelling

    Icon

  • IPEN-DOC 16453

    FAINTUCH, BLUMA L. ; TEODORO, RODRIGO; OLIVEIRA, ERICA A. de; FERNANDEZ NUNEZ, EUTINMIO G.; FAINTUCH, JOEL. Neovascularization after ischemic injury. Evaluation with sup(99m)Tc-HYNIC-RGD. Acta Cirúrgica Brasileira, v. 26, n. 1, p. 58-63, 2011.

    Palavras-Chave: ischemia; diagnosis; technetium; labelling; scintiscanning; rats

    Icon

  • IPEN-DOC 17127

    PUJATTI, P.B.; SANTOS, J.S.; COUTO, R.M.; MELERO, L.T.U.H.; SUZUKI, M.F. ; SOARES, C.R.J. ; GRALLERT, S.R.M.; MENGATTI, J. ; ARAUJO, E.B. de . Novel series of sup(177)Lu-labeled bombesin derivatives with amino acidic for selective targeting of human PC-3 prostate tumor cells. Quarterly Journal of Nuclear Medicine and Molecular Imaging, v. 55, n. 3, p. 310-323, 2011.

    Palavras-Chave: prostate; neoplasms; labelling; lutetium 177; receptors; amino acids; mice; radionuclide kinetics; chromatography

    Icon

  • IPEN-DOC 09740

    ARAUJO, E.B. ; SANTOS, J.S.; COLTURATO, M.T. ; MURAMOTO, E.; SILVA, C.P.G. . Optimization of a convenient route to produce N-succinimidyl 4-radiodobenzoate for radioiodination of proteins. Applied Radiation and Isotopes, v. 58, n. 6, p. 667-673, 2003.

    Palavras-Chave: radiopharmaceuticals; chemical preparation; iodine 131; proteins; peptides; iodination; labelling; benzoic acid; brominated aromatic hydrocarbons; biological localization; in vivo

    Icon

  • IPEN-DOC 08639

    COLTURATO, M.T. ; MURAMOTO, E.; CARVALHO, O.G.; ARAUJO, E.B. ; SILVA, C.P.G. . Optimization of labeling conditions to produce N-isopropyl-p-sup(123)I-iodoamphetamine: a radiopharmaceutical for brain perfusion imaging. ALASBIMN Journal, v. year 4, n. 16, 2002.

    Palavras-Chave: radiopharmaceuticals; amphetamines; iodine 123; labelling; labelled compounds; chromatography; blood flow; brain

    Icon

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.