Navegação Periódicos - Artigos por assunto "yttrium oxides"

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 24719

    CARVALHO, SABRINA G.M. ; MUCCILLO, ELIANA N.S. ; MUCCILLO, REGINALDO . AC electric field assisted pressureless sintering zirconia: 3mol% yttria solid electrolyte. Physica Status Solidi A: applications and materials science, v. 215, n. 6, p. 1700647-1 - 1700647-5, 2018. DOI: 10.1002/pssa.201700647

    Abstract: 3mol% yttria ionic conductors are sintered by applying AC electric fields with frequencies in the 0.5-1.0kHz range at 1100 degrees C. The sintering experiments are conducted in pressed pellets positioned between platinum electrodes inside a dilatometer furnace. The dilatometer is modified in order to allow for the simultaneous monitoring of thickness shrinkage, electric voltage, and current across the pellet. The results show that the higher the frequency of the electric field, the higher the attained shrinkage and the apparent density of the pellets. Increasing the frequency of the applied electric field leads to an increase in the Joule heating promoted by the electric current pulse through the polycrystalline ceramic sample. A higher frequency therefore leads to higher amount of thermal energy delivered to the sample, favoring enhanced densification. The ionic resistivity decreases in pellets sintered with increasing frequency of the applied electric field. We suggest that Joule heating favors pore elimination and the removal of chemical species at the space charge region, inhibiting the blocking of oxide ions at the interfaces.

    Palavras-Chave: ac systems; ceramics; dilatometry; electric fields; electric impedance; hz range; ionic conductivity; joule heating; pellets; polycrystals; porosity; shrinkage; sintered materials; sintering; density; solid electrolytes; temperature range 1000-4000 k; thickness; yttrium oxides; zirconium oxides

  • IPEN-DOC 19051

    MUCCILLO, R. ; MUCCILLO, E.N.S. . An experimental setup for shrinkage evaluation during electric field-assisted flash sintering: Application to yttria-stabilized zirconia. Journal of the European Ceramic Society, v. 33, n. 3, p. 515-520, 2013.

    Palavras-Chave: sintering; dilatometry; electric fields; impedance; scanning electron microscopy; yttrium oxides; zirconium oxides; grain growth; spectroscopy

  • IPEN-DOC 08657

    FONSECA, F.C. ; MUCCILLO, E.N.S. ; MUCCILLO, R. . Analysis of the formation of ZrOsub(2):Ysub(2)Osub(3) solid solution by the electrochemical impedance spectroscopy technique. Solid State Ionics, v. 149, n. 3/4, p. 309-318, 2002.

    Palavras-Chave: solid electrolytes; solid solutions; zirconium oxides; yttrium oxides; polycrystals; electric conductivity; x-ray diffraction; impedance; spectroscopy

  • IPEN-DOC 18088

    CAPRONI, E.; MUCCILLO, R. . Aplicação da técnica de deposição eletroforética para a obtenção de tubos cerâmicos de zircônia-ítria / Application of the electrophoretic deposition technique for obtainingyttria-stabilized zirconia tubes. Revista Ceramica, v. 58, p. 131-136, 2012.

    Palavras-Chave: electrophoresis; deposition; ceramics; tubes; yttrium oxides; zirconium oxides; sintering; oxygen; sensors

  • IPEN-DOC 21769

    SANTOS, S.C. ; YAMAGATA, C. ; CAMPOS, L.L. ; MELLO CASTANHO, S.R.H. . Bio-prototyping and thermoluminescence response of cellular rare earth ceramics. Journal of the European Ceramic Society, v. 36, p. 791-796, 2016.

    Palavras-Chave: thermoluminescence; rare earths; renewable resources; ceramics; yttrium oxides

  • IPEN-DOC 17825

    KODAIRA, CLAUDIA A.; LOURENCO, ANA V.S.; FELINTO, MARIA C.F.C. ; SANCHEZ, EDUARDO M.R.; RIOS, FRANCISCO J.O.; NUNES, LUIZ A.O.; GIDLUND, MAGNUS; MALTA, OSCAR L.; BRITO, HERMI F.. Biolabeling with nanoparticles based on Ysub(2)Osub(3):Ndsup(3+) and luminescence detection in the near-infrared. Journal of Luminescence, v. 131, n. 4, p. 727-731, 2011.

    Palavras-Chave: neodymium; nanostructures; particles; yttrium oxides; luminescence; immunoassay; lipoproteins

  • IPEN-DOC 16252

    COSTA, GUSTAVO C.C.; USHAKOV, SERGEY V.; CASTRO, RICARDO H.R.; NAVROTSKY, ALEXANDRA; MUCCILLO, REGINALDO . Calorimetric measurements of surface and interface enthalpies of yttria-stabilized zirconia (YSZ). Chemistry of Materials, v. 22, n. 9, p. 2937-2945, 2010.

    Palavras-Chave: surface energy; enthalpy; yttrium oxides; zirconium oxides; calorimetry

  • IPEN-DOC 14859

    ARICO, E.; TABUTI, F. ; FONSECA, F.C. ; FLORIO, D.Z. de; FERLAUTO, A.S.. Carbothermal reduction of the YSZ-NiO solid oxide fuel cell anode precursor by carbon-based materials. Journal of Thermal Analysis and Calorimetry, v. 97, n. 1, p. 157-161, 2009.

    Palavras-Chave: solid oxide fuel cells; carbon; nanotubes; electric conductivity; anodes; yttrium oxides; nickel; thermal analysis; x-ray diffraction

  • IPEN-DOC 01518

    BRESSIANI, A.H.A. ; MUCCILLO, E.N.S. ; BRESSIANI, J.C. ; MARTINELLI, J.R. ; MUCCILLO, R. . Ceramicas supercondutoras a base de Y-Ba-Cu-O. Cerâmica, v. 33, n. 210, p. 153-158, 1987.

    Palavras-Chave: ceramics; superconducting composites; yttrium oxides; barium oxides; copper oxides

  • IPEN-DOC 11671

    FERLAUTO, ANDRE S.; FLORIO, DANIEL Z. de; FONSECA, FABIO C.; ESPOSITO, VICENZO; MUCCILLO, REGINALDO ; TRAVERSA, ENRICO; LADEIRA, L.O.. Chemical vapor depositiom of multi-walled carbon nanotubes from nickel/yttria-stabilized zirconia catalysts. Applied Physics A - Materials Science and Processing, v. 84, p. p. 271-276, 2006.

    Palavras-Chave: chemical vapor deposition; carbon; nanotubes; yttrium oxides; zirconium oxides; nickel; catalysts; nanoparticles; nickel oxides

  • IPEN-DOC 07568

    MORENO, R.; SALOMONI, A.; CASTANHO, S.R.H.M. . Colloidal filtration of silicon nitride aqueous slips. Part I: optimization of the slip parameters. Journal of the European Ceramic Society, v. 18, n. 4, p. 405-416, 1998.

    Palavras-Chave: silicon nitrides; suspensions; colloids; filtration; slip casting; rheology; hydroxides; quaternary compounds; aluminium oxides; yttrium oxides; ph value; homogeneous mixtures

  • IPEN-DOC 13729

    YOSHITO, W.K. ; SCAPIN, M.A. ; USSUI, V. ; LAZAR, D.R.R. ; PASCHOAL, J.O.A. . Combustion synthesis of NiO/YSZ composite. Materials Science Forum, v. 591-593, p. 777-783, 2008.

    Palavras-Chave: nickel oxides; yttrium oxides; powders; synthesis; combustion; electrodes; solid oxide fuel cells

  • IPEN-DOC 26417

    RIBEIRO, AMON S.L. ; ARATA, ANELYSE ; LIMA, NELSON B. de ; USSUI, VALTER ; LAZAR, DOLORES R.R. . Comparison of a laboratorial scale synthesized and a commercial yttria‐tetragonal zirconia polycrystals ceramics submitted to microwave sintering. International Journal of Applied Ceramic Technology, v. 16, n. 5, SI, p. 2020-2027, 2019. DOI: 10.1111/ijac.13310

    Abstract: Conventional sintering techniques of yttria‐tetragonal zirconia polycrystals (Y‐TZP) ceramics have presented limitations regarding the sintering time and temperature, increasing the cost of the final dental and biomedical products. Herein, microwave sintering comes to be an interesting alternative by providing fast heating, high densification, and grain‐size control. The aim of this study was to compare the effect of microwave sintering of Y‐TZP dental ceramics prepared from a pre‐sintered commercial block and produced from powders synthesized in a laboratorial scale by the precipitation route. The synthetized and commercial discs were submitted to microwave sintering at 1450°C and 1350°C for 15, 30, and 60 minutes. Densification, fracture toughness, grain size, and crystalline phase quantification of the sintered groups were evaluated. Both synthetized and commercial groups sintered at 1450°C for 15 and 30 minutes showed the higher densification results (98% TD). XRD quantitative phase analysis indicates that samples present 89% tetragonal and 11% cubic phases, except for the group prepared from coprecipitated powders sintered at 1450°C for 30 minutes, that presented 79% and 21% of tetragonal and cubic phases. The microwave sintering at 1450°C allows hardness and fracture toughness values comparable to conventional sintering.

    Palavras-Chave: sintering; ceramics; polycrystals; yttrium oxides; zirconium oxides; tetragonal lattices; microwave radiation; mechanical properties; microstructure; dentistry; teeth; biological materials

  • IPEN-DOC 15712

    CHIBA, RUBENS; VARGAS, REINALDO A.; ANDREOLI, MARCO ; SANTORO, THAIS A. de B.; SEO, EMILIA S.M. . Crystalline structure and microstructural characteristics of the cathode/electrolyte solid oxide half-cells. Materials Science Forum, v. 660-661, p. 746-751, 2010.

    Palavras-Chave: solid oxide fuel cells; cathodes; electrolytes; strontium; doped materials; lanthanum; manganese compounds; yttrium oxides; x-ray diffraction; scanning electron microscopy; spectroscopy

  • IPEN-DOC 07960

    MARCHI, J. ; BRESSIANI, J.C. ; BRESSIANI, A.H.A. . Densification studies of silicon carbide-based ceramics with yttria, silica and alumina as sintering additives. Materials Research, v. 4, n. 4, p. 231-236, 2001.

    Palavras-Chave: ceramics; silicon carbides; yttrium oxides; silicon oxides; aluminium oxides; sintering; density; dilatometry; microstructure

  • IPEN-DOC 19183

    TABUTI, F.N.; FONSECA, F.C. ; FLORIO, D.Z.. Desenvolvimento e testes de células a combustível suportadas pelo anodo com eletrólitos depositados por spin-coating / Development and tests of anode-supported solid oxide fuel cells with electrolyte layer deposited by spin-coating. Revista Materia, v. 18, n. 1, p. 39-45, 2013.

    Palavras-Chave: electrolytes; yttrium oxides; zirconium oxides; solid oxide fuel cells; anodes; spin-on coating; deposition

  • IPEN-DOC 06508

    FRANCA, Y.V. ; LEITAO, F. ; SHIHOMATSU, H.M. ; SCAPIN JUNIOR, W.S. ; MORAES, N.M.P.; SALVADOR, V.L.R. ; FIGUEIREDO, A.M.G. ; MUCCILLO, E.N.S. ; MUCCILLO, R. . Determination of yttrium and lanthanum in zirconium dioxide by HPLC, X-ray fluorescence and neutron activation analyses. Chromatographia, v. 49, n. 1/2, p. 91-94, 1999.

    Palavras-Chave: lanthanum oxides; yttrium oxides; zirconium oxides; ceramics; high-performance liquid chromatography; x-ray fluorescence analysis; neutron activation analysis

  • IPEN-DOC 10914

    PILLIS, M.F. ; ARAUJO, E.G. ; RAMANATHAN, L.V. . Effect of addition of rare earth oxide concentrates on oxidation behavior of AISI 304L stailess steel. JOM The Minerals Metals and Materials Society, v. 1, n. 3, p. 57-59, 2004.

    Palavras-Chave: rare earth additions; chromium oxides; electric heating; stainless steel-304l; lanthanum; yttrium oxides; powders; scanning electron microscopy

  • IPEN-DOC 14254

    HABIBE, A.F.; MAEDA, L.D.; SOUZA, R.C.; BARBOZA, M.J.R.; DAGUANO, J.K.M.F.; ROGERO, S.O. ; SANTOS, C.O.. Effect of bioglass additions on the sintering of Y-TZP bioceramics. Materials Science and Engineering, C, v. 29, n. 6, p. 1959-1964, 2009.

    Palavras-Chave: biological materials; ceramics; sintering; mechanical properties; yttrium oxides; zirconium oxides; sample preparation; glass; x-ray diffractometers; scanning electron microscopy; toxicity

  • IPEN-DOC 10238

    FLORIO, D.Z.; MUCCILLO, R. . Effect of boron oxide on the cubic-to-monoclinic phase transition in yttria-stabilized zirconia. Materials Research Bulletin, v. 39, n. 10, p. 1539-1548, 2004.

    Palavras-Chave: boron oxides; phase transformations; yttrium oxides; zirconium oxides; x-ray diffraction; heating rate

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.

O Repositório Digital do IPEN é um equipamento institucional de acesso aberto, criado com o objetivo de reunir, preservar, disponibilizar e conferir maior visibilidade à Produção Científica publicada pelo Instituto, desde sua criação em 1956.

Operando, inicialmente como uma base de dados referencial o Repositório foi disponibilizado na atual plataforma, em junho de 2015. No Repositório está disponível o acesso ao conteúdo digital de artigos de periódicos, eventos, nacionais e internacionais, livros, capítulos, dissertações, teses e relatórios técnicos.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.