Navegação Eventos - Artigos por autor "ABEN"

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 26326

    FRENZEL, LUCAS S. ; SABUNDJIAN, GAIANE . Análise teórico/experimental do fenômeno de circulação natural no circuito de circulação natural do IPEN. In: ABEN (Ed.) INTERNATIONAL NUCLEAR ATLANTIC CONFERENCE, October 21-25, 2019, Santos, SP. Proceedings... Rio de Janeiro: Associação Brasileira de Energia Nuclear, 2019. p. 3433-3444.

    Abstract: O objetivo deste trabalho é o estudo do fenômeno de circulação natural em circuitos experimentais para aplicação em instalações nucleares. Trabalhos sobre circuitos de circulação natural ganharam força após o acidente de Three Mile Island. Este acidente mostrou que a segurança deste tipo de reator não era suficientemente confiável. Outro ponto importante é relacionado a necessidade de intervenção humana para a entrada de operação dos sistemas de segurança, evidenciando que erros operacionais foram as maiores causas para o acidente de Three Mile Island. Assim, há um crescente interesse da comunidade científica no estudo da circulação natural devido ao seu uso na nova geração de reatores nucleares compactos. O circuito experimental utilizado neste estudo foi reparado/ modernizado, e se encontra no Centro de Engenharia Nuclear do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (CEN-IPEN). Para a realização deste trabalho, foi simulado alguns experimentos com diferentes: níveis de potência e vazão de água no secundário; originando um banco de dados experimentais que é utilizado para validar alguns programas termohidráulicos. Particularmente para este estudo, os resultados experimetais obtidos são comparados com o modelo teórico criado com o código RELAP/MOD3.3 [1]. Os resultados obtidos com o programa são satisfatórios quando comparados com os experimentais.

    Palavras-Chave: computerized simulation; data base management; experimental data; fluid flow; natural convection; nuclear facilities; r codes; reactors; refrigerants

    Icon

  • IPEN-DOC 26263

    FRANCO, JOSE G. ; SILVA, REGILDO M.G. da; SUGUIMOTO, RODRIGO Y.; VILLAVICENCIO, ANNA L.C.H. ; ARTHUR, VALTER . Glycine max oil physical-chemical quality obtained of irradiated seeds. In: ABEN (Ed.) INTERNATIONAL NUCLEAR ATLANTIC CONFERENCE, October 21-25, 2019, Santos, SP. Proceedings... Rio de Janeiro: Associação Brasileira de Energia Nuclear, 2019. p. 2162-2169.

    Abstract: Ionizing radiation applied to agriculture has mainly benefited food production, as it reduces natural losses caused by physiological processes, as well as eliminating or reducing microorganisms, parasites and pests. In addition, this technique also allows the production of mutants with characteristics of greater productivity, precocity, smaller size, greater resistance to diseases and pests. These mutants are used to obtain new varieties of species of agronomic interest. The objective of this study was to evaluate the physic-chemical quality of the oil extracted from seeds of G. max (soybean) obtained from irradiated seeds with different doses of gamma radiation (0, 25, 50, 75 and 100 Gy of a Cobalt-60 source, type Gammacell-220 installed in CENA-USP). The physic-chemical analyzes included: AOCS Cd-3d-63, AOCS Cd-3-25 and AOCS Cd-1-25, Acids Index (I.A), Saponification Index (IS), Iodide Index (II), respectively. All analytical determinations were performed at least in triplicates. The values found for I.A., for I.S. and for I.I., did not differ from the oil sample obtained from soybean seeds from control subjects (without irradiation) regardless of the concentration and dose of radiation applied to the seeds. The oil analyzed did not show physical-chemical variation in comparison with the oil obtained from non-irradiated seeds, thus suggesting the absence of modifications in these parameters after the genetic improvement induced by the radiation.

    Palavras-Chave: agriculture; cobalt 60; gamma radiation; irradiation; physical chemistry; radiation doses; seeds; soybean oil; soybeans

    Icon

  • IPEN-DOC 26386

    SOBREIRO JUNIOR, ADALBERTO R. ; FREIRE, LUCIANO O. ; ANDRADE, DELVONEI A. de . Proposal for a nuclear power-plant ship decomissioning. In: ABEN (Ed.) INTERNATIONAL NUCLEAR ATLANTIC CONFERENCE, October 21-25, 2019, Santos, SP. Proceedings... Rio de Janeiro, 2019. p. 5793-5804.

    Abstract: The goal of this work is to review decommissioning methods for nuclear propulsion ships throughout of survey on decommissioning experience. Governmental regulation typically dictates cleanup of a decommission site. It is satisfying the stringent regulations that prove to be a primary cost driver for decommissioning and waste disposal. Reactor types and sizes, the number of reactors on an individual plant site, and labor costs are among the main factors affecting costs. Thus, it is so important to develop a good recycling policy after nuclear-power plant ship inactivation. This work found that adequate requirements identification must keep economics always in the center of design. Experience shows, except after major catastrophic accidents, nuclear industry may earn public trust by open dialogue with the population and sound engineering practices, searching for right technical solution and great planning for long time. To achieve this goal, this work proposed the following method: firstly, it presents the characteristics of nuclear-powered submarines. Secondly, an approach concerning the decommissioning process of nuclear-powered submarines adopted by the US Navy, Russian Navy, Royal Navy, French Navy and others which brings the past experience on this field, providing some information on history, architectures and hints of reasons for the success or failures of each project. Finally, this works compared the decommissioning processes of these navies under the perspective of the nuclear regulatory process.

    Palavras-Chave: ships; ship propulsion reactors; decommissioning; government policies; toxic materials; nuclear power; nuclear submarines; waste disposal

    Icon

  • IPEN-DOC 26366

    FIGUEIREDO, CAROLINA D.R. ; MATTAR NETO, MIGUEL . Recommendations for linearization procedure in pressure Vessel-Nozzle intersections. In: ABEN (Ed.) INTERNATIONAL NUCLEAR ATLANTIC CONFERENCE, October 21-25, 2019, Santos, SP. Proceedings... Rio de Janeiro: Associação Brasileira de Energia Nuclear, 2019. p. 5249-5258.

    Abstract: The pressure vessel design is a fundamental step during the construction of new pressurized water reactors (PWRs). In these facilities, several safety requirements are necessary to guarantee the protection of workers, community and environment against the release of radioactive materials. The current version of the ASME Code for vessel pressure presents two types of procedures for structural analysis: Design by Standard and Design by Analysis. The Design by Analysis is a more complex procedure and it requires more rigorous analysis and classification of all types of stresses and loading conditions, in order to incorporate smaller safety coefficients. However, precise rules for achieving the various stress categories have not been implemented in the code. For this reason, this work presents a methodology for the stress linearization in nozzle vessel intersections. The used recommendation is that the line constructed for the linearization should be taken out of transitions elements. So a pressure vessel nozzle intersection was modeling, analyzed and verified then a discussion of how to perform the Code verifications was presented, as well as a mapping of stress. The lines that were constructed in pressure vessel between transition and structural elements in the longitudinal plane (0º) and lines in structural elements in the nozzle in the transversal plane (90º) presents higher stresses.

    Palavras-Chave: a codes; design; finite element method; mesh generation; nozzles; pressure vessels; pwr type reactors; stress analysis

    Icon

  • IPEN-DOC 26134

    SANTOS, WILLIAM S. ; NEVES, LUCIO P.; PERINI, ANA P.; SANTOS, CARLA J.; BELINATO, WALMIR; CALDAS, LINDA V.E. . The influence of the lead eyewear geometry on the doses to the eye lens. In: ABEN (Ed.) INTERNATIONAL NUCLEAR ATLANTIC CONFERENCE, October 21-25, 2019, Santos, SP. Proceedings... Rio de Janeiro, 2019. p. 186-191.

    Abstract: The scattered radiation from interventional procedures is an important source of radiological risk for the medical staff. Considering all affected organs, the eye lens are among the most critical organs. As pointed out by several studies, even for low radiation doses, the appearance of cataract may occur. Considering this scenario, the radiation doses to the eye lens were determined using three different lead eyewear models commonly employed. The fluoroscopist was represented by an adult virtual anthropomorphic phantom (MASH3), coupled to the Monte Carlo code MCNP6.1™, in a typical cardiac interventional radiology procedure. The eyewear had 0.5 mmPb each, and the evaluation was carried out for four different beam angulations (PA, LAO90, LAO65 e RAO65), 80 kVp of tube voltage and HVL of 4 mmAl. The results pointed out that the shielding efficiency has a strong dependence on the eyewear type utilized, which may be very useful for the decision-making during the acquisition of such equipments.

    Palavras-Chave: crystalline lens; equivalent radiation doses; fluoroscopy; lead; monte carlo method; occupational exposure; phantoms; radiation protection; shielding

    Icon

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.