INSTITUTO DE PESQUISAS ENERGÉTICAS E NUCLEARES
Repositório Digital da Produção Técnico Científica

Navegação Livros - Capítulos por Agências de fomento "Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)"

Navegação Livros - Capítulos por Agências de fomento "Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)"

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 28008

    SILVA, DALTON G.N. da ; ZAMBONI, CIBELE B. ; ALMEIDA, MATEUS R. de ; MEDEIROS, JOSE A.G. de . Análise de zinco em sangue de corredores de longa distancia. In: SOUZA, LUCIO M.V. (Org.). Educação física e ciências do esporte: pesquisa e aplicação de seus resultados 2. Ponta Grossa, PR: Atena Editora, 2021. p. 227-234, cap. 19. DOI: 10.22533/at.ed.30721220119

    Abstract: O objetivo deste estudo foi avaliar o zinco no sangue de atletas por metodologia de ativação de nêutrons. Os resultados mostraram deficiência de zinco para a maioria dos atletas. O estudo mostrou a eficácia da utilização desse procedimento analítico para sucessivas avaliações clínicas, durante o período de preparação das competições, fornecendo dados que auxiliam na elaboração de uma dieta balanceada, bem como contribuem para a proposição de novos protocolos de avaliação clínica.

  • IPEN-DOC 25881

    NEVES, EDUARDO G.; MUNITA, CASIMIRO S. ; HAZENFRATZ, ROBERTO; MONGELO, GUILHERME Z.. Ancient exchange networks in the Central Amazon. In: GLASCOCK, MICHAEL D. (Ed.); NEFF, HECTOR (Ed.); VAUGHN, KEVIN J. (Ed.). Ceramics of the Indigenous Cultures of South America. Albuquerque, NM, USA: University of New Mexico Press, 2019. p. 231-239, cap. 22.

  • IPEN-DOC 25888

    VALERIANO, C. ; VENEZIANI, G. ; JUNIOR, O. ; VIVOLO, V. ; SANTOS, W.S.; CAMPOS, L.L. . Determinação dos coeficientes de atenuação para feixes de raios X diagnóstico do PLA e do ABS impressos: uma abordagem por simulação com MCNP5. In: NEVES, LUIS (Coord.). Proteção contra radiações na comunidade dos países de língua portuguesa. Coimbra, Portugal: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2018. p. 69-76, DOI: 10.14195/978-989-26-1602-5

    Abstract: Modelos 3D de estruturas anatômicas podem ser obtidos por meio de técnicas de imageamento médico (ressonância magnética e tomografia computadorizada). 70 Variando os materiais (por exemplo poliuretano e resina epóxi) utilizados em sua composição, é possível obter o contraste radiográfico ou a equivalência ao tecido desejado. A produção de objetos simuladores para pacientes específicos precisa preencher requisitos como a acurácia geométrica com a anatomia do individuo, a equivalência ao tecido, de modo que possam ser realizar medidas utilizáveis, e não ser susceptível aos efeitos da radiação. A utilização de impressoras 3D é uma forma rápida de construção de objetos complexos, dessa forma é justificável estudar a viabilidade da impressão 3D para desenvolver objetos simuladores. Baseado nesse cenário, o presente trabalho tem como objetivo avaliar a simulação desenvolvida, utilizando MCNP5, como ferramenta para a obtenção dos coeficientes de atenuação das placas feitas com material de impressora 3D.

  • IPEN-DOC 28009

    ZAMBONI, CIBELE B. ; SILVA, DALTON G.N. da ; TASSO, ORION G. ; MEDEIROS, JOSE A.G. de ; AZEVEDO, MARIA R.A. de. Quantitative analysis of light elements using compact XRF spectrometers. In: SALES, FRANCISCO O. (Org.). Ciências exatas e da terra: exploração e qualificação de diferentes tecnologias 4. Ponta Grossa, PR: Atena Editora, 2021. p. 178-186, cap. 16. DOI: 10.22533/at.ed.13021130116

    Abstract: The performance of two compact X-Ray Fluorescence (FRX) spectrometers consisting of Ag and Au X-ray mini-tubes associated with a Si Drift detector was checked for clinical finality. Using the Energy Dispersive X-Ray Fluorescence technique (FRXDE) specific light elements of clinical relevance (Ca, Cl, K and Fe) were determined in human whole blood samples without chemical digestion using direct and non-destructive analysis, in air atmosphere. A comparative study between Ag and Au targets data was carried out and the results are in good agreement.

  • IPEN-DOC 25876

    MOURA, ESPERIDIANA A.B. . The potential of micro- and nano-sized fillers extracted from agroindustry residues as reinforcements of thermoplastic-based biocomposites: a review. In: IKHMAYIES, SHADIA (Ed.); LI, JIAN (Ed.); VIEIRA, CARLOS M.F. (Ed.); MARGEM, JEAN I. (Ed.); BRAGA, FABIO de O. (Ed.). Green Materials Engineering. Cham, CZ, Switzerland: Springer Nature Switzerland AG, 2019. p. 89-100, (The Minerals, Metals & Materials Series). DOI: 10.1007/978-3-030-10383-5_10

    Abstract: Currently, the relevance of reuse of agroindustrial waste to obtain fillers in micro- and nano-sizes for the development of biocomposite materials has grown significantly. Production processes based on sustainable and low carbon development have increased interest in more environmentally friendly polymer composites, which have made the origin of reinforcement materials a determining factor for their application in this segment. This work presents a review of the developments of our team in the field of thermoplastic biocomposites reinforced with micro- and nano-sized fillers extracted from agroindustry residues. The different residues from Brazilian agroindustry available for the extraction of micro- and nano-sized fillers for the production of polymer biocomposites, the methods of the extraction and treatments of these natural fillers are presented; and its application as reinforcements in thermoplastic-based biocomposite are discussed in this review.

    Palavras-Chave: agriculture; agricultural wastes; environmental impacts; bagasse; biodegradation; thermoplastics; composite materials; fillers; polymers

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.

O Repositório Digital do IPEN é um equipamento institucional de acesso aberto, criado com o objetivo de reunir, preservar, disponibilizar e conferir maior visibilidade à Produção Científica publicada pelo Instituto, desde sua criação em 1956.

Operando, inicialmente como uma base de dados referencial o Repositório foi disponibilizado na atual plataforma, em junho de 2015. No Repositório está disponível o acesso ao conteúdo digital de artigos de periódicos, eventos, nacionais e internacionais, livros, capítulos, dissertações, teses e relatórios técnicos.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.