Navegação Livros - Capítulos por autor "NEVES, LUIS"

Classificar por: Ordenar: Resultados:

  • IPEN-DOC 25892

    VILLANI, D. ; CAMPOS, L.L. . Aplicação da técnica de Luminescência Opticamente Estimulada (OSL) na monitoração de área de uma sala de exame de mamografia. In: NEVES, LUIS (Coord.). Proteção contra radiações na comunidade dos países de língua portuguesa. Coimbra, Portugal: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2018. p. 139-147, DOI: 10.14195/978-989-26-1602-5

    Abstract: O objetivo deste trabalho é avaliar o desempenho dos dosímetros OSL nanoDot™ para a monitoração de área de uma sala de mamografia. Os testes foram realizados primeiramente em laboratório, para caracterização dosimétrica, avaliação da repetibilidade e estabilidade do sistema utilizado e, posteriormente, na sala de mamografia para avaliar as doses dispersas no ambiente, bem como a dose de entrada na pele. Os resultados mostraram que os nanoDots™ apresentam boa repetibilidade e estabilidade tanto nos testes laboratoriais como nos de campo, o que permite sua aplicação na dosimetria de área.

  • IPEN-DOC 25891

    BRAVIM, A. ; SAKURABA, R.K.; CAMPOS, L.L. . Avaliação de dosímetros OSL na determinação de curvas de isodose de uma simulação de planejamento de tratamento de vértebra com proteção da medula espinhal utilizando VMAT. In: NEVES, LUIS (Coord.). Proteção contra radiações na comunidade dos países de língua portuguesa. Coimbra, Portugal: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2018. p. 111-120, DOI: 10.14195/978-989-26-1602-5

    Abstract: O objetivo deste trabalho foi avaliar a aplicabilidade de dosímetros e microdosimetros OSL de LiF:Mg,Ti (TLD-100) na determinação das curvas de isodose em planejamentos utilizando a técnica de VMAT. Foi simulado um planejamento de tratamento de vértebra com proteção da medula espinhal em que a dose média absorvida obtida através dos dosímetros OSL apresentou uma variação máxima de 3,85% em relação aos valores calculados pelo sistema de planejamento Eclipse 11.0. A variação entre o intervalo de dose obtido com o emprego dos dosímetros OSL e fornecido pelo Eclipse 11.0 está de acordo com os limites aceitáveis para a área da radioterapia. Observou-se que, por serem de menor tamanho, os microdosímetros de LiF:Mg,Ti apresentam uma menor probabilidade de estarem posicionados em mais de uma curva de isodose ao mesmo tempo no planejamento. Sendo assim, apresentaram os melhores resultados.

  • IPEN-DOC 25889

    VENEZIANI, G.R. ; RODRIGUES JUNIOR, ORLANDO ; SAKURABA, R.K.; CAMPOS, L.L. . Desenvolvimento de simulador aplicados a radiodiagnostico e radioterapia utilizando impressora 3D. In: NEVES, LUIS (Coord.). Proteção contra radiações na comunidade dos países de língua portuguesa. Coimbra, Portugal: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2018. p. 77-83, DOI: 10.14195/978-989-26-1602-5

    Abstract: Nesse trabalho foi avaliada a viabilidade do uso de impressora 3D (FDM) e materiais tecido equivalentes para o desenvolvimento de simuladores para serem aplicados em radioterapia e/ou diagnóstico. Os resultados avaliados por CT foram bastante promissores e abrem caminho para o desenvolvimento de simuladores personalizados e de baixo custo.

  • IPEN-DOC 25888

    VALERIANO, C. ; VENEZIANI, G. ; JUNIOR, O. ; VIVOLO, V. ; SANTOS, W.S.; CAMPOS, L.L. . Determinação dos coeficientes de atenuação para feixes de raios X diagnóstico do PLA e do ABS impressos: uma abordagem por simulação com MCNP5. In: NEVES, LUIS (Coord.). Proteção contra radiações na comunidade dos países de língua portuguesa. Coimbra, Portugal: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2018. p. 69-76, DOI: 10.14195/978-989-26-1602-5

    Abstract: Modelos 3D de estruturas anatômicas podem ser obtidos por meio de técnicas de imageamento médico (ressonância magnética e tomografia computadorizada). 70 Variando os materiais (por exemplo poliuretano e resina epóxi) utilizados em sua composição, é possível obter o contraste radiográfico ou a equivalência ao tecido desejado. A produção de objetos simuladores para pacientes específicos precisa preencher requisitos como a acurácia geométrica com a anatomia do individuo, a equivalência ao tecido, de modo que possam ser realizar medidas utilizáveis, e não ser susceptível aos efeitos da radiação. A utilização de impressoras 3D é uma forma rápida de construção de objetos complexos, dessa forma é justificável estudar a viabilidade da impressão 3D para desenvolver objetos simuladores. Baseado nesse cenário, o presente trabalho tem como objetivo avaliar a simulação desenvolvida, utilizando MCNP5, como ferramenta para a obtenção dos coeficientes de atenuação das placas feitas com material de impressora 3D.

  • IPEN-DOC 25886

    LEVY, D.S. ; SORDI, G.M.A.A. . Education and communication on radiological protection: the potential value of information technologies to improve profess ional skills. In: NEVES, LUIS (Coord.). Proteção contra radiações na comunidade dos países de língua portuguesa. Coimbra, Portugal: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2018. p. 313-325, DOI: 10.14195/978-989-26-1602-5

    Abstract: For operational control of exposures to ionizing radiation in any workplace, the International Commission on Radiation Protection (ICRP) recommends establishing a program of operational radiation protection, proportional to the risk, to ensure the effective management of all necessary measures to satisfy the principle of optimization. This project focus on the potential value of Information and Communication Technologies (ICTs) to enhance education and communication on Radiological Protection throughout Brazil. The content includes optimization programs and monitoring policy and techniques, interrelating 314 information currently scattered in several documents, providing Brazilian facilities a complete repository for consultation and information. The content also brings new approaches from some recommendations, presenting some initiatives towards protection and safety. The growing impact of ICTs shall contribute greatly to provide information where it is needed, stimulating development in this large country where it is a huge challenge to ensure access to information to as many people as possible, minimizing costs and optimizing results.

  • IPEN-DOC 25890

    BRESSANE, R.O. ; VILLANI, D. ; RODRIGUES JUNIOR, O. ; CAMPOS, L.L. . Estudo comparativo de sensibilidade entre os dosímetros fricke xilenol gel e alanina gel. In: NEVES, LUIS (Coord.). Proteção contra radiações na comunidade dos países de língua portuguesa. Coimbra, Portugal: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2018. p. 85-93, DOI: 10.14195/978-989-26-1602-5

    Abstract: Fricke Xilenol Gel (FXG) é um dosímetro químico bem conhecido e caracterizado. Neste trabalho, foi adicionada alanina ao FXG a fim de obter melhora na sensibilidade. A comparação entre os dois dosímetros permitiu verificar maior estabilidade no gel devido à presença da alanina e aumento do intervalo de linearidade da resposta óptica: de 1 a 30 Gy para 5 a 50 Gy. Foi possível verificar, também, que a variação de cor das amostras após a irradiação é característica de cada tipo de dosímetro e que a sensibilidade do dosímetro com alanina é maior utilizando-se 0,2 mM de alaranjado de xilenol.

  • IPEN-DOC 25887

    CORREA, F. ; SORDI, G. ; LEVY, D.S. . Evolução da filosofia do sistema de limitação de dose e a questão das substituições “superseded”. In: NEVES, LUIS (Coord.). Proteção contra radiações na comunidade dos países de língua portuguesa. Coimbra, Portugal: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2018. p. 351-361, DOI: 10.14195/978-989-26-1602-5

    Abstract: O grande avanço da era nuclear mostrou que a filosofia do sistema de limitação de dose proposta pela Comissão Internacional de Proteção Radiológica em 1958 e os Limites Anuais Máximos Permissíveis (LAMP), careciam de mudanças, assim, com a atualização das recomendações surgiu uma nova filosofia, ainda vigente, denominada de Limites Anuais Máximos Admissíveis (LAMA) para que possamos estuda-los separadamente, analisando cuidadosamente como surgiram estas filosofias e como foram evoluindo até as suas últimas publicações. 352 Uma vez que cada nova publicação substituía a anterior, e a ICRP e o Organismo Internacional de Energia atômica (IAEA) firmaram o acordo pelo qual este último adotaria a filosofia proposta pela Comissão, houve a possibilidade que algumas destas informações, algumas valiosas, possam ter se perdido no decorrer da substituição da publicação e ou da edição da norma do IAEA na adoção da filosofia. Estas informações são discutidas e estudadas em profundidade e o seu valor real mostrado, levantando a possibilidade de reintroduzi-las nas futuras publicações.

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.

O Repositório Digital do IPEN é um equipamento institucional de acesso aberto, criado com o objetivo de reunir, preservar, disponibilizar e conferir maior visibilidade à Produção Científica publicada pelo Instituto, desde sua criação em 1956.

Operando, inicialmente como uma base de dados referencial o Repositório foi disponibilizado na atual plataforma, em junho de 2015. No Repositório está disponível o acesso ao conteúdo digital de artigos de periódicos, eventos, nacionais e internacionais, livros, capítulos, dissertações, teses e relatórios técnicos.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.