REPOSITÓRIO DIGITAL DA PRODUÇÃO TÉCNICO CIENTÍFICA

 

 

 

Apresentação

 

O Repositório Digital do IPEN é um equipamento institucional de acesso aberto, criado com o objetivo de reunir, preservar, disponibilizar e conferir maior visibilidade à Produção Científica publicada pelo Instituto, desde sua criação em 1956.

Operando, inicialmente como uma base de dados referencial o Repositório foi disponibilizado na atual plataforma, em junho de 2015. No Repositório está disponível o acesso ao conteúdo digital de artigos de periódicos, eventos, nacionais e internacionais, livros, capítulos, dissertações, teses e relatórios técnicos. [Saiba mais]

 

Comunidade no repositório

Selecione a comunidade para navegar nas coleções.

Submissões recentes

  • IPEN-DOC 23342

    GOMES, MAURILIO P. . Efeito de tratamentos térmicos em insertos de assentos de válvulas sinterizados / Effect of heat treatments on sintered valve seat inserts. 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 77 p. Orientador: Jesualdo Luiz Rossi.

    Abstract: Atualmente, uns dos grandes desafios para a indústria automobilística é aumentar o desempenho do conjunto mecânico responsável por selar a câmara de combustão interna de motores automotivos e também reduzir os seus custos de obtenção. O objetivo deste trabalho foi o de tratar termicamente insertos de assentos de válvulas (do inglês valve seat insert, VSI) obtidos pela rota de metalurgia do pó. Esta técnica possibilitou a substituição do cobalto e do chumbo, devido ao seu elevado custo e efeito toxicológico, respectivamente. Ao longo do trabalho foram avaliados VSI obtidos com três misturas de pós diferentes, sendo que os elementos comuns nestas três misturas foram os pós de ferro, sulfeto de manganês, carboneto de nióbio, grafite, estearato de zinco e cobre. Em cada uma destas misturas variou-se apenas os tipos de pós de aços rápidos e aço ferramenta utilizado, sendo estes o aço rápido AISI M3:2 (Mistura 1), aço rápido AISI M2 (Mistura 2) e aço ferramenta AISI D2 (Mistura 3). Os tratamentos térmicos aplicados aos VSI consistiram em têmpera ao ar e têmpera ao óleo, ambas seguidas de duplo revenimento em sete temperaturas equidistantemente diferentes, variando de 100 °C a 700 °C. Os ciclos dos tratamentos térmicos foram determinados por meio da utilização de termopares do tipo k acoplados à um sistema de aquisição de dados. As propriedades físicas e mecânicas dos VSI foram determinadas através da dureza aparente, densidade aparente e resistência à ruptura radial. A caracterização microestrutural foi realizada utilizando-se a microscopia óptica e microscopia eletrônica de varredura. A composição química foi determinada por meio da análise elementar e por espectrometria de fluorescência de energia dispersiva de raios X. Os melhores resultados em relação às propriedades mecânicas dos VSI foram obtidas para os insertos temperados ao ar e duplamente revenido a 600 °C para a Mistura 1 e Mistura 2, e a 500 °C para Mistura 3. Já para a têmpera ao óleo, as melhores respostas foram para os VSI obtidos com a Mistura 1 duplamente revenida a 400 °C e a, 300 °C para os componentes obtidos com a Mistura 2 e Mistura 3.

    Icon

  • IPEN-DOC 23341

    MATSUI, JEFERSON M. . Estudo de degradação a baixa temperatura de cerâmicas Y-TZP/Al2O3 sintetizadas por coprecipitação / Low temperature degradation study of Y-TZP/Al2O3 ceramics synthesized by coprecipitation. 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 111 p. Orientador: Dolores Ribeiro Ricci Lazar.

    Abstract: A zircônia tetragonal estabilizada por ítria (Y-TZP) têm sido utilizada na área odontológica para próteses livres de metais devido à estética associada ao alto desempenho mecânico. Porém, a presença de ambiente úmido pode causar a transformação acelerada da fase tetragonal para monoclínica e consequente falha catastrófica deste material, processo este conhecido como degradação a baixa temperatura ou envelhecimento. A cinética desta transformação é função da composição química da cerâmica e sua microestrutura. Tendo em vista que métodos químicos permitem a síntese de pós cerâmicos à base de zircônia de dimensões nanométricas, cuja microestrutura da cerâmica sinterizada é constituída por grãos submicrométricos quimicamente homogêneos, e que a presença de alumina é indicada para evitar a degradação de fases da zircônia, o objetivo deste estudo foi verificar a degradação a baixa temperatura e ambiente úmido de cerâmicas de zircônia estabilizada com 3 mol% de ítria (Y-TZP) e do compósito Y-TZP/Al2O3, proveniente de pós sintetizados pela rota de coprecipitação. A concentração de alumina na Y-TZP foi estudada na faixa de 0,05 a 20% em massa. A eficiência do processo desenvolvido foi verificada pela avaliação das características físicas dos pós obtidos (granulometria, área de superfície específica, estado de aglomeração e estrutura cristalina). As amostras cerâmicas foram prensadas, sinterizadas e avaliadas quanto à densidade aparente e microestrutura. Após a caracterização inicial das cerâmicas a degradação das amostras foi estudada in vitro em reator hidrotérmico pressurizado a 150°C. As amostras (n=4) foram submetidas à análise de difração de raios X de acordo com o tempo de envelhecimento, acompanhando a curva cinética de transformação de fase. A porcentagem de cada fase cristalina foi determinada pelo Método de Rietveld. A relação entre o tempo de envelhecimento e a concentração de fase monoclínica foi determinada pela equação de Avrami modificada por Kolmogorow (Johnson-Mehl- Avrami-Kolmogorow JMAK). Após envelhecimento a 150°C por 70 horas, todas as amostras contendo alumina apresentaram menor concentração de fase monoclínica, comparativamente à cerâmica Y-TZP, que apresentou 66,5% dessa fase. Menores porcentagens de fase monoclínica após o envelhecimento hidrotérmico foram obtidas com a adição de 10 e 20% em massa de alumina na matriz de zircônia, sendo esses valores 59,1 e 52,9%, respectivamente. Deve-se considerar, no entanto, que a diminuição da degradação total é consequência da menor porcentagem de zircônia na matriz em função da adição de alumina. Neste contexto, o efeito benéfico da adição de alumina ocorre apenas no início do envelhecimento.

    Icon

  • IPEN-DOC 23340

    SOUZA, ANDERSON S. de . Estudo comparativo dos parâmetros associados à dose absorvida e controle de qualidade em aceleradores lineares com filtro aplainador (FF) e sem filtro aplainador (FFF) / Comparative study of the parameters associated with quality control and absorbed dose in linear accelerators with (FF) and without (FFF) flattening filter. 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 66 p. Orientador: Maria Elisa Chuery Martins Rostelato.

    Abstract: A utilização da técnica de teleterapia para tratamento de câncer tem sido usada por anos com bons resultados clínicos. Em meados da década de 90, a remoção do filtro aplainador, item que compõe o cabeçote de um acelerador linear de uso clínico, tem sido objeto de estudos por demonstrar bons resultados no tratamento de alguns tipos de câncer. Técnicas utilizadas como Radioterapia de Intensidade Modulada (IMRT) e Radioterapia Estereotáxica (SRT), mostram-se mais eficazes quando não se utiliza o filtro aplainador. A empresa Varian Oncology lançou em 2012 um acelerador linear de uso clínico capaz de operar com o filtro aplainador (FF) e sem o filtro aplainador (FFF), o TrueBeam. Os objetivos desse trabalho são avaliar a homogeneidade de dois importantes parâmetros utilizados para o cálculo de dose nos pacientes submetidos ao tratamento com esse modelo de acelerador linear, a porcentagem de dose profunda (PDP) e índice de qualidade do feixe (TPR20/10). Os dados fornecidos para a análise foram cedidos pelo Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE), Real Hospital Português (RHP) e 3 instituições norte-americanas. Através de uma análise estatística dos dados das instituições citadas pode-se observar melhor o comportamento desses parâmetro que demonstraram-se muito homogêneos e com erros menores que 1% na maioria dos casos, confirmando desse modo que os aceleradores lineares do modelo TrueBeam mantém na maioria das vezes uma boa concordância dos parâmetros analisados.

    Icon

  • IPEN-DOC 23339

    CASTRO, ALFREDO J.A. de . Análise experimental de velocidade crítica em elemento combustível tipo placa plana para reatores nucleares de pesquisa / Experimental analysis of critical velocity in flat plate fuel element for nuclear research reactors. 2017. Tese (Doutorado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 102 p. Orientador: Delvonei Alves de Andrade.

    Abstract: Os elementos de combustível de um reator nuclear de pesquisa tipo MTR ("Material Testing Reactor") são, em sua grande maioria, formados por placas de combustível revestidas com alumínio contendo no cerne silicileto de urânio (U3Si2) disperso em matriz de alumínio. Essas placas possuem espessura da ordem de milímetros e comprimentos muito maiores em relação à sua espessura. Elas são dispostas paralelamente no conjunto que forma o elemento combustível, de maneira a formar canais entre elas com poucos milímetros de espessura, por onde escoa o fluido de refrigeração (água leve ou água pesada). Essa configuração, associada à necessidade de um escoamento com altas vazões para garantir o resfriamento das placas em operação, pode gerar problemas de falhas mecânicas das placas de combustível devido às vibrações induzidas pelo escoamento nos canais e, consequentemente, acidentes de proporções graves no caso de velocidade crítica que possa gerar o colapso das placas. Embora não haja ruptura das placas de combustível durante o colapso, as deflexões permanentes excessivas das placas podem causar bloqueio do canal de escoamento no núcleo do reator e levar ao superaquecimento nas placas. Para este trabalho, foram desenvolvidas uma bancada experimental com capacidade para altas vazões volumétricas (Q=100 m3/h) e uma seção de testes que simula um elemento combustível do tipo placa com três canais de resfriamento. A seção de testes foi construída com placas de alumínio e acrílico e foi instrumentada com sensores de deformação, sensores de pressão, um acelerômetro e um tubo de pitot. As dimensões da seção de testes foram baseadas nas dimensões do Elemento Combustível do Reator Multipropósito Brasileiro (RMB), cujo projeto está sendo coordenado pela Comissão Nacional de Energia Nuclear - CNEN. Os experimentos realizados alcançaram o objetivo de chegar à condição de velocidade crítica de Miller com o colapso das placas. A velocidade crítica foi atingida com 14,5 m/s levando a consequente deformação plástica das placas que formam o canal do escoamento. O canal central na entrada da seção de testes apresentou uma abertura de 3 mm em seu centro, causando um grande bloqueio do escoamento nos canais laterais. Este comportamento foi v constatado visualmente durante a desmontagem da seção de testes, ilustrado e discutido na análise de resultados apresentado neste trabalho. O bloqueio dos canais também foi observado por meio de gráficos de queda de pressão e por gráficos das deformações da entrada, centro e saída das placas contra a velocidade média da seção de testes. Observou-se uma queda da resistência hidráulica da seção de testes devido ao aumento da seção transversal de escoamento no canal central e um aumento exponencial das deformações quando da ocorrência da velocidade crítica. Comparativamente, o valor experimental obtido para velocidade crítica na seção de testes foi da ordem de 85% do valor obtido por cálculo com a expressão teórica de Miller. Os experimentos realizados permitiram um melhor entendimento da interação fluido estrutura em elementos de combustível tipo placa como: valores de frequências de vibrações naturais, instabilidade fluido elástica e desenvolvimento de técnicas para a detecção de valores de velocidade crítica.

    Icon

  • IPEN-DOC 23338

    AKANJI, AKINKUNMI G. . Estudo de conjugação do anticorpo anti-CD20 para marcação com radionuclídeos metálicos ou lantanídeos / The study of conjugation of anti-CD20 monoclonal antibody for labeling with metalic or lanthanides radionuclides. 2013. Tese (Doutorado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 120 p. Orientador: Elaine Bortoleti de Araújo.

    Abstract: Linfomas são cânceres que se iniciam a partir da transformação maligna de um linfócito no sistema linfático. Os linfomas são divididos em duas categorias principais: os linfomas de Hodgkin e todos os outros linfomas, denominados linfomas não-Hodgkin (LNH). Os pacientes com LNH são comumente tratados com radioterapia apenas ou combinada com quimioterapia utilizando-se de anticorpo monoclonal anti-CD20, principalmente o rituximab (MabThera®). O uso de anticorpos monoclonais (Acm) conjugados à quelantes bifuncionais radiomarcados com radionuclídeos metálicos ou lantanídeos é uma realidade de tratamento para portadores de LNH pelo princípio de radioimunoterapia (RIT). Este estudo concentrou-se nas condições de conjugação do anticorpo monoclonal rituximab (MabThera®) com grupamentos quelantes bifuncionais DOTA e DTPA. Na marcação dos Acm conjugados com lutécio-177, foram estudadas as condições de pré-purificação do Acm, condições de conjugação, determinação de número de quelantes acoplados à molécula do anticorpo, purificação do anticorpo conjugado, radiomarcação do anticorpo conjugado, com lutécio-177, purificação do anticorpo marcado, a ligação específica in vitro dos compostos marcados às células Raji, e distribuição biológica em camundongos BALB/c sadios. As três metodologias empregadas na pré-purificação do anticorpo (diálise, cromatografia de exclusão molecular com coluna Sephadex G-50 e ultrafiltração) demonstram-se eficientes e proporcionaram recuperação da amostra superior a 90%. A metodologia de ultrafiltração foi considerada a mais simples e prática, podendo ser aplicada a procedimentos rotineiros de produção de radiofármacos. Além disso, proporcionou a recuperação final de amostra de 97% em microlitros. Nas conjugações do anticorpo com os quelantes DOTA e DTPA em razões molares diferentes do Acm:quelante, observou-se número de grupamentos quelantes acoplados à molécula do Acm proporcional à razão molar estudada. Quando foi avaliada a influência de condições diferentes de conjugação no número de quelantes acoplados à molécula do Acm, não foram observadas diferenças significativas, com resultados de pureza radioquímica (PR) inferior a 80% em todas as condições estudadas. Na comparação de métodos de purificação do Acm conjugado, a abordagem inédita apresentada neste estudo, na qual a cromatografia de exclusão molecular foi combinada com a ultrafiltração resultou em maior eficiência na purificação e preservação da estrutura do anticorpo. Nos estudos de radiomarcação do anticorpo conjugado com DOTA e DTPA, os imunoconjugados de DTPA apresentaram, de forma geral, maior eficiência de marcação com resultados reprodutíveis quando comparados com os imunoconjugados de DOTA, considerando-se as diferentes razões molares utilizadas. As metodologias cromatográficas empregadas no controle de pureza radioquímica do composto radiomarcado proporcionaram a discriminação das diferentes espécies radioquímicas no meio de marcação. A metodologia de purificação do composto conjugado e radiomarcado utilizada proporcionou a obtenção de compostos com alta pureza radioquímica, 97,4±1,3% (DOTA 1:50) e 98,7±0,2% (DTPA 1:50). Nos estudos de ligação específica às células tumorais Raji, o anticorpo conjugado com quelante DTPA nas razões molares de 1:50 e 1:20 apresentaram perfil semelhante de ligação, com aumento da porcentagem de ligação específica proporcional à concentração celular, enquanto que o imunoconjugado na razão molar de 1:10 apresentou alta porcentagem de ligação não específica. Os resultados obtidos nos estudos de biodistribuição in vivo do anticorpo conjugado e radiomarcado nem sempre se mostraram compatíveis com a biodistribuição de anticorpos radiomarcados íntegros. No caso do quelante DOTA, o imunoconjugado obtido a partir da razão molar 1:20, apresentou melhores características de biodistribuição. No caso do quelante DTPA, a razão molar utilizada pareceu refletir diretamente no clareamento sanguíneo do anticorpo e todas as razões molares utilizadas apresentaram instabilidade in vivo.

    Icon

  • IPEN-DOC 23337

    ARAUJO, RENATO M. . Caracterização clínica e epidemiológica da neoplasia prostática nos anos de 2012 a 2014 em um Centro de Oncologia do leste de Minas Gerais / Clinical and epidemiological characterization of prostatic neoplasia in the years of 2012 to 2014 in a Center of Oncology in the east of Minas Gerais. 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 65 p. Orientador: Maria Helena Bellini Marumo.

    Abstract: O câncer de próstata (CaP) é a segunda causa mais comum de câncer em homens. De acordo com o INCA, no Brasil, em 2016, estimam-se aproximadamente 61.200 novos casos de câncer de próstata. Objetivo: Identificar as características demográficas e epidemiológicas, bem como dados do estadiamento tumoral dos pacientes com CaP atendidos na Unidade de Oncologia do Hospital Marcio Cunha na cidade de Ipatinga-MG nos anos de 2012, 2013 e 2014. Metodologia: Trata-se de um estudo retrospectivo e descritivo onde foram analisados 668 prontuários de pacientes, com registro do diagnóstico anatomopatológico, atendidos nos anos de 2012, 2013 e 2014, conforme lista fornecida pela instituição, com diagnóstico de CaP cadastrados com CID-10 - C 61. As variáveis analisadas foram: procedência, ano do diagnóstico, faixa etária, raça autodeclarada, fatores de risco como tabagismo, etilismo, história familiar de CaP, PSA total ao diagnóstico, tipo histológico da biópsia, score de Gleason da biópsia, tipo histológico da peça cirúrgica, score de Gleason da peça cirúrgica. Os dados foram analisados empregando-se estatística descritiva e inferencial, utilizando o software SPSS, versão 19.0. Resultados: A maior incidência de casos de CaP foram provenientes das cidades mais populosas da microrregião de saúde analisada e faixa etária mais prevalente foi entre 61 e 80 anos com prevalência em pardos e brancos e com histórico familiar de 17,2% de parentes de primeiro grau; com o pai em 37,3%, o irmão em 60,8% e filho em 1,9%. Apenas 165 (25,9 %) eram fumantes e 20,8% etilistas. Os níveis de PSA ficaram entre 4,1ng/ e 10ng/ml (49,5%) e quanto maior a faixa etária maiores os valores do PSA. Pacientes pardos apresentaram PSA total mais elevado. Ao avaliarmos se existia relação entre os níveis de PSA total com fatores de risco como tabagismo, etilismo e histórico familiar, somente houve relação estatisticamente significativa com o etilismo. Houve concordância do score de Gleason entre biópsia e peça cirúrgica em 70%, subgraduação em 18,7% e supergraduação em 11,3%. Comparando a idade dos pacientes com Score de Gleason, quanto maior a idade do paciente maior foi o Score de Gleason do material obtido pela biópsia via transretal Pacientes tabagistas e etilistas apresentaram Score de Gleason da peça cirúrgica mais elevados. Conclusão: A concordância entre o Score de Gleason da biópsia e o Score de Gleason da peça cirúrgica foi de 70%; etilistas apresentaram PSA mais elevados; quanto maior foi a faixa etária, mais indiferenciado foi o tumor ( biópsia); pacientes tabagistas e etilistas apresentaram tumores mais indiferenciados na peça cirúrgica; este é o primeiro estudo epidemiológico de CaP desenvolvido na região do Vale do Aço, a caracterização sócio demográfica e as associações aqui encontradas podem contribuir com programas para desenvolver ações de controle do CaP nesta região.

    Icon

  • IPEN-DOC 23336

    SILVA, MELISSA R.M. da . Influência de elementos de liga na microestrutura e propriedades magnéticas de ímãs à base de PrFeCoB / Influence of alloying elements on the microstructure and magnetic properties of PrFeCoB based magnets. 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 96 p. Orientador: Hidetoshi Takiishi.

    Abstract: Os ímãs permanentes de terras-raras tem um papel relevante na indústria de dispositivos eletromagnéticos, principalmente no que se refere à produção de motores para veículos híbridos e elétricos e geradores para turbinas eólicas. Com a recente restrição chinesa a exportação de terras-raras, os altos preços e a necessidade de substituição do Dy nesses ímãs, há um interesse mundial por alternativas a essas questões. A adição de elementos de liga em ímãs permanentes de terras raras tem como objetivo a melhora das propriedades magnéticas. O presente trabalho avalia a influência do Ti, V, Cr, Ni, Zr, Nb e Mo na microestrutura e nas propriedades magnéticas de ímãs sinterizados. Os ímãs foram preparados via metalurgia do pó, a partir de pós obtidos pelo processo de decrepitação por hidrogênio (HD). Na produção do ímã Pr16Fe66,9Co10,7B5,7Cu0,7, sem adição de elementos de liga, foi utilizada a mistura das ligas Pr20Fe73B5Cu2 (33% em peso) e Pr14Fe64Co16B6 (67% em peso). Para avaliar a influência das adições foi utilizada a liga Pr14Fe64Co16B6M0,1, onde M = Ti, V, Cr, Ni, Zr, Nb e Mo (67% em peso). As ligas utilizadas e os ímãs produzidos foram caracterizados por Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) e Difração de Raios-X (DRX), e as propriedades magnéticas foram obtidas por meio de Permeâmetro. O ímã com adição de Cr (iHc = 836 KA.m-1) apresentou coercividade intrínseca 11,8% superior ao ímã sem adição de elemento de liga (iHc = 748 KA.m-1). A maior remanência foi observada para o ímã com adição de Nb (Br = 1,04 T). Os ímãs com as adições de Ti, V e Zr apresentaram os maiores valores de produto de energia (BHmáx = 145, 145 e 144 KJ.m-3, respectivamente). Já o ímã com adição de Mo apresentou o maior fator de quadratura (FQ = 0,73) entre todas as amostras, 28% superior ao ímã sem adição de elementos de liga.

    Icon

  • IPEN-DOC 23335

    NAKATSUBO, MARIANA A.S. . Bioacessibilidade de Hg em peixes de diferentes níveis tróficos, originário da Amazônia / Bioaccessibility of Hg in fish from different trophic levels, originating from the Amazon. 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 67 p. Orientador: Jorge Eduardo de Souza Sarkis.

    Abstract: No Brasil, principalmente na região Amazônica, o pescado representa uma importante fonte proteica, especialmente para as populações indígenas e ribeirinhas. Por outro lado, estudos demonstram altos níveis de mercúrio (Hg), nos pescados desta região. O Hg é conhecido por ser altamente neurotóxico e por possuir efeito bioacumulativo, sendo os peixes a principal via de contaminação pelo homem. Neste trabalho, foi realizado um estudo de bioacessibilidade in vitro de Hg total em espécies originadas da Amazônia central. O Hg foi determinado utilizando-se o analisador direto de mercúrio (DMA-80, Milestone Inc) com limite de detecção de 0,003 ng. Neste trabalho foi realizada a validação da metodologia e a validação da bioacessibilidade, juntamente com os cálculos de incerteza de ambos os processos. A validação analítica seguiu o DOQ-CGCRE-008-004 (INMETRO, 2016), tendo uma incerteza de 14,7%. Já a bioacessibilidade foi validada através da análise do material de referencia certificado: Dourada 1 (Brachyplatystoma Flavicans) (IPEN-Brasil), certificado para mercúrio total (0,271 ± 0,057 μg g-1) considerando a quantidade de Hg recuperado em cada etapa do processo e o balanço de massa final do processo. Os resultados obtidos demostraram a robustez do procedimento com uma recuperação >90%, coeficiente de variação < 10%, limite de detecção de 0,01 μg g-1 e o limite de quantificação de 0,1 μg g-1 e incerteza de 25%. O estudo indicou que a média bioacessível do mercúrio total é de 60%, para as espécies carnívoras, e 45% para os não carnívoros, demonstrando que o mercúrio presente no tecido não é absorvido pelo organismo em sua totalidade. A especiação do MeHg, indicou que do total bioacessível apenas uma parcela de 80% é MeHg demonstrando que a absorção de Hg pelo corpo pode ser ainda menor. Estudos como esse são fundamentais para influenciar nas decisões regulatórias, agências de controle dos níveis permissíveis de contaminantes nos alimentos, visto que, somente avaliar a concentração total do contaminante e não considerar a sua bioacessibilidade pode levar a um equívoco quanto à segurança de consumo do alimento.

    Icon

  • IPEN-DOC 23334

    ALGARVE, FABIO J. . Caracterização dosimétrica do BeO em feixes de radiodiagnóstico convencional, mamografia e tomografia computadorizada, pelas técnicas de termoluminescência e luminescência opticamente estimulada / Dosimetric characterization of BeO in standard beams of conventional diagnostic radiology, mammography and computed tomography, by the thermoluminescence and optically stimulated luminescence techniques. 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 111 p. Orientador: Linda Viola Ehlin Caldas.

    Abstract: A radiação ionizante é amplamente utilizada em diversas áreas na indústria e na medicina. No campo da medicina, a radiação ionizante é utilizada tanto para fins terapêuticos como para fins diagnósticos, abrangendo assim um grande intervalo de doses de diferentes tipos de radiações. Para certificar que a finalidade da prática esteja sendo alcançada, são necessários estudos detalhados de detectores e dispositivos que atendam aos diferentes tipos de radiações. Neste trabalho foi realizado um estudo das características dosimétricas de amostras de BeO em feixes padronizados de radiodiagnóstico convencional, mamografia e tomografia computadorizada, utilizando as técnicas de termoluminescência (TL) e luminescência opticamente estimulada (OSL) e propondo um sistema adequado para sua utilização em dosimetria de feixes. Os principais resultados obtidos foram: alta sensibilidade à luz branca durante a irradiação, boa reprodutibilidade das respostas TL e OSL (coeficientes de variação inferiores a 5%), parâmetros cinéticos correspondentes aos valores obtidos em todos os métodos testados, sem fading dentro do período estudado para ambas as técnicas. As características dosimétricas obtidas neste trabalho mostram a possibilidade de aplicação das amostras de BeO em dosimetria da radiação X, considerando os intervalos de dose empregados, pelas técnicas de TL e OSL. Assim, as amostras de BeO apresentaram sua utilização potencial para dosimetria de feixes de radiodiagnóstico convencional, mamografia e tomografia computadorizada.

    Icon

  • IPEN-DOC 23297

    LEITE, ANTONIO M. dos S. . Investigação da resistência à corrosão por pites do aço inoxidável duplex tipo 2404 (UNS S82441) submetido à soldagem por atrito com pino não-consumível (FSW) / Investigation of pitting corrosion resistance of duplex stainless steel LDX 2404 (UNS S82441) subjected to Friction Stir Welding (FSW). 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 140 p. Orientador: Isolda Costa.

    Abstract: Os aços inoxidáveis duplex são largamente utilizados na fabricação de equipamentos para a indústria de óleo e gás, utilizados tanto no ambiente onshore quanto offshore. Sua grande limitação é que, com o aumento de temperatura, ocorre precipitação de fases indesejáveis, que reduzem drasticamente a resistência à corrosão e as propriedades mecânicas desses materiais. Considerando o efeito deletério da soldagem a fusão nos aços inoxidáveis duplex, a soldagem por atrito com pino não-consumível (FSW) é amplamente considerada como alternativa aos processos convencionais. Como no FSW a união dos materiais ocorre no estado sólido, muitos dos problemas de soldabilidade associados às técnicas tradicionais de soldagem por fusão são evitados. Neste trabalho, amostras retiradas da zona misturada (ZM), das zonas afetadas pelo calor (ZTA e ZTMA) e do metal de base (MB) de chapas de aço inoxidável lean duplex LDX 2404® (UNS S82441) soldadas por atrito com pino não-consumível foram caracterizadas microestruturalmente e tiveram sua resistência à corrosão avaliada por meio de ensaios eletroquímicos. Os resultados obtidos nos ensaios eletroquímicos indicaram que as zonas afetadas pelo calor e a ZM se mantiveram tão resistentes à corrosão localizada quanto o MB. Permitiram concluir também que a excelente resistência à corrosão da liga está associada ao teor elevado de N.

    Icon

  • IPEN-DOC 23296

    VALERIANO, CAIO C.S. . Emprego de simulação computacional para avaliação de objetos simuladores impressos 3D para aplicação em dosimetria clínica / Use of computational simulation for evaluation of 3D printed phantoms for application in clinical dosimetry. 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 83 p. Orientador: Letícia Lucente Campos Rodrigues.

    Abstract: O propósito de um objeto simulador é representar a alteração do campo de radiação provocada pela absorção e espalhamento em um dado tecido ou órgão de interesse. Suas características geométricas e de composição devem estar próximos o máximo possível aos valores associados ao seu análogo natural. Estruturas anatômicas podem ser transformadas em objetos virtuais 3D por técnicas de imageamento médico (p. ex. Tomografia Computadorizada) e impressas por prototipagem rápida utilizando materiais como, por exemplo, o ácido poliláctico. Sua produção para pacientes específicos requer o preenchimento de requisitos como a acurácia geométrica com a anatomia do individuo e a equivalência ao tecido, de modo que se possa realizar medidas utilizáveis, e ser insensível aos efeitos da radiação. O objetivo desse trabalho foi avaliar o comportamento de materiais impressos 3D quando expostos a feixes de fótons diversos, com ênfase para a qualidade de radiotherapia (6 MV), visando a sua aplicação na dosimetria clínica. Para isso foram usados 30 dosímetros termoluminescentes de LiF:Mg,Ti. Foi analisada também a equivalência entre o PMMA e o PLA impresso para a resposta termoluminescente de 30 dosímetros de CaSO4:Dy. As irradiações com feixes de fótons com qualidade de radioterapia foram simuladas com o uso do sistema de planejamento Eclipse™, com o Anisotropic Analytical Algorithm e o Acuros® XB Advanced Dose Calculation algorithm. Além do uso do Eclipse™ e dos testes dosimétricos, foram realizadas simulações computacionais utilizando o código MCNP5. As simulações com o código MCNP5 foram realizadas para calcular o coeficiente de atenuação de placas impressas expostas a diversas qualidades de raios X de radiodiagnóstico e para desenvolver um modelo computacional de placas impressas 3D.

    Palavras-Chave: process development units; functional models; biological materials; biological models; phantoms; three-dimensional calculations; computer-aided manufacturing; computer-graphics devices; radiotherapy; dosimetry; neoplasms; tissue-equivalent materials; clinical trials

    Icon

  • IPEN-DOC 23295

    INVERNIZZI, BRUNO P. . Soldagem circunferencial do aço inoxidável super duplex UNS S32750 pelo processo MIG com controle CMT® / Circunferencial welding aplied for inox steel super duplex UNS S32750 using the process MIG using CMT® control. 2017. Tese (Doutorado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 108 p. Orientador: Maurício David Martins das Neves.

    Abstract: Neste trabalho foram realizados experimentos de soldagem circunferencial em tubos de aço inoxidável super duplex UNS S32750, com diâmetros de 19,05 mm e 48,20 mm. Foram executadas soldas utilizando-se diversos parâmetros de soldagem num equipamento MIG com controle CMT® Cold Metal Transfer. Os cordões de solda foram avaliados por inspeção visual e dimensional, além dos ensaios de tração e microdureza Vickers, bem como a análise microestrutural em conjunto com análise de precipitação de fases, a qual foi realizada em acordo com a prática A da norma ASTM A923, e ensaio de corrosão conforme a prática A da norma ASTM G48 em conjunto com a norma ASTM A923. Os resultados indicaram que a soldagem do tubo com diâmetro de 19,05 mm apresentou cordão de solda com dimensões inaceitáveis conforme norma, tendo sido esta condição atribuída a utilização de um elevado diâmetro do arame para as condições (parâmetros) usadas de soldagem. A soldagem do tubo com diâmetro de 48,20 mm apresentou falta de penetração nas condições empregadas, quando soldado pelo processo CMT® convencional. No caso da utilização do CMT® combinado com arco pulsado, em condições que geraram maior aporte de calor durante a soldagem, assim obteve-se penetração total da junta e acabamento superficial adequado. Os resultados indicaram que a soldagem utilizando o processo CMT® combinado com arco pulsado, nas condições (parâmetros) empregados geraram bom acabamento superficial, aliado propriedades mecânicas compatíveis, atendendo exigências de normas, bem como uma microestrutura balanceada e alta resistência à corrosão.

    Palavras-Chave: stainless steels; wires; currents; electric arcs; welding; gas metal-arc welding; corrosion resistant alloys; standardization

    Icon

  • IPEN-DOC 23294

    FONTES, ERIC H. . Oxidação eletroquímica do etanol utilizando eletrocatalisadores PtRh/C em meio alcalino e sintetizados via borohidreto de sódio e redução por álcool / Electrochemical oxidation of ethanol using PtRh/C electrocatalysts in alkaline medium and synthesized by sodium borohydride and alcohol reduction. 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 108 p. Orientador: Almir Oliveira Neto.

    Abstract: Os eletrocatalisadores PtRh/C foram preparados nas seguintes proporções atômicas: (100,0), (0,100), (90,10), (70,30) e (50,50). Os métodos empregados nas sínteses foram redução via borohidreto de sódio e redução por álcool. Os sais metálicos empregados foram H2PtCl6.6H2O e (RhNO3)3 e o suporte de carbono utilizado foi carbon Vulcan XC72, a composição metálica em massa foi de 20%; e o suporte, 80%. Os eletrocatalisadores foram caracterizados por técnicas físico-químicas, espectroeletroquímica e por experimento em célula a combustível, cujo emprego se deu por uma célula unitária direta a álcool com membrana alcalina. Os eletrodos de trabalho foram preparados pela técnica de camada fina porosa. A técnica de difração de raios X permitiu verificar ligas metálicas, fases segregadas e calcular a porcentagem de ligas metálicas, bem como constatar os tipos de fases cristalinas. A técnica de espectroscopia no infravermelho permitiu verificar que a oxidação eletroquímica do etanol se dá pelo mecanismo indireto de oxidação, ou seja, para todos materiais estudados houve a produção de espécies intermediárias, em que PtRh(70:30)/C sintetizado pelo médodo de redução via borohidreto de sódio produziu grandes quantidades de CO2 e C2H4O. Rh/C mostrou-se ativo eletroquimicamente para ambos os métodos de síntese empregados. A técnica de microscopia eletrônica de transmissão permitiu calcular o tamanho médio e a área superficial média dos eletrocatalisadores. As técnicas eletroquímicas permitiram verificar a estabilidade, potencial onset e pares redox dos sistemas considerados.

    Palavras-Chave: alkaline electrolyte fuel cells; ethanol fuels; alcohol fuels; synthesis; sodium bromides; hydrides; electrochemical corrosion; spectroscopy; fourier transformation; infrared spectra; scanning electron microscopy; x-ray diffraction

    Icon

  • IPEN-DOC 23293

    ROMANO, REBECA da S.G. . Estudo da irradiação do polipropileno para possibilitar o controle de sua degradação ambiental / Study of polypropylene irradiation to ensure the control of its environmental degradation. 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 118 p. Orientador: Ademar Benévolo Lugão.

    Abstract: O PP é descartado em grande quantidade no meio ambiente, tendo em vista seu consumo muito elevado derivado de suas excelentes propriedades químicas e físicas, boa processabilidade e baixo custo. As radiações ionizantes, não ionizantes (UV e infravermelho), bem como o oxigênio e os poluentes podem causar a degradação do polipropileno (PP). A exposição à radiação ionizante pode causar na molécula de PP cisão de cadeia principal, reticulação e peroxidação (na presença de ar) entre outras. Este estudo tem como objetivo, o desenvolvimento de um PP oxidegradável por meio do controle da degradação induzida por radiação ionizante. As amostras foram processadas por injeção e expostas ao envelhecimento natural durante 180 dias e ao envelhecimento acelerado em estufa á 100°C por 192 dias e depois caracterizadas por avaliação visual, ensaios mecânicos, FTIR, SEM, DSC, TGA e DRX. As amostras de PP Grão 20 kGy, após o envelhecimento natural, apresentaram maior oxidação com presença de fissuras superficiais mais intensamente do que o PP d2w®. A resistência a tração do PP irradiado foi superior ao PP d2w® e os resultados do alongamento na ruptura mostraram uma diminuição intensa se compararmos o PP irradiado e o PP d2w® com o PP. Após a exposição natural espécies os índices de vinila e carbonila aumentaram ligeiramente devido as reações Norrish. O grupo carbonila promove uma oxidação contínua, junto à superfície fazendo com que o polímero diminua sua massa molar. O efeito da degradação natural foi evidente na ordem PP Grão 20 kGy > PP Grão 12,5 kGy = PP d2w® > PP. Por conseguinte, este conceito pode ser utilizado para produzir um PP com propriedades oxi-degradáveis de uma forma controlável.

    Palavras-Chave: polypropylene; environmental degradation; aging; ionizing radiations; gamma radiation; ultraviolet spectra; fourier transform spectrometers; scanning electron microscopy; x-ray diffraction; calorimetry; mechanical properties; pollution control

    Icon

  • IPEN-DOC 23310

    ANDRE-FILHO, J.; COAQUIRA, J.A.H.; MESTNIK-FILHO, J. ; CARBONARI, A.W. ; NAGAMINE, L.C.C.M.. Hydrogen absorption effects on the physical properties of ball-milled LaNiSn intermetallic compounds. In: TEMST, KRISTIAAN (Ed.); VANTOMME, ANDRE (Ed.); COTTENIER, STEFAAN (Ed.); PEREIRA, LINO (Ed.) INTERNATIONAL CONFERENCE ON HYPERFINE INTERACTIONS AND THEIR APPLICATIONS, July 3-8, 2016, Leuven, Belgium. Abstract... Leuven, Belgium: Instituut voor Kern- en Stralingsfysica, 2016.

    Abstract: A polycrystalline samples were prepared by arc melting high-purity elements under argon atmosphere. The samples were re-melted several times to ensure homogeneity. After arc-melting, the samples were annealed in vacuum at 800°C for 28h. After that, some samples were milled using a Ball milling technique. The hydrogenation was carried out by the Sievert’s method using a high purity hydrogen gas. X-ray diffraction (XRD) measurements indicate the formation of the TiNiSi-type orthorhombic structure with space group Pnma for the unmilled sample and its hydride. The milled samples show broad peaks and poor crystallinity hindering the analysis of the structural properties. One sample was milled with 10wt% of graphite. The analysis of the graphite-milled sample reveals that graphite preserves the structural properties (the sample shows better crystalline quality) and acts as a catalyst for the absorption of hydrogen. The analyses of the XRD patterns show that the structural parameters are modified after the hydrogenation. The transmission electron microscope images corroborate the XRD data. Mössbauer spectra (297K) of the unmilled LaNiSn show the presence of only one doublet inconsistency with the one symmetry site of Sn atoms in the TiNiSn-type structure. Moreover, spectra of the milled samples are better reproduced by considering three doublets. Those components were associated with Sn atoms occupying regular sites (D1), Sn atoms substituting Ni atoms (D2) and Sn atoms of some spurious phase or Sn atoms localized in the interface region of the grains (D3). The spectral area of the D1 component decreases at expenses of the other two components. However, the isomeric shift (IS) of D1 and D2 shows a constant value as the milling time is increased. The IS of the third doublet shows some fluctuating behavior likely related to its small spectral area. The quadrupole splitting (QS) of D2 component shows larger value than that of the D1 component and both show clear increasing tendency as the milling time is increased. After the hydrogenation, the IS shows an increase related to the samples before hydrogenation. However, the IS of the D1 and D2 components do not undergo a drastic change in value with the milling time. The value of the QS of D1 and D2 components show an increase with the milling time. This result has been assigned to the indirect interaction between Sn and H atoms which causes an asymmetric electron distribution around the Sn atoms.

    Icon

  • IPEN-DOC 23309

    KRYLOV, V.I.; BOSCH-SANTOS, B. ; CABRERA-PASCA, G.A. ; CARBONARI, A.W. ; SAXENA, R.N. ; MESTNIK-FILHO, J. . Temperature anomalies of the hyperfine magnetic fields on 111Cd probe nuclei in ferro- and antiferromagnetic phases of the ordered FeRh alloys. In: TEMST, KRISTIAAN (Ed.); VANTOMME, ANDRE (Ed.); COTTENIER, STEFAAN (Ed.); PEREIRA, LINO (Ed.) INTERNATIONAL CONFERENCE ON HYPERFINE INTERACTIONS AND THEIR APPLICATIONS, July 3-8, 2016, Leuven, Belgium. Abstract... Leuven, Belgium: Instituut voor Kern- en Stralingsfysica, 2016.

    Abstract: FeRh ordered alloy crystallizes in the bcc B2 structure [1], presents first order phase transition from antiferromagnetic (AF) ordering at low temperature to ferromagnetic (F) state above 350 K [2], and shows significant magnetocaloric effect near RT [3]. Recently, FeRh alloy has also been considered as an interesting material for spintronics applications [4]. In the AF state, FeRh has compensated AFII-type magnetic structure with μFe=3.3 μB and μRh=0. In the F state of FeRh both Fe and Rh atoms have magnetic moments of μFe=3.2 μB and μRh=0.9 μB, respectively [5]. The Fe – Rh compounds were studied by Mössbauer spectroscopy (MS) on 57Fe [6, 7] and 119Sn probe nuclei [8]. In this work, we have, for the first time, investigated the HFs for 111Cd probe atoms in two FeRh samples of different composition by perturbed γ-γ angular correlation (PAC) spectroscopy in the range from 40 K to a temperature above the TC. The alloy Fe0.48Rh0.52 (A1 sample) is AF at low temperatures. At the temperature Tt = 345 K the first order phase transition is observed, and this compound becomes F at the temperatures lower than TC = 685 K. The alloy Fe0.52Rh0.48 (A2 sample) is only ferromagnetic below TC = 800 K. It was established that in both alloys 111Cd probes substitute only Fe ions. The HFs values extrapolated to 0 K were found to be B1(0) =8.70(5) T and B2(0) =5.53(5) T for AF and F ordering of A1 and A2 samples, respectively. The HF in the AF state is almost 60% higher than the HF in the F alloy. The dependences B1 (T) and B2 (T) show anomalous behavior. At Tt = 345 K, phase transition AF-F is accompanied by a sharp decrease in the HF at 111Cd probe nuclei. Earlier, an increase of the corresponding HFs was observed for 57Fe atoms and 119Sn impurity atoms in the region of AF-F transition by MS in [6] and [8]. Analysis of B1(T) and B2(T) has allowed to obtain the temperature dependences of the competing contributions BFe (T) and BRh (T) to the HFs on 111Cd probe nuclei in FeRh alloys.

    Icon

  • IPEN-DOC 23308

    KRYLOV, VASILY I.; BOSCH-SANTOS, BRIANNA; CABRERA-PASCA, GABRIEL A.; CARBONARI, ARTUR W. . Huge negative magnetic hyperfine fields for 111Cd probe nuclei in the Fe3X (X=C, Ge, and Ga) compounds with specific properties. In: TEMST, KRISTIAAN (Ed.); VANTOMME, ANDRE (Ed.); COTTENIER, STEFAAN (Ed.); PEREIRA, LINO (Ed.) INTERNATIONAL CONFERENCE ON HYPERFINE INTERACTIONS AND THEIR APPLICATIONS, July 3-8, 2016, Leuven, Belgium. Abstract... Leuven, Belgium: Instituut voor Kern- en Stralingsfysica, 2016.

    Abstract: In recent years, Fe3X (X = C, Ga, and Ge) alloys are actively investigated experimental and theoretical methods due to their potential practical use as invar, magnetostrictive materials, and multi-layered ferromagnetic film [1-3]. The Fe3C alloy was studied by nuclear resonant scattering on 57Fe and by x-ray emission spectroscopy at high pressure up to 50 GPa because this substance could be the major Earth’s inner core component [4, 5]. In this work we found huge negative HFs reaching a magnitude of Bhf = -46T on 111Cd probe nuclei in ferromagnetic Fe3X (X = C, Ga, and Ge) alloys by perturbed γ-γ angular correlation (PAC) spectroscopy. These values are the highest known HFs on 111Cd nuclei in metallic magnets. It was established that in Fe3C crystallizing in the orthorhombic DO11 structure (Pnma space group) 111Cd probes are placed in Feg sites with 11Fe atoms as nearest neighbours (n.n.). For Feg positions, the n.n. arrangement is similar to normal hexagonal close packing. The HF value for 111Cd atoms in Fe3C is equal to Bhf = -38.0(1) T at 77K. In tetragonal DO3 crystal structure of Fe3Ga 111Cd probes are placed in both Ga sites (12 n.n. Fe) and in FeII (8n.n.Fe). The HFs for 111Cd atoms in Fe3Ga are equal to Bhf = -39.8(1) T and Bhf = -24.2(3) T at 77K for Ga and FeII sites of 111Cd localization. In hexagonal DO19 crystal structure of Fe3Ge 111Cd probes are placed in Ge sites (12 n.n.). The HF value for 111Cd probes in Fe3Ge is equal to Bhf = -46.0(1) T at 40K. There are no any anomalies of the Bhf (T) on 111Cd nuclei in the spin reorientation region of Fe3Ge. The results of this work are analyzed with the previously obtained HF’s values on 111Cd nuclei in 3d metals and their alloys including Heusler alloys.

    Icon

  • IPEN-DOC 23307

    SILVA, ANDREIA; AMARAL, ANTONIO ; LAPOLLI, ANDRE ; SAXENA, RAJENDRA ; CARBONARI, ARTUR . Investigation of hyperfine interactions in immunoglobulin G with perturbed angular correlation spectroscopy using 111Cd. In: TEMST, KRISTIAAN (Ed.); VANTOMME, ANDRE (Ed.); COTTENIER, STEFAAN (Ed.); PEREIRA, LINO (Ed.) INTERNATIONAL CONFERENCE ON HYPERFINE INTERACTIONS AND THEIR APPLICATIONS, July 3-8, 2016, Leuven, Belgium. Abstract... Leuven, Belgium: Instituut voor Kern- en Stralingsfysica, 2016.

    Abstract: Hyperfine interaction parameters have been used to investigate physical properties of biomolecules from different isotypes of immunoglobulins G (IgG1, IgG2a and IgG2b). Immunoglobulin IgG1 induces a pattern of response type Th2 that corresponds to an allergic immunological response, whereas immunoglobulin IgG2 induces a pattern of response Th1 that corresponds to a cellular immunological response, suited for response against parasites. Hyperfine interactions were measured by perturbed gamma-gamma angular correlation (PAC) spectroscopy using 111In(111Cd) and 111mCd(111Cd) as probe nuclei. The measurements were carried out for both the complete and fragmented molecules at 295 K and 77 K, and both static as well as dynamic interactions were observed. Results of both measurements were used to calculate the rotational correlation time for each studied molecule. The complete and fragmented molecules showed different dynamic interactions. It was therefore conclude that the PAC technique is quite adequate for differentiating between the isotypes of immunoglobulins as well as their dynamic behavior if adequate nuclear probe is utilized with rigorous control of measuring conditions. The hyperfine parameters obtained are related to the physical properties of each molecule in an attempt to understand the difference in their biological function.

    Icon

  • IPEN-DOC 23306

    SALES, TATIANE; CAVALCANTE, FABIO ; CABRERA-PASCA, GABRIEL; PEREIRA, LUCIANO F.; SAXENA, RAJENDRA ; CARBONARI, ARTUR . Investigation of Rare Earth (RE = La, Dy, and Er) doping of HfO2 by perturbed angular correlation spectroscopy. In: TEMST, KRISTIAAN (Ed.); VANTOMME, ANDRE (Ed.); COTTENIER, STEFAAN (Ed.); PEREIRA, LINO (Ed.) INTERNATIONAL CONFERENCE ON HYPERFINE INTERACTIONS AND THEIR APPLICATIONS, July 3-8, 2016, Leuven, Belgium. Abstract... Leuven, Belgium: Instituut voor Kern- en Stralingsfysica, 2016.

    Abstract: The hyperfine interactions at 181Hf(181Ta) probe nuclei in HfO2 samples doped with 5% rare-earth (RE = La, Dy, and Er) elements were measured by perturbed angular correlation (PAC) spectroscopy. Hafnium dioxide has been extensively studied as a potential alternative to silicon dioxide as dielectric gate material in the silicon based complementary-metal-oxide-semiconductors (CMOS) technology due to its high dielectric constant and relatively high thermal stability with respect to silicon. The addition of RE to HfO2 can suppress oxygen vacancies and promote a change in the crystal structure increasing the dielectric permitivity. Samples were prepared using the sol-gel chemical method, starting from very pure metals. The resulting powder of each sample was annealed in air at 550 o C for 12 h. The crystal structures of samples were checked by X-ray diffraction. Result revealed only a single phase corresponding to the monoclinic phase P 21/C of HfO2 for all samples. PAC spectra measured at room temperature were fitted with two electric quadrupole interactions with different environments for all samples including a pure HfO2. The major components (70-75%) were characterized by quadrupole frequencies 𝜈𝑄 ∼ 790 MHz with a distribution around 6% and asymmetry parameter 𝜂 = 0.34 for Dy- and Er-doped samples. La-doped sample showed a slightly lower frequency (𝜈𝑄 = 727 MHz) with larger asymmetry parameter (𝜂 = 0.43) for the major component. The major components are ascribed to probe nuclei at regular monoclinic sites of HfO2. The quadrupole frequency 𝜈𝑄 and asymmetry parameter 𝜂 for Dy- and Er-doped samples agree well with those values reported in the literature [1]. The minor components were characterized by 𝜈𝑄 ∼ 760 MHz with a distribution around 8% and asymmetry parameter 𝜂 = 0.75 for Dy- and Er-doped samples and 𝜈𝑄 = 783 MHz and 𝜂 = 0.61 for La-doped HfO2. These values are quite different from those reported for pure sample [1], assigned to probe nuclei near defects, and probably they are due to probe nuclei close to RE dopants, which reduce the presence of defects.

    Icon

  • IPEN-DOC 23305

    DOMIENIKAN, CLAUDIO ; BOSCH-SANTOS, BRIANNA; PASCA, GABRIEL A.C. ; SAXENA, RAJENDRA ; CARBONARI, ARTUR . Hyperfine field at La in the intermetallic compound LaMnSi2 measured by PAC using 140Ce nuclear probe. In: TEMST, KRISTIAAN (Ed.); VANTOMME, ANDRE (Ed.); COTTENIER, STEFAAN (Ed.); PEREIRA, LINO (Ed.) INTERNATIONAL CONFERENCE ON HYPERFINE INTERACTIONS AND THEIR APPLICATIONS, July 3-8, 2016, Leuven, Belgium. Abstract... Leuven, Belgium: Instituut voor Kern- en Stralingsfysica, 2016.

    Abstract: Magnetic hyperfine field has been measured in the orthorhombic intermetallic compound LaMnSi2 with PAC spectroscopy using radioactive 140La-140Ce nuclear probes. Magnetization measurement was also carried out in this compound with MPSM-SQUID magnetometer. The LaMnSi2 sample was prepared by melting pure metallic components in stoichiometric proportions in an arc furnace under argon atmosphere. After melting, the sample was annealed at 1000 o C for 60h under helium atmosphere and then quenched in to water. X-ray analysis confirmed the sample to be in a single phase with correct crystal structure expected for LaMnSi2. The radioactive nuclei, 140La (T1/2 = 40h) were produced by direct irradiation of the sample with neutrons in the IEA-R1 nuclear research reactor at IPEN with a flux of ~1013 ncm-2s-1 for about 3-4 min. The irradiated sample was annealed at 1000 o C under helium atmosphere for 24 hours before starting the PAC measurement in order to minimize the effects of eventual radiation damage by fast neutrons during irradiation as well as to allow the decay of the short lived 56Mn (T1/2 = 2.6h) activity also produced in the sample. The PAC measurements were carried out with a six BaF2 detector spectrometer at several temperatures between 10 K and 400 K. The results showed well defined magnetic dipole interaction at all temperatures. Temperature dependence of the hyperfine field, Bhf was found to be anomalous. The magnetization measurement however, showed no anomaly. Therefore, the anomalous behavior of Bhf may be attributed to the interaction where 1f electron of the dilute Ce atom is spin polarized by the magnetic field from Mn sublattice and contributes to the effective hyperfine field. The ferromagnetic transition temperature (TC) of LaMnSi2 was determined to be 400(1) K confirming by magnetic measurement and the earlier results.

    Icon

  • IPEN-DOC 23301

    SILVA, ERIC B. da ; CORREIA, JOAO G.; ZOGHBY, MICHEL; GAHL, JOHN; SCHELL, JULIANA; MATOS, IZABELA T. de ; RIBEIRO JUNIOR, IBERE S. ; CARBONARI, ARTUR W. ; HUBLER, GRAHAM K.; VIOLANTE, VITTORIO; THIOYE, MOUSTAPHA; HE, JINGHAO. Hyperfine interactions in Pd foils during D/H electrochemical loading. In: TEMST, KRISTIAAN (Ed.); VANTOMME, ANDRE (Ed.); COTTENIER, STEFAAN (Ed.); PEREIRA, LINO (Ed.) INTERNATIONAL CONFERENCE ON HYPERFINE INTERACTIONS AND THEIR APPLICATIONS, July 3-8, 2016, Leuven, Belgium. Abstract... Leuven, Belgium: Instituut voor Kern- en Stralingsfysica, 2016.

    Abstract: The Fleischmann and Pons Effect (FPE) is the appearance of anomalous excess heat during electrolytic loading of hydrogen in metal. Although observed well above measurement uncertainties [1] this effect still remains unexplained. Unlike previous studies where hydrogen (H) was pre-loaded before Time Differential Perturbed Angular Correlations (TDPAC) [2,3] was performed, this present work probes, at the nanoscopic scale, palladium (Pd) samples during H and deuterium (D) loading in 0.1M LiOH or LiOD electrolyte. Radioactive 181Hf (181Ta) was implanted at 80 keV (HISKP-Bonn) and experiments were performed at the ISOLDE-CERN SSP laboratories after vacuum annealing to recover implantation defects. An almost “flat” unperturbed PAC – R(t) spectrum was observed, as expected for Hf/Ta atoms at cubic Pd sites with no remaining point defects in their vicinity. Upon D loading the “flat” unperturbed R(t) spectrum changes to a characteristic Gaussian-like EFG distribution, centered near zero EFG, due to the random distribution of D atoms inside the Pd lattice. With increasing D concentration, the central value of the distribution becomes nonzero, thus revealing that the Pd crystalline structure is relaxed from cubic, consistent with the phase diagram for Pd hydrides. The data also shows that, while being an impurity in the system under study, the Hf/Ta atoms do not trap nor significantly interfere with the H/D atoms in the Pd lattice that would bias the present studies. Thus, further experiments aimed at studying the FPE under external excitations are envisaged.

    Icon

  • IPEN-DOC 23292

    SANTOS, P.A.A.; SAKAGAMI, Y.; HAAS, R.; PASSOS, J.C.; TAVES, F.F.; NASSIF, F.; MOREIRA, A.; MOREIRA, G.A.; MARQUES, M.T.A. ; BEU, C.; LANDULFO, E. . Atmospheric stability using Doppler Wind Lidar profiler: a Case Study in Florianópolis Island. In: WORKSHOP ON LIDAR MEASUREMENTS IN LATIN AMERICA, 9th, July 17-22, 2016, Santos, SP. Abstract... 2016.

    Abstract: The effects of atmospheric stability can be important for many wind energy applications. This work aims to investigate the atmospheric stability using two Doppler wind lidar profilers based on a simple method that analyses how the wind shear variates with height. The experiment was carried on Florianopolis Island, located in the south coast of Brazil. The dataset covered a period from December 2014 to February 2015. The Windcube08 lidar has a range from 40m to 500m and the Windcube70 lidar was setup to range from 100m to 1000m. Both lidars recorded a 10min average wind speed with a vertical resolution of 20m. In addition, a 3D sonic anemometer measured turbulent fluxes at 20Hz. The method evaluated the variation of wind shear with height and was associated with the stability classes based on Obukhov Length. The wind speed of the two lidars was compared at 100m, 200m, 300m, 400m and 500m. This comparison showed an excellent agreement, with values better than R2=0.996 and RMSE=0.15 m/s. The results of wind profile indicated an unique condition at night, where were consistently observed convective wind profiles from 40m to 120m and stratified flow above 120m. Then, the presented method was adjusted to consider wind profile heights from 120m to 300m. The analysis of the atmospheric stability also presented a good agreement when comparing both lidars. The Very stable, stable and near stable conditions represented 41,2% (Windcube08) and 27,6% (Windcube70). On the other hand, the unstable condition was dominated by a very unstable condition with 21% and 38,7%, respectively. The neutral condition was the most frequent with 36,8% and 32,2%, respectively. The results of atmospheric stability classes diverged between the two lidars from 5h to 10h UTC, because of differences on wind speed average of around -0.8 m/s from 100m to 200m. In conclusion, the site presented specific conditions, which showed the challenges to propose an universal method to estimate the atmospheric stability using only doppler wind lidar data. However, the method achieved good agreement when comparing the wind profile with the atmospheric stability classes.

    Icon

  • IPEN-DOC 23291

    BEU, CASSIA M.L. ; MARQUES, MARCIA T.A. ; LANDULFO, EDUARDO . Nocturnal jet observational study over Sao Paulo city with wind Lidar. In: WORKSHOP ON LIDAR MEASUREMENTS IN LATIN AMERICA, 9th, July 17-22, 2016, Santos, SP. Abstract... 2016.

    Abstract: Sao Paulo is the biggest city of a dense Metropolitan Region with more 38 municipalities. The statistic government agency (IBGE) estimates that more than 20 million of inhabitants live in the Metropolitan Area. Just for Sao Paulo City, the population is more than 11 million of inhabitants and 7 million vehicles, in according to Detran (the traffic agency). Such density is a challenge for managing the quality air control and several studies have been carried out to understand the pollution dispersion over Sao Paulo Metropolitan Region (SPMR). Lapat (a Sao Paulo University team that studies pollution) have been developed important researches in this topic and some results are available in its site (http://www.lapat.iag.usp.br/index.html). One important result is that car emissions have high impact over the atmospheric pollution. Although that and others initiatives, many questions remain unanswered and the observational aspects represents a huge barrier as have been highlighted in several works. The data absence in the PBL (Planetary Boundary Layer) over SPMR was emphasized in a recent work dealing with LES modelling of the Nocturnal Jet (NJ). Therefore, the PBL observational features are an important contribution to research development of SPRM pollution dispersion field. In this sense, this work presents some aspects of the NJ observed over Sao Paulo City with a wind lidar for three months period (December-2015, January-2016 and February-2016) and expect to contribute to SPMR dispersion researches.

    Icon

  • IPEN-DOC 23290

    CORREA, THAIS ; LANDULFO, EDUARDO . Monitoring the environmental impact of grain storage in the region Port of Santos by the technical LIDAR. In: WORKSHOP ON LIDAR MEASUREMENTS IN LATIN AMERICA, 9th, July 17-22, 2016, Santos, SP. Abstract... 2016.

    Abstract: The presence of particulate matter can alter the atmosphere significantly, these particles may have variable composition, and various organic and inorganic compounds, which reflects the different training modes of interaction thereof with the atmosphere and the particle lifetime in medium. The interaction of this material with the environment can have a big impact on the hydrological cycle of a given region, and the health of the resident population in the area. Brazil is a world leader in the production of grains, especially soybeans and corn. The city of Santos SP is home to the largest port in Latin America, through which all national grain production to be exported to the world. The city of Santos has constant monitoring of air quality where it detects the presence of several pollutants, including particulate matter, but only quantifies their presence. This project aims to monitor the presence of particulate material from the storage and transportation of grains in the port area of the city of Santos - SP, quantifying and assessing the impacts caused by it, analyzing its composition for possible generating sources, its form of dispersion and interaction with the environment, using the lidar technique In this project will be used a portable biaxial and articulated developed by Raymetrics Systems. The this LIDAR transmission system works with a laser commercial pulsed Nd: YAG laser, operating at wavelengths of 1054, 532 and 355 nm, and the pulse energy of 120 mJ at a rate of laser repetition of 20 Hz and the pulse width is 20 ns, giving the system a spatial resolution of 3.75 m. This equipment will be transported and operated into the storage area of grain, enabling real-time monitoring of generated plumes.

    Icon

  • IPEN-DOC 23289

    MORAES, ANA P.F. ; LANDULFO, EDUARDO ; LOPES, FABIO J. da S. ; ANDRADE, MARIA de F.. Atmospheric Profile of Porto Nacional-TO in the burning season and correlation with respiratory diseases. In: WORKSHOP ON LIDAR MEASUREMENTS IN LATIN AMERICA, 9th, July 17-22, 2016, Santos, SP. Abstract... 2016.

    Abstract: The advance of brazilian agricultural frontier to North, reaching the State of Tocantins, brought the economic development to the region, but also the environmental impact. Burnings are very used to clean the cerrado (brazillian savanna) files. This procedure increased, becoming visible and making people complain about health as the smoke interfers in the local athmosphere. The literature reports the influence of aerosols in the people health at other places for a long time ago. It can’t be find this kind of investigation in the Tocantins’ cerrado. As the lidar is a tool of inquestionable importance for the athmospheric analises, it’s indispensable its utilization to feature the burning impact on cerrado’s athmosphere. Porto Nacional, a city distant 55 quilometers from the capital Palmas, was studied because it’s included in the agricultural frontier. The city has also been growing due to the university implantation, including the medicine college, attracting students and researchers. Thus, the factors listed above stimulated this interdisciplinary master science work, adding to the study of athmosphere profile, the attemptive to co-relate the burnings to the admissions for respiratory diseases in the city’s hospital, using the agreement between ITPAC-Porto and IPEN-USP.

    Icon

  • IPEN-DOC 23288

    GUERRERO-RASCADO, J.L.; BENAVENT-OLTRA, J.A.; ORTIZ-AMEZCUA, P.; LANDULFO, E. ; ALADOS-ARBOLEDAS, L.. Analyzing the turbulent structure of the Planetary Boundary Layer by Elastic lidar. In: WORKSHOP ON LIDAR MEASUREMENTS IN LATIN AMERICA, 9th, July 17-22, 2016, Santos, SP. Abstract... 2016.

    Abstract: The part of troposphere in direct contact with Earth’s surface is known as planetary boundary layer (PBL). This region, endowed with turbulent behavior, is the main responsible for the exchange of momentum and energy between the atmosphere and surface. These characteristics make the understanding of PBL structure important for a wide set of studies, which vary from weather forecasting to pollutant dispersion. However, this layer has a great variability throughout the day, and the classical instruments used to study it has temporal limitation (radiosoundings) or spatial limitation (anemometric and eddy covariance towers). Under this scenario, lidar systems have been fairly applied in the last decade due to the absence of such kind constraints. In this study, we used an elastic lidar to analyze the turbulent behavior of PBL and its internal processes. VELETA, a Raman lidar (Raymetrics Inc) operating at 355 and 387 nm with 1-s temporal and 7.5-m spatial resolutions, held the data acquisition. This system, located at IISTA-CEAMA (Andalusian Institute for Earth System Research) in Granada – Spain, is part of EARLINET (European Aerosol Research Lidar Network).We obtained the value of 1-h averaged atmospheric transmittance, T(r),and from it 1-s backscatter profiles, β(r), are derived. These values of β(r) were used to estimate the high order statistics moments (variance, skewness and kurtosis) and energy spectrum. This study enabled us to carry out a detailed description of PBL and it confirms the feasibility of elastic lidar signals for the characterization of the PBL turbulence as evidenced by other more sophisticated techniques such as high spectral resolution lidars (McNicholas, 2014) and rotational Raman lidars (Behrendt, 2015). In the near future we will apply the same methodology to a Doppler lidar and we will also study aerosol fluxes from the synergy of Doppler and elastic lidars.

    Icon

  • IPEN-DOC 23287

    MOREIRA, G.A. ; GUERRERO-RASCADO, J.L.; BENAVENT-OLTRA, J.A.; ORTIZ-AMEZCUA, P.; LANDULFO, E. ; ALADOS-ARBOLEDAS, L.. A comparison among statistical and classical methods to obtain the planetary boundary layer height by lidar data. In: WORKSHOP ON LIDAR MEASUREMENTS IN LATIN AMERICA, 9th, July 17-22, 2016, Santos, SP. Abstract... 2016.

    Abstract: The planetary boundary layer (PBL) is the lowermost part of the troposphere, which is characterized by large variability in its statical stability and turbulence along the day. This varying behavior makes the PBL height determination a key for a wide set of studies, including pollutant dispersion and weather forecasting. Due to its variability throughout the day, PBL monitoring requires instrumentation with high temporal and spatial resolution. During the last two decades lidar (light detect and ranging) systems have been largely applied to this kind of study. However, the PBLH discrimination by lidar is not straightforward, because algorithms are necessary to interpret the experimental data and remove ambiguities in layer attribution. Nevertheless, under situations of high atmospheric complexity, the algorithms might misunderstand PBLH top with other sublayers. In this study, we will compare the classical methods (Variance, Gradient and Wavelet Covariance Transform) with a statistical method based on Kalman filter, in an attempt to evaluate the strengths and weakness of each one. The measurements were recorded in the city of Granada – Spain during 2015 with the Raman lidar VELETA (Raymetrics Inc), operating at 355 and 387 nm with 1-min and 7.5-m resolutions. All methods were validated by Bulk Richardson Number obtained from simultaneous, collocated radiosounding data. This study will give us background for further improvements of the algorithms used in order to solve the difficulties encountered in the process of PBL height detection. In particular, the results will contribute to improve synergic methodologies combining different instruments.

    Icon

  • IPEN-DOC 23286

    SANTOS, RENATA; CAMILO, DANIEL; ARAUJO, MARCOS P.; GUEDES, ANDERSON; HOELZEMANN, JUDITH; HENRIQUE, JOSE; LOPES, FABIO ; LANDULFO, EDUARDO ; MONTILLA-ROSERO, ELENA. First Urban Boundary layer determination from Lidar measurements at Natal (Brazil). In: WORKSHOP ON LIDAR MEASUREMENTS IN LATIN AMERICA, 9th, July 17-22, 2016, Santos, SP. Abstract... 2016.

    Abstract: The planetary boundary layer (PBL) height is a crucial parameter for air quality monitoring or forecasting and is essential for the interpretation of atmospheric constituents. A first determination of PBL height has been done through the identification of the minimum in the vertical gradients of Lidar profiles measured with a multiwavelength polarized Lidar system (named DUSTER) developed by the Laser Environmental Application Laboratory (LEAL) at the Nuclear and Energy Research Institute (IPEN, São Paulo, Brazil) and installed in February, 2016 at the Department of Atmospheric and Climate Sciences of the Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN) in the city of Natal, Rio Grande do Norte, in the Brazilian Northeast (5°50’29 S, 35°11’57 W, sea level). In this work, the first information about daily evolution of urban PBL height in Natal is presented.

    Icon

  • IPEN-DOC 23285

    SALANI, MARIA H.G. de A. ; LANDULFO, EDUARDO . Monitoring of pollutants and environmental impact dispersion in santos estuary by the technique LIDAR. In: WORKSHOP ON LIDAR MEASUREMENTS IN LATIN AMERICA, 9th, July 17-22, 2016, Santos, SP. Abstract... 2016.

    Abstract: The atmosphere is a medium that deforms easily through its movements carrying the gaseous compounds and particles away from places where they were generated. In big cities, due to its complex structure, it is very difficult to identify and quantify their polluting sources, which impacts directly on questions regarding the reduction of pollutants’ emission, that are aimed to improve the health of the population. Estuaries may suffer indirect contamination through atmospheric deposition, which can be one of the main forms of contamination of the aquatic environment. This study seeks to identify and to quantify the presence of suspended particulate material in the port of Santos area, which receives pollution of emission of vehicles, ships, industrial operations. The chosen area for monitoring, in order to quantify and to measure this particulate material, was the estuary of the Port of Santos, located in the state of São Paulo, in the city of Santos, Lat. 23º59’24’’S e Long. 46º20’12’’W. The methodology used is the remote sensing technique known as laser lidar to monitor, in near real time, atmospheric emissions of particulate matter and trace gases, from the estuary of the Port of Santos-SP. The lidar operates a commercial pulsed-laser transmission system, and its configuration offers complete overlap between the system's field of vision and the laser beam at an altitude of approximately 180m. It is intended to find a methodology capable of monitoring the emissions of particulate material in the air, based on the processing of data from the measurement performed by the Lidar’s system. It allows the identification of the sources and characteristics (size and type) of the particulate material; as well as the pattern of its dispersion can be identified and studied.

    Icon

  • IPEN-DOC 23284

    LANDULFO, E. ; LOPES, F.J.S. ; BARBOSA, H.M.J.; GOUVEIA, D.A.; FORNO, R.N.; SANCHEZ, M.F.; BASTIDAS, A.E.; NISPERUZA, D.; MONTILLA-ROSERO, E.; SILVA, A.; HOELZEMANN, J.J.; RISTORI, P.; QUEL, E.J.; BARJA, B.; ANTUNA, J.A.. Checking the instrumental performance of LALINET: quality assurance during the period 2014-2015. In: WORKSHOP ON LIDAR MEASUREMENTS IN LATIN AMERICA, 9th, July 17-22, 2016, Santos, SP. Abstract... 2016.

    Abstract: The recently published study of Guerrero-Rascado et al. (2016) reporting a diagnosis on the LALINET network instrumentation initiated the analysis of the instrumental status of LALINET. The current study presents the instrumental activities performed on LALINET with the aim of improving the monitoring capabilities of this network to characterize the aerosol particle field on continental scale. To guarantee the quality and standardization of products offered by the LALINET network, a robust quality assurance program based on regular instrumental tests (inherited from EARLINET, the European Aerosol Research Lidar Network, Pappalardo et al. [2014]) has been applied. In particular, the quality assurance tests performed were: (i) quadrants telecover and in-out telecover tests to analyze lidar signals in the near range, (ii) Rayleigh fit to analyze lidar signals in the far range, (iii) dark current measurement to evaluate electronic noise and (iv) zero-bin calibration / trigger delay to evaluate time delays. These tests, mandatory for all LALINET systems, were carried out annually. This paper reveals the evolution of the instrumental quality in the network, highlighting the improvements/degradations which have been taking place under the period of analysis 2014-2015.

    Icon

  • IPEN-DOC 23283

    GORDILLO, M.; MONICK, G.; ROMAN, R.; LYAMANI, H.; TITOS, G.; GUERRERO-RASCADO, J.L.; BASTIDAS, A.E.; HOELZEMANN, J.J.; LANDULFO, E. ; BARBOSA, H.M.J.; MONTILLA-ROSERO, E. ; NISPERUZA, D.. Absorbing aerosols monitoring over remote regions. In: WORKSHOP ON LIDAR MEASUREMENTS IN LATIN AMERICA, 9th, July 17-22, 2016, Santos, SP. Abstract... 2016.

    Abstract: Although the Earth’s atmosphere consists primarily of gases, aerosols and clouds play important roles in the Earth’s energy balance and climate. Aerosols alter the Earth’s energy budget directly by scattering and absorbing radiation and indirectly by modifying cloud microphysical and radiative properties. Evaluation of aerosol effects on climate must take into account high spatial and temporal variation of aerosol amounts and properties as well as the aerosol interactions with clouds and precipitation. Combustion of carbonaceous fuels for the production of energy inevitably results in the emission of gas and particulate air pollutants. A large fraction of the emitted particles are light absorbing carbonaceous aerosols that exhibit very large optical absorption across the spectrum. The most measured light absorbing carbonaceous aerosol is black carbon (BC), a unique primary tracer for combustion emissions as it is not emitted by any other sources. In the project “Absorbing aerosols monitoring over remote regions”, we have used a lightweight aircraft to obtain information on the BC and other light absorbing carbonaceous aerosols concentrations. Thus, we have determined the regional heterogeneity and vertical distribution in the atmosphere of carbonaceous aerosols with a minor payload and for a fraction of the costs associated with large airborne platforms. The aircraft has been equipped with an aethalometer to measure aerosol absorption at different wavelengths. The wavelength dependence of absorption will enable us to apportion BC concentrations to two major sources: biomass and fossil fuel combustion. Measurements have been performed throughout the flight including regions where no or very little measurements have been performed in the past, such as the Arctic, Africa, South America and over the Atlantic Ocean. Along the flight special spiral flights over lidar stations operated in the frame of the global network GALION were carried out and were analyzed in this work. Plumes of pollution and mineral dust were detected and by the use of back trajectories the possible source regions were identified.

    Icon

  • IPEN-DOC 23282

    NAKEMA, WALTER M.; HAO, ZUOQIANG; LOPES, FABIO J.S. ; LANDULFO, EDUARDO . Estimation in situ of extinction coefficient of particles using Cavity Ring-Down Spectrometer. In: WORKSHOP ON LIDAR MEASUREMENTS IN LATIN AMERICA, 9th, July 17-22, 2016, Santos, SP. Abstract... 2016.

    Abstract: Lidar measurements present limitation regarding to the determination of extinction coefficient on the surface (where most aerosol particles are concentrated) due to geometrical issues and overlap functions. An attempt to overcome these feature, it is purposed an approach using a Cavity Ring-Down Spectrometer (CRDS) for monitoring in situ the optical properties of aerosols in a continuous visible-range between 630 and 650 nm. The CRDS is a very sensitive and calibration-free direct absorption spectroscopic technique that provides absolute values of optical extinction by samples that scatter and absorb light. Simultaneous measurements of scattering and extinction coefficients were performed by an elastic lidar in order to compare the respective magnitude of values.

    Icon

  • IPEN-DOC 23281

    COSTA, RENATA F. da ; LANDULFO, EDUARDO ; GUARDANI, ROBERTO; WRIEDT, THOMAS; VESELOVSKII, IGOR; KORENSKIY, MIKHAIL. Particle size distribution retrieval from measurements of industrial flare using an elastic lidar. In: WORKSHOP ON LIDAR MEASUREMENTS IN LATIN AMERICA, 9th, July 17-22, 2016, Santos, SP. Abstract... 2016.

    Abstract: The emission of pollutants in megacities and industrial areas can have strong impacts on climate and health. In recent years, there has been a growing concern about air emissions containing nanometric particles whose presence, together with volatile organic compounds, nitrogen oxides, and others, can result in the formation of a series of gaseous pollutants and aerosol. More accurate measurements of the concentration and size distribution of soot are important not only from an environmental point of view, but also to human health. The objective of this study was to determine the particle size distribution in the chimney of a refinery in Cubatao. For this, it used an approach based on inversion methods traditionally used to calculate parameters of atmospheric aerosols, the context of aerosols of industrial flares. The results were consistent with the scientific literature, it is possible to determine some parameters of size distribution of particles from an industrial torch flame using a system handling three wavelengths with an acceptable level of mismatch. A study by the Angstrom exponent was carried out in order to validate the inversion algorithm developed in this work. The results of this study showed that corroborate experimental data with the theoretical curves and thus the algorithm can be used as a tool for measuring atmospheric emissions from industrial torches. The development of this project will be an important step, not only from a technological point of view, but also rather as a resource to address emission problems that may arise in the future, among the measures aimed at controlling climate change.

    Icon

  • IPEN-DOC 23280

    LOPES, FABIO J.S. ; GUERRERO-RASCADO, JUAN L.; LANDULFO, EDUARDO ; KROTKOV, NICKOLAY; HUGHES, ERIC; SILVA, ARLINDO da. Aerosol layer observation of 2015 Calbuco volcanic eruption over the LALINET São Paulo station. In: WORKSHOP ON LIDAR MEASUREMENTS IN LATIN AMERICA, 9th, July 17-22, 2016, Santos, SP. Abstract... 2016.

    Abstract: On the 22nd of April 2015, the Calbuco volcano sited at the South region of Chile had its first eruption since 1972, injecting a huge plume of volcanic aerosol particles and gases up to 21 km into the atmosphere. As part of the Latin America Lidar Network’s (LALINET) aim to monitor any atmospheric event the LALINET São Paulo station (SPU) started continuous observation in order to monitor the dispersion of volcanic aerosol layer and their altitude and optical properties. After 5 days, on 27 April 2015, some volcanic plumes arrived over the Metropolitan area of São Paulo (MASP) and were detected by the SPU system within the altitude range of 18-19 km. The timing and altitude of SPU observations coincide with transport and dispersion simulations of the volcanic cloud’s arrival at São Paulo, from the Goddard Earth Observing System Model, version 5 (GEOS-5) and Goddard Chemistry Aerosol Radiation and Transport (GOCART) model from NASA Goddard Space Flight Center. The models simulate the volcanic eruption’s injection of SO2, SO4, and ash into the atmosphere and the advection of the volcanic plume away from the volcano. The purpose of this study is to determine the optical properties of the volcanic plume such as AOD and Lidar ratio. Applying the transmittance method used previously for cirrus clouds it was possible to retrieve the AOD value of 0.16 ± 0.21 and a lidar ratio of 64 ± 4 sr.

    Icon

  • IPEN-DOC 23279

    GOUVEIA, DIEGO A.; BARJA, BORIS; BARBOSA, HENRIQUE de M.J.; LANDULFO, EDUARDO ; ALMEIDA, PAULO; ROSAS, JORGE. Study cases of cirrus cloud radiative effect in manaus region during august – october 2014. In: WORKSHOP ON LIDAR MEASUREMENTS IN LATIN AMERICA, 9th, July 17-22, 2016, Santos, SP. Abstract... 2016.

    Abstract: Cirrus clouds radiative effect on shortwave radiation (CRE) has been studied combining lidar measurements with a state of the art radiative transfer code and solar radiation measurements at ground during September – October 2014. For this purpose, two days with persistent cirrus clouds over two Lidar sites, near Manaus - Brazil, were selected during this time (September 3 – 5, 2014). The UV Raman Lidar operates at 355 nm with 10 Hz and 95 mJ per pulse and the detection efficiency is high enough to give good signal to noise ratio at the cirrus altitudes even during daytime. The VIS Raman lidar operates at 532 nm with 20 Hz and 200 mJ per pulse. The UV Raman Lidar (UVRL) is located at T0e (2.89 ºS 59.97 ºW) and the VISRaman lidar in T2 (3.21 ºS 60.60 ºW). The radiative transfer code was adapted to the local conditions at the sites, using water vapor and temperature profiles from the operational radiosondes (~30 km) as well as locally measured surface albedo. Runs of the atmospheric radiative transfer code were conducted both under the presence of cirrus clouds and in clear sky conditions. The diurnal behavior of the CRE profile is analyzed and the presence of cirrus clouds is proved with instruments onboard Calipso and MODIS measurements. The calculated shortwave broadband cloud radiative effect values have negative sign, the mean daily cloud radiative effect ranging from −0.5 W/m2 to −52 W/m2, at the top of atmosphere and lower effect at the surface. A close correlation between the negative cirrus radiative effect and optical depth (anticorrelation) was found at the top of the atmosphere and at the surface when broadband solar irradiances calculations are analyzed. Also some calculations with different ice crystal sizes were conducted in order to evaluate the change in the CRE. Using these two lidar systems around the city of Manaus, the behavior of the cirrus clouds in the region was shown, during the second GoAmazon 2014, Intensive Operating Period (IOP2), from August 15 to October 15.

    Icon

  • IPEN-DOC 23278

    MONTILLA-ROSERO, ELENA; LOPES, FABIO ; GUEDES, ANDERSON; HOELZEMANN, JUDITH; HENRIQUE, JOSE; GERRERO-RASCADO, JUAN L.; ALADOS, LUCAS; LANDULFO, EDUARDO . Tropospheric vertical profiles of aerosol optical parameter at Brazilian Northeastern: preliminary results. In: WORKSHOP ON LIDAR MEASUREMENTS IN LATIN AMERICA, 9th, July 17-22, 2016, Santos, SP. Abstract... 2016.

    Abstract: For understanding the dust transport processes and retrieving essential data for continuing validation and improvement of satellite products as for evaluating and improving aerosol and dust simulations with global and regional models as well, a multi-wavelength elastic depolarizing LIDAR system, developed by the Center of lasers and applications at IPEN, has been collocated with a sunphotometer CIMEL at Natal, northeastern city of Brazil. Through vertical profiling of dust optical and microphysical properties i.e, backscatter and extinction coefficients and particle depolarization ratio at 532 nm, the LIDAR system is planned to be a crucial point for progress on the assessment of aerosol radiative impact and aerosol-cloud interaction research. In this work, the first measurements carried out with the depolarization channels during February, March and April 2016, and the retrieved vertical profiles of aerosol backscatter coefficient are presented. Three-dimensional air mass back trajectory analysis was also conducted to determine the source regions of aerosols observed during this study.

    Icon

  • IPEN-DOC 23277

    MERIZIO, L.G.; BONTURIM, E. ; SILVA, I.G.N.; RODRIGUES, L.C.V.; BRITO, H.F.. Sr2MgSi2O7:Eu2+, Dy3+ long persistent luminescence material synthesized by microwave-assisted solid-state method (MASS). In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON LUMINESCENCE, 18th, August 27 - September 1, 2017, João Pessoa, PB. Abstract... 2017.

    Abstract: Persistent luminescence materials can emit light for several hours after ceasing an irradiation source. Studies involving these materials have increased in lasts years mainly due to their singular properties 1. Dissilicates (Sr2MgSi2O7) present promising results, however the ordinary processes require high annealing temperatures and time (~1200 °C, 5 h). A current challenge is find alternatives synthesis methods that can reduce these elevated time and temperatures required. Microwave-Assisted Solid-State synthesis (MASS) is an excellent alternative that can achieve high temperatures in only a few minutes allowing synthesis times around 25 minutes. In this work, Sr2MgSi2O7:Eu2+,Dy3+ was synthesized by MASS. The SrCO3, (MgCO3)4(Mg(OH)2), SiO2, and R2O3, (R3+: Eu, Dy) precursors were grinded and then annealed in a domestic microwave oven using carbon as susceptor at 1000 W for 10 minutes and 900 W for 15 minutes. The excitation spectrum (Fig.1 left red) shows a broad band from 250 to 450 nm assigned to the Eu2+ 4f65d1 ← 4f7 transitions. Several Eu3+ 4f – 4f absorption peaks are observed at e.g. 396, 420 and 450 nm. The emission spectra (Fig. 1, left blue) shows a broad band centered at 470 nm arising from Eu2+ parity allowed 4f65d1 → 4f7 transition with no Eu3+ emission, which indicates energy transfer from Eu3+ to Eu2+. The CIE chromaticity diagram (Fig. 1 right) shows a blue color (x: 0.105; y: 0.236). An important characteristic of this material is the possibility to excite efficiently in the visible range (blue region), allowing applications in the storage of sun light energy.

    Icon

  • IPEN-DOC 23276

    FELINTO, M.C.F.C. ; GAIOLLO, E.; MOREIRA, R.P.; BONTURIM, E. ; BARBOSA, H.P.; SILVA, I.G.N.; PEDROSO, C.C.S.; BRITO, H.F.; TEOTONIO, E.E.S.; MALTA, O.M.L.. Submicron-crystals of BaWO4:Dy3+ and SrWO4:Dy3+ synthetized by green chemistry method. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON LUMINESCENCE, 18th, August 27 - September 1, 2017, João Pessoa, PB. Abstract... 2017.

    Abstract: Nowadays, the investigation of oxide based light emitting materials for white lightemitting diodes (w-LEDs) applications have generated interest due to the advantages such as long lifetime, low energy consumption, high luminescence efficiency and environmental friendliness [1]. These qualities make them a strong candidate for the solid state lighting, display devices, optoelectronic devices and light-emitting diodes (LEDs). In this work, we present results of Dy3+: BaWO4 and Dy3+: SrWO4 that present luminescence close to white color (Figure 1) left. They were synthetized using coprecipitation method. The emission spectra exhibit four emission transitions centered at around 486 nm, 576 nm, 665 nm and 760 nm corresponding to the transitions 4F9/26H15/2 (blue), 4F9/26H13/2 (yellow) 4F9/26H11/2 and 4F9/26H9/2 6F11/2 (red) respectively.Among these transitions 4F9/26H15/2 and 4F9/26H13/2 are observed to be strong whereas 4F9/26H11/2 transition is found to be relatively quite weak.The 4F9/26H13/2 transition is hypersensitive in nature and is strongly influenced by the environment around the Dy3+ ion site. It is observed in the luminescence spectra of these materials that the electric dipole transition is dominant compared to the magnetic dipole transition. The CIE diagram show emission close to white (Fig.1 right) for the five composition with little distortion of the color showing the influence of dopant concentration in the color of the emission.

    Icon

  • IPEN-DOC 23275

    FELINTO, M.C.F.C. ; MOREIRA, R.P.; BONTURIM, E. ; BARBOSA, H.P.; BRITO, H.F.; TEOTONIO, E.E.S.; MALTA, O.M.L.. Submicro-crystals of BaWO4:Eu3+ and BaMoO4:Eu3+ synthetized by Pechini Method. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON LUMINESCENCE, 18th, August 27 - September 1, 2017, João Pessoa, PB. Abstract... 2017.

    Abstract: In the scheelite-related red phosphors, molybdate and tungstate are respectable high-quality host material. The central metal ions, Mo6+ and W6+, are coordinated to four oxygen atoms in tetrahedral symmetry (Td). Then, molybdate and tungstate demonstrate be chemically stable, red-emitting phosphors, very suitable for in lightening and bio-application.[1] Additionally, molybdate and tungstate phosphors have broad absorption bands owing to charge transfer (CT) from oxygen to metal in the near-UV region. Scheelite BaMoO4 and BaWO4 have almost ideal structure of the MO4 2− and display excellent thermal and hydrolytic stability [2-3]. Rare Earth Molybdates and Tungstate x%Eu:(BaMO4)3 submicron materials with smart photoluminescent properties were prepared using Pechini method. The powders were characterized by XRD, infrared absorption spectroscopy, thermal analyses, Scanning Electronic Microscopy and a criterions study of PL properties. These rare earth doped materials present highly intense red (Eu3+), luminescence under UV radiation. The structure change with the concentration of dopand, in this case concentration of Eu3+. The excitation spectra of these compounds presented broad bands arising from ligand–to–metal charge transfer (O→Mo6+, O→W6+ and O→Eu3+) and narrow bands related to 4f–4f intraconfigurational transitions. The emission spectra exhibited the 5D0→7FJ (J= 1–4) transitions, for the systems doped with Eu3+, while a broad band assigned to the LMCT (O→Mo;W) are observed when the excitation is monitored on the O→Mo;W LMCT state around 286 nm

    Icon

  • IPEN-DOC 23274

    FELINTO, MARIA C.F.C. ; SOUZA, LUANA A.; BONTURIM, EVERTON ; NAKAMURA, LIANA K.O. ; CAMARGO, PEDRO; BRITO, HERMI F.; TEOTONIO, ERCULES E.S.; MALTA, OSCAR M.L.. Silver nanoparticle Plasmon Effect in the luminescence of X%Ag0@7.5%Eu(tta)3.TOPO-PVP system. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON LUMINESCENCE, 18th, August 27 - September 1, 2017, João Pessoa, PB. Abstract... 2017.

    Abstract: Surface Plasmon’s (SP) are known as collective oscillations of the conduction electrons induced by incident light at a metallic interface. They attract increasing interest for their applications to surface enhanced Raman spectroscopy (SERS), metal enhanced fluorescence (MEF), non-linear optics (NLO), etc. In the MEF fluorophores are not covalently coupled to the silver nanoparticles, which can facilitate the control of the fluorophores-to-metal separation, using a polymer thin film as the spacer, to study this phenomenon. Nowadays Plasmon coupled RE ion sistems are of great scientific significance [1-2]. In this work, the polyvinylpyrrolidone polymer, PVP, powder (0.3 g) was dissolved in ethanol or water (50 mL) followed by the addition of the required amount (from 7.5% in mass) of the Ln3+-complex in ethanol and added 0.1-10%(w/w) of Ag0 nanoparticles in relation of Eu3+ mass. The mixed solution was stirred (30 minutes), then cast onto a Petri dish. The polymer film was obtained after the total evaporation of the solvent. These films were characterized using IR spectroscopy, XPD, TGA, TEM, absorption and photoluminescence spectroscopy. The luminescence spectra of the films doped with Ag0 have the same profile of undoped films, exhibiting characteristic bands assigned to 5D07FJ (J= 1-4) at 581, 596, 615 and 702 nm. The intensity parameters of the film with and without Ag0 in various concentrations of metallic nanoparticle were determined. The only difference in these systems remaining in the intensity of the bands of Eu3+ ion that increase in a factor of ~1000X (Fig. 1).

    Icon

  • IPEN-DOC 23273

    BONTURIM, E. ; REIS, R. dos; MERIZIO, L.G.; RODRIGUES, L.C.V.; BRITO, H.F.; FELINTO, M.C.F.C. . Investigation of rare earth distribution in Sr2MgSi2O7:Eu2+,Dy3+ nanophosphors prepared by wet-chemical routes. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON LUMINESCENCE, 18th, August 27 - September 1, 2017, João Pessoa, PB. Abstract... 2017.

    Abstract: Luminescent materials have been developed through ne chemistry methods that help to achieve a better control of parameters such as morphology, particle size, atomic homogeneity and high purity single phase in low temperature synthesis.[1, 2] In this work, the material Sr1:98MgSi2O7 nanoparticles doped with 0.01 mol of Eu2+ and codoped with 0.01 mol of Dy3+ was prepared via Pechini and Condensation methods. Post-annealing by microwave assisted method using granular coal as the susceptor/reducing agent [3] was applied on both materials and their luminescent properties were compared. The structural position of Eu2+ used as the activator ions determines photoluminescence properties. The luminescence spectra of Sr2MgSi2O7:Rn+ nanomaterial (R: Eu2+, Dy3+) shows a high emission broad band assigned to the intercon gurational transition 4f65d1 ! 4f7 centered around 460 nm, which is overlapped with a low emission lines attributed to the 4F9=2 ! 6H13=2 transition of Dy3+ ion (Fig. 1b). Elemental mappings obtained by Energy Dispersive X-Ray (EDX) presents dopants more likely to be found at the edge, indicating a possible segregation of rare earths to the grain boundaries during the synthesis (Fig. 1c). The persistent luminescence phenomenon emitting in a blue region was observed for both nanomaterials.

    Icon

  • IPEN-DOC 23272

    PIRES, NATALIA S.M.; DANTAS, ANDREA T.; DUARTE, ANGELA L.B.P.; AMARAL, MARCELLO M. ; FERNANDES, LUANA O.; DIAS, TEREZA J.C.; MELO, LUCIANA S.A.; MOTA, CLAUDIA C.B.O.; SILVA, PATRICIA F.C.; GOMES, ANDERSON S.L.. Labial mucosa evaluation in systemic sclerosis using optical coherence tomography. In: CONFERENCE ON LASERS AND ELECTRO-OPTICS, May 14-19, 2017, San Jose, California, USA. Resumo expandido... Washington, DC, USA: OSA, 2017. p. JW2A.51.

    Abstract: A clinical study was developed to evaluate the labial mucosa using optical coherence tomography in 33 systemic sclerosis patients and 35 healthy control. The mucosa presented statistically significant characteristics between the groups.

    Icon

  • IPEN-DOC 23271

    NUNES, R.M.; COSTA, D.; SOUZA, S.B.R. de; ORTIZ, N. . The comparison of charcoal activation processes to improve methylene blue adsorption for water treatment. In: IWA LEADING EDGE CONFERENCE ON WATER AND WASTEWATER TECHNOLOGIES, 14th, May 29 - June 02, 2017, Florianópolis, SC. Resumo expandido... London, UK: International Water Association, 2017.

    Abstract: A series of charcoal activation processes was performed to absorb and remove methylene blue (MB) from synthetic solutions. The MB adsorption can also promote valuable measurements for charcoal activated processes evaluation. The higher activations efficiencies were obtained using potassium chloride, potassium carbonate and water stream. The activated charcoal removal percentages were 90, 88 and 79 % respectively, the surface coverage degree (Ɵ) 2.87, 5.72 and 6.04 % and surface area of 230.0, 145.0 and 121.9 (m2/mg).

    Icon

  • IPEN-DOC 23270

    BONTURIM, EVERTON ; MERIZIO, LEONNAM G.; REIS, ROBERTO dos; BRITO, HERMI F.; RODRIGUES, LUCAS C.V.; FELINTO, MARIA C.F.C. . Persistent luminescence of inorganic nanophosphors prepared by wet-chemical synthesis. Journal of Alloys and Compounds, v. 732, p. 705-715, 2018. DOI: 10.1016/j.jallcom.2017.10.219

    Abstract: The synthesis of efficient nanosized persistent luminescence materials remains a challenge for the community. Paradoxically, due to the dependence of the point lattice defects and the persistent luminescence efficiency, the control of the defect formation, favorable when the materials are prepared at high temperatures, normally leads to particle growth and sintering. In this work, efficient nanosized rare earth doped disilicates Sr2MgSi2O7:Eu2þ,Dy3þ were synthesized via three different wet-chemical methods taking advantages of the microwave-assisted reduction process as a support step to produce high-quality polycrystalline materials. The crystallite size of the sample showed to be smaller when the decomposition temperature of the precursors is higher and close to the phase formation energy. The excitation VUV spectroscopy indicated that despite being nanocrystalline, the materials optical band gap has just a small difference compared one to another. The reduction of Eu3þ to Eu2þ was successfully obtained, since the f-d interconfigurational transitions of Eu2þ 4f65d1/4f7 emission were observed in the blue region of the spectra. The persistent luminescence efficiency measured through its lasting decay time was close to the commercial materials references and with the advantage of having size control during the synthesis method that can lead to the size dependent applications of photonic materials.

    Icon

  • IPEN-DOC 23176

    BELLONI, MARCIO ; CONTI, THADEU das N. ; TOMIATO, JOSE L.. Geração distribuída fotovoltáica: aspectos técnicos e legais. 2017. Beau Bassin, Mauritius: Novas Edições Acadêmicas, 109 p.

    Abstract: Há muitas décadas se conhece o fato de que os semicondutores, quando iluminados, produzem diferença de potencial gerando eletricidade, mas só recentemente esta tecnologia tornou-se economicamente viável para o público em geral. No início, era utilizada apenas em satélites e outros usos mais específicos. Hoje temos carregadores de aparelhos celulares, aquecedores de água e toda sorte de utilizações para as células fotoelétricas. Contudo, no Brasil esta tecnologia chegou recentemente, tornando-se viável e acessível ao consumidor comum, que pode gerar sua própria energia elétrica para consumo. Além da captação da energia solar e transformação desta em energia elétrica pelas células fotoelétricas, o sistema engloba outros conceitos. As células fotoelétricas geram corrente contínua, que podem até abastecer lâmpadas led de 12v, mas deve ser invertida para corrente alternada, podendo assim, alimentar motores e aparelhos preparados para a eletricidade convencional. Um dos grandes problemas dos geradores solares são os acumuladores, mas a RN. 482/12 e RN 687/15, vieram trazer a solução de conexão ao sistema de distribuição elétrica possibilitando abandonar os bancos de baterias.

    Icon

  • IPEN-DOC 23134

    SILVA, DANIEL P. da . Otimização da análise por ativação neutrônica instrumental para o estudo de homogeneidade dentro do frasco de materiais de referência de origem marinha / Optimization of instrumental neutron activation analysis for the within-bottle homogeneity study of reference materials of marine origin. 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 99 p. Orientador: Edson Gonçalves Moreira.

    Abstract: A utilização de materiais de referência tem sido crescente em laboratórios químicos, uma vez que são importantes para a validação de métodos analíticos. Tais materiais são em geral importados, o que demanda altos investimentos financeiros para adquiri-los, e, portanto, impacta na não utilização dos mesmos por muitos laboratórios nacionais. A certificação de um material de referência é um processo complexo que pressupõe oferecer ao usuário valores atribuídos às propriedades de interesses no material. Neste processo, deve ser realizada a verificação da homogeneidade do material nos frascos. No presente estudo, foi realizado o estudo de homogeneidade dentro do frasco para os elementos K, Mg, Mn, Na e V em dois materiais de referência certificados de origem marinha: o material de referência de mexilhão, produzido no Laboratório de Ativação Neutrônica (LAN) do IPEN - CNEN/SP e o material de referência de tecido de ostra produzido no exterior. Para tanto, os elementos foram determinados por Análise por Ativação Neutrônica Instrumental, com massas variando entre 1 e 250 mg e estimou-se a massa mínima que variou de 0,015 g para Na no material de referência de mexilhão a 0,100 g para V nos dois materiais de referência.

    Palavras-Chave: neutron activation analysis; gamma radiation; potassium; magnesium; manganese; sodium; vanadium; marine surveys; molluscs; mussels; biological markers

    Icon

  • IPEN-DOC 23130

    PEREIRA, CLOTILDE C. . Desenvolvimento de membranas aniônicas obtidas por enxertia via irradiação para aplicação em células a combustível alcalinas / Development of anionic membranes produced by radiation-grafting for alkaline fuel cell applications. 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 144 p. Orientador: Elisabete Inácio Santiago. Coorientador: Leonardo Gondim de Andrade e Silva.

    Abstract: As membranas de troca aniônica são uma alternativa promissora para o desenvolvimento de eletrólitos mais eficientes para células a combustível alcalinas. Em geral, as membranas de troca aniônica são ionômeros capazes de conduzir íons hidroxila devido aos grupos quaternário de amônio e têm como característica elevado pH equivalente. Com o objetivo de desenvolver membranas aniônicas química e termicamente estáveis, com satisfatória condutividade iônica para aplicação em células a combustível alcalinas, as membranas aniônicas foram sintetizadas a partir de polímeros base de polietileno de baixa densidade (LDPE), polietileno de ultra alto peso molecular (PEUHMW), poli(etileno-co-tetrafluoroetileno) (PETFE) e poli(tetrafluoroetilleno-co-hexafluoroetileno) (PFEP) previamente irradiados nas fontes de radiação gama de 60Co ou com feixe de elétrons, para enxertia do monômero de estireno e funcionalizados com trimetilamina para incorporação dos grupos quaternário de amônio. As membranas resultantes foram caracterizadas por espectroscopia de ressonância paramagnética eletrônica (EPR), espectroscopia Raman, termogravimetria (TG), espectroscopia de impedância eletroquímica (EIS), além da determinação do grau de enxertia, capacidade de absorção de água por gravimetria e capacidade de troca iônica, por titulação. As membranas sintetizadas com os polímeros LDPE e UHMWPE pré-irradiados a 70 kGy com feixe de elétrons e armazenadas a baixa temperatura (-70 °C) por até 10 meses, mostraram resultados de condutividade iônica, quando na forma (OH-), de 29 mS.cm-1 e 14 mS.cm-1 a 65 °C, respectivamente. Os filmes de PFEP irradiados no processo simultâneo mostram níveis de enxertia insuficientes para a síntese de membranas aniônicas, necessitando maiores estudos para aperfeiçoar os processos de irradiação e enxertia. As membranas baseadas em PETFE, pré-irradiadas a 70 kGy com feixe de elétrons e armazenadas a baixa temperatura (-70 °C) por até 10 meses, mostraram maior condutividade iônica, quando na forma hidroxila (OH-), com valores de condutividade iônica entre 90 mS.cm-1 e 165 mS.cm-1 na faixa de temperatura entre 30 e 60 °C. Estes resultados mostraram que membranas de LDPE, UHMWPE e PETFE são eletrólitos promissores para a aplicação em células a combustível alcalinas.

    Palavras-Chave: gamma radiation; cobalt 60; ion exchange materials; membranes; graft polymers; alkaline electrolyte fuel cells; electron spin resonance; raman spectroscopy; thermogravimetry; electric impedance; spectroscopy; process development units

    Icon

  • IPEN-DOC 23133

    PAREDES, WILBER E.B. . Avaliação in vitro da composição e microdureza dos tecidos duros da cavidade bucal submetidos à irradiação gama / In vitro assessment of the composition and microhardness of hard tissues of oral cavity submitted to gamma irradiation. 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 145 p. Orientador: Delvonei Alves de Andrade.

    Abstract: A radioterapia clínica é de fundamental importância para o tratamento de lesões malignas localizadas na região de cabeça e pescoço, contudo, a exposição à irradiação ionizante, pode levar a complicações sistêmicas ou locais durante e após o tratamento radioterápico. Dentre estas complicações locais imediatas, destaca-se na cavidade oral a xerostomia e a consequente mucosite oral. A respeito das complicações tardias produzidas pela radioterapia, salientam-se a cárie de radiação e a osteorradionecrose, lesões dose dependentes, com alto nível de incidência nas últimas décadas e de difícil manejo, embora estas se apresentem após o término do tratamento e sob influência de fatores locais. A metodologia proposta no presente estudo visa analisar o efeito que exerce a radiação gama após a aplicação da radioterapia, utilizando-se a dose empregada em pacientes acometidos com câncer de cabeça e pescoço. As amostras foram obtidas a partir de esmalte dentário e dentina radicular humanos e osso mandibular suíno, as quais foram previamente polidas, e em seguida analisadas quanto à microdureza de superfície inicial de todos os grupos. Posteriormente, as amostras foram irradiadas sob uma taxa de dose de 4 Gy por dia, completando uma dose total de 72 Gy. Finalmente, as amostras foram submetidas a análise da microdureza de superfície após irradiação, a qual apresentou resultados estatisticamente significantes a partir dos testes de t de student, ANOVA e Tukey com respeito à diferença da média dos valores iniciais e finais de cada grupo de estudo com um valor de p = 0,00 (<0.05). Quanto à análise morfológica na microscopia eletrônica de varredura (MEV), o efeito deletério da irradiação gama manifestou-se na forma de trincas, quebras e fraturas superficiais dos tecidos analisados e à análise bioquímica pela técnica de reflexão total atenuada por meio da espectroscopia no infravermelho por transformada de Fourier (ATR - FTIR), a degradação dos componentes inorgânicos e a desnaturação dos compostos orgânicos foi evidente, pelo qual determinou-se o efeito deletério da irradiação gama sobre os tecidos duros da cavidade bucal com respeito às propriedades mecânicas, composicionais e morfológicas, e da ação contribuinte desta independente dos fatores locais e sistêmicos no paciente irradiado.

    Palavras-Chave: neoplasias; radiotherapy; in vitro; bone cells; oral cavity; enamels; dentin; roots; cobalt 60; gamma radiation

    Icon

  • IPEN-DOC 23135

    VILLANI, DANIEL . Avaliação de dosímetros de óxido de alumínio pela técnica OSL na dosimetria de campos de fótons clínicos utilizados no tratamento radioterápico em arco modulado volumétrico / Evaluation of aluminum oxide dosimeters using OSL technique in dosimetry of clinical photom beams on volumetric modulated arc treatment. 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 109 p. Orientador: Letícia Lucente Campos Rodrigues.

    Abstract: O tratamento utilizando Radioterapia em Arco Modulado Volumétrico é a modalidade mais moderna de radioterapia conformacional de forma que, com superposição de vários campos, as distribuições de dose forneçam uma perfeita conformação ao tumor, diminuindo a probabilidade de complicações nos tecidos normais adjacentes. Nesse sentido, muitos esforços estão sendo investidos para melhorar a conformidade de distribuição de dose, bem como a integração de técnicas de imagem para rastreamento de tumores e correção de variações inter e intrafração. Para isso, um intenso acompanhamento da qualidade dos processos e um programa de garantia de qualidade são fundamentais para a segurança dos pacientes e o cumprimento da legislação vigente; além do uso de diferentes metodologias de dosimetria para inter comparação e validação dos resultados. Este trabalho tem por objetivo avaliar e comparar o desempenho dos dosímetros OSL de óxido de alumínio (Al2O3:C) fabricados pela Landauer Inc. com os fabricados pela Rexon™ na dosimetria de feixes clínicos de fótons de energias altas empregados em radioterapia com tratamento em arco modulado volumétrico (VMAT) utilizando diferentes objetos simuladores. Os dosímetros foram caracterizados para radiação gama do 60Co e para feixes clínicos de fótons de 6 MV típicos de tratamentos por VMAT em condições de equilíbrio eletrônico e de dose máxima respectivamente. Testes de desempenho das leitoras TL e OSL utilizadas e repetibilidade das amostras foram avaliadas. Após realizados todos os testes, os dosímetros foram irradiados na simulação de diferentes tratamentos radioterápicos por VMAT e suas respostas comparadas ao sistema de planejamento. Todos os tipos de dosímetros apresentaram resultados satisfatórios na verificação das doses desse tipo de simulação de planejamento. Os dosímetros de Al2O3:C apresentaram resultados compatíveis entre si e validados pelos outros dosímetros e câmara de ionização. Em relação a melhor técnica, o sistema comercial OSL InLight apresenta maior praticidade e versatilidade para uso e aplicação na rotina clínica.

    Palavras-Chave: dosimetry; photometry; aluminium oxides; cobalt 60; gamma radiation; dosemeters; thermoluminescent dosemeters; luminescence; stimulated emission; optical pumping; volumetric analysis; dose rates; dose ratemeters

    Icon

  • IPEN-DOC 23138

    OLIVEIRA, EDUARDO S. . Ablação seletiva de um filme de nitreto de titânio em substrato de carboneto de tungstênio utilizando laser de pulsos ultracurtos / Selective ablation of a titanium nitride film on tungsten carbide substrate using ultrashort laser pulses. 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 90 p. Orientador: Wagner de Rossi.

    Abstract: Revestimentos superficiais são aplicados à muitas ferramentas de usinagem na indústria metalúrgica com o intuito de melhorar a eficiência de corte e aumentar sua vida útil. Neste trabalho foram realizados testes para remoção do recobrimento de nitreto de titânio alumínio (TiAlN) em pastilhas de carboneto de tungstênio (WC-Co), utilizando um feixe laser de pulsos ultracurtos. Após a determinação dos limiares de dano do filme e do substrato foram ablacionados na superfície do recobrimento, traços utilizando duas condições de ablação. Inicialmente operou-se no regime de baixa fluência do filme, e posteriormente no regime de baixa fluência do substrato, muito abaixo do limiar do filme, aplicando-se alta sobreposição de pulsos. Um sistema de espectroscopia de emissão atômica induzida por laser (LIBS) foi montado para monitoramento dos materiais presentes no plasma gerado pelo laser, porém o sistema não apresentou sensibilidade suficiente para leitura da baixa intensidade do plasma proveniente do processo e não foi utilizado. Após a análise dos traços por microscopia eletrônica, perfilometria óptica e espectroscopia por fluorescência de Raios-X, não foi possível determinar um processo seguro para realizar a remoção seletiva do filme em questão, porém, devido aos dados obtidos e observações dos resultados em alguns traços, novas possibilidades foram levantadas, abrindo a discussão para a realização de trabalhos futuros.

    Palavras-Chave: short wave radiation; pulses; plasma; lasers; titanium nitrides; films; tungsten carbides; ablation; surface properties; coatings; materials working; electron microscopy; x-ray fluorescence analysis; fluorescence spectroscopy

    Icon

Próxima página

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

Repositórios Digitais Institucionais: a experiência

do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares

(IPEN)

Mery P. Zamudio Igami

Biblioteca Terezine Arantes Ferraz

1 Repositórios Digitais Institucionais – RDI

A tecnologia da informação modificou significativamente todas as atividades rotineiras da sociedade. O surgimento das redes de comunicação transformou o ambiente onde elas atuam mudando o conceito de espaço e tempo no âmbito da comunicação e informação pela instantaneidade da transmissão de dados.

Na área de comunicação científica não foi diferente. Toda a cadeia de produção, disseminação, publicação e armazenamento de documentos científicos experimentou uma grande transformação, impactando de forma positiva a produção e consumo da informação científica na área acadêmica. O surgimento da internet e da WWW, na década de 80, aceleraram as mudanças na forma de comunicar e disseminar os trabalhos acadêmicos que passaram do suporte exclusivamente em papel para o suporte digital.

Na mesma época houve uma significativa crise mundial devido aos altos preços praticados pelas editoras no processo de assinatura das publicações periódicas, tornando inviável a sustentação das coleções pelas bibliotecas e afetando diretamente a consulta pelos usuários. Como reação da própria comunidade científica surgiu então o movimento de livre acesso à informação científica, mais conhecido por Open Access Iniciative (KURAMOTO, 2012).

Esse movimento defende a disponibilização na internet da literatura acadêmica e científica permitindo que seja lida, descarregada, distribuída, impressa e pesquisada livremente.

É importante o registro histórico desse movimento não somente porque está diretamente relacionado à criação dos RDIs, mas também porque ele possibilitou várias mudanças estruturais no fluxo da comunicação científica. Os editores perderam a exclusividade de distribuição (comercialização) da pesquisa científica, uma vez que na era digital é possível que isso seja realizado de forma descentralizada e por iniciativa de cada autor.

1.1 O movimento do Open Access Iniciative - OAI

A partir de 1999, os movimentos em favor do acesso livre à literatura científica, principalmente à literatura produzida sob financiamento público, consolidaram-se.

A comunidade acadêmica envolvida nesses movimentos corroborou o seu apoio por meio de declarações formais, dentro das quais se destaca a Declaração de Budapest – BOAI –1 em 2002, onde foram emitidos os conceitos básicos do OAI, e a Declaração de Berlim2 em 2003, onde se destacou a natureza institucional dos repositórios digitais de livre acesso como um espaço organizado baseado em regras de utilização que conferem credibilidade aos materiais publicados e em políticas de arquivamento a longo prazo.

O movimento Open Archives Iniciative desenvolveu padrões de interoperabilidade buscando facilitar a comunicação eficiente de conteúdo. Foram também estabelecidas duas modalidades para viabilizar a disponibilidade dos conteúdos: a via verde que diz respeito ao autodepósito nos RDs e a via dourada que inclui as revistas que publicam os artigos com livre acesso.

O primeiro repositório digital (ArXiv.org )3 foi instalado no laboratório de física, em Los Álamos, EU, coordenado pelo físico Paul Ginsparg (1996), motivado pela insatisfação com os rumos na política de aquisição das publicações científicas e a crescente inviabilidade das bibliotecas americanas de manter as coleções atualizadas. Daquela época para a atual aconteceram inúmeras mudanças positivas nos modelos de funcionamento dos repositórios promovidas pela evolução da TI.

________________________________________________

1 Budapest Open Access Iniciative - http://www.budapestopenaccessinitiative.org

2 Open Access - http://openaccess.mpg.de/Berlin-Declaration

3 General Information about Arxiv - http://arxiv.org

Não existe um modelo único para a criação dos RDIs; cada instituição define a política de depósito adequada ao contexto da sua comunidade. O importante é que essa comunidade valide e utilize a plataforma tornando-a uma vitrine da sua produção científica.

No país, o movimento de Acesso Aberto e construção de Repositórios Digitais Institucionais tiveram um grande incentivo e apoio técnico do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia – (IBICT) (INSTITUTO BRASILEIRO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, 2009). De acordo com o Diretório internacional de RDIs – o DOAR4, até o momento, há no país 153 repositórios digitais em funcionamento, dos quais a maioria é mantida pelas instituições onde a comunidade produz os trabalhos científicos. Desses RDIs, 74% utilizam o software Dspace5.

1.2 O Projeto de Lei sobre os Repositórios Digitais

Em 2007, foi apresentado o Projeto de Lei no senado PL1120/2007 (BRASIL, 2007), que torna obrigatório nas universidades e institutos de pesquisa o desenvolvimento e implantação de RDIs nas instituições de origem, bem como torna obrigatório o autodepósito da produção científica por parte dos seus pesquisadores. Além disso, o Projeto de Lei determina a formação de uma comissão de alto nível para discutir, propor e estabelecer uma política de livre acesso à informação científica. Além de simplesmente criar mecanismos de disseminação da informação científica, o Projeto propõe a criação de uma comissão para discutir políticas e estabelecer diretrizes a serem adotadas em nível nacional pelas instituições que produzem informação científica.

1.3 O que são os RDIs?

Os RDIs constituem atualmente um avanço na gestão do conhecimento intelectual. Podem receber diversas denominações tais como equipamentos institucionais, observatórios digitais, instrumentos ou ferramentas de gestão de conhecimento e outras.

________________________________________________

4 The Directory of Open Access Repositories – OpenDOAR - http://www.opendoar.org

5 Software livre para construção de Repositorios Institucionais Digitais (Dspace) - http://www.ibict.br/pesquisa-desenvolvimento-tecnologico-e-inovacao/Sistema-para-Construcao-de-Repositorios-Institucionais-Digitais

Um dos aspectos mais importantes dos RDIs é que eles estão inseridos na política institucional de gestão do conhecimento e são essencialmente instrumentos gerenciais de onde se obtém indicadores para auxiliar na gestão da política científica das instituições de pesquisa.

Sob a ótica documentária um RDI constitui um serviço de informação científica em ambiente digital, interoperável e de acesso aberto, dedicado ao gerenciamento da produção científica de uma instituição. Contempla a reunião, armazenamento, organização, preservação, recuperação e, sobretudo, a ampla disseminação e visibilidade da informação científica produzida na instituição.

1.3.1 O que caracteriza um repositório digital?

a) a organização, armazenamento, acesso e distribuição de documentos digitais;

b) a utilização de padrões abertos acessibilidade;

c) as funcionalidades que o software selecionado permite;

d) a utilização de metadados com padrão internacional – interoperabilidade;

e) o arquivo digital anexado;

f) o acesso de buscadores para elaboração de rankings internacionais - visibilidade;

g) o autodepósito dos trabalhos;

h) a monitoração, controle e elaboração de indicadores.

2 O RDI do IPEN

O prestígio de uma instituição de pesquisa está fortemente vinculado aos resultados dos elementos intangíveis, por exemplo, qualidade no ensino da pós-graduação, e tangíveis como os resultados da pesquisa, entre eles a Produção científica. Tradicionalmente, o IPEN, por meio da sua unidade de informação, mantém a sua produção científica organizada e atualizada desde sua criação em 1956. No entanto, devido ao avanço da tecnologia da informação, tornou-se necessário atualizar a plataforma gerenciadora dessa informação já armazenada, com a consequente modernização no processo de gestão do capital intelectual.

No decorrer de 2013, seguindo outras instituições no país, como por exemplo, a Universidade de São Paulo, a Universidade Estadual Paulista e a Universidade Estadual de Campinas, a Direção do IPEN decidiu criar o seu repositório, uma vez que a matéria prima para concretizar esta ação já se encontrava disponível e organizada de tal forma que se garantiria a sustentabilidade do RDI.

A política de gestão da produção científica é uma prática rotineira no IPEN. Diferentemente da maioria dos repositórios em funcionamento, o RDI do IPEN já nasce com um volume significativo de matéria-prima digital organizada, com políticas definidas de auto arquivamento e de preservação da produção científica.

Porém, o fator determinante de sucesso foi o modelo de indexação e organização dos documentos adotado pela biblioteca desde o início em 1976, quando ainda se constituía em uma base de dados referencial. Este fato facilitou o processo de migração e compatibilização dos metadados para o novo padrão internacional adotado, o Dublin Core, garantindo interoperabilidade com outros repositórios digitais, uma das principais características dos RDIs.

Em novembro de 2013, foram iniciados os trabalhos de construção do RDI do IPEN. Inicialmente foram programadas visitas do grupo de informática e da biblioteca a instituições com experiências bem-sucedidas, como, por exemplo, o Instituto de Pesquisas Espaciais – (INPE) em São José dos Campos e a Universidade de São Paulo- USP, com o objetivo de conhecer melhor o projeto de RDIs dessas instituições e selecionar o modelo mais adequado à realidade do IPEN.

As visitas técnicas embasaram a decisão de selecionar o software Dspace para confecção do repositório do IPEN. O Dspace é um software livre especializado no gerenciamento de repositórios resultante de um projeto colaborativo da MIT Libraries e da Hewlett-Packard Company, amplamente utilizado no mundo. No Brasil, graças ao incentivo do IBICT em Brasília, o DSpace é utilizado por 75% das instituições que possuem repositórios.

2.1 O processo de migração

Em dezembro de 2013, foi iniciado o processo de criação do novo repositório do IPEN, após um estudo preliminar do software e contratação de uma empresa para a capacitação das equipes da biblioteca e da informática.

Nos meses seguintes foram efetuados os testes de implantação do Dspace, configuração, desenho da nova arquitetura do banco de dados, compatibilização e criação de novos metadados, desenvolvimento de funcionalidades.

Na época, a produção científica contabilizada era de 19.200 itens. A migração gradual desses itens iniciou-se em julho de 2014.

Internamente, além de todas as funções inerentes e habituais a um repositório, o diferencial do RDI do IPEN diz respeito à integração com os dados registrados no sistema de informação gerencial e planejamento do instituto, o SIGEPI. Trata-se da uma funcionalidade especial, desenvolvida em ambiente externo ao Dspace, porém acrescentada no momento do registro do documento no Dspace via metadado específico, de tal forma que cada trabalho registrado no RD se correlaciona, automaticamente com a atividade do Plano Diretor à qual o autor do IPEN está vinculado.

Para essa finalidade foi efetuado um exaustivo trabalho de identificação dos nomes completos dos autores do IPEN (lista de autoridades), com as suas respectivas variáveis na forma de citação e agrupamento dos trabalhos. Foi atribuído um número único de identificação para cada autor, o ID autor IPEN, formato semelhante ao Researcher ID utilizado pela base internacional Web of Science. Essa facilidade constituiu um filtro que ao ser acionado reúne e apresenta rapidamente todos os trabalhos de um determinado autor.

Ao RDI está vinculada também uma tabela estatística, atualizada on-line a cada registro introduzido. Essa funcionalidade destina-se à obtenção de dados para a elaboração de índices e quadros estatísticos a serem confeccionados fora do ambiente do Dspace para subsidiar os pesquisadores e os gestores do IPEN, com informações para a monitoração, administração e elaboração de indicadores científicos fornecidos para o Plano Diretor do IPEN, o relatório anual da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior( CAPES) e outros, bem como para cumprir as exigências dos órgãos financiadores de pesquisa.

O modelo adotado para a coleta dos trabalhos também difere de outros. Nesta primeira etapa foi considerado mais conveniente o serviço de informação (biblioteca) responsabilizar-se pela coleta, depósito e complementação dos dados, utilizando as fontes de informação nacionais e internacionais. Assim, a unidade de informação realiza periodicamente a verificação dos trabalhos publicados pelos pesquisadores nas bases Web of Science, Scopus, Scielo, INIS e Currículo Lattes. Após a eliminação das duplicatas e localização dos documentos na íntegra efetua-se o depósito no RDI.

Trata-se de um modelo de depósito que esta sendo testado, há vantagens e desvantagens. A principal vantagem diz respeito à economia de tempo do pesquisador uma vez que se elimina a obrigatoriedade do autodeposito, tornando, porém, imprescindível por parte do pesquisador à atualização do seu Currículo Lattes. A maior desvantagem foi absorvida pela Biblioteca, qual seja a coleta periódica dos documentos publicados bem como a localização e obtenção da evidência dos mesmos.

Importante registrar que a construção do RD foi uma iniciativa muito nova na instituição, que demandou um trabalho detalhado, cuidadoso e gradual das equipes de desenvolvimento de sistemas e da biblioteca, dado a pouca familiaridade com a nova plataforma. Alia-se a esse fato a opção de utilizar um software livre, onde certas funcionalidades ainda não foram desenvolvidas.

Em setembro de 2014, após oito meses de trabalho, as equipes conseguiram migrar 23%, das coleções, foi uma tarefa que demandou ajustes, adequações, testes e decisões internas, dado o grande nível de detalhamento dos dados, motivo de comemoração das equipes, após cada etapa finalizada e bem sucedida. Contamos também com a assessoria de uma empresa especializada no assunto, a qual guiou a equipe da informática em cada funcionalidade desenvolvida. Nesse ritmo de trabalho, foi possível completar o processo de migração em fevereiro de 2015. Finalmente, em junho desse mesmo ano, o RDI foi disponibilizado na Internet.

2.2 Desempenho do RDI em 2015

Atualmente o novo RDI:

- dispõe de uma identidade própria e permanente, (ex: http://repositorio.ipen.br );

- utiliza as estatísticas de uso do Google Analytics;

- é reconhecido pelo Google Scholar e outras máquinas de busca da Internet;

- participa dos rankings internacionais de repositórios institucionais (Ex: Webometrics);

- tem registro nos Diretórios Internacionais de RIs (Ex. DOAR);

- interopera com sistemas congêneres.

Conforme foi mencionado, a criação do RDI e a migração dos dados constitui a primeira etapa dentro de um projeto maior, qual seja institucionalizar e operacionalizar a gestão da produção científica do IPEN. Após o processo se consolidar em entrar em rotina de funcionamento, as próximas etapas a serem desenvolvidas pelas equipes, dizem respeito à:

- automação da coleta dos documentos;

- otimização das ferramentas de busca;

- obtenção de relatórios estatísticos customizados;

- otimização do lay-out do RDI;

- acréscimo de novas coleções;

- desenvolvimento de novas funcionalidades.

A pesquisa no RDI é muito simples e segue os padrões da maioria das bases de dados. É possível pesquisar por autor, título, assunto, ID de autor IPEN, ano de publicação, combinar palavras- chave de busca e assim por diante. Apresenta também uma tabela estatística funcionando em tempo real, distribuída por nível monográfico; isso permite que a direção e o corpo técnico científico acompanhe a evolução quantitativa dos documentos depositados no RDI.

Uma das últimas funcionalidades acrescentadas ao RD, diz respeito à sinalização dos autores do IPEN. Ao clicar no símbolo do autor é possível acessar a página do pesquisador, onde se apresentam os seguintes dados: as variáveis do nome, uma tabela com todos os trabalhos constantes no RDI , bem como um quadro resumo numérico. Dessa forma o autor pode visualizar, acessar e monitorar à sua produção científica com o texto completo de forma rápida e simples . O quadro resumo se configura ainda como uma linha do tempo para o autor.

Por se constituir em um equipamento totalmente apoiado na tecnologia da informação, o RDI é um recurso institucional dinâmico sujeito a constantes atualizações e melhorias, o qual deve garantir a confiabilidade dos dados providos bem como assegurar a sua sustentabilidade.

3 Referências bibliográficas

BRASIL. Projeto de Lei do Senado 1120/2007 Dispõe sobre o processo de disseminação da produção técnico-científica pelas instituições de ensino superior no Brasil e dá outras providências. Diário oficial da Republica Federativa , Brasília, DF, Disponível em: http://www.camara.gov.br/sileg/integras/461698.pdf Acesso em: set. 2014.

INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA - IBICT Repositórios digitais. Site institucional. Brasília: 2009. Disponível em: http://www.ibict.br/informacao-para-ciencia-tecnologia-e-inovacao%20/repositorios-digitais Acesso em set. 2014.

KURAMOTO, H. Acesso livre: como tudo começou. Brasília, 2012. Blog. Disponível em: http://kuramoto.blog.br/2012/02/27/acesso-livre-como-tudo-comecou Acesso em: set. 2014.

SP, janeiro de 2016