REPOSITÓRIO DIGITAL DA PRODUÇÃO TÉCNICO CIENTÍFICA

 

 

 

Apresentação

 

O Repositório Digital do IPEN é um equipamento institucional de acesso aberto, criado com o objetivo de reunir, preservar, disponibilizar e conferir maior visibilidade à Produção Científica publicada pelo Instituto, desde sua criação em 1956.

Operando, inicialmente como uma base de dados referencial o Repositório foi disponibilizado na atual plataforma, em junho de 2015. No Repositório está disponível o acesso ao conteúdo digital de artigos de periódicos, eventos, nacionais e internacionais, livros, capítulos, dissertações, teses e relatórios técnicos. [Saiba mais]

 

Comunidade no repositório

Selecione a comunidade para navegar nas coleções.

Submissões recentes

  • IPEN-DOC 24367

    REIS, S.L. ; MUCCILLO, E.N.S. . Influence of small amounts of gallium oxide addition on ionic conductivity of La0.9Sr0.1Ga0.8Mg0.2O3-δ solid electrolyte. Ceramics International, v. 44, n. 1, p. 115-119, 2018. DOI: 10.1016/j.ceramint.2017.09.139

    Abstract: The effects of small amounts of gallium oxide on intragrain and intergrain conductivity of La0.9Sr0.1Ga0.8Mg0.2O3-δ are investigated by impedance spectroscopy in the 280–420 °C range. Bulk specimens with 0.5, 1.0 and 1.5 mol% gallium oxide are prepared by solid state reaction at 1350 °C. All specimens achieved relative density values higher than 95%. The additive promotes grain growth indicating solid solution formation. A small fraction of the additive remains at grain boundaries and increases the fraction of the gallium-rich, LaSrGa3O7, impurity phase. The intragrain conductivity of gallium oxide containing specimens is higher than that of the parent solid electrolyte. Similar effect is found for the intergrain conductivity, which is maximum for 1 mol% gallium oxide addition.

    Icon

  • IPEN-DOC 24324

    BARBIERO, LAURENT; SIQUEIRA NETO, MARCOS; BRAZ, ROSANGELA R.; CARMO, JANAINA B. do; REZENDE FILHO, ARY T.; MAZZI, EDMAR; FERNANDES, FERNANDO A.; DAMATTO, SANDRA R. ; CAMARGO, PLINIO B. de. Biogeochemical diversity, O2-supersaturation and hot moments of GHG emissions from shallow alkaline lakes in the Pantanal of Nhecolândia, Brazil. Science of the Total Environment, v. 619-620, p. 1420-1430, 2018. DOI: 10.1016/j.scitotenv.2017.11.197

    Abstract: Nhecolândia is a vast sub-region of the Pantanal wetland in Brazil with great diversity in surface water chemistry evolving in a sodic alkaline pathway under the influence of evaporation. In this region, > 15,000 shallow lakes are likely to contribute an enormous quantity of greenhouse gas to the atmosphere, but the diversity of the biogeochemical scenarios and their variability in time and space is a major challenge to estimate the regional contribution. From 4 selected alkaline lakes, we compiled measurements of the physico-chemical characteristics of water and sediments, gas fluxes in floating chambers, and sedimentation rates to illustrate this diversity. Although these lakes have a similar chemical composition, the results confirm a difference between the black-water and green-water alkaline lakes, corresponding to distinct biogeochemical functioning. This difference does not appear to affect lake sedimentation rates, but is reflected in gas emissions. Black-water lakes are CO2 and CH4 sources, with fairly constant emissions throughout the seasons. Annual carbon dioxide and methane emissions approach 0.86 mol m− 2 y− 1 and 0.07 mol m− 2 y− 1, respectively, and no clear trend towards N2O capture or emission was observed. By contrast, green-water lakes are CO2 and N2O sinks but important CH4 sources with fluxes varying significantly throughout the seasons, depending on the magnitude of the phytoplankton bloom. The results highlight important daily and seasonal variations in gas fluxes, and in particular a hot moments for methane emissions, when the O2-supersaturation is reached during the afternoon under extreme bloom and sunny weather conditions, provoking an abrupt O2 purging of the lakes. Taking into account the seasonal variability, annual methane emissions are around 10.2 mol m− 2 y− 1, i.e., much higher than reported in previous studies for alkaline lakes in Nhecolândia. Carbon dioxide and nitrous oxide consumption is estimated about 1.9 mol m− 2 y− 1 and 0.73 mmol m− 2 y− 1, respectively. However, these balances must be better constrained with systematic and targeted measurements throughout the seasons.

    Icon

  • IPEN-DOC 24325

    DOMIENIKAN, C. ; BOSCH-SANTOS, B. ; CABRERA-PASCA, G.A.; SAXENA, R.N. ; CARBONARI, A.W. . Anomalous behavior of the magnetic hyperfine field at 140Ce impurities at La sites in LaMnSi2. AIP Advances, v. 8, n. 5, p. 055702-1 - 055702-6, 2018. DOI: 10.1063/1.5006897

    Abstract: Magnetic hyperfine field has been measured in the orthorhombic intermetallic compound LaMnSi2 with perturbed angular correlation (PAC) spectroscopy using radioactive 140La(140Ce) nuclear probes. Magnetization measurements were also carried out in this compound with MPSM-SQUID magnetometer. Samples of LaMnSi2 compound were prepared by arc melting the component metals with high purity under argon atmosphere followed by annealing at 1000°C for 60 h under helium atmosphere and quenching in water. X-ray analysis confirmed the samples to be in a single phase with correct crystal structure expected for LaMnSi2 compound. The radioactive 140La (T1/2 = 40 h) nuclei were produced by direct irradiation of the sample with neutrons in the IEA-R1 nuclear research reactor at IPEN with a flux of ∼ 1013 n cm−2s−1 for about 3 - 4 min. The PAC measurements were carried out with a six BaF2 detector spectrometer at several temperatures between 10 K and 400 K. Temperature dependence of the hyperfine field, Bhf was found to be anomalous. A modified two-state model explained this anomalous behavior where the effective magnetic hyperfine field at 140Ce is believed to have two contributions, one from the unstable localized spins at Ce impurities and another from the magnetic Mn atoms of the host. The competition of these two contributions explains the anomalous behavior observed for the temperature dependence of the magnetic hyperfine field at 140Ce. The ferromagnetic transition temperature (TC) of LaMnSi2 was determined to be 400(1) K confirming the magnetic measurements.

    Icon

  • IPEN-DOC 24326

    MUCCILLO, ELIANA N.S. ; CARVALHO, SABRINA G.M.; MUCCILLO, REGINALDO . Electric field-assisted pressureless sintering of zirconia–scandia–ceria solid electrolytes. Journal of Materials Science, v. 53, p. 1658-1671, 2018. DOI: 10.1007/s10853-017-1615-3

    Abstract: Electric field-assisted (flash) pressureless sintering experiments were carried out in ZrO2 ceramics doped with 10 mol% Sc2O3 and 1 mol% CeO2 (10Sc1CeSZ). All experiments were conducted isothermally at 1050 °C for 2–5 min with the application of a 100–150 V cm−1 AC electric field at 1 kHz with 1–4 A limiting current in green compacts and in samples pre-sintered at different temperatures. Shrinkage level, structural phases and grain morphology data were collected by dilatometry, X-ray diffraction and scanning electron microscopy analyses, respectively. The results showed that for the same delivered electric power, the final shrinkage was higher for higher temperature applications of the electric field and for higher electric current pulses. Moreover, the higher the porosity, the higher the final densification of the flash-sintered 10Sc1CeSZ samples, showing that pores play a role as a preferential path in the flash sintering mechanism.

    Icon

  • IPEN-DOC 24327

    RICARDO, LUIZ C.H. . Crack propagation by finite element method. Frattura ed Integrità Strutturale, v. 43, p. 57-78, 2018. DOI: 10.3221/IGF-ESIS.43.04

    Abstract: Crack propagation simulation began with the development of the finite element method; the analyses were conducted to obtain a basic understanding of the crack growth. Today structural and materials engineers develop structures and materials properties using this technique. The aim of this paper is to verify the effect of different crack propagation rates in determination of crack opening and closing stress of an ASTM specimen under a standard suspension spectrum loading from FD&E SAE Keyhole Specimen Test Load Histories by finite element analysis. To understand the crack propagation processes under variable amplitude loading, retardation effects are observed.

    Icon

  • IPEN-DOC 24329

    TEIXEIRA, BRUNA S. ; GARCIA, RAFAEL H.L. ; TAKINAMI, PATRICIA Y.I. ; DEL MASTRO, NELIDA L. . Comparison of gamma radiation effects on natural corn and potato starches and modified cassava starch. Radiation Physics and Chemistry, v. 142, p. 44-49, 2018. DOI: 10.1016/j.radphyschem.2017.09.001

    Abstract: The objective of this work was to evaluate the effect of irradiation treatment on physicochemical properties of three natural polymers, i.e. native potato and corn starches and a typical Brazilian product, cassava starch modified through fermentation-sour cassava- and also to prepare composite hydrocolloid films based on them. Starches were irradiated in a Co-60 irradiation chamber in doses up to 15 kGy, dose rate about 1 kGy/h. Differences were found in granule size distribution upon irradiation, mainly for corn and cassava starch but radiation did not cause significant changes in granule morphology. The viscosity of the potato, corn and cassava starches hydrogels decreased as a function of absorbed dose. Comparing non-irradiated and irradiated starches, changes in the Fourier transform infrared (FTIR) spectra in the 2000-1500 cm(-1) region for potato and corn starches were observed but not for the cassava starch. Maximum rupture force of the starch-based films was affected differently for each starch type; color analysis showed that doses of 15 kGy promoted a slight rise in the parameter b* (yellow color) while the parameter L* (lightness) was not significantly affected; X-ray diffraction patterns remained almost unchanged by irradiation.

    Icon

  • IPEN-DOC 24323

    AL-SHEIKHLY, MOHAMAD; VARCA, GUSTAVO H.C. . Editorial. Radiation Physics and Chemistry, v. 143, n. SI, p. 1-2, 2018. DOI: 10.1016/j.radphyschem.2017.11.011

    Icon

  • IPEN-DOC 24328

    SICCHIERI, LETICIA B. ; SILVA, MONICA N. da; SAMAD, RICARDO E. ; COURROL, LILIA C. . Can measurement of the fluorescence lifetime of extracted blood PPIX predict atherosclerosis?. Journal of Luminescence, v. 195, p. 176-180, 2018. DOI: 10.1016/j.jlumin.2017.11.014

    Abstract: In this work, fluorescence lifetime has been used to analyze protoporphyrin IX (PPIX) extracted from blood for diagnosing atherosclerosis. A total of 10 adult white male rabbits (New Zealand) were divided into the control group (CG), with a normal diet, and the experimental group (EG), subjected to a diet containing 1% cholesterol. Blood samples were collected from the animals, and protoporphyrin IX was extracted from the blood using acetone. The PPIX fluorescence lifetime (PPIXFL) was measured using time-correlated single photon counting, after excitation at 403 nm from a pulsed laser diode. It was found that the PPIX emission intensity was enhanced in the animals that had received a hypercholesterolemic diet. The CG and EG animal's fluorescence decays were fitted by three exponentials and the mean lifetimes were 4.0 ns and 9.5 ns, respectively. This lifetime dependence resulted in a calibration curve that allows the determination of the PPIX concentration with a temporal measurement. The obtained results show that fluorescence lifetime can potentially be used as a noninvasive, simple, rapid, and sensitive tool in atherosclerosis diagnosis.

    Icon

  • IPEN-DOC 24415

    SANTOS, SILAS C. ; RODRIGUES, ORLANDO; CAMPOS, LETICIA L. . Advances in colloidal processing of rare earth particles. Current Smart Materials, v. 3, p. 1-18, 2018.

    Abstract: Abstract: Background: New insights into materials science provide development of smart nano/micro structured materials for advanced applications. Rare earth includes a set of chemical elements (from La to Lu, including Sc and Y) with unique properties, the use of which is evidenced by luminescence applications. Colloidal processing offers great possibilities to obtain smart materials by controlling inter-particle forces, as well as their evolution during ceramic processing. The present article reports a review on colloidal processing with emphasis on rare earth powders. A general view about rare earths properties, including scientific investigations and applications are also presented. Methods: General view on rare earth sources, classification, properties, studies, and applications are reported. Besides, a review on colloidal processing covering particle characteristics, inter- particle forces, dispersion methods, rheology of suspensions, shaping process, drying-sintering stage, and microstructure formation is reported. Results: Yttria is the most used rare earth oxide in phosphors applications (70%). Synthesis routes imply on powder properties. Particle characteristics as size, shape, density, and surface area are important parameters for colloidal processing. The control of inter- particle forces by zeta potential evaluation and using dispersion methods provide conditions to prepare stable suspensions. Consolidation of colloidal particles into a desired shape depends on both viscosity and rheological behavior of suspensions. Drying-sintering conditions are effective on microstructure formation and component characteristics. Bio-prototyping is a low cost method, which provides components with complex shape and cellular architecture. Conclusion: Rare earths exhibit remarkable properties, being applied in diverse technological end-use. Colloidal processing provides opportunities to form smart materials since synthesis of colloids until development of complex ceramic components by shaping methods and thermal treatment. Even though colloidal processing is quite mature, investigations on rare earths involving inter- particle forces, shaping, drying-sintering stage, and microstructure formation are very scarce.

    Icon

  • IPEN-DOC 24345

    VILLAVICENCIO, ANNA L.C.H. ; HELENO, SANDRINA A.; CALHELHA, RICARDO C.; SANTOS-BUELGA, CELESTINO; BARROS, LILLIAN; FERREIRA, ISABEL C.F.R.. The influence of electron beam radiation in the nutritional value, chemical composition and bioactivities of edible flowers of Bauhinia variegata L. var. candida alba Buch.-Ham from Brazil. Food Chemistry, v. 241, p. 163-170, 2018. DOI: 10.1016/j.foodchem.2017.08.093

    Abstract: As edible flowers are highly perishable, irradiation technology can be applied to increase their shelf life, as also for phytosanitary purposes. Herein, flowers of Bauhinia variegata L. var. candida alba Buch.- Ham were submitted to electron beam irradiation at the doses of 0.5, 0.8 and 1 kGy, to study the effects in the nutritional and chemical profiles, and also in antioxidant, cytotoxic and anti-inflammatory activities. The petals of white flowers revealed interesting bioactive properties being kaempferol derivatives the most abundant compounds, especially kaempferol-3-O-rutinoside. The applied irradiation doses did not highly affect the nutritional profile. No changes were produced in cytotoxicity, but the anti-inflammatory activity slightly decreased. However, the antioxidant activity was increased, especially in the dose of 0.5 kGy, in agreement with the higher content in phenolic compounds found at this dose.

    Icon

  • IPEN-DOC 24346

    KOVACS, THELMA A. ; FELINTO, MARIA C.F.C. ; PAOLINI, TIAGO B.; ALI, BAKHAT ; NAKAMURA, LIANA K.O. ; TEOTONIO, ERCULES E.S.; BRITO, HERMI F.; MALTA, OSCAR L.. Synthesis and photoluminescence properties of [Eu(dbm)3·PX] and [Eu (acac)3·PX] complexes. Journal of Luminescence, v. 193, n. SI, p. 98-105, 2018. DOI: 10.1016/j.jlumin.2017.09.029

    Abstract: Two novel luminescent europium tris(beta-diketonate) complexes [Eu(dbm)(3)center dot PX] and [Eu(acac)(3)center dot PX](dbm: dibenzoylmethane, acac: acetylacetonate and PX: piroxicam) were successfully synthesized. These coordination compounds were characterized by infrared vibrational spectroscopy (IR), X-ray diffraction (XRD), scanning electron microscopy (SEM), thermogravimetric analysis (TGA) and luminescence spectroscopy. The thermal behavior of the complexes was investigated by thermogravimetric analysis (TG) and differential thermogravimetric analysis (DTG) techniques. The optical results have shown that these complexes present a clear intra and inter-molecular energy transfer and corroborates the sensitivity of their emission efficiency to the excitation wavelength, multiphonon non-radiative decays and temperature dependence. These new complexes may act as efficient light converting molecular devices, suggesting that they can be used for controllable photonic applications.

    Icon

  • IPEN-DOC 24355

    MOREIRA, EDSON G. ; VASCONCELLOS, MARINA B.A. ; MAIHARA, VERA A. ; CATHARINO, MARILIA G.M. ; SAIKI, MITIKO . Interlaboratory comparison for the characterization of a brazilian mussel reference material. Journal of the Brazilian Chemical Society, v. 29, n. 4, p. 823-830, 2018. DOI: 10.21577/0103-5053.20170205

    Abstract: Bivalve mollusks have long been used in biomonitoring studies to assess seawater environmental status. The use of suitable certified reference materials is a straightforward means to attain quality assurance in such studies as they allow the traceability of measurement results, making it possible the comparison of data obtained at different places and periods of time. This paper describes the certification of element mass fractions for a Perna perna mussel reference material produced in Brazil. After homogeneity and stability studies, an interlaboratory comparison was performed for element characterization. Robust means were taken as assigned values and contributions due to element characterization and from homogeneity and stability studies were taken into account to yield expanded uncertainties. From the adopted certification criteria, informative values for 20 elements were obtained and it was possible to assign certified values for the following 16 elements: Al, As, Ca, Cd, Cl, Co, Cu, Fe, K, Mg, Mn, Na, Ni, Se, Th and Zn.

    Icon

  • IPEN-DOC 24362

    PAULA, V.G. de; SILVA, M.G.; SILVA, L.M. da; SANTOS, A.O. dos; LANG, R.; OTUBO, L. ; COELHO, A.A.; CARDOSO, L.P.. Structural disorder effects on the magnetic entropy change of DyCo2 intermetallic: mechanical milling and the weakening of the itinerant electron metamagnetism mechanism. Intermetallics, v. 94, p. 1-9, 2018. DOI: 10.1016/j.intermet.2017.12.009

    Abstract: Magnetocaloric properties of the intermetallic DyCo2 compound (in the form of reduced size particles) and its correlations with the itinerant electron metamagnetism (IEM) phenomenon and structural disorders are investigated and discussed. Micrometric-sized particles were prepared by a mechanical milling technique for two low milling times (4 and 8 h) and characterized by means of X-ray diffraction, scanning and high-resolution transmission electron microscopy as well as magnetic measurements as a function of an applied external magnetic field and temperature. The results show that the particles have irregular-shaped and amorphous "edges/ledges" with embedded randomly oriented DyCo2 nanocrystallites. The average particle size practically does not change with increasing milling time, whereas the average crystallite size is slightly diminished. In contrast, microstrain values that indicate lattice deformation degree were rather increased after the milling processes. Structural disorders and surface effects, features resulting from mechanical impact, disturb the Dy-Co sublattice coupling and weaken the IEM mechanism responsible for the high magnetocaloric effect found for the DyCo2 bulk sample. For the milled samples, it was observed reductions in the peak intensity of the magnetic entropy change (-Delta S-M) and substantial broadenings of the distribution profiles which have contributed to an increase of the working temperature range of the investigated magnetocaloric material.

    Icon

  • IPEN-DOC 24364

    MAGALHAES, FLAVIA A.; CUNHA, YAN de O.C.; PIRES, JOSE E.B.; NASCIMENTO, NANCI ; SPENCER, PATRICK J. ; ANDRADE, DELVONEI A. . Perfil epidemiológico e clínico dos casos de tuberculose em Ipatinga, Minas Gerais / Epidemiological and clinical profile of tuberculosis cases in Ipatinga, Minas Gerais. Brazilian Journal of Surgery and Clinical Research, v. 21, n. 1, p. 15-20, 2018.

    Abstract: A tuberculose (TB) é uma doença infecciosa de transmissão inalatória causada pelo Mycobacterium tuberculosis. É uma preocupação, dada a alta prevalência, morbidade e mortalidade. Ipatinga é um dos municípios de alta carga da doença no estado de Minas Gerais. O objetivo do estudo foi analisar o perfil epidemiológico e clínico dos pacientes com tuberculose notificados em Ipatinga pelo Programa de Controle da Tuberculose (PCT) no período de 2004 a 2014. Foi realizado estudo epidemiológico transversal, observacional de série temporal. Foram analisados 1.098 casos notificados como TB, sendo perceptível tendência de queda do número de casos ao longo dos anos. Houve predomínio do sexo masculino (66,2%), da faixa etária de 15 a 59 anos (83,9%), da raça branca e parda e do baixo nível de escolaridade. A maioria dos casos era de residentes no município (74,9%), sendo distribuídos irregularmente entre os bairros. Clinicamente predominou casos novos (85,9%), forma pulmonar (80,9%), sendo os agravos associados mais frequentes o alcoolismo (15,3%), Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS) (8,3%) e diabetes (5,7%). Os desfechos clínicos foram: cura em 71,4%, abandono em 8,3% e 0,2% de multidrogarresistência. O perfil dos pacientes notificados encontra-se de acordo com o encontrado na literatura.

    Icon

  • IPEN-DOC 24371

    RODRIGUES, ANDRE M.; BARDELLA, FERNANDO ; ZUFFO, MARCELO K.; LEAL NETO, RICARDO M. . Integrated approach for geometric modeling and interactive visual analysis of grain structures. Computer-Aided Design, v. 97, p. 1-14, 2018. DOI: 10.1016/j.cad.2017.11.001

    Abstract: This paper presents a novel approach that integrates geometric modeling and visual analysis of grain structures in an open source CAD system, aimed at educational purposes. An intuitive and simple automated modeling method produces valid polygonal representations of grain structures, by adopting a novel physics-based particle packing procedure with Voronoi-based tessellation. Models are structured to facilitate the development of interactive visualization prototypes in 3D interactive engines. Microstructural fidelity was pursued for the synthetic models to be accepted as representations of real materials. Meaningful sample's parameters such as mean number of neighbors and mean number of edges per face were replicated with acceptable precision, when compared to values obtained from 3D reconstruction of an alpha-iron sample. Domain-specific interactive experimental tools informed by learning and cognitive research sought to enhance spatial cognition of grain structures and support learning their fundamental features.

    Icon

  • IPEN-DOC 24376

    SANTOS, WILLIAM S.; BELINATO, WALMIR; PERINI, ANA P. ; CALDAS, LINDA V.E. ; GALEANO, DIEGO C.; SANTOS, CARLA J.; NEVES, LUCIO P. . Occupational exposures during abdominal fluoroscopically guided interventional procedures for different patient sizes — A Monte Carlo approach. Physica Medica - European Journal of Medical Physics, v. 45, p. 35-43, 2018. DOI: 10.1016/j.ejmp.2017.11.016

    Abstract: In this study we evaluated the occupational exposures during an abdominal fluoroscopically guided interventional radiology procedure. We investigated the relation between the Body Mass Index (BMI), of the patient, and the conversion coefficient values (CC) for a set of dosimetric quantities, used to assess the exposure risks of medical radiation workers. The study was performed using a set of male and female virtual anthropomorphic phantoms, of different body weights and sizes. In addition to these phantoms, a female and a male phantom, named FASH3 and MASH3 (reference virtual anthropomorphic phantoms), were also used to represent the medical radiation workers. The CC values, obtained as a function of the dose area product, were calculated for 87 exposure scenarios. In each exposure scenario, three phantoms, implemented in the MCNPX 2.7.0 code, were simultaneously used. These phantoms were utilized to represent a patient and medical radiation workers. The results showed that increasing the BMI of the patient, adjusted for each patient protocol, the CC values for medical radiation workers decrease. It is important to note that these results were obtained with fixed exposure parameters.

    Icon

  • IPEN-DOC 24381

    SILVA, DIEGO S. da ; WETTER, NIKLAUS U. ; ROSSI, WAGNER de ; KASSAB, LUCIANA R.P.; SAMAD, RICARDO E. . Production and characterization of femtosecond laser-written double line waveguides in heavy metal oxide glasses. Optical Materials, v. 75, p. 267-273, 2018. DOI: 10.1016/j.optmat.2017.10.033

    Abstract: We report the fabrication and characterization of double line waveguides directly written in tellurite and germanate glasses using a femtosecond laser delivering 30 mu J, 80 fs pulses at 4 kHz repetition rate. The double line waveguides produced presented internal losses inferior to 2.0 dB/cm. The output mode profile and the M-2 measurements indicate multimodal guiding behavior. A better beam quality for the GeO2 - Pbo waveguide was observed when compared with TeO2 - ZnO glass. Raman spectroscopy of the waveguides showed structural modification of the glassy network and indicates that a negative refractive index modification occurs at the focus of the laser beam, therefore allowing for light guiding in between two closely spaced laser written lines. The refractive index change at 632 nm is around 10(-4), and the structural changes in the laser focal region of the writing, evaluated by Raman spectroscopy, corroborated our findings that these materials are potential candidates for optical waveguides and passive components. To the best of our knowledge, the two double line configuration demonstrated in the present work was not reported before for germanate or tellurite glasses.

    Icon

  • IPEN-DOC 24382

    SILVA, RITA C.A.; SAIKI, MITIKO ; MOREIRA, EDSON G. ; OLIVEIRA, PAULO T.M.S.. The great egret (Ardea alba) as a bioindicator of trace element contamination in the São Paulo Metropolitan Region, Brazil. Journal of Radioanalytical and Nuclear Chemistry, v. 315, n. 3, p. 447-458, 2018. DOI: 10.1007/s10967-017-5687-y

    Abstract: To investigate great egret as a possible bioindicator of trace element contamination, the concentrations of Br, Cd, Co, Cs, Cu, Fe, Hg, K, Mg, Mn, Na, Rb, Se and Zn were determined in livers of great egrets (Ardea alba) by the methods of Instrumental Neutron Activation Analysis and Atomic Absorption Spectrometry. It was observed that the levels of trace elements found in their livers may indicate contamination of the studied region. Thus, the livers of this species can be considered as a suitable bioindicator of contamination of the aquatic systems in the So Paulo Metropolitan Region.

    Icon

  • IPEN-DOC 24385

    SANTOS, THAMYSCIRA H.; GRILO, JOAO P.F.; LOUREIRO, FRANCISCO J.A.; FAGG, DUNCAN P.; FONSECA, FABIO C. ; MACEDO, DANIEL A.. Structure, densification and electrical properties of Gd3+ and Cu2+ co-doped ceria solid electrolytes for SOFC applications: effects of Gd2O3 content. Ceramics International, v. 44, n. 3, p. 2745-2751, 2018. DOI: 10.1016/j.ceramint.2017.11.009

    Abstract: Ceria-based solid electrolytes exhibit superior electrical conductivity compared to traditional yttria-stabilized zirconia ceramics. However, they require high sintering temperatures to achieve full densification. Transition metal oxides exhibiting low melting points, such as CuO, have been used as additives to lower the sintering temperature of these materials. In this context, the present work is focused on the evaluation of the effects of gadolinium oxide (Gd2O3) content on the structure, densification and electrical properties of ceria co-doped with CuO. Nominal compositions of Ce0.99-xGdxCu0 O-01(2.delta) (0 <= x <= 0.3) were synthesized by the polymeric precursor method. The precursor powders were characterized by simultaneous thermogravimetry and differential thermal analysis (TG/DTA) and the calcined powders were studied by X-ray diffraction (XRD) and Rietveld refinement to obtain crystallographic parameters. The sinterability of green bodies was evaluated by dilatometry up to 1200 degrees C. The relative density was determined in samples sintered between 950 and 1050 degrees C and the microstructural characterization was performed by scanning electron microscopy (SEM). The electrical properties were investigated by impedance spectroscopy (IS). The XRD results confirms the formation of a cubic fluorite type structure in the entire composition range. The lattice parameters obtained by Rietveld refinement showed a reduction in the crystallite size with increasing gadolinium content. Densification was improved with increasing Gd-content up to x = 0.15. The electrical conductivity was enhanced by gadolinium addition, reaching a maximum of 7.81 mS cm(-1) at 600 degrees C for the composition x = 0.15 sintered at a temperature as low as 1050 degrees C.

    Icon

  • IPEN-DOC 24394

    VEGA, L.E.R.; LEIVA, D.R.; LEAL NETO, R.M. ; SILVA, W.B.; SILVA, R.A.; ISHIKAWA, T.T.; KIMINAMI, C.S.; BOTTA, W.J.. Mechanical activation of TiFe for hydrogen storage by cold rolling under inert atmosphere. International Journal of Hydrogen Energy, v. 43, n. 5, p. 2913-2918, 2018. DOI: 10.1016/j.ijhydene.2017.12.054

    Abstract: TiFe is a very interesting material for hydrogen storage in the solid state, due to its hydrogen capacity of 1.9 wt % and to the fact it can be absorb/desorb hydrogen at room temperature. However, the TiFe produced by casting does not absorb hydrogen, unless a procedure called activation is applied, which is based on a repetition of several thermal cycles. This study evaluates the effects of a mechanical activation route for the TiFe intermetallic compound, namely, cold rolling (CR) under inert atmosphere. Stoichiometric TiFe was prepared from elementary powders by arc melting. Ingot was grinded and then cold rolled for 20 and 40 passes under argon inside a glove box, with moisture and oxygen contents below 0.1 ppm. Cold rolled samples consisted of two parts: powder particles and thin cracked flakes. The results showed that mechanically activated samples by CR exhibited rapid absorption of hydrogen at room temperature, without using a thermal activation process. In general, the average storage capacity of hydrogen was 1.4 wt% H-2 for the first absorption, regardless of the number of passes for both flake and powder samples.

    Icon

  • IPEN-DOC 24337

    COTA, STELA; HIROMOTO, GORO ; GHARBIEH, HEIDAR; SILVA, AURELIO. Preliminary post-closure safety assessment for a borehole-type repository for disused sealed radioactive sources in Brazil. Progress in Nuclear Energy, v. 103, p. 74-80, 2018. DOI: 10.1016/j.pnucene.2017.11.005

    Abstract: Brazil has a relatively large inventory of disused sealed radioactive sources (DSRSs). Until now, no decision has yet been made about the final destination of this category of radioactive wastes, although a repatriation of a small fraction of these sources comprising mainly neutron and high activity sources was already carried out. Borehole type repositories are one disposal solution considered for DSRSs in Brazil. This paper addresses a preliminary post-closure safety assessment for such a facility, using the borehole disposal concept (BDC) applied to different geological conditions and a range of projected inventories. Results from running the AMBER code considering deterministic and stochastic approaches showed that Am-241 is the main source of potential concern in order to comply with the effective dose constraint of 0.3 mSv/y and allowed the establishment of the relation between the maximum Am-241 inventory and the hydraulic conductivity of the geosphere.

    Icon

  • IPEN-DOC 24288

    PUSCEDDU, F.H. ; CHOUERI, R.B.; PEREIRA, C.D.S.; CORTEZ, F.S.; SANTOS, D.R.A.; MORENO, B.B.; SANTOS, A.R.; ROGERO, J.R. ; CESAR, A.. Environmental risk assessment of triclosan and ibuprofen in marine sediments using individual and sub-individual endpoints. Environmental Pollution, v. 232, p. 274-283, 2018. DOI: 10.1016/j.envpol.2017.09.046

    Abstract: The guidelines for the Environmental Risk Assessment (ERA) of pharmaceuticals and personal care products (PPCP) recommend the use of standard ecotoxicity assays and the assessment of endpoints at the individual level to evaluate potential effects of PPCP on biota. However, effects at the sub-individual level can also affect the ecological fitness of marine organisms chronically exposed to PPCP. The aim of the current study was to evaluate the environmental risk of two PPCP in marine sediments: triclosan (TCS) and ibuprofen (IBU), using sub-individual and developmental endpoints. The environmental levels of TCS and IBU were quantified in marine sediments from the vicinities of the Santos submarine sewage outfall (Santos Bay, Sao Paulo, Brazil) at 15.14 and 49.0 ng g(-1), respectively. A battery (n = 3) of chronic bioassays (embryo-larval development) with a sea urchin (Lytechinus variegatus) and a bivalve (Perna perna) were performed using two exposure conditions: sediment-water interface and elutriates. Moreover, physiological stress through the Neutral Red Retention Time Assay (NRRT) was assessed in the estuarine bivalve Mytella charruana exposed to TCS and IBU spiked sediments. These compounds affected the development of L. variegatus and P. perna (75 ng g(-1) for TCS and 15 ng g(-1) for IBU), and caused a significant decrease in M. charruana lysosomal membrane stability at environmentally relevant concentrations (0.08 ng g(-1) for TCS and 0.15 ng g(-1) for IBU). Chemical and ecotoxicological data were integrated and the risk quotient estimated for TCS and IBU were higher than 1.0, indicating a high environmental risk of these compounds in sediments. These are the first data of sediment risk assessment of pharmaceuticals and personal care products of Latin America. In addition, the results suggest that the ERA based only on individual-level and standard toxicity tests may overlook other biological effects that can affect the health of marine organisms exposed to PPCP.

    Icon

  • IPEN-DOC 24273

    ROMANO, REBECA S.G. ; OLIANI, WASHINGTON L. ; PARRA, DUCLERC F. ; LUGAO, ADEMAR B. . Accelerated environmental degradation of gamma irradiated polypropylene and thermal analysis. Journal of Thermal Analysis and Calorimetry, v. 131, n. 1, p. 823-828, 2018. DOI: 10.1007/s10973-017-6653-1

    Abstract: Abstract Polypropylene (PP) is one of the most important plastic commodities in the world. It can be used in many applications since it has outstanding properties at low cost. However, PP has very low environmental degradation rate; therefore, the discarded PP can accumulate in the environment. The aim of this study is the degradation control of PP using gamma radiation. Dumbbell samples were manufactured by injection molding followed by irradiation using gamma radiation at different doses: 5, 12.5 and 20 kGy. The irradiated samples were exposed to environmental aging during 90 days and characterized by scanning electron microscopy, thermogravimetric analysis, differential scanning calorimetry and X-ray diffraction. The irradiated dumbbell samples PP 5, 12.5 and 20 kGy, exposed to environmental aging, showed intense oxidation with the presence of surface cracks compared with the PP non-irradiated.

    Icon

  • IPEN-DOC 24655

    CARVALHO, SABRINA G. de M. . Contribuição ao estudo de sinterização sem pressão assistida por campo elétrico de zircônia tetragonal estabilizada com ítria / Contribution to the study of electric field-assisted pressureless sintering tetragonal yttria-stabilized zirconia . 2018. Tese (Doutorado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 112 p. Orientador: Reginaldo Muccillo.

    Abstract: Foram efetuados experimentos de sinterização em cerâmica policristalina de ZrO2: 3 mol% Y2O3 (3YSZ) por três métodos: aquecimento seguindo o perfil temperatura ambiente 1400 °C temperatura ambiente (sinterização convencional), aquecimento a partir da temperatura ambiente até 1000-1100 °C sob aplicação de campo elétrico AC (sinterização dinâmica assistida por campo elétrico), e aquecimento até 1000-1100 °C para aplicação do campo elétrico AC (sinterização isotérmica assistida por campo elétrico). O último método foi aplicado em amostras sob diferentes condições (amostras a verde, amostras a verde compactadas isostaticamente com diferentes pressões, amostras pré-sinterizadas a 1400 °C) e diferentes condições experimentais (diferentes frequências do campo elétrico AC, campo elétrico DC, diferentes limites de densidade de corrente, aplicação de carga simultaneamente à aplicação do campo elétrico). Todas as amostras de 3YSZ sinterizadas, além de terem a densidade aparente determinada, tiveram a superfície observada em microscópio eletrônico de varredura para avaliação do tamanho médio de grão e distribuição do tamanho de grão (em alguns casos, ao longo da superfície, do centro para a borda). Além disso, análises de espectroscopia de impedância foram feitas para avaliar a contribuição intergranular (principalmente contorno de grão) e intragranular (grãos) para a resistividade elétrica. A ideia principal foi coletar dados sobre sinterização assistida por campo elétrico, procurando entender o mecanismo atuando no método de sinterização, conhecido por produzir peças cerâmicas densas em temperaturas menores do que as usadas em sinterização convencional, em tempos curtos, e com inibição do crescimento de grão. Os resultados principais mostram que: 1) o nível de retração depende da frequência do campo elétrico AC, 2) quanto maior a porosidade, maior o efeito do campo elétrico, 3) quanto maior o valor da densidade de corrente, maior a densificação, até um determinado limite a partir do qual a amostra é danificada, 4) o pulso de corrente elétrica flui preferencialmente pela região intergranular, e 5) amostras submetidas a sinterização assistida por campo elétrico mostraram aumento da condutividade do contorno de grão. Um mecanismo para a sinterização assistida por campo elétrico é proposto, baseado em que 1) aquecimento Joule é o efeito principal, 2) a corrente elétrica, que surge como resultado da aplicação do campo elétrico, flui pela região intergranular, 3) o aquecimento Joule difunde as espécies químicas depletadas nas interfaces de volta aos grãos, aumentando a concentração de defeitos, levando ao aumento da condutividade do grão, e 4) o aquecimento Joule é responsável por diminuir a barreira potencial na região de carga espacial, inibindo o bloqueio dos íons de oxigênio nos contornos de grão.

    Icon

  • IPEN-DOC 24654

    SILVA JUNIOR, IREMAR A. da . Desenvolvimento de uma metodologia de calibração de monitores de contaminação de superfície considerando o mapeamento da uniformidade das fontes extensas de referência / Development of a calibration methodology of surface contamination monitors considering the uniformity mapping of the large area reference sources . 2017. Tese (Doutorado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 129 p. Orientador: Maria da Penha Albuquerque Potiens.

    Abstract: Uma das exigências na calibração de monitores de radiação de contaminação de superfície consiste no uso de fontes extensas de referência com um valor de uniformidade superior a 90%. Entretanto, foi verificado em alguns laboratórios de calibração que suas fontes não atendiam essa exigência, o que obrigaria esses laboratórios a não utilizarem tais fontes em suas calibrações. Foi neste contexto que foi desenvolvido um estudo para propor o uso dessas fontes, desde que sejam utilizados fatores de correção, que são propostos neste trabalho, que foram avaliados e desenvolvidos usando o código de transporte MCNP como ferramenta de análise e avaliação, a partir dos dados de mapeamento da uniformidade. Também foi desenvolvido um software para calcular esses fatores de correção, utilizando o mapeamento da uniformidade das fontes como dados de entrada e um sistema automatizado para calibração de monitores de radiação de contaminação de superfície. O grande ganho com esse trabalho foi poder utilizar fontes extensas de referência, mesmo quando essas estão em desacordo com as exigências de uniformidade da norma ABNT ISO 8769:2016.

    Icon

  • IPEN-DOC 24653

    SILVA, GRACIETE S. de A. e . Experimentos no reator IPEN/MB-01 com refletores de aço inoxidável, aço carbono e níquel / IPEN/MB-01 reactor experiments with stainless steel, carbon steel, and nickel reflectors . 2018. Tese (Doutorado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 158 p. Orientador: Adimir dos Santos.

    Abstract: Os experimentos com refletores nucleares de material pesado foram realizados no reator IPEN/MB-01 utilizando-se chapas de aço inoxidável, de aço carbono ou de níquel, num total de 32 chapas de cada material, inseridas adequadamente na face oeste do núcleo do reator. As chapas têm cerca de 3 mm de espessura. A largura e comprimento axial foram suficientes para cobrir todo o núcleo ativo do reator. Tais experimentos foram realizados com cada tipo de material refletor individualmente. Para cada etapa de colocação de chapas foram efetuadas medidas da reatividade devido à inserção destas no núcleo; bem como da posição crítica das barras de controle com BC1 e BC2 igualmente retiradas. Pôde ser observado que o aumento da absorção de nêutrons e consequente diminuição da moderação de nêutrons dominaram toda a física do problema quando foram inseridas poucas chapas de material refletor (cerca de 5 chapas para o aço inoxidável e aço carbono, e 3 chapas no caso do níquel). Na sequência, a reflexão de nêutrons tornou-se importante superando a absorção neutrônica; a reatividade aumentou até ultrapassar a situação sem chapa (excesso de reatividade zero) obtendo-se um acréscimo (ganho líquido) de reatividade com as 32 chapas inseridas (cerca de 162 pcm no caso do aço inoxidável, 37 pcm para o aço carbono e 295 pcm para o níquel). Portanto, observou-se que o núcleo refletido tornou-se mais reativo do que o núcleo sem material refletor. Resultados experimentais inéditos de medidas de reatividade foram obtidos com refletores de níquel. No que concerne a esse tipo de experimento não existe experimento similar na literatura internacional ao realizado no reator IPEN/MB-01. A análise teórica empregando o MCNP-5 e a biblioteca de dados nucleares ENDF/B-VII.0 evidenciou os aspectos físicos de absorção e reflexão de nêutrons nas chapas de material refletor considerados; entretanto apresentou uma discrepância quando a reflexão de nêutrons rápidos domina o fenômeno físico do transporte de nêutrons. Essas tendências foram encontradas independentemente do tipo de refletor pesado empregado nos experimentos.

    Icon

  • IPEN-DOC 24652

    STELLATO, THAMIRIS B. . Avaliação da qualidade da água superficial e subterrânea da área de instalação do futuro Reator Multipropósito Brasileiro - RMB, como uma ferramenta para a obtenção da licença de instalação / Surface and groundwater quality evaluation in the area of the future Brazilian Multipurpose Reactor - RMB facility as a tool to get the installation licenses . 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 210 p. Orientador: Marycel Elena Barboza Cotrim.

    Abstract: O Reator Multipropósito Brasileiro (RMB) é um reator nuclear de pesquisa, que mostra sua importância por trazer avanços nas áreas científica, tecnológica, econômica e social, viabilizando políticas públicas e objetivos estratégicos para o país. Qualquer empreendimento deve se submeter obrigatoriamente a uma licença ambiental junto ao órgão responsável, para que possa exercer sua atividade legalmente. A legislação ambiental disciplina o uso racional dos recursos ambientais e a preservação da qualidade ambiental. Sendo a água um recurso importante para a sustentação da vida no planeta, o presente trabalho teve como objetivo avaliar a qualidade da água superficial e subterrânea da área de influência do futuro uso industrial do Reator Multipropósito Brasileiro RMB, estabelecendo valores de referência para futuros programas de monitoramento de operações, bem como para licenças e regulamentos ambientais. Foram realizadas quatro coletas ao longo do ano de 2015 em dez pontos localizados na área de influência do futuro Reator Multipropósito Brasileiro (RMB), em Iperó/ SP, sendo seis pontos de água superficial e quatro de água subterrânea. Foram analisados 39 parâmetros sendo eles físico-químicos ânions e metais totais, realizados conforme os métodos de análises e técnicas analíticas da APHA AWWA WPCF, ABNT e EPA. As concentrações dos parâmetros analisados foram comparadas com os valores máximos estabelecidos pela Legislação Nacional - CONAMA 396/08 e Estadual - CETESB Nº 045/2014/E/C/I (2014) para água subterrânea e CONAMA 357/05 para água superficial. Os ânions e cátions majoritários foram empregados na classificação das águas por meio do diagrama de Piper para identificação das características naturais do corpo d'água e do aquífero. Considerando os parâmetros analisados, todos os pontos de coleta apresentaram valores dentro dos limites estabelecidos pela Resolução CONAMA 396/08 e 357/05. A classificação hidroquímica encontrada por meio do diagrama de Piper permitiu concluir que a dissolução de carbonato é o processo dominante que controla os ânions majoritários da maioria das águas amostradas e a dissolução do sódio, potássio e cálcio dos cátions majoritários, variando em relação aos períodos de coleta. O ambiente em estudo encontra-se em bom estado de conservação, no que se refere à qualidade das águas superficiais e subterrâneas.

    Icon

  • IPEN-DOC 24651

    TODESCO, SÉRGIO R. . Projeto e construção de um dispositivo para ensaio de impacto em materiais, barra de compressão / Design and construction of a device for impact test materials, compression bar . 2015. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 79 p. Orientador: Jesualdo Luiz Rossi.

    Abstract: Esta dissertação apresenta um projeto de um dispositivo para levantar dados característicos de materiais submetidos às altas taxas de deformação, dispositivo este que leva o nome do seu idealizador o engenheiro Inglês Sir Bertram Hopkinson. Mais especificamente, esta dissertação está inseparavelmente ligada ao desenvolvimento de um embalado para transporte de elementos radioativos como sendo uma das partes do escopo geral, de um projeto da CAPES em convênio com o Centro de Ciência e Tecnologia de Materiais - CCTM do, Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares IPEN - CNEN/SP, autarquia associada à Universidade de São Paulo. O desenvolvimento do dispositivo faz parte do escopo de obtenção, e levantamento dos dados necessários para o projeto, e a construção do embalado. Esta dissertação versa sobre a concepção mecânica do dispositivo, importante, dividida em duas partes, dimensionamento das barras, que seriam a barra de impacto, a barra de entrada, e a barra de saída, e o dimensionamento do dispositivo de impacto. O dimensionamento das barras envolve conhecimentos do conceito de ondas elásticas em meios sólidos para que o comprimento das barras seja estimado de forma a servir de guia das ondas elásticas, que provocarão a deformação no corpo de prova, e possibilite a boa leitura dessas ondas para análise dos dados. O dispositivo de impacto, este tem que ser robusto o suficiente para produzir a onda de tensão que deforme o corpo de prova, mas não para deformar plasticamente as barras, que terão que continuar durante todo o teste dentro do regime elástico.

    Icon

  • IPEN-DOC 24650

    FIM, RAFAEL G.T. . Influência dos parâmetros de processamento na microestrutura e nas propriedades magnéticas de ímãs permanentes de (Nd,Pr)FeB / Influence of processing parameters on the microstructure and magnetic properties of (Nd,Pr)FeB permanent magnets . 2018. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 83 p. Orientador: Hidetoshi Takiishi.

    Abstract: Os ímãs permanentes de terras-raras desempenham um papel vital na indústria de dispositivos eletromagnéticos. As principais aplicações destes materiais na indústria são na produção de motores para veículos elétricos e híbridos e geradores para turbinas eólicas. Com a restrição chinesa a exportação de terras-raras em 2010, os elevados preços e a necessidade de substituição dos terras-raras pesados (Dy e Tb) nos ímãs permanentes, há um interesse mundial por alternativas. No processamento de ímãs permanentes de terras-raras, a moagem é uma etapa determinante, controlando e homogeneizando a microestrutura final do ímã, aumentando as propriedades magnéticas. O presente trabalho avalia a influência de diferentes tempos de moagem na microestrutura e nas propriedades magnéticas de ímãs permanentes sinterizados. Os ímãs foram preparados via metalurgia do pó, a partir de pós obtidos pelo processo de decrepitação por hidrogênio (HD) feito na liga Strip-Casting de composição (Nd,Pr)13,49Fe77,72B6Co1,1Al1,2Nb0,28Cu0,2. A moagem dos pós foi realizada em meio de ciclohexano em Moinho Planetário de Alta Energia, durante um período entre 30 e 75 minutos, com intervalos regulares de 15 minutos, a uma velocidade fixa de 200 rpm. Os ímãs produzidos foram caracterizados por Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV), Espectroscopia de Energia Dispersiva (EDS), Difração de Raios-X (DRX), as propriedades magnéticas foram obtidas por meio de Permeâmetro e a textura cristalográfica dos ímãs foi calculada a partir dos difratogramas obtidos. O ímã produzido com 45 minutos de moagem (45-B) apresentou remanência Br = 1,38 T, coercividade intrínseca iHc = 880 KA.m-1, produto de energia máximo BHmáx = 330 KJ.m-1, fator de quadratura SF= 0,95 e grau de alinhamento < cosθ > = 0,96.

    Icon

  • IPEN-DOC 24649

    LIMA, MARIANA . Síntese e caracterização de BaxSr1-xCoyFe1-yO3± para preparação de camada funcional do eletrodo catódico das células a combustível do tipo IT-SOFC / Synthesis and characterization of BaxSr1-xCoyFe1-yO3±δ for functional preparation layer electrode of cathodic fuel cell IT SOFC type . 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 112 p. Orientador: Emília Satoshi Miyamaru Seo.

    Abstract: A demanda mundial por energia elétrica é uma tendência crescente, desta maneira há necessidade de diversificar e buscar por novas matrizes energéticas. Insere-se neste contexto, as células a combustível de Óxido Sólido de Temperatura Intermediária (Intermediate Temperature Solid Oxide Fuel Cells - IT-SOFC), que converte diretamente a energia de reações químicas em água e em energia elétrica e também em energia térmica (calor). As células a combustível do tipo IT-SOFC por utilizarem materiais cerâmicos em sua concepção, são capazes de suportarem temperaturas até 800°C e sem perderem suas propriedades físicas, químicas, elétricas e microestruturais. O presente trabalho tem como objetivo a síntese e a caracterização do material particulado de BaxSr1-xCoyFe1-yO3±δ BSCF e de amostras cerâmicas (variando os valores de x iguais a 0,4; e 0,6), visando sua utilização para fabricação de componente catódico de IT-SOFC. O particulado de BSCF foi obtido por meio do método de complexação por EDTA Citratos, que consiste nas reações de estado sólido e reações em fase líquida. A caracterização do material particulado BSCF e amostras cerâmicas foram realizada por difração de raios X (DRX), Espectroscopia de raios X por energia dispersiva (EDS), Análise Química por Fluorescência de raios X (identificação dos elementos constituintes na composição), Análise de Microscopia Eletrônica de Varredura - MEV (observação de morfologia e do tipo de aglomeração das partículas), e Picnometria por Gás Hélio (medidas de densidade real) e BET. Os resultados da caracterização dos particulados para a confecção do material catódico do BSCF apresentaram adequados para fabricação de componente catódico de IT-SOFC. A rota de síntese se mostrou bastante viável e adequada para formar a estrutura cristalina perovskita cubica desejada, além da estequiometria final muito próxima da calculada. Em relação a densidade aparente do corpo cerâmico x = 0,4 foi o que apresentou menor valor, importante para um material catódico, já que menor densidade aparente, maior a quantidade de poros, no qual x=0,4 obteve 21,74% de porosidade, valor ideal para a passagem do fluxo de gás considerado pela literatura. Em relação a condutividade elétrica dos corpos cerâmicos BSCF 64 apresentou valor de 11,212 S.cm-1 na temperatura de 392°C, maior que BSCF 46 que foi de 9,041 S.cm-1. Embora não seja apenas esses valores responsáveis pelas propriedades de um bom condutor elétrico que, já que as três amostras mostraram um ótimo comportamento ôhmico, adequado para a utilização em Cac do tipo IT- SOFC. Por fim, a partir de todos os estudos e ensaios realizados neste trabalho, fica evidente que o óxido misto BaxSr1-xCoyFe1-yO3±δ, x= 0,4, obtém as propriedades adequadas para serem utilizados como material catódico de célula a combustível de óxido sólido de temperatura intermediaria.

    Icon

  • IPEN-DOC 24648

    VICENTINE, ALBELIGGIA B. . A utilização do hidrogel com papaína no tratamento de feridas em pés diabéticos / The use of papain hydrogel in the treatment of wounds in diabetic feet . 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 107 p. Orientador: Ademar Benévolo Lugão.

    Abstract: O diabetes mellitus é um transtorno metabólico que leva a uma deficiência na secreção de insulina, na sua ação ou em ambos. O mau controle glicêmico pode acarretar em diversas complicações, entre elas, o pé diabético, que é o responsável pela maior parte de amputações não traumáticas dos membros inferiores e gera um custo muito alto para o tratamento de feridas e de cicatrização das amputações. A tecnologia tem proporcionado a criação de novos métodos de tratamento, como as membranas de hidrogel veiculadoras de fármaco. Com isso o nosso objetivo foi testar a eficiência do hidrogel com papaína no tratamento de úlceras em pés diabéticos. A pesquisa foi realizada no município de Porto Nacional (TO) com todos os pacientes portadores de pé diabéticos que deram entrada no HRPPN de 01 de outubro de 2014 a 31 de outubro de 2015, que se encaixavam dentro dos critérios de inclusão do trabalho e assinaram o TCLE. Para a análise socioeconômica aplicou-se um questionário com perguntas objetivas. Para a aplicação da membrana, as feridas foram lavadas com soro fisiológico a 0,9% e os curativos foram realizados de acordo com o protocolo do hospital e trocados a cada 24 horas. Utilizou-se uma planilha de diagnóstico para realizar o acompanhamento diário das feridas. Dezoito pacientes participaram do estudo, sendo que, 16 deles foram internados devido ao pé diabético e ao DM descompensado. 50% dos pacientes eram do sexo feminino e 50% do masculino, todos com idade entre 29 anos e 80 anos. 22% fazem uso de hipoglicemiante oral e insulina e os outros 78% usam apenas hipoglicemiante oral. 82% têm companheiro ou é casado e a maior parte não possui renda ou recebe até um salário mínimo (61%). Quanto à escolaridade, 28% são analfabetos e 34% não concluíram o ensino médio. 50% dos pacientes são naturais de Porto Nacional e 11% de outros estados. Quanto ao conhecimento que os pacientes tinham das complicações que tem como causa o DM, o pé diabético foi a única citada por todos, as demais complicações eram desconhecidas por muitos; somente um paciente tem ciência de todas as complicações. Dos 18 pacientes, 7 puderam ser tratados com a membrana de hidrogel com papaína, mas como não houve melhora significativa, a membrana teve que ser substituída pelo curativo convencional. A membrana não aderiu à pele saudável e nem na ferida, uma vez que apresentou rigidez, fato que pode ter retardado o processo de cicatrização, já que o curativo não envolveu a ferida completamente. A membrana também apresentou baixa taxa de absorção do exsudato, fazendo com que as feridas ficassem maceradas. A cisteína, composto presente na membrana, fez com que ela liberasse um forte odor que causou repulsa nos pacientes e seus familiares, fato que desmotivou o paciente a querer realizar o tratamento. Dados estes resultados, infere-se que a utilização do hidrogel com papaína não trouxe melhora para as feridas do pé diabético, houve um leve desbridamento em algumas feridas, mas sem cicatrização.

    Icon

  • IPEN-DOC 24644

    BENEDETTO, RAQUEL ; MASSICANO, ADRIANA V.; REIS, RUI M.; OLIVEIRA, RENATO; SILVA, JEFFERSON J.; BOAS, CRISTIAN A.W.V.; TURANO, WALTER; MENGATTI, JAIR ; ARAUJO, ELAINE B. de . Desenvolvimento do radioimunoconjugado, CETUXIMABE-DTPAIN111, para estratificação de pacientes à terapia dirigida ao EGFR. In: ANAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIENCIAS NUCLEARES, 09-11 de outubro, 2017, São Paulo, SP. Resumo... Rio de Janeiro, RJ: Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares, 2017. p. 135-135.

    Abstract: Introdução: Anticorpos (AcM) radiomarcados permitem a entrega seletiva da radiação ao alvo de interesse. O receptor do fator de crescimento epidérmico (EGFR), superexpresso em malignidades epiteliais como câncer de cabeça e pescoço (HNSCC), desempenha papel central na proliferação celular. Apesar dos ganhos clínicos decorrentes do uso de cetuximabe (cetux), AcM que se liga ao EGFR, alguns mecanismos de resistência foram caracterizados. A metodologia Radioimunodiagnóstico com cetux radiomarcado (1) pode avaliar a resistência ao tratamento; (2) estratificar pacientes que possam beneficiar-se da Imunoterapia; (3) monitorar a progressão da terapia para um tratamento efetivo e direcionado, com a abordagem da medicina personalizada. Objetivos: Desenvolver radiofármaco, Cetux-DTPA-111In para diagnóstico de HNSCC e câncer colorretal e, através da avaliação dos mecanismos de resistência, selecionar pacientes para terapia. Métodos: O AcM foi conjugado ao quelante DTPA na razão molar 1:20. A pureza radioquímica e estabilidade do radiofármaco foram avaliadas por cromatografia -CLAE.A concentração proteica do imunoconjugado foi determinada pelo método BCA e o número de quelantes acoplado ao AcM foi definido por espectrometria de massas (MALDI/TOF). O ensaio de ligação específica in vitro foi realizado com as células FaDu-P(Parental) e FaDu-C10(resistente). Os estudos de biodistribuição foram conduzidos em camundongos machos Balb/c sadios (4-8 semanas;13-21g), e Scid, modelo tumoral desenvolvido por injeção subcutânea de FaDu-P(flanco esquerdo) e FaDu-C10(flanco direito), nos intervalos de tempo de 3,24,72 horas, 5 e 7 dias, e imagens realizadas em MicroSPECT/CT, Albira -Protocolo nº122/13 CEUA/IPEN. Os camundongos foram injetados com 55 MBq do radioimunoconjugado e eutanasiados após 24,72 horas, 5, 7 dias para estudo de atividade captada/grama de tecido (%Al/g). Resultados: O imunoconjugado, cetux–DTPA, apresentou estabilidade (-20°C, > 6 meses). A concentração de proteínas foi 4,54±0,22mg/mL, com recuperação proteica acima de 83%(N=15). De 6 a 7 quelantes DTPA foram introduzidos no AcM. O percentual de ligação específica às células FaDu-P do Cetux-DTPA-111In foi expressivo e proporcional ao aumento do número de células. A fração imunorreativa foi 93,1%. No ensaio de internalização às células FaDu-P, observou-se fração da ligação de superfície de 86,09±0,72% e percentual de internalização de 14±0,75%. O estudo de ligação às células FaDu-C10 demonstrou inexpressivo % de ligação, comprovando o modelo de resistência conferido a esta linhagem.No estudo de biodistribuição, o fígado e pulmões resultaram em captações de 21,5±1,3 e 19,3±0,8, respectivamente, para 24 horas. A captação óssea foi baixa atestando a estabilidade in vivo do radiofármaco. O melhor intervalo para avaliação clínica é de 5 dias pós-injeção do radiofármaco.A imagem metabólica demonstrou captação do radiofármaco apenas no tumor desenvolvido pela FaDu-P, comprovando sensibilidade e especificidade do radiofármaco para imunodiagnóstico. Conclusão: A obtenção do radiofármaco para radioimunodiagnóstico Cetux-DTPA-111In é viável, com potencial para aplicação no diagnóstico HNSCC e câncer colorretal, além da seleção de pacientes para terapia com cetux, encorajando a continuidade de estudos clínicos.

    Icon

  • IPEN-DOC 24643

    DAMASCENO, MARCOS O. ; LIMA, VINICIUS S.; BALOGH, TATIANA S. ; FORBICINI, CHRISTINA A.L.G. de O. . Estudo de purificação de Mo-99 por sublimação em forno tubular. In: ANAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIENCIAS NUCLEARES, 09-11 de outubro, 2017, São Paulo, SP. Resumo... Rio de Janeiro, RJ: Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares, 2017. p. 134-134.

    Abstract: Introdução: O 99Mo é um radioisótopo importante devido ao seu produto de decaimento - 99mTc, que atua como marcador molecular em cerca de 80% dos exames diagnósticos (Eur. J. Nucl. Med. Mol. Imag. 36;795,2009). Em muitos países, são empregadas técnicas cromatográficas para a obtenção do 99Mo de fissão de alta pureza, podendo ainda incluir etapas de complexação, precipitação ou sublimação dependendo do processo adotado. O projeto do reator multipróposito brasileiro (RMB) prevê a produção de radioisótopos, como 99Mo via fissão do 235U (Sci. Am. 98;82,2010). O nosso laboratório vem realizando estudos de possíveis etapas de purificação de 99Mo, visando o desenvolvimento de novas rotas de produção. Objetivo: Apresentar resultados preliminares de testes nas principais variáveis da etapa de sublimação do 99Mo como parte do processo de purificação. Os testes incluíram temperatura e tempo de sublimação, taxa de aquecimento e fluxo de gás de arraste, visando redução do tempo de processo e a máxima eficiência de recuperação de 99Mo. Métodos: Os experimentos partiram de uma solução de NH4MoO4 20 g.L-1 contendo uma pequena quantidade de 99Mo como radiotraçador, simulando uma solução em uma dada etapa do processo de purificação. Uma alíquota de 1 mL foi reservada para referência, enquanto outra alíquota de 1 mL foi levada à secura em um cadinho de platina sobre uma placa aquecida. O cadinho foi introduzido em um tubo de quartzo de um forno horizontal e aquecido. Um fluxo de ar para arraste dos vapores foi estabelecido. Após o resfriamento o tubo foi lavado internamente com 10 mL de solução de NaOH 1 M, uma alíquota de 1 mL foi retida desta solução, para contagem da atividade e cálculo de rendimento. As amostras foram analisadas em detector gama Ge hiperpuro em 739 KeV. Resultados: Foram observados depósitos de MoO3 no interior do tubo nas regiões próximas à saída do forno. Os testes com temperaturas já partir de 750°C mostraram excelentes rendimentos de recuperação (98 % ± 0,7). Devido à reduzida massa de óxido presente nas amostras, nos testes com temperatura de 800°C o tempo de sublimação de 5 mim foi suficiente para obter a saída de praticamente todo o material do cadinho. As curvas de aquecimento do forno são determinantes para a celeridade do processo, deste modo taxas de aquecimento de até 30 °C.min-1 foram aplicadas sem prejuízos de recuperação de 99Mo, valores maiores não foram testados por limitações do equipamento. Fluxos de arraste aplicados entre 3 e 9 mL.h-1 possibilitaram a formação de anéis bem definidos de MoO3 depositados a aproximadamente 10 cm do cadinho, facilmente visível dentro do tubo de quartzo, enquanto que sob fluxos acima de 15 mL.h-1 os depósitos apresentam-se mais difusos e com aumento de perdas por arraste. Conclusão: A técnica de sublimação em forno tubular permite a obtenção do 99Mo com elevada pureza e reduzidas perdas. A análise dos resultados permitirá melhor configuração dos parâmetros do forno, contribuindo para a maximização do rendimento de recuperação com redução do tempo total de processo. Os próximos testes incluirão amostras com (NH4)2SO4 ou (NH4)HCO3, simulando outras soluções de extração do molibdênio em um estágio prévio a sublimação.

    Icon

  • IPEN-DOC 24642

    BOAS, CRISTIAN A.W.V.; SILVA, JEFFERSON de J. ; BENEDETTO, RAQUEL ; DIAS, LUIS A.P. ; MENGATTI, JAIR ; ARAUJO, ELAINE B. de . Otimização das condições de marcação do PSMA-617-DOTA com lutécio-177. In: ANAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIENCIAS NUCLEARES, 09-11 de outubro, 2017, São Paulo, SP. Resumo... Rio de Janeiro, RJ: Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares, 2017. p. 133-133.

    Abstract: Introdução: O câncer de próstata é a segunda neoplasia mais frequente e a quinta que mais mata pacientes do sexo masculino (Int. J. Cancer 136:359, 2015). Levantamento do Instituto Nacional do Câncer (INCA) indicou que em 2016 devem ter surgidos mais de 61 mil novos casos desta neoplasia no Brasil. Novos radiofármacos para o tratamento do câncer de próstata foram concebidos com base no grupo farmacofórico Glutamato-Ureia-Lisina, que se liga especificamente ao PSMA (Prostate Specific Membrane Antigen), superexpresso em células de tumor de próstata. O PSMA- 617-DOTA marcado com lutécio-177 tem sido bastante estudado e empregado clinicamente na Alemanha na terapia do câncer de próstata. Objetivo: Avaliar as condições de marcação do PSMA-617-DOTA com Lutécio-177 bem como definir os métodos de controle de qualidade de pureza radioquímica. Metodologia: A condição de marcação de PSMA-617-DOTA (ABX, Alemanha) com lutécio-177 (IDB, Holanda) foi estudada considerando diferentes temperaturas (85 ºC, 90 ºC e 95 ºC) e tempos (15 minutos, 30 minutos e 45 minutos). Em cada marcação foram utilizados 10 μg de peptídeo, e 555 MBq (15mCi) de lutécio-177, utilizando-se tampão ascorbato de sódio pH 4,75 0,52 M. Todas as marcações foram realizadas em triplicata e os controles de pureza radioquímica (PR) foram feitos imediatamente após a marcação por cromatografia em camada delgada (tampão citrato de sódio 0,1M, pH 5,0) e cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) (0-2min 17%B; 2-5,99min 30%B; 6-20min 17%B, (fluxo 0,4mL/min, A = H2O/0,1 %TFA, B = ACN/0,1 %TFA, coluna RP18 5μm 4,6x150mm). Resultados e Discussão: O estudo possibilitou analisar a marcação do PSMA-617-DOTA sob diferentes condições de tempo e temperatura, visando avaliar a robustez do método. Realizando a marcação à 85ºC pode-se observar que houve um incremento da pureza radioquímica com a aumento no tempo de marcação, obtendo-se purezas radioquímicas de 95,7 ± 4,2 (15 minutos), 97,9 ± 0,3 (30 minutos) e 98,4 ± 1,0 (45 minutos). Com a temperatura de 90ºC na marcação, as purezas radioquímicas foram de 98,0 ± 0,1 com 15 minutos, 99,9 ± 0,1 com 30 minutos e 99,2 ± 0,2 com 45 minutos de marcação. Realizando a mesma marcação com 95ºC obteve-se purezas radioquímicas de 98,4 ± 0,1 (15 minutos), 99,6 ± 0,2 (30 minutos) e 99,1 ± 0,1 (45 minutos). Corrida de CLAE foi realizada com a marcação obtida à 90ºC e 30 minutos e obteve-se pico único de 100% com 10,7 minutos de corrida. Conclusões: Por meio do presente trabalho foi possível concluir que a melhor condição de marcação do PSMA-617-DOTA com lutécio foi 90 ºC por 30 minutos (p =0,008). A marcação realizada à 90 ºC por 45 também apresentou excelente resultado (p=0,02), contudo demanda tempo maior de marcação. Os métodos cromatográficos selecionados possibilitaram avaliar a %PR das marcações com resolução adequada das espécies. Encoraja-se também a realização de estudos para determinação da atividade específica, realizar marcações em escala de produção, estudos de estabilidade do radiofármaco e bem como avaliar as propriedades do PSMA-617-DOTA-177Lu em modelos in vitro e in vivo.

    Icon

  • IPEN-DOC 24641

    SA, ANA P.N. de ; VILLAVICENCIO, ANNA L.C.H. . Revisão: avaliação dos efeitos das radiações ionizantes em farinhas. In: ANAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIENCIAS NUCLEARES, 09-11 de outubro, 2017, São Paulo, SP. Resumo... Rio de Janeiro, RJ: Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares, 2017. p. 131-131.

    Abstract: Introdução: O processo de irradiação de alimentos é um método que consiste em uma exposição controlada do alimento a uma fonte de radiação ionizante (Radiat. Phys. Chem. 129, 53-57, 2016; Food Control 72, 345-359,2017). Atualmente, a radiação ionizante é uma alternativa eficiente, de grande valor tecnológico no emprego de doses até 10 kGy para alimentos secos, desidratados e com baixo teor de gorduras (Rad. Phys.Chem.129,24–29,2016). Objetivo: Levantamento bibliográfico de artigos indicando uso de médias e altas doses de radiação com finalidade tecnológica para melhoramento e qualidade das propriedades tecnológicas em farinhas. Método: Levantamento bibliográfico em base de dados (brasileiras e internacionais, como: Google Scholar, ScienceDirect, Pubmed, SciELO, Web of Science) com auxílio da biblioteca do IPEN. O tema proposto é de interesse industrial, tendo sido usado o período 1980-2017 e busca por farinhas provenientes de milho, mandioca, trigo, feijão, arroz, castanho, fubá e banana. Até o momento, o estudo apresenta 22 trabalhos (Artigos, Teses e Dissertações), selecionados com foco em utilização de doses de radiação e tipo de farinhas. Foram utilizadas palavras-chave em Português e Inglês (irradiação de alimentos; farinhas irradiadas e aspectos tecnológicos de farinhas irradiadas; food irradiation and Technologycal aspects of irradiated flour). Resultados: Nos resultados preliminares da pesquisa/busca as doses variam desde a aplicação para fitossanitário até doses mais altas relacionadas a características tecnológicas. Foram encontrados 10 trabalhos com finalidade fitossanitária (0,1 a 1,0 kGy) e 20 dentre os 22 pesquisados inicialmente, com características tecnológicas (doses acima de 1 kGy até 10 kGy). Foram observados estudos relacionados com redução de carga microbiológica, composição nutricional, modificações organolépticas e relação do índice de acidez presente em fubá e castanha devido aumento das doses no decorrer do tempo de armazenamento devido à presença de lipídeos (ESALQ, Dissertação. 2003; Radiat. Phys. Chem. 81, 450–457, 2012 Radiat. Phys. Chem. 103, 9–15, 2014). Conclusão: Observamos uma tendência de melhora como meio de aperfeiçoamento na produção de panificação em alguns artigos, pois ocorre a quebra de carboidratos, diminuição de atividade enzimática e degradação parcial do amido e das proteínas, obtendo um ótimo parâmetro de qualidade para a produção de pão e massas em geral, observada na diminuição das viscosidades apresentadas nas farinhas de banana e trigo (IPEN, Dissertação, 2011; Escola Politécnica/USP, Dissertação, 2006). Preliminarmente, concluímos que a tecnologia de irradiação de alimentos em doses médias, apresentam vantagens e melhoram as características na produção de pães.

    Icon

  • IPEN-DOC 24640

    RODRIGUES, BRUNA T.T.; ROSTELATO, MARIA E.C.M. ; SOUZA, CARLA D. de ; TOZETTI, CINTIA A.; NOGUEIRA, BEATRIZ R. ; SOUZA, DAIANE C. ; ZEITUNI, CARLOS A. ; MARQUES, JOSE R. de O. ; SILVA, JOSE T. da. Nova metodologia para fixar iodo-125 em fontes radioativas RM resina epóxi. In: ANAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIENCIAS NUCLEARES, 09-11 de outubro, 2017, São Paulo, SP. Resumo... Rio de Janeiro, RJ: Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares, 2017. p. 130-130.

    Abstract: Introdução: O câncer de próstata é o mais comum entre os homens, aproximadamente 28,6%. A escolha do tipo de tratamento para o câncer da próstata deve considerar vários fatores como: tamanho e extensão do tumor, agressividade aparente (características patológicas), idade, saúde. A braquiterapia vem sendo utilizada em estágios iniciais e intermediários da doença porque é um tratamento seguro e efetivo para câncer prostático localizado. As sementes radioativas são colocadas em contato com ou dentro do órgão a ser tratado, permitindo que a dose de radiação seja liberada apenas no tumor alvo que proteja os tecidos circundantes saudáveis. As fontes podem ter diferentes formas e tamanhos, e a utilizada para câncer de próstata geralmente tem 4,5 mm de comprimento e 0,8 mm de diâmetro. Cerca de 80 a 120 sementes podem ser usadas por paciente. O Iodo-125 é o radioisótopo mais utilizado na braquiterapia da próstata, emite raios-X de 35,49 keV em 100% dos decaimentos, com energia média de 29 keV. Objetivos: Este trabalho propõe uma alternativa às sementes que já foram desenvolvidas, a fim de reduzir o custo. Desenvolvendo uma configuração de núcleo alternativa com o objetivo de aumentar o rendimento de iodo-125 fixado na matriz epoxídica, reduzindo assim o custo total. Resultados: Após produzidas as fontes, foi realizado teste de estanqueidade, com a fonte imersa em água destilada à temperatura ambiente. O resultado não excedeu o limite permitido pela norma ISO 9978 que é de 5 nCi (185 Bq) e o teste de esfregaço não indicou atividade no papel filtro. Conclusão: A fonte foi considerada estanque, após testes padrões, sem qualquer vazamento do material radiativo, viabilizando a matriz epóxi para confecção dos núcleos. Resultando em um método seguro e eficiente. Todos os resultados obtidos apresentaram um alto percentual de eficácia e melhor distribuição de atividade quando comparada às metodologias clássicas de núcleo de prata. As diferenças de eficiência entre núcleos foram causadas por flutuações estáticas do sistema de detecção e balança. A eficiência média dos núcleos foi 82,1 ± 3,2%

    Icon

  • IPEN-DOC 24639

    SILVA, JEFFERSON de J. ; MASSICANO, ADRIANA V. ; BENEDETTO, RAQUEL ; BOAS, CRISTIAN A.W.V.; DIAS, LUIS A.P. ; MENATTI, JAIR; ARAUJO, ELAINE B. de ; ALCARDE, LAIS F. . Radiomarcação de inibidor de PSMA com 177Lu e avaliação biológica do potencial para aplicação no tratamento do câncer de próstata. In: ANAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIENCIAS NUCLEARES, 09-11 de outubro, 2017, São Paulo, SP. Resumo... Rio de Janeiro, RJ: Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares, 2017. p. 24639.

    Abstract: Introdução: Em razão do antígeno de membrana prostático específico (PSMA) ser superexpresso em praticamente todas as neoplasias da próstata, de seus possíveis papéis na malignidade destas, assim como na angiogênese de tumores sólidos e sua expressão em tecidos extra prostáticos ser altamente restrita, este representa um ótimo alvo para novos métodos de diagnóstico por imagem e terapia antineoplásica. Objetivo: Estudar de forma inédita a marcação e estabilidade radioquímica do Glu-NH-CO-NHLys( Ahx)-DOTA com 177Lu e avaliar seu potencial para a terapia do câncer de próstata. Métodos: A partir da condição padrão de marcação (90°C; 10μg de peptídeo e 30 minutos de reação) avaliou-se o efeito da atividade crescente de 177LuCl3 sobre a pureza radioquímica (PR). Após armazenar a -20°C e a 37°C em soro humano, a estabilidade do radiofármaco foi avaliada. Foram conduzidos ensaios com células tumorais para determinar a % de ligação específica. Por fim, foram conduzidos estudos de biodistribuição e farmacocinética em camundongos sadios Balb/c machos e biodistribuição em camundongos scids machos com tumor LNCaP (idade 7-12 semanas e peso 13-30g) - Protocolo nº115/2015 do CEUA/IPEN. Resultados: O radiofármaco foi obtido com pureza radioquímica elevada (PR >95%) em todas as condições estudadas e a estabilidade do radiofármaco (-20°C) permaneceu inalterada até 48 horas, mesmo em alta atividade específica (74 MBq/μg). O produto manteve-se estável quando incubado em soro humano. O ensaio de ligação específica do PSMA-DOTA-177Lu mostrou que a fração do peptídeo que se ligou às células foi de 1,79±0,21%, 2,47±0,03%, 3,07±0,01% e 4,13±0,27%, para as concentrações de 0,15x106, 0,3x106, 0,5x106 e 1x106 de células LNCaP, respectivamente (n=3). O ensaio de internalização do PSMA-DOTA-177Lu sugere que o maior percentual da ligação especifica do radiofármaco às células LNCaP corresponde à fração da ligação de superfície (99,03±0,84%) (n= 8). Os parâmetros farmacocinéticos foram determinados no estudo in vivo: t1/2α 2.92min, t1/2β 20.04min, CL 0.21mL.min-1 e Vd 1.07L.Kg-1 (n=5), compatíveis com o rápido clareamento sanguíneo e excreção renal (n=5). Nos estudos em animais com tumor, o PSMADOTA- 177Lu apresentou captação tumoral após 4 horas da administração endovenosa do radiofármaco de 2,76±1,0 %AI/g de (n=3). Conclusão: O estudo de variação da atividade possibilitou estabelecer a atividade específica ideal (MBq/μg), que será extrapolada para um piloto de produção do radiofármaco. O radiofármaco apresentou rápido clareamento sanguíneo e apreciável captação tumoral in vivo após 4 horas de administração. Os resultados favoráveis encorajam para perspectiva de ensaio clínico controlado de um novo radiofármaco, avaliando seu potencial para aplicação no tratamento do câncer de próstata.

    Icon

  • IPEN-DOC 24638

    BONFIM, LETICIA ; GONÇALVES, KARINA O.; VIEIRA, DANIEL P. . Desenvolvimento de cultivo celular tridimensional para testes de efeitos biológicos das radiações em modelos tumorais e não-tumorais. In: ANAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIENCIAS NUCLEARES, 09-11 de outubro, 2017, São Paulo, SP. Resumo... Rio de Janeiro, RJ: Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares, 2017. p. 119-119.

    Abstract: Introdução: Atualmente, os testes realizados para analisar fármacos com atividade antitumoral são realizados em modelos experimentais baseados em cultura celular em monocamadas ou 2 dimensões (2D) e, apesar da utilização em larga escala desta forma de cultivo, há evidências científicas de que a disposição celular em monocamadas não simula adequadamente a fisiologia tecidual, pois impede que as células expressem suas características de forma análoga à encontrada no organismo. O método de cultura celular em 3 dimensões (3D) vem recebendo atenção como uma maneira de simular o ambiente tumoral, pois permite a reorganização celular de forma a promover a interação célula-célula e com proteínas da matriz extracelular. O trabalho utiliza a levitação magnética, através da adição de nanopartículas de ferro às culturas e com o auxílio de ímãs. Células formam corpos tridimensionais suspensos na interface ar-líquido. O método pode produzir esferóides com alguns milímetros de diâmetro e com capacidade de serem mantidos viáveis por semanas em cultivo. A intenção é futuramente testar os efeitos das radiações ionizantes em culturas em 3D ao invés das tradicionais avaliações de viabilidade celular, proliferação de colônias e genotoxicidade realizadas em culturas em 2D. Objetivos: 1) Padronizar a produção de nanopartículas de óxido de ferro (Fe3O4) aderentes às membranas celulares; 2) produzir corpos tridimensionais de células para obter um modelo tumoral (SK-MEL-37, melanoma humano) e um não-tumoral (CHO-KI, ovário de hamster). Metodologia: Linhagens Celulares: As células foram mantidas aderidas em garrafas de 25cm2 de área de cultivo (Corning) em incubadoras específicas (37º C, 5% CO2). Síntese de nanopartículas de óxido de ferro: As partículas foram produzidas por coprecipitação de Fe2+ e Fe3+ na proporção 1:2 em meio alcalino (pH: 13, NaOH) na presença de N2. Após produção, as partículas foram sucessivamente atraídas por campo magnético e lavadas com água. Polietilenoglicol (PEG 4000) e lisina foram adsorvidos para criar as estruturas de adesão às células. Numa cultura com 5mL de meio de cultura foram adicionados 500μL de suspensão de partículas. Caracterização das partículas: As suspensões foram avaliadas por microscopia eletrônica e por FTIR. Cultura: Poços de placas de 96 poços receberam 70μL de agarose para inibição da adesão celular. Suspensões de SK-MEL-37 e de CHOKI foram diluídas de forma a criar suspensões de 500 a 5000 células/poço. Após a semeadura, as placas foram cobertas com um arranjo de ímãs e mantidas em cultura por vários dias. Ao 5º, 7º e 9º dias os corpos nos poços foram fotografados em microscópio invertido e as áreas dos elementos medidas via software (ImageJ). Resultados: A microscopia eletrônica mostrou partículas com cerca de 20nm de diâmetro. A análise por FTIR mostrou estiramentos compatíveis com as ligações do ferro com o aminoácido (Lisina). As imagens mostram a formação de corpos esféricos até o nono dia. Diâmetro dos esferóides de LnCap variou de (média±erro) 434,407±50,018 μm (5º dia) a 264,574±13,184 μm (9º dia). Culturas de CHO variaram de 229,237±5,278 a 236,719 μm no mesmo período. Conclusão: Esferóides gerados por levitação magnética puderam ser medidos por meios digitais e comparados ao longo do experimento. A ferramenta poderá ser utilizada para testes de efeitos biológicos das radiações e/ou radiofármacos em cultura.

    Icon

  • IPEN-DOC 24647

    TEIXEIRA, MARCOS A. . Avaliação de propriedades mecânicas e caracterização microestrutural de juntas soldadas do aço ASTM 335 grau P91 submetidas a diversas condições ao tratamento térmico de alívio de tensões / Evaluation of mechanical properties and microstructural characterization of grade 91 steel welded joints subjected to several conditions to post weld heat treatment (PWHT) . 2016. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 124 p. Orientador: Maurício David Martins das Neves.

    Abstract: Os aços Grau 91 vêm sendo amplamente utilizados como componentes para trabalhar em elevadas temperaturas nas indústrias de geração de energia, petroquímica e refinarias de petróleo em consequência da sua excelente resistência a fluência e corrosão em altas temperaturas. Apesar destas notáveis propriedades têm sido encontradas dificuldades na soldagem do aço Grau 91, visto que pode apresentar valores de dureza fora dos limites especificados e provocando redução de diversas propriedades mecânicas. Foram confeccionadas juntas tubulares do aço Grau 91, por meio de soldagem usando o processo TIG na raiz e o processo Eletrodo Revestido nas camadas de soldagem subsequentes. As juntas soldadas foram submetidas ao tratamento térmico póssoldagem (TTPS) a 760°C com diferentes tempos de patamar (1h, 4h e 8h) e posteriormente, as propriedades mecânicas foram analisadas para verificar o atendimento aos requisitos normativos, por meio da realização de ensaios de tração convencional e à quente (540°C), impacto Charpy, dureza Vickers e caracterização microestrutural. Os resultados mostraram que as propriedades mecânicas do aço Grau 91 sofreram alterações, como uma melhor resistência ao impacto e diminuição da dureza com o aumento do tempo de patamar de temperatura, indicando que é possível obter uma melhor combinação de resistência mecânica e tenacidade com o tempo de patamar maior do que 4 horas no TTPS nas condições utilizadas.

    Icon

  • IPEN-DOC 24637

    TARGINO, BARBARA ; PINTO, THAIS L.; SILVA, EVILY F. ; SOMESSARI, E.S.R. ; BELLINI, MARIA H. ; AFFONSO, REGINA . Evaluation of low doses of gamma irradiation in the formation of mineralization nodules in osteoblasts culture. In: ANAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIENCIAS NUCLEARES, 09-11 de outubro, 2017, São Paulo, SP. Abstract... Rio de Janeiro, RJ: Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares, 2017. p. 116-116.

    Abstract: Introduction: Osteoblasts are specialized fibroblasts that secrete and mineralize the bone matrix. The mineralized extracellular matrix is mainly composed of type I collagen, osteocalcin, and the inorganic mineral hydroxylapatite1. The use of radiation as therapy in some cancers causes great bone loss. However, low dose radiation may have the opposite effect. Low dose X-irradiation on osteoblastic culture had effects on proliferation and differentiation with increase of mineralization nodules2. However, there is little information on the potential therapeutic efficacy of low-dose gamma-irradiation in the formation of mineralization nodules. Objective: To evaluate the effects of irradiation with 60Co γ-rays in low doses in the formation of mineralization nodules in culture of osteoblasts. Methods: MC3T3-E1 cells were bought by the Banco de Células do Rio de Janeiro, Brazil (MC3T3-E1 Subclone 14). The cells were cultured in α-MEM medium consisting of 10% FBS and without β-glycerophosphate and L-ascorbic acid (GIBCO, Custom Product, Catalog No. A1049001) (Zhao Y, Guan H, Liu S et al. Biol. Pharm. Bull. 2005, 28(8):1371-1376). Plating efficiency assays: cells were plated at a density of 100 cell/plate into 60 mm Petri dishes. After 14 days the places were stained with violet crystal and the colonies were counted. -glycerophosphate and 50 mg/ml ascorbic acid, and analyzed on days 7, 14 and 21. Osteoblast culture irradiation assay: cells were plated at a density of 1x 105 cells/plate on 60 mm dishes and the next day were irradiated by 60Co source with 0 (as the control), 0.5, 1.0, 1.5 and 2.0 Gy using the GammaCell 220 – Irradiation Unit of Canadian-Atomic Energy Commission Ltd. (CTR-IPEN). On day 21 of culture, undifferentiated (without ascorbic acid and β-glycerophosphate), differentiating cells (0 Gy) and irradiated cells at different doses, the medium was removed, cells were washed with phosphate buffer saline, fixed with 70% ethyl alcohol and stained with Alizarin red S (Sigma). All in three biological replicates (a total of 54 samples) and multiple comparisons were assessed by One-way ANOVA followed by Bonferroni´s tests with GraphPad Prism version 6.0 software. P< 0.05 was considered statistically significant. Results: Plating efficiency (PF) analysis is generally considered to be the gold standard of assays for testing the sensitivity of cell lines to ionizing radiation or other cytotoxic agents in vitro. The results obtained were a PF of 30% for non-irradiated culture, however, the irradiated culture obtained 40% in relation to the no-irradiated one, already with 0.5 Gy, and this percentage was maintained in the other larger doses. Regarding the evaluation of the formation of mineralization nodules, significant difference in 0.5 Gy group was observed compared with the control group (0 Gy), 64.7±1.8 and 53.0±0.9, respectively. The groups of 1.0, 1.5 and 2.0 Gy obtained a decrease in the mineralization nodules. The data obtained with increasing irradiation produced an increase of mineralization nodules up to 0.5 Gy and in the higher doses had a decrease. Applying the data in a non-linear function it is observed that the line has a decreasing tendency with the negative angular coefficient. This analysis is in agreement with the hormesis model, in which low doses induce a stimulatory effect while high doses cause inhibition4. Conclusions: This study is one among the first that investigating the biophysics of low-dose gamma-irradiation on MC3T3-E1 culture, focusing on the potential applications in bone replacement therapy.

    Icon

  • IPEN-DOC 24646

    BALDACONI, RICARDO H. . Unidade autônoma de monitoramento, sinalização e registro para o sistema de segurança do irradiador multipropósito de Cobalto-60 / Autonomous monitoring unit, signs and registration for Cobalt-60 multipurpose irradiator safety system . 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 107 p. Orientador: Fábio Eduardo da Costa.

    Abstract: O Irradiador Multipropósito de Cobalto-60 é uma unidade construída no Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares, órgão da Comissão Nacional de Energia Nuclear. Esta instalação utiliza dos efeitos que a radiação gama produz ao interagir com um meio material e suas consequências. A radiação gama emitida pelo radioisótopo cobalto-60 é ionizante, com elevado poder de penetração, que ao interagir com os produtos, inclusive no interior de suas embalagens, transfere sua energia por meio de colisões aos elétrons dos átomos que constituem os produtos. Ao mesmo tempo que este processo de ionização é desejável em função de suas características deletérias aos microrganismos, a exposição indiscriminada às radiações ionizantes pelo ser humano ou animais apresentará danos e em doses elevadas poderão levar a morte. Diante destas circunstâncias, para garantir a segurança, os equipamentos utilizados para irradiação são construídos e operados sob normas rígidas de construção e operação. O sistema de segurança do Irradiador, constituído por um gerenciamento eletrônico de intertravamento de portas e exposição das fontes radioativas, é feito simultaneamente por um controlador lógico programável (CLP) e uma lógica de relés. Todas as informações, obtidas através das entrada e saídas do Irradiador, são monitoradas pelo sistema de segurança e enviadas para um computador com um programa supervisório. O propósito do trabalho foi a construção de uma Unidade Autônoma de Monitoramento, Sinalização e Registro para o Sistema de Segurança do Irradiador Multipropósito de Cobalto-60. O desenvolvimento deste equipamento permitiu o monitoramento e registro de eventos, até mesmo de tempos muito curtos, não detectáveis pelo CLP. Cada evento foi registrado em um cartão de memória, de forma a permitir que estes eventos possam ser posteriormente analisados em qualquer computador, mantendo todo e qualquer histórico de ocorrências. Este é um equipamento de monitoramento totalmente independente, não interferindo no funcionamento do sistema atual já homologado.

    Icon

  • IPEN-DOC 24636

    SILVA, JOSIAS P.L. ; BELLINI, MARIA H. . Radiosensitization of human prostate cell line lncap by [6]-gingerol. In: ANAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIENCIAS NUCLEARES, 09-11 de outubro, 2017, São Paulo, SP. Abstract... Rio de Janeiro, RJ: Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares, 2017. p. 115-115.

    Abstract: Introduction: Prostate cancer is the second most prevalent malignancy and second leading cause of cancer-related deaths among men in the world. Several different diagnostic and therapeutic approaches have been developed in order to decrease the death rates. A number of experimental and clinical studies have showed antiproliferative, pro-apoptotic, anti-metastatic and anti-angiogenic effects of several phytochemicals. [6]-Gingerol (1-[4'-hydroxy-3'-methoxyphenyl]-5-hydroxy-3- decanone), the major pungent principle of ginger, has anti-oxidant, anti-inflammation and antitumor promoting activities. Aim: The purpose of this study was to evaluate the radiosensitizing activity of [6]-Gingerol in the human prostate cancer cells. Methods: The viability was assessed (3-(4,5-dimethylthiazol-2-yl)-2,5-diphenyltetrazolium bromide) tetrazolium (MTS) assay. The prostate human cells (LNCAP) (2,5×103 cells/well) were seeded into 96-well plates, after 24 hr they were treated with 150 and 300μg/mL of [6]-Gingerol or vehicle alone (0.1% DMSO) in serum containing media. After incubation, MTS solution was added to the plate at a final concentration of 0.5 mg/mL. The cells were incubated for 2 hr in dark at 37. The resulting MTS-products were determined by measuring the absorbance at 490 nm with ELISA reader. In the clonogenic cell survival assay, the cells were divided into two groups: A) control, B) treated with [6]-Gingerol, C) irradiated control and D) treated with [6]-Gingerol and irradiated. The cells were irradiated by 60Co source in the range from 0 to 15 Gy, using the GammaCell 220 – Irradiation Unit of Canadian-Atomic Energy Commision Ltd. (CTR-IPEN). After 10-14 days of culture in normoxia conditions, cell colonies were fixed and stained with methanol 20% and crystal violet 0.5% and counted. Multiple comparisons were assessed by One-way ANOVA followed by Bonferroni´s tests with GraphPad Prism version 6.0 software. p< 0.05 was considered statistically significant. Results: Our results demonstrated that [6]-Gingerol treatment induced a dose-dependent decrease in the cell viability. Compared with the vehicle control, the cell viabilities were 75.99 ± 3.56% and 43.06 ± 7.82% when the cells were exposed to 150 μg/mL and 300 μg/mL of [6]-Gingerol, respectively. Therefore, we observed a significant difference between the treatment groups; (P<0.01). Then, the effect of [6]-Gingerol (300 μg/mL) on cell radiosensitivity was evaluated. The clonogenic cell survival assay showed a significant difference between dose-survival curves of group (A) and (B), (P<0.05) and between the group (C) and (D), (P<0.05). Therefore, [6]-Gingerol treatment increased the radiosensitivity of LNCaP cells. Conclusions: The results demonstrated that, besides inducing a dose-dependent apoptosis in LNCaP human prostate cancer cells, [6]-Gingerol showed a radiosensitizing activity. These findings suggests it potential as candidate phytochemical agent for combined therapy for prostate cancer.

    Icon

  • IPEN-DOC 24635

    SILVA, EVELIN C. da ; BELLINI, MARIA H. . Upregulation of peroxideroxin-6 in human renal adenocarcinoma cells 786-0, after ionizing radiation. In: ANAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIENCIAS NUCLEARES, 09-11 de outubro, 2017, São Paulo, SP. Abstract... Rio de Janeiro, RJ: Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares, 2017. p. 114-114.

    Abstract: Introduction: Renal cell carcinoma (RCC) accounts for 3% of human malignancies and approximately 90% of renal malignancies and among urological tumors. RCC is quite resistant to conventional radiotherapy. This technique allows the dose of radiation, in a single fraction, to be precisely applied to the tumor and the tissues adjacent to it, most of the time, are spared. Proteomics has allowed large-scale studies of protein expression in different tissues and body fluids, under different conditions and / or times. Mass spectrometry allows the identification and quantification of thousands of proteins and peptides in a biological fluid or lysed cells, and is analyzed on a platform to identify differences in the expression of proteins associated with cancer cell proliferation and to establish potential biomarkers predictive of the response therapy. The peroxideroxin- 6 (PRDX 6) protein encoded by this gene is a member of the antioxidant protein family. The PRDX family contains six members that function in detoxifying ROS and providing cytoprotection from internal and It may play a role in the regulation of phospholipid turnover as well as in protection against oxidative injury. Aim: To analyze the expression of PRDX6 in 786-0 cells, after radiation. Methods: A cell culture of the 786-0 cells was performed and to evaluate the mitotic potential, the clonogenic assay was performed with doses of 2 to 10 Gy irradiated in GammaCell (CTR, IPEN) and incubated for 10 days in normoxia conditions. After 10 days, the colonies of the respective doses were stained with methanol 20% and crystal violet 0,5% and counted, and the multiple comparisons was analized by One-way ANOVA followed by Bonferroni´s test and at the defined dose the cells were irradiated and the cytoplasmic proteins were extracted by the PE kit Subcellular proteome extraction (Merck, USA), dosed by the Lowry method and stored at -20º. For the qualitative analysis of proteins, SDS-PAGE was performed with 50ug of protein and the protein band obtained was digested and analyzed by nanoUPLC tandem nanoESI-MSE mass spectrometry in the LNBio laboratory in Campinas-SP. The generated result was analyzed by MASCOT server for peptides searchs and quantitatively analized by scaffoldTM 4.6 software. Results: After the clonogenic assay was performed, 8 Gy was defined as the dose for cell irradiation, an average protein yield of 786-0 non-irradiated 2,59± 0,07 mg/mL and 786-0 irradiated with 3,13± 0,67 mg/mL was obtained. Mass spectrometry revealed the presence of the PRDX6 protein with a 95% coverage and a fold-change of 3.1 compared to the non-irradiated group. Conclusion: The overexpression of PRDX6 after radiation, suggests a potential role for PRDX6 in protection against oxidative stress and a radioresistance to renal cells,

    Icon

  • IPEN-DOC 24634

    IKEGAMI, AMANDA ; SILVA, LUIZ F.T. da ; BELLINI, MARIA H. . Downregulation of NF-ΚB1 enhances the radiosensitivity of renal cell carcinoma. In: ANAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIENCIAS NUCLEARES, 09-11 de outubro, 2017, São Paulo, SP. Abstract... Rio de Janeiro, RJ: Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares, 2017. p. 113-113.

    Abstract: Introduction: Clear cell renal cell carcinoma (ccRCC) accounts for ∼80% of all renal cell carcinomas (RCC) and has the Von Hippel–Lindau (VHL) tumor suppressor gene mutated. The lack of VHL protein leads to a constitutionally active Hypoxia Inducible Factor (HIF) pathway that confers both chemoresistance and radioresistance for renal tumor. HIF pathway is known to interact with the transcription factor nuclear factor kappa B (NF-kB). Increased NF-κB activity is associated with the development and progression of RCC (IKEGAMI A, TEIXEIRA LF. BRAGA MS et al. The American Society for Cell Biology 2016; 26: 3948-3955). Objective: Evaluate the synergistic effect of NF-kB1 knockdown and ionizing radiation in murine renal adenocarcinoma cell line. Methods: The murine renal adenocarcinoma cell line (Renca cells) (ATCC, USA) was cultured in RPMI 1640 supplemented with 10% FBS and penicillin/streptomycin. Lentiviral shRNA vector was used to knockdown of NF-KB1 gene in Renca cells, as described previously (1). In the clonogenic cell survival assay, the cells were irradiated by 60Co source in the range from 0 to 10 Gy, using the GammaCell 220 – Irradiation Unit of Canadian-Atomic Energy Commision Ltd. (CTR-IPEN). After 10-14 days of culture, cell colonies were fixed and stained with formaldehyde 4% and rhodamine B 2% and counted. To assess cell viability, tetrazolium [3-(4,5-dimethylthiazol-2-yl)-5- (3-carboxymethoxyphenyl)-2-(4-sulfophenyl)-2H-MTS] was performed within 24 hours after irradiation at a dose of 10Gy. The survival variables α e β were fitted according to the linear quadratic equation (SF=exp[-αD-βD2]); SF=survival fraction, D=dose of irradiation and P value was determined by F test. Multiple comparisons were assessed by One-way ANOVA followed by Bonferroni´s tests with GraphPad Prism version 6.0 software. P< 0.05 was considered statistically significant. Data are shown as the mean ± SD. Results: The Renca-shRNA-NF-kB1 cells were found to be significantly more radiosensitive than controls - Renca-WT and Renca-Mock, (P<0.001 vs Renca-Mock). The ratio α/β was increased in Renca-shRNA-NF-kB1: -0.177±0.677 compared with 7.368±1.833 and 11.960±5.240 of the Renca- WT and Renca-Mock, respectively. There was no significant difference in the survival fraction between Renca-WT and Renca-Mock groups. The lethal dose 50% (LD50) of Renca-WT was 3.33 Gy and Renca-Mock was 3.288 Gy whereas for the Renca-shRNA-NF-kB1 group it was 2.08 Gy. Corroborating these data, the Renca-shRNA-NF-kB1 showed reduction of 16.75±0.06% in the viability when compared to the Renca-Mock (P<0.001). Conclusion: The knockdown of NF-kB1 gene mediated by shRNA on Renca cells led to a decrease in the radioresistance. Therefore, this gene can be a therapeutic target for CCR treatment.

    Icon

  • IPEN-DOC 24633

    MENDONCA, DIEGO E. de O.; FANTINATI, MARCELO S.; FANTINATI, ADRIANA M.M.; SANTOS, BRUNO F.; REIS, JULIANA C.O.; BARBOSA, DEYSE A.; ARAUJO, LORRANE C.; LINO JUNIOR, RUY S.; RIBEIRO, MARTHA S. . Uso de terapia com luz de baixa potência para aceleração da cicatrização de queimaduras nas fases subaguda e crônica em ratos wistar com diabetes. In: ANAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIENCIAS NUCLEARES, 09-11 de outubro, 2017, São Paulo, SP. Resumo... Rio de Janeiro, RJ: Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares, 2017. p. 99-100.

    Abstract: Introdução: Pacientes com Diabetes Mellitus têm dificuldades na cicatrização de feridas, por defeito na deposição de colágeno ou diminuição na síntese de fatores de crescimento. Devido a grande dificuldade de cicatrização, vários tipos de procedimentos são utilizados no tratamento desses pacientes, como o uso de alginatos de cálcio, solução fisiológica 0,9% e sulfadiazina de prata. A Terapia com Luz de Baixa Potência (TLBP) tem mostrado bons resultados para aceleração de reparo cutâneo, no entanto, poucos estudos exploram seus efeitos biológicos. Objetivos: Avaliar a utilização da TLBP na aceleração da cicatrização de queimaduras nas fases subaguda e crônica em ratos Wistar com diabetes por análise histomorfométrica. Métodos: Projeto aprovado pela CEUA-UFG (007/2012.100). Os animais, uma vez induzidos a diabetes com estreptozotocina e após anestesia com quetamina 10% e xilazina 2% intraperitoneal, foram submetidos à queimadura por escaldo com água quente acima de 96°C por 14 s para indução de queimaduras de 3°grau. 30 animais foram aleatoriamente distribuídos em 2 grupos, grupo controle sem irradiação e grupo tratado. O grupo tratado foi irradiado com um laser de baixa potência (LASERMED 4098®, Carci, São Paulo, SP) com emissor GaAlAs =650 nm, potência 12 mW, área do spot 0,1 cm², irradiância 0,3 J e tempo 50 s. Para o tratamento, a área da queimadura era dividida em quatro quadrantes irradiados no modo pontual fluência de 6 J/cm², resultando em 24 J/cm² por sessão, totalizando 3 sessões/semana em dias alternados. Os animais receberam trocas com curativos oclusivos embebidos com sulfadiazina de prata e tiveram acompanhamento quanto aos aspectos histológicos ao longo de 14, 21 e 30 dias, na análise histológica dos processos patológicos utilizou se a coloração por hematoxilina e eosina, já para a quantificação de colágeno foi realizada a coloração por picro- sírius. Os processos patológicos gerais descritos foram: necrose, infiltrado inflamatório de polimorfonucleares, infiltrado inflamatório de mononucleares, hiperemia, hemorragia, neoangiogênese, fibrina, fibroblastos, colágeno e reepitelização. Estes foram classificadas de forma semi- quantitativa, seguindo os seguintes critérios: ausente, discreta (com comprometimento de até 25% da área), moderada (26 a 50%) e acentuada (acima de 50%). Para a análise estatística utilizou-se o “teste t’’ paramétrico e resultados significativos quando p < 0, 05. Resultados: Os resultados obtidos para a neoângiogenes nos grupos controle e tratamento foram moderado (2,0±0,0) e acentuado (3,0±0), respectivamente o que foi estatisticamente significante no grupo tratado em relação ao controle ao 14° dia (p<0, 05). A presença de fibroblastos no 14°dia no grupo controle era moderado (2,6±0,5) na maioria das vezes e no grupo tratado era acentuado (3,0±0), no 21° dia era ausente no grupo controle e no tratado acentuada (3,0±0), assim o número de fibroblasto foram estatisticamente significantes no grupo tratado em relação ao controle (p<0,05). No grupo controle a quantificação de colágeno foi de 10,2(9,18–12,50) no 14° dia; 10,11(9,06- 12,50) no 21° dia e 10,2 (9,57-14,00) no 30° dia. No grupo tratado a quantificação de colágeno foi de 12,5 (11,33-13,61) no 14° dia; 13,5 (11,53-16,40) no 21° dia e 14,2 (13,45-15,31) no 30° dia, assim houve maior deposição de colágenos ao longo do 14°, 21° e 30° dia no grupo irradiado comparados ao controle (p <0,01). Conclusão: O tratamento reduziu a ferida ao longo do tempo, estimulando a neoangiogênese, aumento de fibroblastos e maior deposição de colágenos.

    Icon

  • IPEN-DOC 24632

    SILVA, CAMILA R. ; LUNA, ARTHUR C.L.; MARIA, DURVANEI A.; RIBEIRO, MARTHA S. . Terapia com laser em baixa intensidade na proliferação de células de câncer de mama. In: ANAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIENCIAS NUCLEARES, 09-11 de outubro, 2017, São Paulo, SP. Resumo... Rio de Janeiro, RJ: Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares, 2017. p. 95-95.

    Abstract: Introdução: A terapia com laser em baixa intensidade (TLBI) tem ganhado grande destaque nas áreas da Saúde devido à busca por formas menos invasivas de tratamento. Entretanto, o seu uso em pacientes oncológicos é contraindicado já que a literatura reporta efeitos controversos em células tumorais. Objetivos: Este estudo tem como objetivo verificar os efeitos da TLBI na proliferação de células de tumor de mama. Métodos: Cem mil células de tumor de mama (MDA-MB-231) foram semeadas em placas de 96 poços em meio de cultura DMEM com 10 % de soro fetal bovino, e 24h depois, foram expostas à TLBI com laser de emissão em λ= 660nm e potência de 40 mW (MMOptics, São Carlos, SP, Brasil). O laser foi posicionado em contato direto com o fundo da placa, mantendo uma taxa de fluência uniforme de 1 W/cm2 por 60s e 120s, correspondendo as fluências de 60 J/cm2 e 120 J/cm2 (grupos TLBI60 e TLBI120, respectivamente). Os grupos controle não foram irradiados. Após 24 h, 48 h e 72 h, verificou-se a viabilidade celular em hemocitômetro através do teste de exclusão com azul de tripan, e a expressão do antígeno nuclear de proliferação celular (PCNA) e da proteína p53 por citometria de fluxo. As amostras preparadas separadamente para cada marcador (PCNA/p53) tiveram como canal de leitura FL1-H. Os experimentos foram realizados em triplicata em três momentos distintos (n=9). Os resultados foram submetidos à análise de variância dois fatores e Tukey como pós-teste, sendo considerados significativos quando p < 0,05. Resultados: Vinte e quatro-h e 48 h depois da TLBI, a viabilidade celular foi similar para os grupos TLBI e controle. Após 72 h, ambas as fluências promoveram redução significativa de aproximadamente 30 % no número de células viáveis em relação ao controle não irradiado. A expressão de PCNA depois de 24 h foi similar para todos os grupos. Após 48 h, ela foi cerca de 80 % e 70 % menor para os grupos TLBI60 e TLBI120, respectivamente. Em 72 h, nenhuma diferença estatisticamente significante foi detectada entre os grupos controle e TLBI60, mas para o grupo TLBI120 uma expressão significativamente mais baixa ( 50%) foi ainda observada. Com relação à expressão de p53, observou-se um aumento de cerca 56 % e 65 % para TLBI60 e TLBI120, respectivamente, após 24 h. Após 48 h, somente o grupo TLBI60 manteve essa expressão aumentada. Em 72 h, a expressão de p53 não diferiu entre os grupos. Conclusões: Considerando os parâmetros utilizados, nossos dados indicam que o uso da TLBI em células de tumor de mama pode reduzir a viabilidade celular, diminuir a proliferação celular e aumentar a expressão da proteína p53 indicando uma possível indução a apoptose dependendo da fluência e do tempo após tratamento.

    Icon

  • IPEN-DOC 24631

    CABRAL, FERNANDA V. ; PELLEGRINO, MILENA T.; SEABRA, AMEDEA B.; RIBEIRO, MARTHA S. . Efeitos da terapia fotodinâmica antimicrobiana associada a nanopartículas doadoras de óxido nítrico em leishmaniose cutânea. In: ANAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIENCIAS NUCLEARES, 09-11 de outubro, 2017, São Paulo, SP. Resumo... Rio de Janeiro, RJ: Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares, 2017. p. 94-94.

    Abstract: Introdução: A leishmaniose cutânea (LC) é uma doença crônica desenvolvida por parasitas do gênero Leishmania que promove lesões destrutivas e ulceradas. Os tratamentos disponíveis são limitados devido a efeitos colaterais, resistência e toxicidade. A inativação fotodinâmica (PDI) envolve a geração de estresse oxidativo e tem sido explorada como tratamento alternativo para LC. Além disso, estudos indicam que a administração de doadores de NO exógenos representa uma estratégia interessante contra LC. Objetivos: O propósito deste trabalho foi explorar os efeitos da PDI mediada por azul de metileno (AM) em associação com doadores de NO encapsulados em nanopartículas de quitosana (CSNP) em LC induzida em modelo murino utilizando bioluminescência em tempo real. Métodos: Projeto aprovado pela CEUA/IPEN 189/17. Utilizamos promastigotas de linhagem transgênica de Leishmania (L.) amazonensis expressando luciferase. Dezesseis camundongos BALB/c foram infectados na pata esquerda com 1.106 promastigotas. Após 4 semanas, os animais foram distribuídos aleatoriamente em 4 grupos experimentais (n=4): Controle (não tratado), PDI, PDI+CSNP e CSNP. A PDI foi administrada em duas sessões espaçadas de 24 horas e as CSNPs (80 μM) foram aplicadas imediatamente após a segunda sessão de PDI. A PDI foi realizada utilizando-se um LED vermelho (λ=660±22 nm), AM (100μM), irradiância de 100 mW/cm2 e exposição radiante de 150 J/cm². A carga parasitária foi analisada através da detecção da luciferase por bioimageamento nas primeiras 96 horas após o tratamento e nas 4 semanas subsequentes. Estatística: análise de variância com teste Tukey como pós-teste e diferenças entre grupos foram consideradas estatisticamente significativas quando p <0,05. Resultados: O grupo teste apresentarou redução significativa na carga parasitária em relação ao controle durante o experimento. 24 h após os tratamentos, a carga parasitária no grupo PDI+CSNP (1,1.106 ±9,6.105) reduziu em relação ao controle (1,3.107±1,1 .107) e continuou significativamente menor em 48 horas (1,8.106±1,4.106, PDI+CSNP e 2,7.107±1,4.107, controle), mas não foram observadas diferenças estatisticamente significantes quando comparada aos outros grupos teste. Após 72 h, todos os grupos tratados foram semelhantes com redução significativa em relação ao controle (controle 2,6.107±1,4.107, PDI+CSNP 4,6.106±3,4.106 e CSNP 1,9.107±4,8.107). A carga parasitária nos grupos teste permaneceu aproximadamente menor que o controle após 1, 2, 3 e 4 semanas pós-tratamento. Conclusão: Sob as condições utilizadas neste estudo, concluímos que as CSNPs não foram capazes de aumentar a eficiência da PDI mediada por azul de metileno em CL induzida por L. (L) amazonensis em camundongos.

    Icon

  • IPEN-DOC 24630

    SA, ANA P.N. de ; VILLAVICENCIO, ANNA L.C.H. . Avaliação dos efeitos das radiações ionizantes em farinhas – artigo de revisão. In: ANAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIENCIAS NUCLEARES, 09-11 de outubro, 2017, São Paulo, SP. Anais... Rio de Janeiro, RJ: Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares, 2017. p. 74-81.

    Abstract: A radiação é uma alternativa eficiente, de grande valor tecnológico no emprego de doses até 10 kGy para alimentos secos, desidratados e com baixo teor de gorduras. O objetivo desta pesquisa é realizar através de levantamento bibliográfico sobre os trabalhos existentes com finalidade tecnológica em farinhas e disponíveis na literatura para médias e altas doses de radiação. O estudo foi baseado nos dados de bases brasileiras e internacionais, tais como: “Google Scholar”, “ScienceDirect”, “Pubmed”, “SciELO”, "Web of Science". Foram coletados resultados do período compreendido entre os anos de 1980 e 2017, em farinhas provenientes de milho, mandioca, trigo, feijão, arroz, castanha, fubá e banana. Foram utilizadas palavras-chave tanto em Português como em Inglês: irradiação de alimentos; farinhas irradiadas e aspectos tecnológicos de farinhas irradiadas; food irradiation, technology aspects of irradiated flour. Os resultados da pesquisa/busca mostram que as doses variam desde a aplicação para fitossanitário até doses mais altas relacionadas às características tecnológicas. Foram encontrados 10 trabalhos com finalidade fitossanitária (0,1 a 1,0 kGy) e 20 com as características tecnológicas (doses acima de 1 kGy até 10 kGy). Nos trabalhos foram observados estudos relacionados com redução de carga microbiológica, composição nutricional, modificações organolépticas e relação do aumento do índice de acidez presente em fubá/castanha e também uma tendência de melhora como meio de aperfeiçoamento na produção de panificação em alguns artigos. Desta forma, com base na literatura avaliada, Concluímos que as tecnologias de irradiação de alimentos com doses médias apresentam vantagens e melhoram as características na produção de pães.

    Icon

  • IPEN-DOC 24629

    BELINATO, WALMIR; SANTOS, WILLIAM S.; PERINI, ANA P.; NEVES, LUCIO P.; CALDAS, LINDA V.E. ; SOUZA, DIVANIZA N.. Avaliação de doses equivalentes em PET/CT com 18F utilizando o Método Monte Carlo com código MCNPX. In: ANAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIENCIAS NUCLEARES, 09-11 de outubro, 2017, São Paulo, SP. Anais... Rio de Janeiro, RJ: Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares, 2017. p. 60-73.

    Abstract: A técnica diagnóstica PET/CT (Positron Emisson Tomography/Computer Tomography) une recursos diagnósticos da Medicina Nuclear e da Radiologia. A técnica PET produz imagens metabólicas por meio de radiofármacos emissores de pósitrons. O presente trabalho usou o método Monte Carlo (MMC), especificamente o código de Monte Carlo NParticle – MCNPX, para simular a interação da radiação envolvendo fótons e partículas, tais como pósitrons e elétrons, com simuladores antropomórficos adultos virtuais em exames de PET/CT e determinar doses absorvidas e equivalentes em exames de pacientes adultos masculino e feminino. Para os cálculos, considerou-se os parâmetros dos feixes de tomografia computadorizada (colimação e filtração) de dois equipamentos distintos e as atividades de 18F-FDG comumente empregadas em exames de rotina. Foram estimados novos valores para fatores de conversão de dose absorvida por atividade administrada (valores-S) para doses internas em órgãos de pacientes com características similares aos simuladores de voxels escolhidos. Comparando-se com as doses absorvidas em órgãos devido ao 18F (doses internas), as doses absorvidas médias externas - devido ao feixe de raios X de CT - equivalem a 14,2% (equipamento GE) e 26,3% (equipamento Siemens). Essa diferença entre equipamentos pode ser relacionada principalmente com a quantidade de cortes de CT necessários para o exame de corpo inteiro (40 mm/rotação para ao GE e 20 mm/rotação para o Siemens), com uso do filtro gravata borboleta (filtro bowtie). Considerando-se as doses absorvidas internas, os novos coeficientes por atividade administrada calculados apresentaram um acréscimo próximo de 30% em relação aos valores da ICRP 106 e podem ser associados com representação morfológica mais realista dos órgãos dos simuladores utilizados e à introdução de fatores de espalhamento para fótons, porque os simuladores foram dispostos sobre uma mesa de exames, o que não é levado em consideração na ICRP 106.

    Icon

  • IPEN-DOC 24628

    CALVO, WILSON A.P. . IPEN - aplicação de técnicas nucleares voltado para a área da saúde. In: ANAIS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIENCIAS NUCLEARES, 09-11 de outubro, 2017, São Paulo, SP. Resumo... Rio de Janeiro, RJ: Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares, 2017. p. 24-25.

    Abstract: O IPEN/CNEN/SP tem destacada atuação em vários setores da atividade nuclear entre elas, nas aplicações das radiações e radioisótopos, em reatores nucleares, em materiais e no ciclo do combustível, em radioproteção e dosimetria, cujos resultados vem proporcionando avanços significativos no domínio de tecnologias, na produção de materiais e na prestação de serviços de valor econômico e estratégico para o país, possibilitando estender os benefícios da energia nuclear à segmentos maiores de nossa população. A multidisciplinaridade das atividades do setor nuclear, tem permitido conduzir amplo e variado programa de pesquisas e desenvolvimentos em outras áreas. Dentre essas, Biotecnologia, Física Nuclear e de Radioquímica, Materiais Avançados, como a obtenção e preparação de cerâmicas especiais, biomateriais e crescimento de monocristais para o uso em lasers. Um rigoroso programa de controle radiológico e de segurança nuclear é conduzido em todas as instalações nucleares e radioativas do IPEN. Este programa inclui monitorações radiológicas, pessoal e ambiental, atendimento a emergências radiológicas, análises radiotoxicológicas, avaliações radiosanitárias, calibração de monitores de radiação, tratamento e acondicionamento de rejeitos nucleares de baixa atividade. O IPEN é ainda responsável, em associação com a USP, pela condução de programas de pós-graduação em nível de mestrado e doutorado. A CAPES tem avaliado os cursos de pós-graduação do IPEN com os melhores conceitos, colocando-o entre os melhores cursos de pós-graduação do país.

    Icon

Próxima página

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

1. Portaria IPEN-CNEN/SP nº 387, que estabeleceu os princípios que nortearam a criação do RDI, clique aqui.


2. A experiência do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN-CNEN/SP) na criação de um Repositório Digital Institucional – RDI, clique aqui.