REPOSITÓRIO DIGITAL DA PRODUÇÃO TÉCNICO CIENTÍFICA

 

 

 

Apresentação

 

O Repositório Digital do IPEN é um equipamento institucional de acesso aberto, criado com o objetivo de reunir, preservar, disponibilizar e conferir maior visibilidade à Produção Científica publicada pelo Instituto, desde sua criação em 1956.

Operando, inicialmente como uma base de dados referencial o Repositório foi disponibilizado na atual plataforma, em junho de 2015. No Repositório está disponível o acesso ao conteúdo digital de artigos de periódicos, eventos, nacionais e internacionais, livros, capítulos, dissertações, teses e relatórios técnicos. [Saiba mais]

 

Comunidade no repositório

Selecione a comunidade para navegar nas coleções.

Submissões recentes

  • IPEN-DOC 22873

    CASTRO, MAYSA C. de ; XAVIER, MARCOS ; SILVA, NATALIA F. ; CALDAS, LINDA V.E. . Comparação entre duas câmaras de ionização do tipo lápis com comprimento de volume sensível de 30 cm / Comparison between two pencil-type ionization chambers with sensitive volume length of 30 cm. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METROLOGIA DAS RADIAÇOES IONIZANTES, 3., 21-23 de novembro, 2016, Rio de Janeiro, RJ. Anais... . p. 1-4.

    Abstract: A tomografia computadorizada (CT) vem crescendo devido aos avanços da tecnologia dos equipamentos, proporcionando uma dose maior no paciente, em relação aos demais exames de radiodiagnóstico, levando a uma preocupação com os pacientes. A dosimetria em CT é realizada com uma câmara de ionização do tipo lápis com comprimento de volume sensível de 10 cm. Os estudos têm mostrado a subestimação dos valores de dose. Foram desenvolvidas neste trabalho duas câmaras de ionização com comprimentos de volume sensível de 30 cm, que foram submetidas aos testes principais de caracterização, obtendo-se resultados dentro dos limites recomendáveis internacionalmente.

    Icon

  • IPEN-DOC 22871

    ALVARENGA, TALLYSON S. ; FEDERICO, CLAUDIO A.; VALERIANO, CAIO C.S. ; CALDAS, LINDA V.E. . Determinação da radiação espalhada no laboratório de calibração com nêutrons do IPEN / Determination of the scattered radiation at the neutron calibration laboratory of IPEN. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METROLOGIA DAS RADIAÇOES IONIZANTES, 3., 21-23 de novembro, 2016, Rio de Janeiro, RJ. Anais... . p. 1-5.

    Abstract: Com o aumento do uso de técnicas que utilizam radiação de nêutrons, houve um crescimento considerável no número de detectores para esse tipo de radiação. Foi projetado um laboratório de calibração de detectores com nêutrons (241AmBe). Nas situações práticas neste tipo de laboratório, um dos problemas principais está relacionado ao conhecimento da radiação espalhada. Com o intuito de avaliar esta radiação espalhada, foram realizadas simulações sem a presença dos elementos estruturais e com a sala completa. Foram avaliados quatorze pontos de medições em direções diferentes a várias distâncias.

    Icon

  • IPEN-DOC 22870

    ALMEIDA, JAMILLE da S. ; KOSKINAS, MARINA F. ; MARQUES, CAIO P. ; MOREIRA, DENISE S. ; DIAS, MAURO da S. . Impurity determination in 153Sm by means of a High Purity Germanium spectrometer. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METROLOGIA DAS RADIAÇOES IONIZANTES, 3., 21-23 de novembro, 2016, Rio de Janeiro, RJ. Anais... . p. 1-5.

    Abstract: Neste trabalho, a impureza radionuclídica de longa duração 152Eu, presente na solução de 153Sm, foi medida por meio de um espectrômetro de HPGe, calibrado na faixa de energia entre 81 e 1408 keV por meio de soluções padronizadas em ampolas seladas de 60Co, 133Ba, 137Cs e 152Eu. A razão entre as atividades do 152Eu e do 153Sm resultou 5,2x10-6. Este valor é menor que o limite estabelecido pelo controle de qualidade.

    Icon

  • IPEN-DOC 22869

    ALGARVE, FABIO J. ; CALDAS, LINDA V.E. . Verificação da influência do suporte de pastilhas na resposta TL do BeO / Verification of the influence of the pellet support cover on the TL response of BeO. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METROLOGIA DAS RADIAÇOES IONIZANTES, 3., 21-23 de novembro, 2016, Rio de Janeiro, RJ. Anais... . p. 1-4.

    Abstract: O objetivo deste trabalho foi verificar a influência da tampa do suporte de pastilhas de um dispositivo dosimétrico na resposta termoluminescente (TL) do BeO, considerando que ele poderia causar uma atenuação no feixe. Entretanto, os resultados demonstraram que o dispositivo testado não é sensível à influência da referida tampa. Portanto, a utilização deste suporte no dispositivo dosimétrico empregado não altera a resposta TL no estudo das características dosimétricas do BeO.

    Icon

  • IPEN-DOC 22882

    NUNES, M.G. ; VILLANI, D.; ALMEIDA, S.B.; VIVOLO, V. ; YORIYAZ, H. ; LOUIS, G.M.J.. Resposta de Microcubos de TLD-100TM a dois feixes de qualidade RQR3. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METROLOGIA DAS RADIAÇOES IONIZANTES, 3., 21-23 de novembro, 2016, Rio de Janeiro, RJ. Anais... . p. 1-4.

    Abstract: A resposta de microcubos de TLD-100TM a dois feixes de qualidade RQR 3, definida pela norma IEC-61267, é comparada para que a dependência da resposta do TLD-100TM com a energia efetiva do feixe de radiação X reportada na literatura seja avaliada nessas condições. A reprodutibilidade dos microcubos de TLD-100TM é avaliada através da resposta de um segundo conjunto de dosímetros, obtida em uma segunda leitora, ao feixe implementado no Laboratório de Calibração de Instrumentos do IPEN. A dependência da resposta com a energia efetiva ou o espectro do feixe não foi detectada e a reprodutibilidade das medidas é de 90,2%.

    Icon

  • IPEN-DOC 22879

    MARQUES, CAIO P. ; KOSKINAS, MARINA F. ; ALMEIDA, JAMILLE da S. ; YAMAZAKI, IONE M. ; DIAS, MAURO da S. . Standardization of 32P radioactive solution. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METROLOGIA DAS RADIAÇOES IONIZANTES, 3., 21-23 de novembro, 2016, Rio de Janeiro, RJ. Anais... . p. 1-6.

    Abstract: The standardization of 32P radioactive solution using three different methods is presented. The disintegration rate was determined by the CIEMAT/NIST and TDCR methods in liquid scintillator systems and self-absorption extrapolation method using PC) system. The results obtained for the activity of the 32P solution were compared and they agree within the experimental uncertainties.

    Icon

  • IPEN-DOC 22885

    POLO, IVON O. ; ANTONIO, PATRICIA de L. ; CALDAS, LINDA V.E. . Análise da resposta de uma câmara de extrapolação pelo método de Monte Carlo. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METROLOGIA DAS RADIAÇOES IONIZANTES, 3., 21-23 de novembro, 2016, Rio de Janeiro, RJ. Anais... . p. 1-9.

    Abstract: São apresentados os resultados da simulação de uma câmara de extrapolação com duas janelas de entrada diferentes usando o método de Monte Carlo MCNP. Foi analisada a variação da resposta da câmara, em função da distância fonte-detector em feixes de radiação beta. Foram determinados o fluxo de partículas que passaram através de cada janela, a fluência de partículas na cavidade e a taxa de dose absorvida no tecido para a distância fonte-detector de 30 cm. Os resultados das simulações estão dentro dos intervalos das incertezas associadas e em concordância com os valores experimentais e os valores do certificado de calibração.

    Icon

  • IPEN-DOC 22684

    SILVA, NATALIA F. ; CINTRA, FELIPE B. ; CASTRO, MAYSA C. de ; CALDAS, LINDA V.E. . Determinação do fator de correção para atenuação no ar para uma câmara de ionização de ar livre / Determination of the air attenuation correction factor for a free air ionization chamber. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METROLOGIA DAS RADIAÇOES IONIZANTES, 3., 21-23 de novembro, 2016, Rio de Janeiro, RJ. Anais... . p. 1-7.

    Abstract: Este trabalho tem como objetivo apresentar os resultados obtidos experimentalmente e por simulação para o fator de correção da atenuação no ar de uma câmara de ionização de ar livre de cilindros concêntricos Victoreen, modelo 481- 5. Este fator de correção foi obtido para as qualidades padronizadas de mamografia, estabelecidas no Laboratório de Calibração de Instrumentos (LCI) do IPEN. Os valores obtidos foram comparados com os resultados do laboratório padrão primário alemão Physikalisch-Technische Bundesanstalt (PTB), obtendo-se diferenças máximas de 0,40% para o valor experimental e de 0,31% para o valor simulado.

    Icon

  • IPEN-DOC 22686

    S. JUNIOR, IREMAR A.; SIQUEIRA, PAULO de T.D. ; NACIMENTO, EDUARDO; VIVOLO, VITOR ; POTIENS, MARIA da P.A. . Comparação entre duas metodologias para correção da uniformidade de fontes extensas de referência. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METROLOGIA DAS RADIAÇOES IONIZANTES, 3., 21-23 de novembro, 2016, Rio de Janeiro, RJ. Anais... . p. 1-6.

    Abstract: São apresentados neste artigo os procedimentos para obtenção de fatores de correção de uniformidade de fontes extensas de referência sugeridos por duas metodologias distintas. A primeira metodologia é apresentada pelo Guia de Boas Práticas do Nº 14 do NPL, que oferece uma correção numérica e a segunda é uma correção que utiliza o código de transporte de radiação, MCNP5. Ambos os métodos resultam na proposição de valores de correções muito similares percentualmente, com desvio máximo de 0,24%.

    Icon

  • IPEN-DOC 23751

    VILLANI, D.; ALMEIDA, S.B.; CAMPOS, L.L. . Caracterização de dosímetros de Al2O3:C para dosimetria de fótons utilizando a técnica OSL. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METROLOGIA DAS RADIAÇOES IONIZANTES, 3., 21-23 de novembro, 2016, Rio de Janeiro, RJ. Anais... . p. 1-6.

    Abstract: A dosimetria opticamente estimulada (OSL) tem ganhado destaque em aplicações clínicas e acadêmicas no Brasil. Nesse trabalho, são apresentados resultados da caracterização OSL dos dosímetros de Al2O3:C (TLD-500) fabricados pela Rexon™ Components and TLD Systems em uma leitora RISØ, modelo TL/OSL-DA-20 para dosimetria de feixes de fótons de energias altas. Todos os parâmetros da leitora, e suas variações foram avaliados.

    Icon

  • IPEN-DOC 23779

    LEVY, DENISE ; SORDI, GIAN M.A.A. . Web-based instructional program to improve professional development: recommendations and standards for radioactive facilities in Brazil. International Journal of Social, Behavioral, Educational, Economic, Business and Industrial Engineering; International Scholarly and Scientific Research & Innovation, v. 11, n. 1, p. 75-80, 2017.

    Abstract: This web based project focuses on continuing corporate education and improving workers' skills in Brazilian radioactive facilities throughout the country. The potential of Information and Communication Technologies (ICTs) shall contribute to improve the global communication in this very large country, where it is a strong challenge to ensure high quality professional information to as many people as possible. The main objective of this system is to provide Brazilian radioactive facilities a complete web-based repository - in Portuguese - for research, consultation and information, offering conditions for learning and improving professional and personal skills. UNIPRORAD is a web based system to offer unified programs and inter-related information about radiological protection programs. The content includes the best practices for radioactive facilities in order to meet both national standards and international recommendations published by different organizations over the past decades: International Commission on Radiological Protection (ICRP), International Atomic Energy Agency (IAEA) and National Nuclear Energy Commission (CNEN). The website counts on concepts, definitions and theory about optimization and ionizing radiation monitoring procedures. Moreover, the content presents further discussions related to some national and international recommendations, such as potential exposure, which is currently one of the most important research fields in radiological protection. Only two publications of ICRP develop expressively the issue and there is still a lack of knowledge of fail probabilities, for there are still uncertainties to find effective paths to quantify probabilistically the occurrence of potential exposures and the probabilities to reach a certain level of dose. To respond to this challenge, this project discusses and introduces potential exposures in a more quantitative way than national and international recommendations. Articulating ICRP and AIEA valid recommendations and official reports, in addition to scientific papers published in major international congresses, the website discusses and suggests a number of effective actions towards safety which can be incorporated into labor practice. The WEB platform was created according to corporate public needs, taking into account the development of a robust but flexible system, which can be easily adapted to future demands. ICTs provide a vast array of new communication capabilities and allow to spread information to as many people as possible at low costs and high quality communication. This initiative shall provide opportunities for employees to increase professional skills, stimulating development in this large country where it is an enormous challenge to ensure effective and updated information to geographically distant facilities, minimizing costs and optimizing results.

    Icon

  • IPEN-DOC 23753

    LEVY, DENISE ; VILLAVICENCIO, ANNA L.C.H. . Web-based tools to increase public understanding of nuclear technology and food irradiation. International Journal of Social, Behavioral, Educational, Economic, Business and Industrial Engineering; International Scholarly and Scientific Research & Innovation, v. 11, n. 1, p. 70-74, 2017.

    Abstract: Food irradiation is a processing and preservation technique to eliminate insects and parasites and reduce diseasecausing microorganisms. Moreover, the process helps to inhibit sprouting and delay ripening, extending fresh fruits and vegetables shelf-life. Nevertheless, most Brazilian consumers seem to misunderstand the difference between irradiated food and radioactive food and the general public has major concerns about the negative health effects and environmental contamination. Society´s judgment and decision making are directly linked to perceived benefits and risks. The web-based project entitled ‘Scientific information about food irradiation: Internet as a tool to approach science and society’ was created by the Nuclear and Energetic Research Institute (IPEN), in order to offer an interdisciplinary approach to science education, integrating economic, ethical, social and political aspects of food irradiation. This project takes into account that, misinformation and unfounded preconceived ideas impact heavily on the acceptance of irradiated food and purchase intention by the Brazilian consumer. Taking advantage of the potential value of the Internet to enhance communication and education among general public, a research study was carried out regarding the possibilities and trends of Information and Communication Technologies among the Brazilian population. The content includes concepts, definitions and Frequently Asked Questions (FAQ) about processes, safety, advantages, limitations and the possibilities of food irradiation, including health issues, as well as its impacts on the environment. The project counts on eight selfinstructional interactive web courses, situating scientific content in relevant social contexts in order to encourage self-learning and further reflections. Communication is a must to improve public understanding of science. The use of information technology for quality scientific divulgation shall contribute greatly to provide information throughout the country, spreading information to as many people as possible, minimizing geographic distances and stimulating communication and development.

    Icon

  • IPEN-DOC 22685

    SANTOS, WAGNER I.A. dos ; COSTA, ISOLDA ; TOMACHUK, CELIA R.. Hydrothermal surface treatments with Cerium and Glycol molecules on the AA 2024-T3 clad alloy. Key Engineering Materials, v. 710, p. 216-221, 2016. DOI: 10.40.28/www.scientific.net/KEM.710.216

    Abstract: New treatments for replacement of chromate require lower toxicity and corrosion protection. This study aims to investigate the influence of the combination of a Ce conversion coating (CCCe) with glycol molecules on the corrosion resistance of the AA2024-T3 clad (AA1230). The corrosion resistance of surface treated and untreated samples was evaluated by electrochemical techniques (electrochemical impedance spectroscopy, polarization tests and open circuit potential). These tests were complemented by salt spray tests to accelerate the corrosive effects of weathering. The surfaces were analyzed after corrosion tests by scanning electron microscopy with X-ray energy dispersive detector (SEM - EDX). The results of the CCCe samples in combination with glycol were compared with that of the surface with chromate layer and the results showed that the CCCe treatment is a candidate for replacement of chromating with the advantage that it does not generate toxic residues. The self-healing capacity of the new treatment tested was indicated by the increased formation of corrosion products deposition on top of Fe rich intermetallis in the AA1230 clad with time of exposure to the electrolyte.

    Icon

  • IPEN-DOC 22868

    BUSTAMANTE, G.M.; BRESSIANI, J.C. . The brazilian ceramics industry. Tile and Brick International, v. 16, n. 1, p. 27-32, 2000.

    Icon

  • IPEN-DOC 23022

    MISSO, AGATHA M. . Síntese e caracterização de fósforos a base de silicatos de cálcio e magnésio dopados com európio e disprósio / Synthesis and characterization of phosphors based on calcium and magnesium silicates doped with europium and dysprosium. 2016. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 79 p. Orientador: Chieko Yamagata.

    Abstract: Fósforos a base de silicatos de Ca e Mg foram preparados pelo método sol-gel combinado com o processo de sais fundidos. O gel de sílica foi obtido a partir da solução de Na2SiO3 usando soluções de cloretos de európio, disprósio, cálcio e magnésio. Assim, estes cloretos foram homogeneamente distribuídos no gel. O gel obtido foi seco e tratado termicamente a 900°C por 1h para permitir a fusão dos sais presentes. Em seguida o material foi lavado com água até teste negativo para íons Cl- e seco em estufa a 80°C. A redução do európio para Eu2+ foi realizada em um forno sob atmosfera de 5% de H2 e 95% de Ar a 900°C por 3h para obter os fósforos de CaMgSi2O6:Eu2+ e CaMgSi2O6:Eu2+:Dy3+. Nos difratogramas de DRX das amostras, a diopsita foi identificada como fase cristalina principal e quartzo, como a secundária. Micrografias obtidas por MEV (microscopia eletrônica de varredura), das amostras, mostraram morfologia acicular, esférica, folhas e bastonetes das partículas e dos aglomerados . Curva de análise térmica (TGA-DTGA) revelou que a temperatura de cristalização do CaMgSi2O6:Eu2+ é próxima de 765°C. Estudos de espectroscopia de fotoluminescência foram baseados nas transições interconfiguracionais 4fN → 4fN-1 5d do íon Eu2+. O espectro de excitação apresentou banda larga relativa à transição de transferência de carga ligante metal (LMCT) O2- (2p) → Eu3+ na região de 250 nm e bandas finas oriundas das transições 4f → 4f do íon Eu3+ , mostrando a transição 7F0 → 5L6 em 393 nm quando a emissão é monitorada em 583,5 nm. E o espectro de emissão com excitação monitorada em 393 nm apresentou picos finos entre 570 e 750 nm característicos das transições 5D0 → 7 FJ (J = 0 - 5) do íon Eu3+ , indicando que o íon Eu3+ se encontra em um sítio com centro de inversão. Os resultados obtidos indicam que o método desenvolvido é viável na síntese de fóforos, CaMgSi2O6:Eu2+ e CaMgSi2O6:Eu2+:Dy3+ como foi proposto.

    Icon

  • IPEN-DOC 23021

    PIERETTI, EURICO F. . Biomêcanica aplicada na avaliação de propriedades de implantes ortopédicos metálicos tratados por feixe laser / Applied biomechanics to evaluate the properties of laser beam treated orthopedic implants. 2016. Tese (Doutorado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 204 p. Orientador: Maurício David Martins das Neves.

    Abstract: A marcação por feixe laser em superfícies é utilizada para assegurar a identificação e a rastreabilidade em biomateriais. A texturização via feixe laser confere maior aderência às superfícies dos dispositivos médicos implantáveis. Este trabalho teve o objetivo de avaliar o comportamento da superfície do aço inoxidável austenítico ABNT NBR ISO 5832-1 submetido à marcação e texturização com feixe laser de fibra óptica, alterando-se a frequência dos pulsos; frente ao seu comportamento biomecânico, por meio de: ensaios de resistência à tração, fadiga e desgaste; verificar a susceptibilidade à corrosão localizada, por ensaios eletroquímicos em solução que simula os fluidos corpóreos; e caracterizar a sua microestrutura. Os tratamentos alteraram a rugosidade e a dureza dos biomateriais em função do aumento da frequência dos pulsos. A microestrutura e composição química das superfícies sofreram mudanças que afetaram diretamente a camada passiva dos aços inoxidáveis. Este efeito foi comprovado com o uso de SVET, XPS e caracterização de propriedades eletrônicas do filme passivo. Os dois tipos de tratamentos implicaram em aumento de susceptibilidade magnética das superfícies. Os parâmetros utilizados para as marcações e texturizações não causaram diminuição na viabilidade celular, de modo que não apresentou citotoxicidade mesmo após incubação prolongada. Este biomaterial mostrou-se adequado perante os ensaios biomecânicos, uma vez que os tratamentos a laser, nas condições utilizadas, não induziram a formação de tensões superficiais de magnitude capaz de levar à fratura por fadiga, indicando vida em fadiga infinita; tampouco se pôde relacionar a região de fratura por tração com as marcações a laser. O volume de desgaste diminuiu em função do aumento da dureza produzido pela elevação da frequência do pulso nas texturizações. O caráter visual das marcações e texturizações por feixe laser foi assegurado após a maioria dos ensaios realizados.

    Icon

  • IPEN-DOC 23020

    BAPTISTA, ALESSANDRA . Influência da fase de crescimento celular na ação fotodinâmica: avaliação morfológica, mecânica e bioquímica, em células de Candida albicans / Influence of the cell growth phase on photodynamic action: morphological, mechanical and biochemical evaluation in cells of Candida albicans. 2015. Tese (Doutorado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 121 p. Orientador: Martha Simões Ribeiro.

    Abstract: Estudos têm demonstrado o potencial da terapia fotodinâmica antimicrobiana (aPDT) na inativação de diferentes células microbianas. No geral, são três as fases de crescimento dos microrganismos: fase lag, exponencial e estacionária. Os objetivos deste estudo foram avaliar a susceptibilidade de células de Candida albicans em diferentes fases de crescimento, submetidas à aPDT, associando azul de metileno (50 μM) e luz de emissão vermelha (λ= 660 nm) e investigar alterações morfológicas, mecânicas e bioquímicas, antes e depois da aPDT, por microscopia eletrônica de varredura, de força atômica e por espectroscopia no infravermelho por transformada de Fourier. Os resultados obtidos sugerem que, em parâmetros letais, células em fase estacionária de crescimento (48 h) são menos susceptíveis à aPDT, quando comparadas àquelas em fases lag (6 h) e ex-ponencial (24 h) de crescimento. Entretanto, em parâmetros subletais, células de 6 h e 48 h mostraram a mesma susceptibilidade à aPDT. Em sequência, os experimentos foram realizados em parâmetros considerados subletais para células crescidas por 6 e 48 h. A avaliação morfológica mostrou menor quantidade de matriz extracelular em células de 6 h comparada àquelas de 48 h. A espectroscopia de força atômica mostrou que células em fase lag perderam a rigidez após a aPDT, enquanto que células em fase estacionária mostraram comportamento in-verso. Ainda, células de 48 h diminuíram sua adesividade após a aPDT, enquanto que células de 6 h e 24 h tornaram-se mais adesivas. Os resultados bioquímicos revelaram que as diferenças mais significativas entre as células fúngicas de 6 h e 48 h ocorreram na região de DNA e carboidratos. A aPDT promoveu mais alterações bioquímicas na região de DNA e carboidratos em células de 6 h e em lipídios e ácidos graxos em células de 48 h. Nossos resultados indicam que a fase de crescimento celular desempenha papel importante no sítio de ação da aPDT em células de C. albicans.

    Icon

  • IPEN-DOC 23019

    AMARAL, PRISCILA O. . Caracterização química dos neonicotinóides em águas superficiais via cromatografia liquída de alta eficiência acoplada a espectrometria de massas em tandem (HPLC-MS/MS) / Chemical characterization of neonicotinoids in surface waters by high performance liquid chromatography with tandem mass spectrometry (HPLC MS/MS). 2017. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 126 p. Orientador: José Oscar Willian Vega Bustillos.

    Abstract: O presente estudo teve como propósito o desenvolvimento de um método para a determinação e a validação de uma metodologia para a identificação e quantificação de Neonicotinóides em águas superficiais coletadas na região de Bauru, no estado de São Paulo. As técnicas analíticas estudadas para o desenvolvimento deste método foram a cromatografia líquida de alta eficiência acoplada a espectrometria de massas em tandem (HPLC - MS/MS), a cromatografia a gás acoplada a espectrometria de massas (GC/MS) e a cromatografia a gás acoplada ao detector de captura de elétrons (GC/ECD). A classe de pesticidas Neonicotinóides foi escolhida para este trabalho por estar relacionada com um súbito desaparecimento de abelhas em colônias de todo o mundo. Este fenômeno é conhecido como colapso de desordem das colônias (Colony Collapse Disorder CCD) e o mesmo é caracterizado por uma rápida perda na população de abelhas adultas. Os Neonicotinóides utilizados neste estudo foram os compostos Clotianidina, Imidacloprido e Tiametoxam que foram proibidos na sua utilização como pesticidas na Europa pelo regulamento de execução nº 540/2011. As amostras foram concentradas utilizando as técnicas de extração em fase sólida (SPE) e extração líquido líquido (LLE) e injetadas no HPLC MS/MS, GC/MS e GC/ECD. As técnicas de GC/ECD e GC/MS não foram satisfatórias para a determinação na matriz água, pois, o limite de detecção (10 mg L-1), esta acima do valor máximo permitido na legislação da agência de proteção ambiental americana (0,6 μg L-1). A técnica de HPLC MS/MS utilizando o modo de monitoramento de reações múltiplas (MRM) provou se adequada para este estudo por obter limites de quantificação entre 5,89 a 8,06 μg L-1 e uma linearidade entre 0,9963 e 0,9993 para os três compostos.

    Icon

  • IPEN-DOC 23018

    SOUSA, MARIA A.S. de . Fatores associados à mortalidade na Leishmaniose visceral grave em Araguaína - TO: Caracteristicas epidemiológicas, clínicas e laboratoriais (2002 a 2015) / Factors assessed to mortality in severe visceral Leishmany in Araguaina-TO: epidemiological, clinical and laboratory characteristics (2002 to 2015). 2016. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 88 p. Orientador: Nanci do Nascimento.

    Abstract: A Leishmaniose Visceral (LV) é uma doença infecciosa de carater sistêmico. Estima-se que 350 milhões de pessoas no mundo estão expostas ao risco de infecção, com uma prevalência de 12 milhões de infectados e letalidade mundial de 59.000 casos por ano (OMS), sendo que 90%dos casos de LV ocorrem em países onde existe grande parte da população em situação de pobreza.Na América Latina a maioria dos casos ocorre no Brasil (96%) com média de 3.500 casos/ano. As áreas de maior endemia encontram-se nas regiões mais carentes do Norte e Nordeste.A donça afeta animais e o homem, podendo levar ao óbito em 100% dos casos, tendo como seu principal vetor a Lutzomyia longipalpis e como agente etiológico, a Leishmania Infantum. O Estado do Tocantins apresenta elevado número de casos autóctones, e é considerada área endêmica pelo Minisério da Saúde devido a doença estar presente na maioria dos seus municípios. A cidade de Araguaína, com 55,8% dos casos do Tocantins, é classificada pelo Ministério da Saúde como área de transmissão intensa.O objetivo geral deste trabalho foi analisar casos confirmados de Leishmaniose visceral grave CID-B55 internados no Hospital de Doenças Tropicais do Tocantins (HDT), na cidade de Araguaína - TO que evoluíram para óbito no periodo de janeiro de 2002 a dezembro de 2015. Pretendeu-se identificar e descrever dados epidemiológicos, clínicos e laboratoriais, e variáveis relacionadas ao tratamento. Foi feito um estudo epidemiológico, observacional, retrospectivo, descritivo, utilizando dados secundários de prontuários médicos de pacientes internados, no Hospital de Doenças Tropicais do Estado do Tocantins, na cidade de Araguaína - TO. Resultados: sexo masculino, 60,8 e 39,2% sexo feminino. 49,2% idade entre 0 e 10 anos; 20% maiores de 51 anos. Local de procedência em relação ao município 40,9% são de Araguaína; e ao Estado a 89% são do Tocantins. Presença de febre em 70,8%; esplenomegalia e hepatomegalia 76,7%. Hemoglobina < 7g/dl 50%, plaquetopenia 76,7%;leucopenia 50% e hipoalbuminemia 84,9%.Tempo de febre até a internação > que 30 dias 30,8%; Tempo de diagnóstico 5,1 dias; tempo de diagnóstico ao óbito 11,6 dias; RIFI 1/80 em 53,3%; Teste Rápido positivo 88,2% droga de escolha para tratmento foi Glucantime 43% seguida por anfotericina 32% e anfotericina lipossomal 25%. A principal causa do óbito na DO(Declaração de aÓbito) foi kalazar 33,3% e também Infecções respiratorias 31,7%.Conclui-se que a maior incidencia ocorre em individuo do sexo masculino menores de 10 anos, residentes no Estado do Tocantins, apresentando quadro febril prolongado, anemia severa e hipoalbuminemia grave, podendo este quadro ter influenciado na evolução ao óbito.

    Icon

  • IPEN-DOC 23017

    FERRARI, MARCELLO . Soldagem de chapas grossas em aço baixa liga temperado e revenido ASTM A514 com aço carbono ASTM A36 pelo processo arame tubular / Welding of ASTM A514 quenched and tempered low alloy steel thick plates with ASTM A36 carbon steel by FCAW process. 2016. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 128 p. Orientador: Maurício David Martins das Neves.

    Abstract: Neste trabalho foram determinadas as condições para a soldagem de chapas grossas de aço carbono ASTM A36 com aço baixo-liga temperado e revenido ASTM A514 Grau Q empregando-se o processo arame tubular. Para tanto foram soldadas diversas peças de testes com o intuito de se avaliar as condições mais adequadas de preparação e soldagem de juntas dissimilares destes materiais. A preparação foi realizada por meio de corte térmico. A temperatura de preaquecimento foi determinada através de modelos matemáticos, pelas recomendações das normas AWS D1.1 e DIN EN 1011-2 sendo posteriormente avaliada por intermédio do teste de soldabilidade tipo CTS Controlled Thermal Severity. Os parâmetros de soldagem foram determinados a partir da qualificação de um procedimento de soldagem, conforme a norma AWS D1.1. Foram avaliadas as consequências do emprego do tratamento térmico de alívio de tensões após soldagem (TTAT), pelos testes de dureza Vickers e impacto Charpy. A caracterização microestrutural foi realizada por meio de microscopia óptica e microscopia eletrônica de varredura. A caracterização das superfícies oxicortadas evidenciou os efeitos da descarbonetação e também da carbonetação. A temperatura de pré-aquecimento de 160°C determinada por meio da metodologia recomendada pelas normas AWS D1.1 e DIN EN 1011-2 mostrou-se satisfatória nos testes de soldabilidade. Foi possível a qualificação do procedimento de soldagem (EPS) com requisitos de impacto na condição "como soldado", porém na condição "após TTAT", os baixos valores de tenacidade obtidos no metal de solda, inferiores a 27J, não permitiram a qualificação de uma EPS com requisitos de impacto. Foi observada a ausência de trincas intergranulares tanto na zona afetada pelo calor quanto no metal de base ASTM A514, porém foi revelada a presença de microfases frágeis no metal de solda na condição "como soldado", especificamente na região da raiz, intensificadas pelo efeito da diluição. O aumento do teor de carbono na raiz, a presença de microfases frágeis, a grande fração de grãos colunares e de ferrita proeutetóide combinados com a baixa fração de ferrita acicular no metal de solda contribuíram para os baixos valores de tenacidade encontrados na condição "como soldado". Após o TTAT observou-se uma queda acentuada da tenacidade, inferior a 27J, do metal de solda devido à fragilização provocada pela precipitação e coalescimento de carbonetos de ferro.

    Icon

  • IPEN-DOC 23016

    PORTO, LUCIANA V.F.M. . Estudo do pior caso na validação de limpeza de equipamentos de produção de radiofármacos de reagentes liofilizados. Validação de metodologia de carbono orgânico total / Worst-case study for cleaning validation of equipments in the radiopharmaceutical production of lyophilized reagents. Metodology validation of total organic carbon. 2015. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 125 p. Orientador: Margareth Mie Nakamura Matsuda.

    Abstract: Os radiofármacos são definidos como preparações farmacêuticas contendo um radionuclídeo em sua composição, são administrados intravenosamente em sua maioria, e, portanto, o cumprimento dos princípios de Boas Práticas de Fabricação (BPF) é essencial e indispensável à tais produtos. A validação de limpeza é um requisito das BPF e consiste na evidência documentada que demonstra que os procedimentos de limpeza removem os resíduos a níveis pré-determinados de aceitação, garantindo que não haja contaminação cruzada. Uma simplificação da validação dos processos de limpeza é admitida, e consiste na escolha de um produto, denominado de "pior caso" ou worst case, para representar a limpeza de todos os equipamentos da mesma linha de produção. Uma das etapas da validação de limpeza é o estabelecimento e validação do método analítico para quantificação do resíduo. O objetivo deste estudo foi estabelecer o pior caso para a validação de limpeza dos equipamentos de produção de reagentes liofilizados-RL para marcação com 99mTc, avaliar a utilização do teor de carbono orgânico total (COT) como indicador de limpeza dos equipamentos utilizados na fabricação dos RL, validar o método para determinação de CONP (carbono orgânico não purgável/volátil) e realizar testes de recuperação com o produto escolhido como pior caso. A escolha do produto pior caso baseou-se no cálculo de um índice denominado "índice para pior caso - Worst Case Index (WCI)", utilizando informações de solubilidade dos fármacos, dificuldade de limpeza dos equipamentos e taxa de ocupação dos produtos na linha de produção. O produto indicado como pior caso entre os RL foi o MIBI-TEC. Os ensaios de validação do método foram realizados utilizando-se um analisador de carbono modelo TOC-Vwp acoplado a um amostrador automático modelo ASI-V, ambos da marca Shimadzu® e controlados por software TOC Control-V Shimadzu®. Foi utilizado o método direto de quantificação do CONP. Os parâmetros avaliados na validação do método foram: conformidade do sistema, robustez, linearidade, limites de detecção (LD) e de quantificação (LQ), precisão (repetibilidade e precisão intermediária), e exatidão (recuperação) e foram definidos como: 4% acidificante, 2,5 mL de oxidante, tempo de integração da curva de 4,5 minutos, tempo de sparge de 3,0 minutos e linearidade na faixa de 40-1000 μgL-1, com coeficiente de correlação (r) e soma residual dos mínimos quadrados (r2) > 0,99 respectivamente. LD e LQ para CONP foram 14,25 ppb e 47,52 ppb, respectivamente, repetibilidade entre 0,11 4,47%; a precisão intermediária entre 0,59 a 3,80% e exatidão entre 97,05 - 102,90%. A curva analítica para Mibi mostrou-se linear na faixa de 100-800 μgL-1, com r e r2 > 0,99, apresentando parâmetros similares aos das curvas analíticas de CONP. Os resultados obtidos neste estudo demonstraram que a abordagem do pior caso para validação de limpeza é um meio simples e eficaz para diminuir a complexidade e morosidade do processo de validação, além de proporcionar uma redução nos custos envolvidos nestas atividades. Todos os resultados obtidos nos ensaios de validação de método CONP atenderam as exigências e especificações preconizadas pela norma RE 899/2003 da ANVISA para considerar a metodologia validada.

    Icon

  • IPEN-DOC 23015

    SILVA, ANDRESSA A. da . Síntese e estabilização de nanopartículas de ouro para fins biotecnológicos e cosméticos / Synthesis and stabilization of gold nanoparticles for biotechnological and cosmetics uses. 2016. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 93 p. Orientador: Ademar Benévolo Lugão.

    Abstract: As sínteses de nanopartículas de ouro (AuNPs) com os agentes redutores e estabilizantes citrato de sódio e goma arábica bem como sua caracterização foram estudadas neste trabalho. As sínteses foram realizadas por meio de aquecimento e uso de radiação gama em fonte de 60Co nas doses 1, 7,5 e 15 kGy. Neste contexto, foram estudadas as propriedades e a estabilidade das AuNPs formadas por meio de técnicas de caracterização tais como espectroscopia de absorção UV-Vis, verificando as bandas características das AuNPs assim como a estabilidade física das mesmas. As amostras sintetizadas com citrato de sódio (AuCit) apresentaram comprimentos de onda que variaram entre 520 e 525 nm e as amostras sintetizadas com goma arábica (AuGA) apresentaram comprimentos de onda entre 530 e 540 nm. A análise de espalhamento de luz dinâmica, do inglês "Dynamic Light Scattering" (DLS) foi utilizada para determinar o tamanho hidrodinâmico das nanopartículas formadas no período de três meses, demonstrando que as amostras AuCit apresentaram tamanhos hidrodinâmicos médios que variaram de 20 a 50 nm enquanto que as amostras AuGA sintetizadas por aquecimento e com uso de radiação gama apresentaram tamanhos hidrodinâmicos médios que variaram de 50 a 115 nm. As análises de microscopia eletrônica de varredura com emissão de campo (MEV-FEG) e microscopia eletrônica de transmissão (MET) foram utilizadas para determinar a distribuição real de tamanhos das nanopartículas e sua forma geométrica. Nesta caracterização as AuGA apresentaram diâmetros menores do que os analisados por DLS, sugerindo assim possível encapsulamento das AuNPs.

    Icon

  • IPEN-DOC 23014

    SERAFIM, ANTONIO da C. . Estudo da densificação do combustível urânio - 7% gadolínio (Gd2O3) nanoestruturado / Fuel densification study about uranium- 7% nanostructured gadolinium (Gd2O3). 2016. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 85 p. Orientador: Elita Fontenele Urano de Carvalho.

    Abstract: O processo de sinterização de pastilhas de UO2-Gd2O3 tem sido investigado devido à sua importância na indústria nuclear e ao comportamento complexo durante a sinterização. A sinterização é bloqueada a partir de 1300°C, quando a densificação é deslocada na direção de maiores temperaturas e a densidade final obtida é diminuída. Esta pesquisa contempla o desenvolvimento de combustíveis nucleares para reatores de potência visando aumentar a sua eficiência no núcleo do reator através da elevação da taxa de queima. Foi estudado o uso do Gd2O3 de tamanho nanométrico, na faixa de 10 a 30nm, o qual foi adicionado ao UO2, visando verificar a possibilidade de evitar-se o característico bloqueio da sinterização devido ao efeito Kirkendall observado em pesquisas anteriores. As amostras foram produzidas por meio da mistura mecânica a seco dos pós de UO2 e de 7% Gd2O3 (macroestruturado e nanométrico). Os pós foram compactados e as pastilhas foram sinterizadas a 1700°C sob atmosfera de H2. Os resultados indicam que o característico bloqueio da sinterização no sistema UO2-Gd2O3 macroestruturado, que ocorre na faixa de temperatura de 1300-1500°C, retardando a densificação, foi observado de forma menos intensa quando o Gd2O3 nanométrico foi utilizado, ocorrendo à temperatura de 900°C, e facilitando a densificação posterior. Os ensaios dilatométricos indicaram uma retração de 22, 18 e 20% respectivamente nas pastilhas de UO2, UO2-7%Gd2O3 macro e UO2-7% Gd2O3nanométrico. Foi verificada uma retração 2% maior quando o Gd2O3 nanométrico foi utilizado quando comparada com a obtida com o uso do Gd2O3 macro, usado comercialmente, resultando em pastilhas com densidade adequada para uso como combustível nuclear.

    Icon

  • IPEN-DOC 23013

    SILVA, MIRNA M.S. e. Processo oxidativo avançado com ozônio de efluentes contaminados por manganês e outros metais pesados originados na drenagem ácida em mina de urânio / Advanced oxidative process with ozone of effluents contaminated by manganese and other heavy metals originated in the acid drainage in uranium mine. 2016. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 146 p. Orientador: Humberto Gracher Riella.

    Abstract: Durante a exploração de uma mina, vários impactos são causados no meio ambiente, entre eles a geração da drenagem ácida de minas (DAM), que consiste da exposição de minerais sulfetados ao ar, água e microorganismos do tipo ferroxidantes, apresentando reações de oxidação e formação de ácido sulfúrico solubilizando metais ali presentes contaminando o solo e as águas. O objetivo deste trabalho de pesquisa foi estudar uma solução tecnológica fazendo uso da oxidação avançada com ozônio de metais pesados presentes em efluentes contaminados, em mina de urânio, com especial foco na remoção do manganês. A mina de urânio das Indústrias Nucleares do Brasil INB, em Caldas, Minas Gerais, local de aplicação deste estudo, enfrenta o problema da DAM e tem como principais contaminantes de suas águas superficiais os elementos, alumínio (Al), manganês (Mn), zinco (Zn), ferro (Fe), sulfatos (SO4+2), fluoretos (F-), metais de terras raras, alem do urânio (U) e do tório (Th). Os testes com ozônio realizados em laboratório com os efluentes da INB e in situ, mostraram uma grande eficiência para remoção do ferro, manganês e cério em até 99%. A concentração total de manganês ficou abaixo dos limites estabelecidos pela resolução 430 e 357 do CONAMA. Elementos como neodímio (Nd), lantânio (La) e zinco (Zn) pouco se oxidam com O3. O Al se mantém praticamente inalterado, enquanto que o tório e o urânio decaem, mas com o passar do tempo de ozonização voltam a se concentrar, porém com um valor inferior ao inicial. O precipitado obtido após a ozonização consiste de até 85% de oxido de manganês. A fim de descartar, após a ozonização, o efluente líquido para o ambiente é necessário uma correção do pH, de modo a atender os parâmetros da legislação CONAMA, sendo utilizado 50 a 86% menos reagente (CaOH2), do que as quantidades utilizadas no processo adotado pela INB.

    Icon

  • IPEN-DOC 23012

    MACEDO, VAGNER dos S. . Desenvolvimento de uma base de dados computacional para aplicação em Análise Probabilística de Segurança de reatores nucleares de pesquisa / Development of a computational database for application in Probabilistic Safety Analysis of nuclear research reactors. 2016. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 104 p. Orientador: Delvonei Alves de Andrade.

    Abstract: O objetivo deste trabalho é apresentar a base de dados que foi desenvolvida para armazenar dados técnicos e processar dados sobre operação, falha e manutenção de equipamentos dos reatores nucleares de pesquisa localizados no Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN), em São Paulo - SP. Os dados extraídos desta base poderão ser aplicados na Análise Probabilística de Segurança dos reatores de pesquisa ou em avaliações quantitativas menos complexas relacionadas à segurança, confiabilidade, disponibilidade e manutenibilidade destas instalações. Esta base de dados foi desenvolvida de modo a permitir que as informações nela contidas estejam disponíveis aos usuários da rede corporativa, que é a intranet do IPEN. Os profissionais interessados deverão ser devidamente cadastrados pelo administrador do sistema, para que possam efetuar a consulta e/ou o manuseio dos dados. O modelo lógico e físico da base de dados foi representado por um diagrama de entidades e relacionamento e está de acordo com os módulos de segurança instalados na intranet do IPEN. O sistema de gerenciamento da base de dados foi desenvolvido com o MySQL, o qual utiliza a linguagem SQL como interface. A linguagem de programação PHP foi usada para permitir o manuseio da base de dados pelo usuário. Ao final deste trabalho, foi gerado um sistema de gerenciamento de base de dados capaz de fornecer as informações de modo otimizado e com bom desempenho.

    Icon

  • IPEN-DOC 23011

    SEO, DANIELE . Desenvolvimento de biomarcador específico de células beta pancreáticas (incretina radiomarcada) para imagem da massa beta funcional em diabéticos e obesos: estudo em modelo animal / Development of biomarker specific of pancreatic beta cells (incretin radiolabelled) for image of beta functional mass in diabetic and obese: study in animal model. 2017. Tese (Doutorado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 127 p. Orientador: Bluma Linkowski Faintuch.

    Abstract: O aumento nos casos de obesidade em todo o mundo tem gerado grande preocupação e estimulado pesquisas na prevenção e tratamento dessa condição patológica. A combinação de diabetes tipo 2 ou resistência insulínica com obesidade agrava o potencial evolutivo da enfermidade. Mesmo pacientes submetidos com sucesso à cirurgia bariátrica ou metabólica, podem não se curar do diabetes, pois a melhora das taxas circulantes de glicose e insulina nem sempre corresponde à recuperação da massa beta pancreática. Até o momento, não há consenso sobre como medir a massa de células beta in vivo. As ferramentas disponíveis padecem de baixa sensibilidade e especificidade, muitas vezes revelando-se também complexas e dispendiosas. Incretinas radiomarcadas ,como os análogos do peptídeo glucagon-like-peptide-1 / GLP-1, têm-se revelado promissoras para avaliação de células beta pancreáticas, em diabetes e insulinoma. O objetivo do presente trabalho foi o desenvolvimento de dois conjugados de análogo de incretina GLP-1, marcados com tecnécio-99m, a fim de propor um método não invasivo de imagem, para monitoração da massa de células beta pancreáticas, em organismos afetados por obesidade. O estudo foi conduzido em diferentes modelos animais, incluindo obesidade induzida por dieta hiperlipídica, estado pós-obesidade em que o distúrbio inicialmente gerado foi parcialmente corrigido, e como controle, diabetes induzido com aloxana. Nos resultados, os radiotraçadores alcançaram um rendimento radioquímico superior a 97%. O melhor radiomarcador, dentre os dois análogos ensaiados, foi o 99mTc-HYNIC-βAla-Exendin-4. Animais com obesidade induzida por dieta revelaram captação reduzida nas células beta pancreáticas. A restrição dietética (estado pós-obesidade) não se seguiu de recuperação completa, embora notável melhora de glicemia haja sido observada. Estudos futuros são indicados em modelos de obesidade, diabetes tipo 2 e tratamento dietético, incluindo cirurgia bariátrica e metabólica.

    Icon

  • IPEN-DOC 23010

    ORTIZ, ANGEL V. . Desenvolvimento de processo de obtenção de nanopartículas de sílica a partir de resíduo de fonte renovável e incorporação em polímero termoplástico para a fabricação de nanocompósito / Development of silica nanoparticles obtaintion process from renewable source waste and its incorporation in thermoplastic polymer for manufacturing a nanocomposite. 2016. Tese (Doutorado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 103 p. Orientador: Esperidiana Augusta Barretos de Moura.

    Abstract: A tecnologia de nanocompósitos é aplicável a uma vasta gama de polímeros termoplásticos e termofixos. A utilização de subprodutos da cana de açúcar tem sido extensivamente estudada como fonte de reforços para os nanocompósitos. O bagaço da cana é largamente utilizado na cogeração de energia e, como resultado da queima deste material, são produzidas milhões de toneladas de cinzas. Para este trabalho, sílica contida nas cinzas do bagaço da cana de açúcar foi extraída por método químico e método térmico. O método térmico se mostrou mais eficiente levando a uma pureza de mais de 93 % em sílica, enquanto o método químico gerou sílica bastante contaminada com cloro e sódio provenientes dos reagentes da extração. As partículas de sílica obtidas foram avaliadas por espalhamento de luz dinâmico (DSL) e apresentaram tamanho médio de 12 μm. Estas partículas foram submetidas à moagem em moinho de bolas e na sequência a tratamento sonoquímico em meio líquido. As partículas de sílica tratadas no processo sonoquímico a 20 kHz, potência de 500 W e 90 minutos tiveram suas dimensões reduzidas a escala nanométrica da ordem de dezenas de nanômetros. A nanossílica obtida foi então incorporada como reforço em polietileno de alta densidade (HDPE). Ensaios mecânicos e termo-mecânicos mostram ganhos de propriedades mecânicas, com exceção da propriedade de resistência ao impacto. O ensaio de deflexão térmica (HDT) mostrou que a incorporação deste reforço no HDPE levou a um pequeno aumento nesta propriedade relação ao HDPE puro. A cristalinidade dos nanocompósitos gerados foi avaliada por meio de calorimetria exploratória diferencial (DSC) e observou-se um decréscimo de cristalinidade do material quando a incorporação de reforço foi de 3%. O material irradiado a 250 kGy com feixe de elétrons mostra ganhos acentuados na principais propriedades do mesmo, principalmente devido ao alto nível de reticulação do HDPE irradiado.

    Icon

  • IPEN-DOC 23009

    OLIVEIRA, RENE R. de . Estudo do efeito da tensão residual na microdeformação da rede cristalina e no tamanho de cristalito em aço Cr-Si-V jateado com granalhas de aço / Study of the effect of residual stress on the microstrain of the crystalline lattice and on the crystalite size of steel Cr-Si-V BY shot peening. 2016. Tese (Doutorado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 148 p. Orientador: Nelson Batista de Lima.

    Abstract: No presente trabalho foram estudados alguns efeitos causados pelo jateamento por granalhas no aço Cr-Si-V, processo que tem por objetivo aumentar a resistência à fadiga. Para este estudo a variação de parâmetros no processo são ferramentas para melhor compreender os mecanismos que influenciam esta propriedade. Os parâmetros utilizados neste trabalho foram a variação da granalha e o pré tensionamento das amostras aplicados em lâminas utilizadas em feixe de molas automobilísticas de aço de liga cromo silício vanádio (SAE 9254+V). Inicialmente foi realizada a avaliação do perfil de tensão residual, efetuada por difração de raios-x pelo método do sen2 ao longo da espessura na região onde a tensão é compressiva. Nos resultados nota-se um efeito anômalo em relação ao perfil característico da distribuição de tensão residual com a perda de compressão nas camadas iniciais em relação à superfície jateada. Com o uso da microscopia eletrônica de varredura foi observado a região afetada pelo jateamento por granalhas notando que as regiões plasticamente deformadas se encontram nas mesmas regiões onde ocorre a diminuição da tensão residual compressiva. O perfil obtido pela difração de raios-x fornece as informações necessárias com o propósito de conjugar os efeitos que a microtensão (microdeformação) influenciam na macrotensão (tensão residual). Esta relação foi comprovada pela sobreposição dos resultados encontrados na distribuição da microdeformação da rede cristalina com a tensão residual ao longo da espessura na região plasticamente deformada. Os resultados dos perfis das difrações de raios-x mostraram a existência de anisotropia de tensões entre os planos, geradas por defeitos de empilhamento e pela densidade de discordâncias. Assim sendo, para obter os valores das microtensões devem ser considerados os fatores das constantes elásticas (conforme o módulo das direções) e dos planos cristalográficos. O método aplicado foi o Williamson-Hall modificado. Além deste método outros também foram utilizados, tais como: método de Warren-Averbach e o método Single Line, este aplicando a série de Fourier, porém, ao observar os resultados, nota-se a diferença entre os valores obtidos nas deformações, tanto aos métodos quanto aos planos cristalográficos, porém a ênfase deste trabalho foi dada às características dos perfis da distribuição e não aos valores absolutos. Somando a isto, foi proporcionado o estudo da distribuição do tamanho médio de cristalito ao longo da espessura no perfil das difrações de raios-x e os resultados mostraram que esta distribuição varia de forma inversa a microdeformação. A relação entre o tamanho médio de cristalito e a variação das distâncias interplanares corresponde diretamente a alterações das densidades de discordâncias ocorridas no material que por sua vez estão ligadas às microdeformações da rede cristalina. Como complemento ao trabalho foram analisados o fator de concentração de tensão e ensaios de fadiga do material. O fator de concentração de tensão não variou conforme a utilização das granalhas S330 e S390, ambas sendo aplicadas no mesmo regime de jateamento. Os ensaios de fadiga indicaram que o pré tensionamento aumenta a vida útil nas tensões cíclicas do material estudado.

    Icon

  • IPEN-DOC 23008

    SULEIMAN, NADER N. . Panorama assistencial e epidemiológico do cancêr de mama em mulheres do norte de Tocantins - Brasil / Overview of female breast cancer care and epidemiological in North Tocantins-Brazil. 2016. Tese (Doutorado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. 106 p. Orientador: Nanci do Nascimento.

    Abstract: Dada a complexidade epidemiológica do câncer de mama e a escassez de estudos sistemáticos sobre este assunto na região norte do Brasil, este trabalho consiste no primeiro levantamento epidemiológico e assistencial em saúde tomando como base a assistência ao câncer de mama no norte do Tocantins, entre 2010 e 2015, tendo como referência o Hospital Regional de Araguaína. Os objetivos foram: verificar a qualidade das informações cadastradas no SIS-RHC quanto à completude do preenchimento dos dados referentes às mulheres com câncer de mama; avaliar a variação temporal dos percentuais de casos em estádios precoce e tardio da doença no momento do diagnóstico; analisar o tempo decorrido para se conseguir a primeira consulta, o diagnóstico e o tratamento e, analisar a associação entre as variáveis sociodemográficas com o estadiamento do tumor no momento do diagnóstico (precoce e tardio). Foram excluídas as variáveis com grau de incompletude acima de 20%. Verificou-se que: a variável ocupação teve 35,1% de preenchimento incompleto e foi excluída da análise; escolaridade apresentou 10,6% de incompletude, alcoolismo 13,5% e tabagismo 12,8%; as demais variáveis apresentaram menos de 10% de incompletude; a maioria das pacientes se apresentou com doença avançada (51,1%); não houve diferença dos percentuais de pacientes com estádios precoces e tardios ao longo dos anos avaliados (p=0,757); a mediana do tempo para consulta foi de 158 dias e para tratamento foi de 182 dias; as mulheres com estadiamento precoce levaram mais tempo para iniciarem o tratamento comparativamente àquelas com estadiamento tardio (p=0,011); as mulheres de raça/cor preta (p=0,012), analfabeta (p=0,003) e de procedência do Pará (p=0,009) apresentaram maior porcentagem de estadiamento tardio no momento do diagnóstico. Assim, concluiu-se que as variáveis da base de dados são fontes de informação consideráveis; a maioria das mulheres foi diagnosticada com doença avançada e a evolução temporal da proporção de casos avançado e precoce não demonstrou mudanças variacionais ao longo dos anos; a qualidade do serviço ambulatorial do HRA para consultas em mastologia mostrou-se precária com tendência a priorizar o atendimento aos pacientes com doença avançada. Por fim, foi identificado associação de câncer de mama em estádio avançado nas mulheres de raça/cor preta, analfabetas e provenientes do estado do Pará.

    Icon

  • IPEN-DOC 22866

    FLORIO, D.Z. de; FONSECA, F.C. ; FRANÇA, Y.V. ; BERTON, M.A.C.; GARCIA, C.M.; MUCCILLO, E.N.S. ; MUCCILLO, R. . Fabricação e testes de célula a combustível de óxido sólido suportada no anodo / Fabrication and tests of anode supported solid oxide fuel cell. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 17., 15-19 de novembro, 2006, Anais... . p. 1083-1094.

    Abstract: A fabricação e os testes de células unitárias de óxido sólido suportadas no anodo são descritos. As células unitárias foram fabricadas por técnicas de baixo custo e foi dada ênfase ao uso de materiais disponíveis no Brasil. O projeto consistiu na preparação dos materiais componentes -anodo, eletrólito e catodo- e na construção de uma câmara porta-amostra estanque para medidas de propriedades eletroquímicas das células unitárias. Células cerâmicas suportadas no anodo do tipo: anodo (ZrO2:Y2O3 + NiO) / eletrólito (ZrO2:Y2O3) / catodo (La0.65Sr0.35MnO3 + ZrO2:Y2O3), foram preparadas pelo método de recobrimento de barbotina (slurry coating) e testadas entre 600º C e 800ºC após redução in situ do anodo. Os principais resultados mostram que o método de deposição resultou em célula unitária com boa reprodutibilidade e desempenho razoável, indicando que este método pode ser desenvolvido para fabricação de células de óxidos sólidos.

    Icon

  • IPEN-DOC 22865

    COSTA, F.A.; ISHII, H.A. ; AMBROZIO FILHO, F. ; LIMA, N.B. ; SILVA, A.G.P.; GOMES, U.U.. Estrutura e densificação de um pó compósito W-25%Ag preparado por moagem de alta energia e sinterizado em estado sólido / Structure and densification of a W-25wt%Ag composite powder prepared by high energy milling and sintered in solid state. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 17., 15-19 de novembro, 2006, Foz do Iguaçu, PR. Anais... . p. 4193-4202.

    Abstract: As pseudoligas W-Ag usadas em contatos elétricos são produzidas por sinterização de mistura de pós de W e Ag, seguidas por prensagem a quente e laminação das peças sinterizadas para aumentar a densidade. A moagem de alta energia é usada para preparar pós compósitos devido a boa dispersão e a fina granulação que ela pode produzir. Ambas características melhoram a sinterização. Este trabalho investiga o efeito da técnica usada para preparar o pó W-25%Ag na densificação e estrutura do material sinterizado. Misturas de pós de W e Ag foram preparadas em um misturador e em um moinho planetário por 110 horas. Uma redução significante do tamanho de cristalito foi medida por DRX para ambas as fases W (13.05nm) e Ag (8.34nm). O cobalto foi detectado como contaminante após a moagem pelo EDS e XRF. As estruturas sinterizadas foram observadas sob microscópios ótico e eletrônico de varredura. Amostra sinterizada a 950°C por 5min. apresentou 77% de densidade relativa e 42% de densificação. Por outro lado, amostra sinterizada preparada com pó misturado alcançou somente 57% de densidade relativa e 4,7% de densificação.

    Icon

  • IPEN-DOC 22864

    FERREIRA, LEONARDO C.; RODRIGUES, JOSE de A.; BERNARDI, LAURO T.; BALDO, JOAO B.; BRESSIANI, JOSE C. . Reaction behavior of magnesium orthotitanate and calcium titanate with compounds of portland cement and their use in a chrome-free refractory. In: PROCEEDINGS OF UNIFIED INTERNATIONAL TECHNICAL CONFERENCE ON REFRACTORIES; BIENNIAL WORLDWIDE CONGRESS, 10th, September 18-21, 2007, Dresden, Germany. Proceedings... Westerville, Ohio: American Ceramic Society, 2006. p. 581-584.

    Abstract: In this work magnesium orthotitanate (Mg2TiO4) and calcium titanate (CaTiO3) were submitted individually to a reaction with CaO, Ca2SiO4, Ca3SiO5, Ca3Al2O6 and Ca4Al2Fe2O10 in an electric furnace at 1450°C for 2.5 hours. The powder X-ray diffraction analysis revealed the formation of calcium titanate during the reaction of magnesium orthotitanate with most of the Portland cement phases. By other hand, calcium titanate was not affected when in contact with Portland cement phases. These results opened a great possibility in exploring both phases in a new chromefree refractory. In a second step of this research, a magnesia-magnesium orthotitanate-calcium titanate refractory brick was produced and compared with a standard magnesia-spinel refractory brick. Both formulations were evaluated in thermal spalling resistance test, apparent porosity, bulk density, true specific gravity, water absorption, total porosity, chemical analysis, elastic modulus, thermal expansion coefficient and coating adherence test associated with scanning electronic microscopy. Refractories of magnesia-magnesium orthotitanate-calcium titanate system presented excellent coat adherence result maintaining the same level of thermal spalling resistance when compared with a standard magnesiaspinel refractory.

    Icon

  • IPEN-DOC 22863

    SANTOS, CARLOS A.X.; HAYAKAWA, MOTOZO; BRESSIANI, JOSE C. . 3Y-TZP/Si2N2O composite obtained by pressureless sintering. In: INTERNATIONAL LATIN-AMERICAN CONFERENCE ON POWDER TECHNOLOGY, 6th, November 07-10, 2007, Búzios, RJ. Proceedings... . p. 714-721.

    Abstract: Y-TZP presents excellent properties at room temperature but these properties decrease as the temperature increases. This paper studies the behavior 20vol%Si3N4-SiC when added in YTZP matrix and heated under no pressure system. Al2O3 and Y2O3 were used to maintain the stability of the matrix and as sintering aids. The addition of Si3N4 and SiC in a Y-TZP matrix leads to formation of silicon oxynitride and it increases the mechanical properties like toughness and hardness. The mixture was milled and molded by CIP. Samples were heated at 1500ºC, 1600ºC and 1700ºC for 2h without pressure under atmospheric conditions in bed-powders of Si3N4. Samples were characterized by XRD. Density, hardness, toughness, bending strength were measured. The structure of the material was observed in SEM/EPMA to verify the distribution of the materials in the composite. The formation of Si2N2O was observed in the sintered material and it showed an increment of both hardness and toughness as temperature increases. The samples presented considerable resistance of oxidation at 1000ºC.

    Icon

  • IPEN-DOC 22862

    COSTA, F.A. da ; AMBROSIO FILHO, F.; LIMA, N.B. de ; GOMES, U.U.; ALVES JUNIOR, C.; SILVA, A.G.P. da. Síntese de um pó compósito W-Cu com nanocristalitos de tungstênio usando moagem por bolas de alta energia / Synthesis of a W-Cu composite powder with tungsten nanocristallites by mechanical alloying. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 15., 09-13 de novembro, 2002, Natal, RN. Anais... . p. 2086-2090.

    Abstract: A moagem por bolas de alta energia ou Mechanical Alloying (MA) é um processo de não equilíbrio que tem sido usado para sintetizar e controlar microestruturas altamente refinadas em sistemas metálicos cujo constituinte com a fração de maior volume seja completamente imiscível ou tenha solubilidade limitada no constituinte com a fração de menor volume. Este trabalho discute a síntese de pó, constituído por partícula compósita W-Cu, estando o W na forma de nanocristais, em moagem com moinho planetário durante 51 horas. A evolução da forma e tamanho das partículas e do tamanho dos cristalitos de tungstênio foi acompanhada. A influência do tamanho das partículas do pó de cobre no tamanho das partículas compósitas e no refinamento da fase frágil (W) é investigada. Moagens a seco e com uso de álcool etílico foram realizadas para se investigar o efeito do meio de moagem na morfologia e tamanho das partículas e na dispersão dos constituintes. A forma, o tamanho e a dispersão das fases são analisados por microscopia eletrônica de varredura (MEV). O tamanho dos cristalitos de tungstênio é medido por difração de raios X (DRX) e a presença de contaminantes é observada através de espectroscopia por energia dispersiva (EDS).

    Icon

  • IPEN-DOC 22861

    COSTA, F.A. da ; AMBROSIO FILHO, F.; LIMA, N.B. de ; GOMES, U.U.; ALVES JUNIOR, C.; SILVA, A.G.P. da; RODRIGUES, D.. Comportamento de densificação do pó compósito W-Cu constituído por nanocristalitos de tungstênio / Densification of a composite W-Cu powder constituted of nanocrystalline tungsten. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 15., 09-13 de novembro, 2002, Natal, RN. Anais... . p. 2020-2026.

    Abstract: A densificação do compósito W-Cu é dificultada pela mútua insolubilidade do sistema tungstênio-cobre e pela baixa molhabilidade do tungstênio pelo cobre líquido. Apesar disso, o uso de pós compósitos W-Cu produzidos por moagem com bolas de alta energia (MBAE), que obtém alta dispersão e homogeneização das fases e constituídos por nanocristalitos de tungstênio, pode produzir nanoestruturas e densidades próximas à densidade teórica. Este trabalho discute o comportamento de densificação do pó W30%pCu preparado através de MBAE em moinho planetário durante 51 horas. O pó é constituído por partículas compósitas W-Cu com nanocristalitos de tungstênio. Amostras compactadas desse pó foram sinterizadas em fase sólida e em fase líquida. As microestruturas sinterizadas são analisadas por meio de microscopia eletrônica de varredura (MEV). O comportamento de densificação é observado através das medidas de densidade. A difração de raio X (DRX) foi usada para se calcular o tamanho de cristalito e a presença de contaminantes é everiguada através de espectroscopia por energia dispersiva (EDS).

    Icon

  • IPEN-DOC 22860

    COSENTINO, I.C. ; MUCCILLO, E.N.S. ; MUCCILLO, R. . Caracterização microestrutural e elétrica de cerâmicas porosas de ZrO2-TiO2 / Microstructural and electrical characterization of porous ZrO2-TiO2 ceramics. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 15., 09-13 de novembro, 2002, Natal, RN. Anais... . p. 148-154.

    Abstract: Sensores cerâmicos de umidade do tipo iônico apresentam variação da condutividade elétrica com o aumento da quantidade de água adsorvida fisicamente na superfície do grão, ou da água condensada nos capilares. A sensibilidade à umidade depende fortemente da microestrutura da cerâmica, sua área de superfície e porosidade. Os sensores cerâmicos de umidade devem ser porosos e resistivos eletricamente. Com a finalidade de obter cerâmicas porosas de 50 mol% ZrO2 – 50 mol% TiO2, pós cerâmicos obtidos pela técnica dos citratos foram compactados uniaxialmente e sinterizados a 1150 oC, 1300 oC e 1500 oC. Análises por difração de raios X mostraram que as cerâmicas apresentaram somente a fase ortorrômbica ZrTiO4. Análises de porosimetria por intrusão de mercúrio mostraram que, com o aumento da temperatura de sinterização de 1150 oC para 1500 oC ocorreu uma redução no volume de poros de 62 % para 19 %, com aumento no diâmetro médio desses poros. Por meio de microscopia eletrônica de varredura foi também verificada a redução da porosidade, além de aumento do tamanho de grão. Foram feitas medidas de espectroscopia de impedância em umidades relativas próximas de 85% e 35%, respectivamente. Resultados preliminares mostraram que todas as amostras apresentam sensibilidade à umidade.

    Icon

  • IPEN-DOC 22859

    CORREA, E.C.S.; AGUILAR, M.T.P.; SILVA, L.A.; MONTEIRO, W.A. ; CETLIN, P.R.. Alterações subestruturais decorrentes da torção cíclica em amostras de aço 1012 / Substructural changes related to the cyclic torsion of 1012 steel samples. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 15., 09-13 de novembro, 2002, Natal, RN. Anais... . p. 2946-2952.

    Abstract: O encruamento atípico de metais durante o processamento cíclico a frio tem levado ao desenvolvimento de uma série de trabalhos, cuja abordagem vai desde os aspectos mecânicos/macroscópicos do fenômeno até as características micro e subestruturais do mesmo. O eventual amaciamento verificado após a aplicação da deformação cíclica tem sido associado ora à reestruturação das discordâncias, ora à formação de bandas de cisalhamento no metal. Neste trabalho, os eventos estruturais observados durante um ciclo de torção em amostras pré-deformadas são investigados. Barras de aço baixo carbono previamente trefiladas são submetidas a ¼, ½ e 1 ciclo de torção. As alterações subestruturais provenientes desses esforços são analisadas através de microscopia eletrônica de transmissão. Os resultados são comparados àqueles observados para o metal trefilado e trefilado torcido ciclicamente – 10 ciclos, tanto em termos de rearranjo de distribuição de discordâncias como em comportamento mecânico à tração subsequente.

    Icon

  • IPEN-DOC 22858

    KARSOKAS FILHO, N.; RODRIGUES, D.; TSCHIPTSCHIN, A.P.; AMBROSIO FILHO, F.. Aços inoxidáveis martensíticos alto nitrogênio produzidos por metalurgia do pó – densificação por conformação à frio / Powder metallurgy produced high nitrogen martensitic stainless steel - densification by cold forming. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 15., 09-13 de novembro, 2002, Natal, RN. Anais... . p. 2933-2938.

    Abstract: Os aços inoxidáveis com alto teor de nitrogênio conjugam alta resistência mecânica com elevada resistência à corrosão. Como a Metalurgia do Pó é um processo de conformação em estado sólido, tem papel importante na obtenção dessa classe de aços, visto que a solubilidade do nitrogênio é maior no estado sólido. Um problema na adoção desta rota é a existência de porosidade no produto final sinterizado, o que acarreta uma diminuição da resistência a corrosão, comprometendo o desempenho. Es te trabalho tem como objetivo avaliar a possibilidade de reduzir a porosidade através de conformação a frio posterior à sinterização. Para isto, pré-misturas de ferro com nitreto de cromo foram compactadas e sinterizadas em condições ajustadas para manter um teor de nitrogênio superior a 0,4%. As amostras assim confeccionadas foram submetidas a conformação por laminação a frio, onde foram observados vários problemas que serão aqui discutidos. Além disto, discute-se também a evolução da microestrutura durante o processamento.

    Icon

  • IPEN-DOC 22857

    ABDALLA, A.J.; HASHIMOTO, T.M.; MOURA NETO, C.; MONTEIRO, W.A. . Aços polifásicos: ataques químicos e influência das fases / Multiphase steels: chemical etchings and influence of the phases. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 15., 09-13 de novembro, 2002, Natal, RN. Anais... . p. 2939-2945.

    Abstract: O presente trabalho discute a formação de microestruturas com diferentes frações volumétricas das fases ferrita, martensita, bainita e austenita retida em aços multifásicos, a partir da aplicação de tratamentos térmicos específicos em aços de baixo carbono (0,11%). Para a caracterização microestrutural são desenvolvidos ataques químicos específicos que permitem distinguir as fases presentes através de observações por microscopia óptica. A avaliação das propriedades mecânicas é feita com base nos resultados dos ensaios de tração. Os resultados experimentais mostram que a realização de tratamentos térmicos apropriados pode contribuir significativamente para aumentar as propriedades mecânicas dos aços. Neste processo é essencial controlar a fração volumétrica, a morfologia e o tamanho de grão das fases.

    Icon

  • IPEN-DOC 22856

    SANTOS, A.A. ; CHRISTIE, C.M.; MARUYAMA, N.H.; GENOVA, L.A.. Variáveis de processo e curvas de compactação de cerâmicas a base de alumina secas em spray-dryer. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CERAMICA, 55., 29 de maio - 01 de junho, 2011, Porto de Galinhas, PE. Resumo... .

    Abstract: O processo de conformação por prensagem é um dos mais utilizados na indústria cerâmica devido ao seu baixo custo e alta produtividade. O entendimento e controle dos diversos fatores que interferem neste processo são de fundamental importância, pois grande parte dos defeitos encontrados na peça final são originados nesta etapa. Partindo-se de pós processados em spray-dryer, de diferentes composições a base de alumina e contendo diferentes aditivos orgânicos, variaram-se parâmetros como distribuição de tamanho, umidade e temperatura de grânulos, e velocidade de compactação, avaliando-se as características dos corpos obtidos, por meio de curvas de compactação e microestrutura e propriedades mecânicas. As curvas de compactação foram interpretadas considerando-se diferentes modelos e equações empíricas disponíveis na literatura podendo-se determinar qual a equação que melhor descreve os dados experimentais. Constatou-se que os parâmetros variados interferem fortemente na densificação e microestrutura dos compactados, definindo em grande parte as características mecânicas do produto final.

    Icon

  • IPEN-DOC 22855

    ROMERO, S.A.; CAMPOS, M.F. de; LANDGRAF, F.J.G.; NEIVA, A.C.; FARIA, R.N. ; RECHENBERG, H.R.. Dois principais constituintes microestruturais em ímãs Sm(CoFeCuZr)z. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 18., 24-28 de novembro, 2008, Porto de Galinhas, PE. Resumo... .

    Abstract: Analise EDS (Microscopia Eletronica de varredura) feita em imãs do tipo Sm(CoFeCuZr)z revelou a presença de duas principais areas, com leve diferença de composição. Uma desta areas foi tentativamente identificada como sendo a fase 2:17 (SmZr)2(CoFeCu)17; e outra como sendo a fase 1:7 (SmZr)1(CoFeCu)7. Estes resultados podem ajudar uma melhor compreensão do diagrama de fases Sm-Zr- Co-Fe-Cu, o qual por sua vez e´essencial para a elaboração dos tratamentos termicos aplicados em imas do tipo Sm(CoFeCuZr)z. Diversos ímãs, incluindo materiais comerciais e outros produzidos em laboratorio, foram examinados, e detectou-se a presença de duas principais regiões em todas as amostras.

    Icon

  • IPEN-DOC 22854

    FELINTO, M.C.F.C. ; SANTOS, E.G. ; BRITO, M.E.F.; BRITO, H.F.; KODAIRA, C.A.. Desenvolvimento de uma metodologia para determinação de Hemoglobina S (Anemia Falciforme) utilizando nanomarcadores. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 18., 24-28 de novembro, 2008, Porto de Galinhas, PE. Resumo... . p. 4394-4394.

    Abstract: A anemia falciforme (HbS) é uma das doenças genéticas mais comuns em todo o mundo, com incidências de predominância em descendentes africanos, mas já diagnosticada numa parcela expressiva da população branca. Atualmente é considerada uma doença de saúde pública no Brasil (ANVISA). O método desenvolvido neste projeto é o fluoroimunoensaio, baseado no uso de complexos de terras raras. O desenvolvimento destes nanomateriais luminescentes abre novas possibilidades para diversos experimentos para medicina diagnóstica. Devido ao potencial de aplicação no mercado o presente projeto está elaborando uma metodologia padronizada e acessível para detecção de HbS em amostras sanguíneas. Com o desenvolvimento desses nanomateriais, estão sendo avaliadas, suas propriedades luminescentes, sua capacidade de atuação como marcador de aminoácidos e a resposta do sistema estudado quando comparado com metodologias existentes. O projeto contribuirá originalmente para o desenvolvimento econômico, cultural e social, cujos resultados terão impacto no Estado de São Paulo e conseqüentemente no Brasil.

    Icon

  • IPEN-DOC 22853

    PAPINI, C.J.; LEAL NETO, R.M. . Laser diffraction particle size analysis of metallic powders : a comparison of wet and dry measurements. In: INTERNATIONAL LATIN-AMERICAN CONFERENCE ON POWDER TECHNOLOGY, 6th, November 07-10, 2007, Búzios, RJ. Abstract... . p. 13-13.

    Abstract: Good powder dispersion is the main requirement for achieving reproducible and accurate measurements in particle size distribution analysis. To do so most dispersion techniques are carried out in liquid medium, like water or organic solvents. The use of liquids could be restrictive when surface activities (e.g. oxidation) or large/massive particles may cause problems for a good dispersion to be accomplished. To overcome these difficulties a dry measurement would be a better alternative. Here dry and wet laser diffraction analysis were compared doing measurements on iron, cooper, aluminum, and nickel powders with different particle shapes characterized by scanning electron microscopy. Single equipment (Beckman coulter LS13320) was used for wet and dry analysis. Very similar results were achieved by both methods, meaning that a good dispersion was attained in dry laser diffraction with these powders and equipment. Dry laser diffraction analysis was also shown to be more reproducible and faster.

    Icon

  • IPEN-DOC 22852

    BOTTINO, M.C. ; HENRIQUES, V.A.R.; LORENZETTI, S.G. ; HIGA, O.Z. ; BRESSIANI, A.H.A. ; BRESSIANI, J.C. . Avaliação da citotoxicidade da liga Ti-13Nb-13Zr obtida por metalurgia do pó com diferentes níveis de porosidade. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E CIENCIA DOS MATERIAIS, 16., 28 de novembro - 02 de dezembro, 2004, Porto Alegre, RS. Resumo... .

    Abstract: Nos últimos anos, o titânio e suas ligas vêm se mostrando como o principal material na confecção das partes endósseas de implantes cirúrgicos, por apresentarem excelente biocompatibilidade, elevada relação resistência mecânica/massa específica e boa resistência à corrosão. A liga Ti-13Nb-13Zr, obtida por fusão no início da década de 90, tem se destacado por possuir alta resistência mecânica, elevada biocompatibilidade e módulo de elasticidade mais próximo ao apresentado pelas estruturas ósseas. A busca por materiais que apresentem uma integração biológica estável ao longo dos anos tem sido foco de inúmeras pesquisas onde diversos tratamentos superficiais têm sido testados com o intuito de avaliar o contato osso-implante. Neste sentido, uma alternativa recentemente adotada tem sido o processamento desses materiais por metalurgia do pó (M/P), já que a introdução de poros na estrutura do material poderá proporcionar o crescimento de tecido ósseo no seu interior garantido sua manutenção e nutrição. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar “in vitro” a toxicidade de amostras da liga Ti-13Nb-13Zr, produzidas com diferentes níveis de porosidade. Para tanto, utilizando-se da mistura dos pós metálicos de Ti, Nb e Zr, produzidos por hidrogenação, foram preparadas amostras cilíndricas com diferentes níveis de porosidade a partir de prensagens uniaxial e isostática a frio com posterior sinterização em condições variáveis de temperatura e patamar. Para a aplicação segura da liga Ti-13Nb-13Zr produzida por M/P “in vivo” faz-se necessário a confirmação da sua biocompatibilidade. Após a obtenção das amostras estas foram esterilizadas e submetidas ao ensaio de citotoxicidade de acordo com as normas da ISO 10993-5, utilizando-se a linhagem de células de ovário de hamster chinês (CHO-K1). Diluições seriadas dos extratos das amostras foram expostas à cultura celular e o ensaio foi avaliado pela incorporação do corante vital MTS, que é diretamente proporcional ao número de células viáveis na cultura. O parâmetro de toxicidade é tomado como aquela concentração do extrato que produz uma redução de 50% na absorção do corante. Os resultados obtidos mostraram que as diferentes amostras testadas não são consideradas citotóxicas, nas condições analisadas, tornando-se possível o delineamento de experimentos “in vivo” para avaliação da integração óssea desse material.

    Icon

  • IPEN-DOC 23742

    PIERETTI, E.F.; MARTINS, RAMON V.; PANOSSIAN, ZEHBOUR; CIUCCIO, R.L.; NEVES, M.D.M. . Medição de transformações microestruturais na superfície do aço inoxidável austenítico ISO 5832-1 gravado por laser. In: CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE SUPERFÍCIE, MATERIAIS E APLICAÇÕES, 1., 21-24 de outubro, 2014, Natal, RN. Resumo expandido... .

    Icon

  • IPEN-DOC 23777

    VARCA, GUSTAVO ; LIMA, MAYARA I.S.; ALVES, PATRICIA T.; MOHAMED, LINA B. ; GRASSELLI, MARIANO; GOULART, LUIZ R.; LUGAO, ADEMAR B. . Engineered papain nanoparticles by gamma irradiation: towards safe therapeutic applications. In: INTERNATIONAL MEETING ON RADIATION PROCESSING, 18th, November 07-11, 2016, Vancouver, BC, Canada. Abstract... .

    Abstract: This article provides an in vitro biological approach of the so called radiation synthesized protein-based nanoparticles as the use of nanoparticles for biomedical purposes requires precise understanding of their properties and effects on the body before clinical may take place. This technique allows proper control of papain nanoparticles with preserved biological activity for drug delivery. Biocompatibility results revealed that papain nanoparticles, of approximately 8-9 nm, were found to be biosafe in PBMC cells at concentrations up to 0.4 mg.ml-1 for up to 72 hours period. The nanoparticles were able to specifically bind to anti-Carica papaya polyclonal antibody with higher intensity than native papain. The stimuli of mouse splenocytes by papain nanoparticles led to the production of high levels of IL2. No significant levels of IL6, IL10 and IFNγ were produced by the stimuli. At nanoparticle concentrations above the cytotoxic limit, the concentration of IL2 was totally suppressed indicating no pro- nor anti-inflammatory response by means of cytokine mediated pathways. These in vitro results suggest that papain nanoparticles crosslinked by gamma irradiation may be safely administered with low nor negligible toxicity, holding strong applications for drug loading.

    Icon

  • IPEN-DOC 23776

    SOMESSARI, SAMIR L. ; KUNTZ, FLORENT; SILVEIRA, CARLOS ; BUENO, CARMEN C. ; NAPOLITANO, CELIA M. ; CALVO, WILSON A.P. ; GONÇALVES, JOSEMAY A.C.. A dosimetric survey of the DC1500/25/04 electron beam plant installed at IPEN-CNEN/SP. In: INTERNATIONAL MEETING ON RADIATION PROCESSING, 18th, November 07-11, 2016, Vancouver, BC, Canada. Abstract... .

    Abstract: In this work we describe a dosimetric survey of the DC1500/25/04 electron beam accelerator installed in the Intense Sources of Radiation Laboratory at IPEN/CNEN-SP. As this accelerator has been used for innumerable applications in radiation processing, product surface and internal doses must be targeted and controlled via operational qualification such as beam energy, beam current, scan width and conveyor speed. The qualification was carried out in order to observe the current performances of the irradiation plant using Alanine (ESR) and CTA (UV Spectrophotometry) dosimeters. Energy (Electron penetration in material) calculations, scanning width/length, homogeneity and irradiation uniformity were evaluated according to ISO/ASTM 51649 and ISO11137-3, as well as process uncertainty establishment.

    Icon

  • IPEN-DOC 23775

    SILVA, PAMELA G. da; KOIKE, AMANDA C.R. ; ALENCAR, SEVERINO M. de; MANCINI FILHO, JORGE; RODRIGUES, FLAVIO T.; VILLAVICENCIO, ANNA L.C.H. . Radiation influence on biocompounds in lycium barbarum. In: INTERNATIONAL MEETING ON RADIATION PROCESSING, 18th, November 07-11, 2016, Vancouver, BC, Canada. Abstract... .

    Abstract: Over the last few years, there was a growth on the import level of fruits in Brazil. Lycium barbarum, also known as goji-berry, is a red berry fruit with oval shape found mainly in Tibet with high importing demands. This berry has a high antioxidant potential and it is sold in Brazil on the dried form to guarantee shelf-life extension and to avoid microbiological contamination. The aims of this study was to evaluate the goji-berry’s biocompounds by 2,2-diphenyl-1-picrylhydrazyl (DPPH) scavenging activity and oxygen radical absorbance capacity ORAC assays analyzing the hydroalcoholic and the aqueous extracts processed by radiation. Total phenolics were also determined by the Folin-Ciocalteu assay. In addition, the samples were bought at the retail market in the city of São Paulo (Brazil) and irradiated by electron beam accelerator in the doses of 0, 2.5, 5.0, 7.5 e 10.0 kGy. Thus, an increase significantly in the doses of ionizing radiation in this case did not result in the goji-berry’s antioxidant activity.

    Icon

  • IPEN-DOC 23772

    SCAGLIUSI, SANDRA ; LUGAO, ADEMAR B. ; CARDOSO, ELIZABETH C.L. . Effect of gamma radiation on crosslinking of butyl rubber compounds. In: INTERNATIONAL MEETING ON RADIATION PROCESSING, 18th, November 07-11, 2016, Vancouver, BC, Canada. Abstract... .

    Abstract: Butyl rubbers when are subjected to high energy radiation the forms free radicals that initiate various chemical reactions. These reactions alter the molecular distribution of these rubbers by crosslinking or scission affecting their physical and mechanical properties. The aim of this work is the analysis of the effect induced by g-irradiation on the crosslinking density in butyl rubbers (pristine or modified by chlorination and bromination) by swelling measurements accomplished before and after irradiation at 0 kGy, 5 kGy, 25 kGy 50 kGy, 100 kGy and 200 kGy doses, allowing the evaluation of cross-linking density according with Flory-Rehner equation. Rheometric tests were also carried out to complete the characterization of radiation effects in this rubber structures. Both types of investigations describe the crosslinking degree relative to unprocessed materials. It can be noticed that the modification in material structure by the formation of new three-dimensional network changes the features of studied rubbers. This assessment was confirmed by swelling measurements on all g-exposed butyl rubbers at various doses. The estimation of crosslinking density by Flory-Rehner equation is a proper procedure for the qualification of radiation resistance. The level of cross linker (sulfur, resin or donor sulfur) in the butyl rubber formulation plays also important role in the degradation process. The predominance of chain scission can also be remarked in butyl rubber. The change in crosslinking density of butyl rubber compounds emphasizes that the mechanism of degradation is strongly influenced mainly by irradiation dose for doses above 50 kGy, since the process of chain scission predominates over the crosslinking reaction.

    Icon

  • IPEN-DOC 23770

    SAGRETTI, JULIANA ; SABATO, SUZY ; FABBRI, ADRIANA D.T.. Influence of gamma radiation on sensory and rheological properties of two comercial salad dressings. In: INTERNATIONAL MEETING ON RADIATION PROCESSING, 18th, November 07-11, 2016, Vancouver, BC, Canada. Abstract... .

    Abstract: Salad dressings are oil-in-water emulsions and they have been investigated by several authors due to its importance in the choice of an adequate formulation, process conditions and quality control. Their composition may vary and imply in viscosity changes. As an alternative treatment to minimize the effects of heat processing, and increase the shelf life of products the irradiation can be a potential solution allied to the fact that can be applied in the final product package. Food irradiation can be employed to reduce microbial load and to enhance product quality. In this way, it has been applied in different types of food. The aim of this study was to verify the sensory evaluation and viscosity of salad dressings submitted to irradiation treatment at 3kGy and 5kGy. Sensory evaluation were performed with untrained panelist (n = 52) and color, flavor, odor and an overall appearance parameters were assessed. The measurements were made using a nine-point hedonic scale. The rheological behavior of each sample was carried out after temperature equilibrium (25ºC) was reached; using a Brookfield rheometer model LV-DVIII. Viscosity and rheological behavior were measured in triplicates. Rheological studies covered the rheograms for each salad dressing in function of irradiation doses. The studied salad dressings presented shearthinning behavior better explained by power law model. The irradiation treatment did not modify this behavior as well as their viscosities. Sensory evaluation showed no significant differences between irradiated and control samples (p<0.05).

    Icon

Próxima página

A pesquisa no RD utiliza os recursos de busca da maioria das bases de dados. No entanto algumas dicas podem auxiliar para obter um resultado mais pertinente.

É possível efetuar a busca de um autor ou um termo em todo o RD, por meio do Buscar no Repositório , isto é, o termo solicitado será localizado em qualquer campo do RD. No entanto esse tipo de pesquisa não é recomendada a não ser que se deseje um resultado amplo e generalizado.

A pesquisa apresentará melhor resultado selecionando um dos filtros disponíveis em Navegar

Os filtros disponíveis em Navegar tais como: Coleções, Ano de publicação, Títulos, Assuntos, Autores, Revista, Tipo de publicação são autoexplicativos. O filtro, Autores IPEN apresenta uma relação com os autores vinculados ao IPEN; o ID Autor IPEN diz respeito ao número único de identificação de cada autor constante no RD e sob o qual estão agrupados todos os seus trabalhos independente das variáveis do seu nome; Tipo de acesso diz respeito à acessibilidade do documento, isto é , sujeito as leis de direitos autorais, ID RT apresenta a relação dos relatórios técnicos, restritos para consulta das comunidades indicadas.

A opção Busca avançada utiliza os conectores da lógica boleana, é o melhor recurso para combinar chaves de busca e obter documentos relevantes à sua pesquisa, utilize os filtros apresentados na caixa de seleção para refinar o resultado de busca. Pode-se adicionar vários filtros a uma mesma busca.

Exemplo:

Buscar os artigos apresentados em um evento internacional de 2015, sobre loss of coolant, do autor Maprelian.

Autor: Maprelian

Título: loss of coolant

Tipo de publicação: Texto completo de evento

Ano de publicação: 2015

Para indexação dos documentos é utilizado o Thesaurus do INIS, especializado na área nuclear e utilizado em todos os países membros da International Atomic Energy Agency – IAEA , por esse motivo, utilize os termos de busca de assunto em inglês; isto não exclui a busca livre por palavras, apenas o resultado pode não ser tão relevante ou pertinente.

95% do RD apresenta o texto completo do documento com livre acesso, para aqueles que apresentam o significa que e o documento está sujeito as leis de direitos autorais, solicita-se nesses casos contatar a Biblioteca do IPEN, bibl@ipen.br .

Ao efetuar a busca por um autor o RD apresentará uma relação de todos os trabalhos depositados no RD. No lado direito da tela são apresentados os coautores com o número de trabalhos produzidos em conjunto bem como os assuntos abordados e os respectivos anos de publicação agrupados.

O RD disponibiliza um quadro estatístico de produtividade, onde é possível visualizar o número dos trabalhos agrupados por tipo de coleção, a medida que estão sendo depositados no RD.

Na página inicial nas referências são sinalizados todos os autores IPEN, ao clicar nesse símbolo será aberta uma nova página correspondente à aquele autor – trata-se da página do pesquisador.

Na página do pesquisador, é possível verificar, as variações do nome, a relação de todos os trabalhos com texto completo bem como um quadro resumo numérico; há links para o Currículo Lattes e o Google Acadêmico ( quando esse for informado).

ATENÇÃO!

ESTE TEXTO "AJUDA" ESTÁ SUJEITO A ATUALIZAÇÕES CONSTANTES, A MEDIDA QUE NOVAS FUNCIONALIDADES E RECURSOS DE BUSCA FOREM SENDO DESENVOLVIDOS PELAS EQUIPES DA BIBLIOTECA E DA INFORMÁTICA.

O gerenciamento do Repositório está a cargo da Biblioteca do IPEN. Constam neste RI, até o presente momento 20.950 itens que tanto podem ser artigos de periódicos ou de eventos nacionais e internacionais, dissertações e teses, livros, capítulo de livros e relatórios técnicos. Para participar do RI-IPEN é necessário que pelo menos um dos autores tenha vínculo acadêmico ou funcional com o Instituto. Nesta primeira etapa de funcionamento do RI, a coleta das publicações é realizada periodicamente pela equipe da Biblioteca do IPEN, extraindo os dados das bases internacionais tais como a Web of Science, Scopus, INIS, SciElo além de verificar o Currículo Lattes. O RI-IPEN apresenta também um aspecto inovador no seu funcionamento. Por meio de metadados específicos ele está vinculado ao sistema de gerenciamento das atividades do Plano Diretor anual do IPEN (SIGEPI). Com o objetivo de fornecer dados numéricos para a elaboração dos indicadores da Produção Cientifica Institucional, disponibiliza uma tabela estatística registrando em tempo real a inserção de novos itens. Foi criado um metadado que contém um número único para cada integrante da comunidade científica do IPEN. Esse metadado se transformou em um filtro que ao ser acionado apresenta todos os trabalhos de um determinado autor independente das variáveis na forma de citação do seu nome.

A elaboração do projeto do RI do IPEN foi iniciado em novembro de 2013, colocado em operação interna em julho de 2014 e disponibilizado na Internet em junho de 2015. Utiliza o software livre Dspace, desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Para descrição dos metadados adota o padrão Dublin Core. É compatível com o Protocolo de Arquivos Abertos (OAI) permitindo interoperabilidade com repositórios de âmbito nacional e internacional.

Repositórios Digitais Institucionais: a experiência

do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares

(IPEN)

Mery P. Zamudio Igami

Biblioteca Terezine Arantes Ferraz

1 Repositórios Digitais Institucionais – RDI

A tecnologia da informação modificou significativamente todas as atividades rotineiras da sociedade. O surgimento das redes de comunicação transformou o ambiente onde elas atuam mudando o conceito de espaço e tempo no âmbito da comunicação e informação pela instantaneidade da transmissão de dados.

Na área de comunicação científica não foi diferente. Toda a cadeia de produção, disseminação, publicação e armazenamento de documentos científicos experimentou uma grande transformação, impactando de forma positiva a produção e consumo da informação científica na área acadêmica. O surgimento da internet e da WWW, na década de 80, aceleraram as mudanças na forma de comunicar e disseminar os trabalhos acadêmicos que passaram do suporte exclusivamente em papel para o suporte digital.

Na mesma época houve uma significativa crise mundial devido aos altos preços praticados pelas editoras no processo de assinatura das publicações periódicas, tornando inviável a sustentação das coleções pelas bibliotecas e afetando diretamente a consulta pelos usuários. Como reação da própria comunidade científica surgiu então o movimento de livre acesso à informação científica, mais conhecido por Open Access Iniciative (KURAMOTO, 2012).

Esse movimento defende a disponibilização na internet da literatura acadêmica e científica permitindo que seja lida, descarregada, distribuída, impressa e pesquisada livremente.

É importante o registro histórico desse movimento não somente porque está diretamente relacionado à criação dos RDIs, mas também porque ele possibilitou várias mudanças estruturais no fluxo da comunicação científica. Os editores perderam a exclusividade de distribuição (comercialização) da pesquisa científica, uma vez que na era digital é possível que isso seja realizado de forma descentralizada e por iniciativa de cada autor.

1.1 O movimento do Open Access Iniciative - OAI

A partir de 1999, os movimentos em favor do acesso livre à literatura científica, principalmente à literatura produzida sob financiamento público, consolidaram-se.

A comunidade acadêmica envolvida nesses movimentos corroborou o seu apoio por meio de declarações formais, dentro das quais se destaca a Declaração de Budapest – BOAI –1 em 2002, onde foram emitidos os conceitos básicos do OAI, e a Declaração de Berlim2 em 2003, onde se destacou a natureza institucional dos repositórios digitais de livre acesso como um espaço organizado baseado em regras de utilização que conferem credibilidade aos materiais publicados e em políticas de arquivamento a longo prazo.

O movimento Open Archives Iniciative desenvolveu padrões de interoperabilidade buscando facilitar a comunicação eficiente de conteúdo. Foram também estabelecidas duas modalidades para viabilizar a disponibilidade dos conteúdos: a via verde que diz respeito ao autodepósito nos RDs e a via dourada que inclui as revistas que publicam os artigos com livre acesso.

O primeiro repositório digital (ArXiv.org )3 foi instalado no laboratório de física, em Los Álamos, EU, coordenado pelo físico Paul Ginsparg (1996), motivado pela insatisfação com os rumos na política de aquisição das publicações científicas e a crescente inviabilidade das bibliotecas americanas de manter as coleções atualizadas. Daquela época para a atual aconteceram inúmeras mudanças positivas nos modelos de funcionamento dos repositórios promovidas pela evolução da TI.

________________________________________________

1 Budapest Open Access Iniciative - http://www.budapestopenaccessinitiative.org

2 Open Access - http://openaccess.mpg.de/Berlin-Declaration

3 General Information about Arxiv - http://arxiv.org

Não existe um modelo único para a criação dos RDIs; cada instituição define a política de depósito adequada ao contexto da sua comunidade. O importante é que essa comunidade valide e utilize a plataforma tornando-a uma vitrine da sua produção científica.

No país, o movimento de Acesso Aberto e construção de Repositórios Digitais Institucionais tiveram um grande incentivo e apoio técnico do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia – (IBICT) (INSTITUTO BRASILEIRO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, 2009). De acordo com o Diretório internacional de RDIs – o DOAR4, até o momento, há no país 153 repositórios digitais em funcionamento, dos quais a maioria é mantida pelas instituições onde a comunidade produz os trabalhos científicos. Desses RDIs, 74% utilizam o software Dspace5.

1.2 O Projeto de Lei sobre os Repositórios Digitais

Em 2007, foi apresentado o Projeto de Lei no senado PL1120/2007 (BRASIL, 2007), que torna obrigatório nas universidades e institutos de pesquisa o desenvolvimento e implantação de RDIs nas instituições de origem, bem como torna obrigatório o autodepósito da produção científica por parte dos seus pesquisadores. Além disso, o Projeto de Lei determina a formação de uma comissão de alto nível para discutir, propor e estabelecer uma política de livre acesso à informação científica. Além de simplesmente criar mecanismos de disseminação da informação científica, o Projeto propõe a criação de uma comissão para discutir políticas e estabelecer diretrizes a serem adotadas em nível nacional pelas instituições que produzem informação científica.

1.3 O que são os RDIs?

Os RDIs constituem atualmente um avanço na gestão do conhecimento intelectual. Podem receber diversas denominações tais como equipamentos institucionais, observatórios digitais, instrumentos ou ferramentas de gestão de conhecimento e outras.

________________________________________________

4 The Directory of Open Access Repositories – OpenDOAR - http://www.opendoar.org

5 Software livre para construção de Repositorios Institucionais Digitais (Dspace) - http://www.ibict.br/pesquisa-desenvolvimento-tecnologico-e-inovacao/Sistema-para-Construcao-de-Repositorios-Institucionais-Digitais

Um dos aspectos mais importantes dos RDIs é que eles estão inseridos na política institucional de gestão do conhecimento e são essencialmente instrumentos gerenciais de onde se obtém indicadores para auxiliar na gestão da política científica das instituições de pesquisa.

Sob a ótica documentária um RDI constitui um serviço de informação científica em ambiente digital, interoperável e de acesso aberto, dedicado ao gerenciamento da produção científica de uma instituição. Contempla a reunião, armazenamento, organização, preservação, recuperação e, sobretudo, a ampla disseminação e visibilidade da informação científica produzida na instituição.

1.3.1 O que caracteriza um repositório digital?

a) a organização, armazenamento, acesso e distribuição de documentos digitais;

b) a utilização de padrões abertos acessibilidade;

c) as funcionalidades que o software selecionado permite;

d) a utilização de metadados com padrão internacional – interoperabilidade;

e) o arquivo digital anexado;

f) o acesso de buscadores para elaboração de rankings internacionais - visibilidade;

g) o autodepósito dos trabalhos;

h) a monitoração, controle e elaboração de indicadores.

2 O RDI do IPEN

O prestígio de uma instituição de pesquisa está fortemente vinculado aos resultados dos elementos intangíveis, por exemplo, qualidade no ensino da pós-graduação, e tangíveis como os resultados da pesquisa, entre eles a Produção científica. Tradicionalmente, o IPEN, por meio da sua unidade de informação, mantém a sua produção científica organizada e atualizada desde sua criação em 1956. No entanto, devido ao avanço da tecnologia da informação, tornou-se necessário atualizar a plataforma gerenciadora dessa informação já armazenada, com a consequente modernização no processo de gestão do capital intelectual.

No decorrer de 2013, seguindo outras instituições no país, como por exemplo, a Universidade de São Paulo, a Universidade Estadual Paulista e a Universidade Estadual de Campinas, a Direção do IPEN decidiu criar o seu repositório, uma vez que a matéria prima para concretizar esta ação já se encontrava disponível e organizada de tal forma que se garantiria a sustentabilidade do RDI.

A política de gestão da produção científica é uma prática rotineira no IPEN. Diferentemente da maioria dos repositórios em funcionamento, o RDI do IPEN já nasce com um volume significativo de matéria-prima digital organizada, com políticas definidas de auto arquivamento e de preservação da produção científica.

Porém, o fator determinante de sucesso foi o modelo de indexação e organização dos documentos adotado pela biblioteca desde o início em 1976, quando ainda se constituía em uma base de dados referencial. Este fato facilitou o processo de migração e compatibilização dos metadados para o novo padrão internacional adotado, o Dublin Core, garantindo interoperabilidade com outros repositórios digitais, uma das principais características dos RDIs.

Em novembro de 2013, foram iniciados os trabalhos de construção do RDI do IPEN. Inicialmente foram programadas visitas do grupo de informática e da biblioteca a instituições com experiências bem-sucedidas, como, por exemplo, o Instituto de Pesquisas Espaciais – (INPE) em São José dos Campos e a Universidade de São Paulo- USP, com o objetivo de conhecer melhor o projeto de RDIs dessas instituições e selecionar o modelo mais adequado à realidade do IPEN.

As visitas técnicas embasaram a decisão de selecionar o software Dspace para confecção do repositório do IPEN. O Dspace é um software livre especializado no gerenciamento de repositórios resultante de um projeto colaborativo da MIT Libraries e da Hewlett-Packard Company, amplamente utilizado no mundo. No Brasil, graças ao incentivo do IBICT em Brasília, o DSpace é utilizado por 75% das instituições que possuem repositórios.

2.1 O processo de migração

Em dezembro de 2013, foi iniciado o processo de criação do novo repositório do IPEN, após um estudo preliminar do software e contratação de uma empresa para a capacitação das equipes da biblioteca e da informática.

Nos meses seguintes foram efetuados os testes de implantação do Dspace, configuração, desenho da nova arquitetura do banco de dados, compatibilização e criação de novos metadados, desenvolvimento de funcionalidades.

Na época, a produção científica contabilizada era de 19.200 itens. A migração gradual desses itens iniciou-se em julho de 2014.

Internamente, além de todas as funções inerentes e habituais a um repositório, o diferencial do RDI do IPEN diz respeito à integração com os dados registrados no sistema de informação gerencial e planejamento do instituto, o SIGEPI. Trata-se da uma funcionalidade especial, desenvolvida em ambiente externo ao Dspace, porém acrescentada no momento do registro do documento no Dspace via metadado específico, de tal forma que cada trabalho registrado no RD se correlaciona, automaticamente com a atividade do Plano Diretor à qual o autor do IPEN está vinculado.

Para essa finalidade foi efetuado um exaustivo trabalho de identificação dos nomes completos dos autores do IPEN (lista de autoridades), com as suas respectivas variáveis na forma de citação e agrupamento dos trabalhos. Foi atribuído um número único de identificação para cada autor, o ID autor IPEN, formato semelhante ao Researcher ID utilizado pela base internacional Web of Science. Essa facilidade constituiu um filtro que ao ser acionado reúne e apresenta rapidamente todos os trabalhos de um determinado autor.

Ao RDI está vinculada também uma tabela estatística, atualizada on-line a cada registro introduzido. Essa funcionalidade destina-se à obtenção de dados para a elaboração de índices e quadros estatísticos a serem confeccionados fora do ambiente do Dspace para subsidiar os pesquisadores e os gestores do IPEN, com informações para a monitoração, administração e elaboração de indicadores científicos fornecidos para o Plano Diretor do IPEN, o relatório anual da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior( CAPES) e outros, bem como para cumprir as exigências dos órgãos financiadores de pesquisa.

O modelo adotado para a coleta dos trabalhos também difere de outros. Nesta primeira etapa foi considerado mais conveniente o serviço de informação (biblioteca) responsabilizar-se pela coleta, depósito e complementação dos dados, utilizando as fontes de informação nacionais e internacionais. Assim, a unidade de informação realiza periodicamente a verificação dos trabalhos publicados pelos pesquisadores nas bases Web of Science, Scopus, Scielo, INIS e Currículo Lattes. Após a eliminação das duplicatas e localização dos documentos na íntegra efetua-se o depósito no RDI.

Trata-se de um modelo de depósito que esta sendo testado, há vantagens e desvantagens. A principal vantagem diz respeito à economia de tempo do pesquisador uma vez que se elimina a obrigatoriedade do autodeposito, tornando, porém, imprescindível por parte do pesquisador à atualização do seu Currículo Lattes. A maior desvantagem foi absorvida pela Biblioteca, qual seja a coleta periódica dos documentos publicados bem como a localização e obtenção da evidência dos mesmos.

Importante registrar que a construção do RD foi uma iniciativa muito nova na instituição, que demandou um trabalho detalhado, cuidadoso e gradual das equipes de desenvolvimento de sistemas e da biblioteca, dado a pouca familiaridade com a nova plataforma. Alia-se a esse fato a opção de utilizar um software livre, onde certas funcionalidades ainda não foram desenvolvidas.

Em setembro de 2014, após oito meses de trabalho, as equipes conseguiram migrar 23%, das coleções, foi uma tarefa que demandou ajustes, adequações, testes e decisões internas, dado o grande nível de detalhamento dos dados, motivo de comemoração das equipes, após cada etapa finalizada e bem sucedida. Contamos também com a assessoria de uma empresa especializada no assunto, a qual guiou a equipe da informática em cada funcionalidade desenvolvida. Nesse ritmo de trabalho, foi possível completar o processo de migração em fevereiro de 2015. Finalmente, em junho desse mesmo ano, o RDI foi disponibilizado na Internet.

2.2 Desempenho do RDI em 2015

Atualmente o novo RDI:

- dispõe de uma identidade própria e permanente, (ex: http://repositorio.ipen.br );

- utiliza as estatísticas de uso do Google Analytics;

- é reconhecido pelo Google Scholar e outras máquinas de busca da Internet;

- participa dos rankings internacionais de repositórios institucionais (Ex: Webometrics);

- tem registro nos Diretórios Internacionais de RIs (Ex. DOAR);

- interopera com sistemas congêneres.

Conforme foi mencionado, a criação do RDI e a migração dos dados constitui a primeira etapa dentro de um projeto maior, qual seja institucionalizar e operacionalizar a gestão da produção científica do IPEN. Após o processo se consolidar em entrar em rotina de funcionamento, as próximas etapas a serem desenvolvidas pelas equipes, dizem respeito à:

- automação da coleta dos documentos;

- otimização das ferramentas de busca;

- obtenção de relatórios estatísticos customizados;

- otimização do lay-out do RDI;

- acréscimo de novas coleções;

- desenvolvimento de novas funcionalidades.

A pesquisa no RDI é muito simples e segue os padrões da maioria das bases de dados. É possível pesquisar por autor, título, assunto, ID de autor IPEN, ano de publicação, combinar palavras- chave de busca e assim por diante. Apresenta também uma tabela estatística funcionando em tempo real, distribuída por nível monográfico; isso permite que a direção e o corpo técnico científico acompanhe a evolução quantitativa dos documentos depositados no RDI.

Uma das últimas funcionalidades acrescentadas ao RD, diz respeito à sinalização dos autores do IPEN. Ao clicar no símbolo do autor é possível acessar a página do pesquisador, onde se apresentam os seguintes dados: as variáveis do nome, uma tabela com todos os trabalhos constantes no RDI , bem como um quadro resumo numérico. Dessa forma o autor pode visualizar, acessar e monitorar à sua produção científica com o texto completo de forma rápida e simples . O quadro resumo se configura ainda como uma linha do tempo para o autor.

Por se constituir em um equipamento totalmente apoiado na tecnologia da informação, o RDI é um recurso institucional dinâmico sujeito a constantes atualizações e melhorias, o qual deve garantir a confiabilidade dos dados providos bem como assegurar a sua sustentabilidade.

3 Referências bibliográficas

BRASIL. Projeto de Lei do Senado 1120/2007 Dispõe sobre o processo de disseminação da produção técnico-científica pelas instituições de ensino superior no Brasil e dá outras providências. Diário oficial da Republica Federativa , Brasília, DF, Disponível em: http://www.camara.gov.br/sileg/integras/461698.pdf Acesso em: set. 2014.

INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA - IBICT Repositórios digitais. Site institucional. Brasília: 2009. Disponível em: http://www.ibict.br/informacao-para-ciencia-tecnologia-e-inovacao%20/repositorios-digitais Acesso em set. 2014.

KURAMOTO, H. Acesso livre: como tudo começou. Brasília, 2012. Blog. Disponível em: http://kuramoto.blog.br/2012/02/27/acesso-livre-como-tudo-comecou Acesso em: set. 2014.

SP, janeiro de 2016