Avaliação da Cultura de Segurança de uma organização nuclear e discussão de suas interfaces com a Gestão do Conhecimento

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2023
Data de publicação:
Orientador
Roberto Navarro de Mesquita
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
É parte de
É parte de
É parte de
Exportar
Mendeley
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
A Cultura de Segurança deve ser a cultura organizacional predominante em instituições nucleares. Compreender a maturidade com a qual esta cultura se manifesta nos espaços institucionais é fundamental para fortalecê-la. A International Atomic Energy Agency enfatiza que a autoavaliação da Cultura de Segurança deve ser realizada de forma periódica para auxiliar a identificação de barreiras e incentivos de melhorias no desempenho das ações de segurança. A congruência entre as ações e a estratégia de segurança é fortalecida pela Gestão do Conhecimento, que, deve se concentrar nas pessoas e na cultura organizacional para estimular e compartilhar o conhecimento através de processos de identificação, captura, e na tecnologia para armazenar e oferecer acesso. Objetiva-se neste estudo, caracterizar e avaliar a percepção de Cultura de Segurança de uma empresa de tecnologia nuclear, através de um modelo e questionário validados no contexto do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares por Momesso (2017) e discutir a congruência observada nas dimensões da Cultura de Segurança e os conceitos da Gestão do Conhecimento, para entender a sinergia entre essas estratégias organizacionais. Trata-se de uma pesquisa exploratória com abordagem quantitativa. Os dados foram coletados entre agosto de 2021 e outubro de 2022, através de um questionário do tipo likert de 7 pontos, composto por 9 variáveis latentes e 40 indicadores, aplicado a 142 profissionais. Os resultados mostraram a avaliação de três modelos de mensuração, que apresentaram confiabilidade, validade discriminante, convergência, dimensionalidade, e significância estatística. Mostrou-se a capacidade do modelo ser generalizável para o ambiente e o tamanho da amostra deste estudo. Os modelos 2 e 3 são considerados para aplicação em organizações nucleares. A manifestação da Cultura de Segurança obteve boa média global de escores; ficando acima de 5. Somente duas dimensões obtiveram médias um pouco abaixo de 5, a Cultura de Reportar e o Feedback e Comunicação. Estes fatores são considerados pela IAEA como fundamentais a uma organização de forte Cultura de Segurança, por isso a relevância de refletir sobre suas manifestações para elevá-las ainda mais.

Como referenciar
GUEDES, MARCO A. de S. Avaliação da Cultura de Segurança de uma organização nuclear e discussão de suas interfaces com a Gestão do Conhecimento. Orientador: Roberto Navarro de Mesquita. 2023. 103 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares - IPEN-CNEN/SP, São Paulo. Disponível em: https://repositorio.ipen.br/handle/123456789/47993. Acesso em: 21 Jul 2024.
Esta referência é gerada automaticamente de acordo com as normas do estilo IPEN/SP (ABNT NBR 6023) e recomenda-se uma verificação final e ajustes caso necessário.

Agência de fomento
Coleções