Submissões Recentes

Nenhuma Miniatura disponível

Dispositivo de Remoção das Placas Combustíveis do Elemento Combustível Instrumentado ECI-RMB

2024 - JUNQUEIRA, FERNANDO de C.; LIMA, JOSE R. de; TORRES, WALMIR M.; PRADO, ADELK de C.

Este relatório apresenta e documenta o projeto mecânico do Dispositivo de Remoção das Placas Combustíveis do Elemento Combustível Instrumentado (ECIRMB). O projeto mecânico foi feito pelo CEENG e consiste de 6 desenhos técnicos de fabricação, que podem ser vistos em detalhes no ANEXO 1. Esse dispositivo permitirá a remoção e colocação das placas combustíveis removíveis no ECI-RMB. Ele também permitirá movimentar essas placas até o local onde serão realizados os seguintes testes: 1) inspeção visual, 2) medição de espessura e, 3) espectrometria gama dessas placas combustíveis. Estes testes visam a qualificação das mesmas sob radiação.

Nenhuma Miniatura disponível

Haste dos Medidores SPND para o Elemento Combustível Instrumentado ECI-RMB

2024 - JUNQUEIRA, FERNANDO de C.; LIMA, JOSE R. de; TORRES, WALMIR M.; PRADO, ADELK de C.

Este relatório apresenta e documenta o projeto mecânico da Haste dos Medidores do SPND (Self Powered Neutron Detector) projetada para a utilização nos experimentos de irradiação do Elemento Combustível Instrumentado (ECI-RMB). O projeto mecânico consiste de 4 desenhos técnicos de fabricação, que podem ser vistos em detalhes no ANEXO 1. Essa haste permitirá a introdução e movimentação de um SPND na região central do ECI-RMB ao longo de seu comprimento ativo, permitindo assim um mapeamento do fluxo de nêutrons durante a sua irradiação no núcleo do reator IEA-R1. Essas medidas são muito importantes para cálculos neutrônicos e térmicos e validação de Códigos neutrônicos e termo-hidráulicos. As peças, exceto do desenho QC-010 (Prumo), estão sendo fabricada pela empresa TIME e deverão ser entregues em abril de 2024.

Nenhuma Miniatura disponível

Haste de Movimentação do Elemento Combustível Instrumentado

2024 - JUNQUEIRA, FERNANDO de C.; LIMA, JOSE R. de; TORRES, WALMIR M.; PRADO, ADELK de C.

Este relatório apresenta e documenta o projeto mecânico da “HASTE DE MOVIMENTAÇÃO DO ELEMENTO COMBUSTÍVEL INSTRUMENTADO” projetada, pelo CEENG, para movimentar o Elemento Combustível Instrumentado e com placas RMB (ECI-RMB) na piscina do reator IEA-R1. Por se tratar de um elemento combustível fora do padrão dos ECs do IEA-R1 e com geometria levemente modificada, o ECI-RBM irá requerer uma ferramenta especial para a sua movimentação dentro da piscina. Além disso, o ECI-RMB é projetado para servir como uma ferramenta experimental (seção de testes) e por isso irá demandar muitas movimentações dentro da piscina ao longo de sua vida útil.

Nenhuma Miniatura disponível

Teste de comissionamento da bomba B-101B do IEA-R1

2024 - TORRES, WALMIR M.

Este relatório apresenta os resultados dos Testes de Comissionamento do novo Conjunto Moto-Bomba B-101B do circuito primário do reator IEAR1. Foram realizados Testes com o circuito primário alinhado com o Trocador de Calor A (IESA) e também com o Trocador de Calor B (CBC). São apresentados os resultados dos Testes referentes às condições de operação da bomba com tensão de alimentação trifásica constante e igual a 440 V e rotação constante do motor de 1780 rpm. As vazões através do circuito primário foram ajustadas pelo fechamento da válvula VP-09 do circuito. Foram realizados testes para uma fixa de vazão entre 3900 gpm (~886 m3/h) até a condição de vazão zero (Shutoff da bomba) com degraus de 400 gpm (~91 m3/h). O consumo energético específico de 0,0971 kW.h/m3 foi calculado para a condição de vazão de Operação Normal do reator de 3400 gpm (~773 m3/h) sem utilizar o inversor de frequência. Um segundo Teste foi realizado com as vazões através do circuito primário sendo estabelecidas pela variação da rotação da bomba usando o inversor de frequência do Conjunto Moto-Bomba, para a mesma faixa de vazão e degraus anteriores. Neste caso, todas as válvulas do circuito primário alinhado permaneceram totalmente abertas, diminuindo significativamente a perda de carga no circuito. A vazão de 3400 gpm (~773 m3/h) de Operação Normal foi obtida com uma tensão de alimentação trifásica de 340 V e uma rotação de 1360 rpm. Para essa condição, foi calculado o consumo energético específico de 0,0581 kW.h/m3, portanto uma redução aproximada de 47% no consumo de energia elétrica entre os dois casos. Essa diferença de consumo de energia era dissipada na válvula (VP-09) usada para o ajuste de vazão no circuito. Testes adicionais foram realizados para avaliar o tempo de abertura da Válvula de Circulação Natural (HEADER) para essa nova configuração de Conjunto Moto-Bomba com inversor de frequência. Foram realizados dois testes: (a) Desligamento Normal pelo Operador na Sala de Controle; e (b) Desligamento por queda de energia elétrica. Para o teste (a), o tempo de abertura da Válvula de Circulação Natural foi de 66 s e ocorreu para a vazão de 978 gpm (222,13 m3/h), enquanto que para o teste (b) o tempo de abertura da válvula foi de 35 s para a vazão de 981 gpm (222,81 m3/h). Ambos testes atendem ao requisito de um tempo de abertura maior que 24 s estabelecidos em [3].