LETICIA LUCENTE CAMPOS RODRIGUES

Resumo

Graduação em Física: Licenciatura e Bacharelado, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1972); - Mestrado em Ciência e Tecnologia Nuclear pela Universidade de São Paulo (1978); - Doutorado em Tecnologia Nuclear pela Universidade de São Paulo (1989); - Contratada em cargo de comissão da Comissão Nacional de Energia Nuclear; - Docente do curso de pós-graduação da Universidade de São Paulo . - Experiência na área de Engenharia Nuclear, com ênfase em Instrumentação para Medida e Controle de Radiação, atuando principalmente nos seguintes temas: dosimetria externa, termoluminescência, materiais dosimétricos, dosimetria clínica e proteção radiológica. - Pesquisador CNPq Senior. (Texto extraído do Currículo Lattes em 12 nov. 2021)

Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Cargo

Resultados de Busca

Agora exibindo 1 - 10 de 430
  • Artigo IPEN-doc 30343
    Radiosurgery dosimetry using CaSO4:Eu OSLD film
    2023 - GASPARIAN, PATRICIA B.R.; MALTHEZ, ANNA L.M.C.; TORQUATO, MICHELE; CAMPOS, LETICIA L.
    Recent studies demonstrated that optically stimulated luminescence (OSL) systems allow the evaluation of doses for 2D mapping in a relatively fast and simple way and results show submillimeter resolution. This work presents, for the first time, an optically stimulated luminescence dosemeter (OSLD) in the form of film made with CaSO4:Eu particles embedded in a silicone elastomer matrix. The OSLD film was produced using a low-cost and relatively simple methodology. This film is reusable and the signal can be satisfactorily bleached using blue LEDs. The main dosimetric properties were evaluated using TL/OSL Risø reader with blue stimulation and Hoya U-340 filter. Investigation shows repeatability within 3% when measuring with the same film sample. Regarding the OSLD film homogeneity, nearly 12% sensitivity change was observed within the 5 × 5 cm2 produced film. Additionally, the dose response curve shows linearity from 5 to 25 Gy. Fading of the OSL signal is relatively high, about 50% in the first week and then is stable. Nevertheless, a 3 × 3 cm2 OSLD film was successfully used to map dose distribution in radiosurgery (6 MV photon beam). This work demonstrates the feasibility of 2D dosimetry using reusable OSLD films based on CaSO4:Eu.
  • Resumo IPEN-doc 30322
    Study of radioluminescence from CaSO4:Eu films for real-time dosimetry
    2023 - GASPARIAN, PATRICIA B.R.; MALTHEZ, ANNA L.M.C.; CAMPOS, LETICIA L.; TRINDADE, NEILO M.; OLIVEIRA, ALDO R. de; MARTINS, ROBERTO T.E.K.
    Active detectors based on semiconductors and diodes are largely applied for clinical dosimetry, however they present limitations mainly related to complex electronic structure, limited spatial resolution and high cost. Several materials which exhibit thermoluminescence (TL) and optically stimulated luminescence (OSL) also present radioluminescence (RL), as Al2O3:C,Mg. In principle, RL materials can be used in real-time dosimetry as active detectors if the intensity of the RL signal can be associated with the absorbed dose. The sensitive material can be coupled to optical fibers, CCD devices, or other device to collect its light emission. The phosphor CaSO4:Eu has been studied as TL and OSL detector and literature reports good reproducibility, linear dose-response and negligible fading. Previously, CaSO4:Eu OSL films were produced and applied for two-dimensional dose mapping in radiotherapy. Considering the potential application of CaSO4:Eu films for medical applications, in this work we studied the RL emission of CaSO4:Eu films. Firstly we used a Horiba Absorbance and Fluorescence Spectrometer, model Duetta, and obtained the emission spectra of the CaSO4:Eu films, exciting with different wavelenghts and observed two emission centre groups. The first group is at 385 nm, related to Eu2+ and the second group, related to Eu3+ is at 580 nm, 600 nm and 700 nm. Secondly, to study the RL emission from the CaSO4:Eu film, we used a custom made equipment named LUMI22, which has an X-ray tube (Moxtek 50kV) powered and controlled by a standard controller (FTC-200) to irradiate the samples, and a miniature fiber optic spectrometer (Ocean Optics, FLAME-S-XR1-ES) that is used to identify the wavelength of the emitted light (range 200-1050 nm). Results showed a radioluminescent peak at 390 nm, which should be related to Eu2+. The RL sensitivity is (46.1 ± 1.3) 103 counts/Gy. The film does not need thermal or optical treatment and the radioluminescent peak is reproducible. Comparing the RL intensity after 10 consecutive irradiations with the same conditions, the maximum coeficient of variation is 2.5%. The dose response of the RL is linear (R-square 0.9959) from 0.04 to 0.3 Gy. Results show that the CaSO4:Eu film is promissing for use with the RL technique in real-time clinical dosimetry. It should be possible to evaluate dose distributions in real time using the film and a reader with several fiber optics, for example.
  • Artigo IPEN-doc 30218
    Assessment of energy and angular dependence of LiF:Mg,Ti dosimeters irradiated in the quantity Hp(0.07)
    2023 - NASCIMENTO, G.G.; SILVA, C.R.; CAMPOS, V.P.; CAMPOS, L.L.
    Radiation dosimetry has the purpose of quantifying the dose received by the occupationally exposed individual. The device used in this process is called a dosimeter, the dosimeter can be used in different situations, for example, the dosimeter used to quantify the dose received in the fingers is the ring model dosimeter, for the extremity, which is the focus of this work. In Brazil, we still do not have standards for the calibration of extremity dosimeters, therefore, in this work, the CASEC recommendations were used, adapted for extremity dosimetry. For a dosimeter to be used in its respective routine, it must present results within some preestablished limits in reference standards. For this purpose, energy dependence and angular dependence tests were carried out. To calibrate the LiF:Mg,Ti thermoluminescent dosimeters, a phantom rod was used. The phantom rod has the function of simulating the region of interest, in the case of this work, the fingers. The dosimeters were irradiated in the magnitude Hp(0.07), with the doses and energies recommended by the CASEC standard. The aim of this work is to characterize end dosimeters in the ring model with LiF:Mg,Ti detectors.
  • Resumo IPEN-doc 30128
    Step-by-step of 3D printing a head-and-neck phantom: proposal of a methodology using fused filament fabrication (FFF) technology
    2023 - SAVI, M.; VILLANI, D.; ANDRADE, M.A.B.; SOARES, F.A.P.; RODRIGUES JUNIOR, O.; CAMPOS, L.L.; POTIENS, M.P.A.
  • Resumo IPEN-doc 30126
    Small field dosimetry employing the thermoluminescence technique using a 3D printed phantom
    2023 - ALMEIDA, S.B.; CUNHA, A.P.V.; TAVARES, P.V.S.; SAMPAIO, C.C.; MENEGUSSI, G.; CAMPOS, L.L.
  • Resumo IPEN-doc 30119
    EPR characterization of thulium-yttria micro rods
    2023 - SANTOS, S.C.; RODRIGUES JUNIOR, O.; CAMPOS, L.L.
  • Resumo IPEN-doc 30115
    Computed Tomography Imaging analysis of a fused filament fabrication (FFF) 3D printed neck-thyroid phantom for multidisciplinary purposes
    2023 - VILLANI, DANIEL; SAVI, M.; RODRIGUES JUNIOR, O.; POTIENS, M.P.A.; CAMPOS, L.L.
  • Resumo IPEN-doc 30109
    Attenuation images of Optical CT using Fricke xylenol solution for dose mapping in radiotherapy
    2023 - TAVARES, P.V.S.; DINIZ, R.E.; RODRIGUES JUNIOR, O.; CAMPOS, L.L.
  • Resumo IPEN-doc 30022
    Estudo de simulações Monte Carlo de curvas de PDP para diferentes energias de fótons com MCNP em um frasco de solução Fricke
    2023 - TAVARES, P.V.; PEREIRA, J.J.; RODRIGUES JUNIOR, O.; YORIYAZ, H.; RODRIGUES, L.L.
    Introdução: O uso de fótons de diferentes energias na radioterapia é fundamental para ajustar a dose de radiação de acordo com a profundidade do tumor e minimizar os efeitos colaterais em tecidos saudáveis próximos. Fótons de baixa energia depositam a maior parte de sua energia perto da superfície do corpo, enquanto fótons de alta energia podem penetrar mais profundamente. A solução Fricke gel é um material ideal para uso como phantom, pois possui densidade próxima à da água e permite a dosimetria a partir do aumento da concentração de Fe3+ causada pela irradiação. Além disso, essa solução pode ser utilizada para dosimetria na área de radioterapia. O software MCNP é amplamente utilizado na simulação de transporte de radiação. Neste trabalho, será realizado um estudo da dependência energética da solução Fricke a partir da ferramenta MCNP ao simular diferentes energias de fótons. Materiais e Métodos: O MCNP foi utilizado na sua versão 6.2, simulando uma fonte em formato de disco com raio de 5,0 cm, com espectros continuos de 6 MeV, 11 MeV, 15 MeV e valores discretos de 1,17 MeV e 1,33 MeV para o 60Co, emitindo radiação de forma monodirecional a uma distância de 100 cm do frasco. O frasco, por sua vez, consistia de um cilindro de PET com 7 cm de comprimento, 2,5 cm de raio e 0,05 cm de espessura, preenchido com solução de Fricke gel. Os resultados foram obtidos por meio do tally *F8, usado para calcular a deposição de energia em MeV em cada um dos 69 pontos dentro do frasco. Resultados e Discussões: A curva de PDP resultado da simulação em fótons de diferentes energias mostra um deslocamento da região de build up. O deslocamento ocorre por a interações eletromagnéticas dos fótons em energias mais altas ocorrerem em uma maior profundidade no material. Conclusões: Conclui-se que esse deslocamento da região de build up na solução Fricke pode ser de interesse com o objetivo de aumentar a profundidade da dose máxima. Essas simulações poderão ser repetidas e comparadas com a ferramenta TOPAS e experimentos clínicos.
  • Resumo IPEN-doc 30016
    Avaliação do emprego de solução Fricke gel e gel polimérico na dosimetria em radioterapia empregando a técnica de CT óptico
    2023 - PERES, B.; TAVARES, P.V.; RODRIGUES JUNIOR, O.; CAMPOS, L.L.
    Introdução: O planejamento de radioterapia exige avaliação precisa da dose em diferentes tecidos. O gel polimérico é uma opção que, ao ser irradiada, sofre polimerização proporcional à dose depositada. Embora o gel polimérico apresenta melhor estabilidade da informação dosimétrica do que a solução Fricke gel, sua produção e padronização são mais complexas. No entanto, soluções de polímeros orgânicos adicionadas à solução Fricke podem ter respostas a doses mais altas e serem facilmente descartadas. Este trabalho avalia a solução Fricke gel modificada com alaranjado de xilenol e a utilização de CT óptico. A proposta é avaliar a dosimetria 3D das soluções em gel para a preparação de uma solução Fricke polimérica. Materiais e Métodos: A solução Fricke gel foi preparada nas concentrações propostas por Tavares,2021 e avaliada antes e após a irradiação com radiação gama do 60Co, utilizando para a avaliação, o CT Óptico Vista 16, que emprega uma fonte de luz de comprimento de onda de 590nm. Resultados e Discussões: O valor da atenuação para a solução não irradiada é 0,0555 cm-1 e o valor de atenuação para a solução irradiada com 5 Gy é 0,22 cm-1. O que o equipamento avaliou foi a alteração da densidade óptica, proporcional à dose recebida pela solução. Conclusões: A dosimetria a partir dos géis apresenta vantagens para o uso na radioterapia, já que o método de avaliação por CT óptico consegue identificar as alterações, em regiões, relacionadas à irradiações, permitindo a construção de curvas de isodose. Este resultado poderá ser comparado com a preparação de um gel Fricke polimérico observando a polimerização da solução que altera as propriedades ópticas.